Indicadores de diretrizes municipais
 Share
The version of the browser you are using is no longer supported. Please upgrade to a supported browser.Dismiss

 
View only
 
 
ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWXYZ
1
EIXO DE DESENVOLVIMENTO AMBIENTAL, RURAL E URBANO.
2
AÇÃOINDICADOR A SER UTILIZADOBASEMETA – PRAZO.201620172018
3
I. Reurbanização dos rios Arroio da Usina e Ribeirão Mamborê.Quantidade de projetos propostos e executados.Toda extensão urbana dos rios Arroio da Usina e Ribeirão Mamborê. Considerar quantidade de quilômetros de rios recuperados ano a ano, considerar execução de 10% da meta anual.10 anos. Avaliação anual do desempenho. Reavaliação geral do projeto a cada 05 anos.Início dos levantamentos topográficos da ára de Mata ciliar urbana com licitação de empresa capacita.Janeiro de 2018 concluisão dos levantamentos topográficos; em 2019 início dos estudos geotécnicos e florísticos de toda a Mata ciliar urbana.
4
II. Sensibilização e conscientização ambiental, das famílias que moram no entorno dos rios Arroio da Usina e Ribeirão Mamborê.Números de campanhas propostas e executadas anualmente.Numero de campanhas desenvolvidas. Meta 12 campanhas anuais, abrangendo todas as regiões ribeirinhas.Imediata – até 01 ano após a aprovação do PDM.Imediata – até 01 ano após a aprovação do PDM.Assinatrua do convênio com a SANEPAR no Projeto Susutentabilidade do Rio ao Rio 05 visitas de sensibilização e plantio de mudas nativas nas área.Continuação do Projeto sustentabilidade com plantio de mudas mata ciliar da Rua fernando Pinto Carvalho e Visitas pelos alunos das escolas municipais na áreqa de entorno - 01 visita.
5
III. Novo Parque Industrial.Aquisição de terreno efetuação de melhorias e implantação do Parque Industrial.Execução de 100% do projeto em 03 anos, quantificar por etapa concluída, 1º ano Aquisição de Terreno, 2º ano efetuação de melhorias, 3º implantação do Parque Industrial. Atingir 33,3% da meta por ano.03 anos – Curto prazo.1º Etapa de Aquisição do Terreno correspondente a 33,3% Concluido em 2016, 2ª e 3ª Etapas aguardando recursos Financeiros, ano de 2017 e 2018.
6
IV. Desvio do trafego de caminhões pesados do centro da cidade.Nova rota obrigatória para caminhões concluída e em funcionamento.1º Definição do novo contorno obrigatório para caminhões. 2º Projeto para efetuar obras necessárias – arrecadação de verba por meio de Emenda Parlamentar e alocação de recursos públicos municipal. 3º Implantação do Desvio do Trafego de Caminhões.Atingir 20% meta anual.05 anos – Médio prazo.Elaboração de projetos de drenagem em 1,5km do desvio projetado;
Captação de recurso para projeto e execução da pavimentação do desvio; Atingido 20% da meta estimada.
Concretizado as ações financeiras para a execução do projeto de drenagem (parceria com o Instituto das águas) projetado em 2016;
Andamento da captação de recurso para projeto de pavimentação.
Atingido 20% da meta estimada.
Início da execução da obra de galeria em fase de execução. Foi cadastrado uma proposta no valor de R$ 2.040.000,00 (dois milhoes e quarenta mil reais) no Ministerio da Integração Nacional, no presente momento está com status em fase de analise e aguardando aprovação. Atingido 20% da meta estimada.
7
V. Regularização Fundiária.Todas as ocupações atualmente irregulares, regularizadas com entrega de titulo aos moradores.1º Levantamento das ocupações irregulares existente no município. 2º Proposição de projeto para a Regularização Fundiária. 3º Licitação da Empresa de Consultoria para a Regularização Fundiária. Prever uma licitação por cada local/área a ser regularizada.Atingir 20% meta anual.05 anos – Médio prazo.Elaboração PLHIS - Plano Local de Habitação de Interesse Social, apontamentos das residencias a serem regularizadas. Atingido 20% da meta estimada.O Municipio e a Cohapar assinaram um Termo de Parceria para reguçarização fundiaria. Atingido 20% da meta estimada.Tramitando pela Cohapar processo licitatório. Atingido 20% da meta estimada.
8
VI. Terrenos para a construção de habitações de interesse social.Terreno adquirido e repassado oficialmente a Associação de Moradores Pleiteantes de Habitação de Interesse Social de Mamborê.1º Observar o local destinado à habitação de interesse social no Plano Diretor, considerar os meios legais para evitar a especulação imobiliária na aquisição do terreno. 2º Aquisição do Terreno. 3º Destinação a AMAPHAM. 4º Reserva de terreno para a transferência de famílias ribeirinhas que serão removidas na urbanização dos rios Arroio da Usina e Ribeirão Mamborê. Atingir 33,3% meta anual.03 anos – Médio prazo.O Municipio priorizou algumas areas de propriedade publica para alocar familias carentes. Atingido 33,3% da meta estimada.Disponibilizou terrenos no patrimonio do Guarani para atendimento das familias em vulnerabilidade social. Atingido 20% da meta estimada.Previsão de alocar dez familías carentes. Atingido 20% da meta estimada.
9
VII. Reativação da Cooperativa de Recicláveis. Aquisição de caminhão para a coleta de recicláveis. Prever local para a futura Estação de industrialização de recicláveis- item XII.Cooperativa funcionando plenamente.1º Reativar a Cooperativa de Recicláveis, com a destinação de funcionário municipal para cuidar dos projetos da cooperativa e manter os cooperados unidos e motivados. 2º Aquisição de terreno para a construção de cooperativa. 3º Construção da Cooperativa. 4º Aquisição de Caminhão para a coleta dos recicláveis. Atingir meta anual de 25% do total do projeto.05 anos – Médio prazo.Nenhuma atividade desenvolvida associação se dissolveu.1º março a junho - Reorganiação da Associação dos Recicladores de Materiais Recicláveis e Prestação de Serviços; 2º Não foi necessário aquisição de Terreno; 3º O CTRS - centrode Triagem de Resídos Sólidos, sede da Associação foi ampliado e possui LA _ Licença Ambiental Simplicada; 2018; 4º O caminhão foi adquirido e entregue em setembro de 2018; Meta cumprida 100%
10
EIXO DE DESENVOLVIMENTO AMBIENTAL, RURAL E URBANO.
11
AÇÃOINDICADOR A SER UTILIZADOBASEMETA – PRAZO.
12
VIII. Capacitação da mão-de-obra das famílias, que atualmente vivem da reciclagem do lixo.Percentual de famílias que vivem da reciclagem, por famílias capacitadas.12 capacitações anuais, com oferta de projetos específicos de novas formas de reciclagem. Capacitar mão-de-obra em outras funções, tais como, artesanatos, alfabetização de adultos, higiene e limpeza, estimular a construção de hortas caseiras, entre outras.Imediato – até 01 ano após a aprovação do PDM.Início dos treinamentos com parceria com o PROVOPAR programa RECICLO total de 15 capacitações incluindo reuniões para reorganização da Associação dos Recicladores de Mamborê01 capacitação para treinamento da mão-deobra e reconhecimento de material.
13
X. Lei Municipal que defina quem e como se pode explorar a Reciclagem no município.Criar Lei Municipal que defina quem e como se pode explorar a Reciclagem no município.
14
XI. Articular e Incentivar a aquisição de biodigestores;Definir no Conselho de Desenvolvimento Municipal o que se entende por articulação bem sucedida – Aquisição dos Biodigestores?Avaliar a pertinência e validade de o que é uma articulação, sem interferir diretamente no processo. . Atingir meta de 20% ao ano.05 anos – Médio prazo.Não houve interesse para atividade.Não houve interesse para atividade.Não houve interesse para atividade.
15
XII. Articular a aquisição de maquinas para beneficiar o pequeno produtor.Definir no Conselho de Desenvolvimento Municipal o que se entende por articulação bem sucedida- Aquisição das maquinas agrícolas?Avaliar a pertinência e validade de o que é uma articulação, sem interferir diretamente no processo. Estudar a pertinência de transformas essa diretriz em um Programa Municipal. Definir meta como levantamento de quantas comunidades será beneficiadas, dividir por quantidade de anos para implantar ação. Atingir meta de 20% ao ano.05 anos – Médio prazo.
16
XIII. Lei Municipal para Resíduos Sólidos.Criar Lei Municipal para Residuos Sólidos.
17
XIV. Projetos para incentivo a Agricultura Orgânica.Levantamento dos números de agricultores que cultivam orgânicos, por numero ideal a atingir.1º Definição dos agricultores ou áreas a serem beneficiadas. 2º Implantação do projeto e em pleno funcionamento. Atingir meta de 20% ao ano.05 anos – Médio prazo.Treinamentos com o CAR - setro de aprendizagem rural para fornencimento de merenda escolar com agricultores do PRONAF - em parceria coma a EMATERInício das atividades para organização de novosprodutos para fomento da agoindústria - criação e fortalecimento das cooperativas
18
XV. Industrialização dos materiais recicláveis.Estação de beneficiamento dos recicláveis montada e em pleno funcionamento.Após atingir as metas previstas nos itens VII e VII. 1º Definir que tipo de material reciclável vai ser industrializado. 2º Montar projeto para as construções necessárias preferencialmente verba de fundo perdido. 3º Estação de industrialização funcionando. Atingir meta de 20% ao ano.05 anos – Médio prazo.gestão através do Programa RECICLO. Convênio assinado em 2018.
19
XVI. Reabilitação das nascentes no entorno do Parque do Lago.Numero total de nascentes, por nascentes a serem reabilitadas/protegidas.1º Levantamento do número total de nascentes no entorno do Parque do Lago. 2º Definição de quais nascentes necessitam ser protegidas/reabilitadas. 3º Projeto de reabilitação/proteção. 4º Inicio do projeto. Atingir meta de 20% ao ano.05 anos – Médio prazo.
20
EIXO DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO SUSTENTÁVEL.
21
AÇÃOINDICADOR A SER UTILIZADOBASEMETA – PRAZO.
22
I. Reforma e readequação das praças municipais.Números de praças municipais existentes, por numero de praças que necessitam de reformas e adequações.1º Levantamento do numero de praças existentes e definições de quais praças serão reformadas. 2º Elaboração de projeto. 3º início das reformas. Reforma da Praça do Conjunto Jardim América e Implantação de ATI - API (Academia de Terceira e Primeira Idade), Praça Conjunto Campo Belo Implantação de ATI - API (Academia de Terceira e Primeira Idade).Atingir meta de 20% ao ano.05 anos – Médio prazo.Praça das Flores, Praça João Szesz, Praça Rondon, Praça Alvorada (Conjunto Santa Luzia), Praça Três Conjuntos (Conjunto Jardim América), Praça Tiradentes (Patrimonio Guarani), Praça Conjunto Campo Belo. Atingido 20% da meta estimada.• Praças a serem revitalizadas: Praça das Flores, Praça Rondon, Praça Conjunto Campo Belo, Praça Três Conjuntos. Reforma da Praça do Conjunto Jardim América e Implantação de ATI - API (Academia de Terceira e Primeira Idade), Praça Conjunto Campo Belo Implantação de ATI - API (Academia de Terceira e Primeira Idade). Atingido 20% da meta estimada.• Revitalização Praça Rondon e Rodoviária. Atingido 18% da meta estimada.
23
II. Potencialidades econômicas do município.Potencialidades econômicas do município.
24
Numero de população adulta ativa e sem emprego formal, por numero de população ativa encaminhada ao mercado formal de trabalho.1º Levantamento do publico alvo. 2º Definição de cursos segundo o potencial econômico do município. 3º Capacitação da mão-de-obra. 4º Número de pessoas que foram capacitadas e inseridas no mercado formal. Atingir meta de 33,3% ao ano.03 anos – Médio prazo.• 2º Curso estes foram levantados pela agencia do trabalhador pelo programa qualifica brasil, aguardando liberação, para formação de turmas para capacitação, encaminhamento após a capacitação não há informações desta natureza, iniciado o pedido em Outubro de 2017. • Nenhuma atividade.• Nenhuma atividade.
25
IV. Potencializar a Agroindústria Comunitária e a Economia Solidaria.Definir no Conselho de Desenvolvimento Municipal o que se entende por articulação bem sucedida – numero de agroindústrias potencializadas?1º Levantamento da quantidade de agroindústrias existentes. 2º Definição da ação para cada agroindústria. 3º Inicio da potencialização. Atingir meta de 33,3% ao ano.03 anos – Médio prazo.• Agroindustrias existentes no município, já exite uma politica voltada de pontecialização própria, e as que são existentes em nosso município são Duas, metas conforme momento econômico não houve evolução significativas, houve sim redução de mão de obra. Licenciamento do Abatedouro ABATERMAM (Ana Maria).• Nenhuma atividade.• Nenhuma atividade.
26
V. Readequação remodelação da Praça das Flores.Praças das Flores remodelada a disposição da população.1º Levantamento das ações a serem efetuadas na Praça das Flores. 2º. Projeto Arquitetônico e de Captação de Recursos. 3º Dividir o projeto em etapas para possibilitar avaliação. Atingir meta de 33,3% ao ano.03 anos – Médio prazo.Inicio da exeução do projeto do Complexo Turistico da Feira. Atingido 33,3% da meta estimada.• Continuação da execução do Complexo Turistico da Feira. Atingido 33,3% da meta estimada.• Revitalização da Praça das Flores e continuação da execução do Complexo Turistico da Feira. Atingido 20% da meta estimada.
27
VI. Construção de uma cozinha única para a realização do Prato Típico do Município.Cozinha construída e em pleno funcionamento.1º Definição do local prioritário para a construção da Cozinha Única da Leitoa Mateira. 2º Elaboração de projeto e captação de recursos. 3º Construção da Cozinha. . Atingir meta de 33,3% ao ano.03 anos – Médio prazo.• Estudo da área/local para a construção. Atingido 25% da meta estimada.• Adequação de um local para utilizar como cozinha para a preparação do prato tipico do Municipio (Leitoa Mateira). Atingido 25% da meta estimada.• Pleiteando recursos no Ministerio do Turismo para a construção da cozinha. Atingido 25% da meta estimada.
28
VI. Apoio anual permanente as entidades sócio assistenciaisEntidades subvencionadas, por entidades sem subvenção social.1º Definição de quais entidades tem atendimento sócio assistencial nas áreas de Educação, Saúde e Assistência Social. 2º Definição de critérios de avaliação para subvencionar as entidades. 4º. Assinatura de Termos de Parcerias com metas a serem cumpridas pelas entidades. 5º Repasse anual e ininterrupto as entidades qualificadas. 6º Definir percentual mínimo de entidades atendidas para quantificar o Indicador de Desempenho.Imediato – até 01 ano após a aprovação do PDM.• O município tendo em vista a nova lei- 2014 MROSC, procurou reestruturar os serviços sócios assistenciais.
• Elaborou o recadastramento das entidades.
• Criar indicadores para mensurar 2018
• Criar indicadores para mensurar o preconizado na legislação conforme LEI 2014 MROSC,
• Definiu os repasses dentro das normas, com licitação e instrumento administrativo correspondente
29
VI. Pavimentação asfáltica entre a Sede do Município e o Patrimônio Guarani;Número de quilômetros a serem asfaltados, por números de quilômetros sem pavimentação asfáltica.1º Elaboração de projeto e captação de recursos para a pavimentação asfáltica. 2º Dividir o trabalho em etapas para quantificar o Indicador de Desempenho. Atingir meta de 10% ao ano.10 anos. Avaliação anual do desempenho. Reavaliação geral do projeto a cada 05 anos.• O Municipio fez adequalçao e cascalhamento. Atingido 2% da meta estimada.• Manutenção da estrada. Atingido 2% da meta estimada.• Adequação, levantamento e terraplanagem da vila rural. Atingido 4% da meta estimada.
30
EIXO DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO SUSTENTÁVEL.
31
AÇÃOINDICADOR A SER UTILIZADOBASEMETA – PRAZO.
32
IX. Pavimentação asfáltica entre o Município de Mamborê e a cidade de LuizianaNúmero de quilômetros a serem asfaltados, por números de quilômetros sem pavimentação asfáltica.1º Elaboração de projeto e captação de recursos para a pavimentação asfáltica. 2º Dividir o trabalho em etapas para quantificar o Indicador de Desempenho. Atingir meta de 10% ao ano.10 anos. Avaliação anual do desempenho. Reavaliação geral do projeto a cada 05 anos.• Enviado Ofício de solicitação ao DER• Estudos para elaboração de projetos• Adequação, levantamento e terraplenagem
33
X. Marketing comercial da cidade.Aumento de vendas no comercio local.1º Elaboração de projeto juntamente com a ACIMAM, para fomentar as vendas do comercio local, junto aos munícipes e cidades vizinhas. 2º Campanha para aumentar o número de Notas Fiscais do comercio com local, com previsão de prêmios para os consumidores. 3º Pesquisa junto aos comerciários para averiguar o aumento de vendas. Atingir meta de 33,3% ao ano.03 anos – Médio prazo.Reuniao com a equipe da Associação Comercial de Mamborê - ACIMAM e Comerciantes. Treinamentos em parceria com SEBRAE. Atingido 33,3% da meta estimada.• Cursos, treinamentos e palestras aos funcionarios do comercio em parceria com o SEBRAE voltadas para a orientação com o intuito de aumentar o numero de notas fiscais no comercio. Campanhas com premiação natalinas. Atingido 33,3% da meta estimada.• Campanhas com premiação natalinas. De acordo com indicadores foi verificado um aumento de 20% nas vendas do comercio local. Atingido 20% da meta estimada.
34
XI. Preservação permanente das estradas rurais.Número de quilômetros de estradas rurais existentes, por número de estradas em condições plenas de trafego.1º Reunião com os agricultores para definição das prioridades na escala de preservação de estradas. 2º Elaboração de projeto de conservação permanente das estradas com recursos próprios. Dividir em etapas para quantificar o Indicador de Desempenho. 100% da meta anual.Imediato – até 01 ano após a aprovação do PDM.Reunião com agricultores para definição de quilometragem das estradas rurais para manutenção.• Elaboração de projeto de conservação permanente das estradas rurais.• Conservação de aproximadademnte 20% das estradas rurais.
35
XII. Construção de pista alternativa ao lado da BR 369, para facilitar a circulação de maquinas agrícola.Construção da pista alternativa e em pleno funcionamento.1º Reunião com os agricultores que serão atingidos/beneficiados com o projeto. 2º Definição local da pista alternativa (lado esquerdo ou direto?) 3º. Elaboração do projeto e captação de recurso para executar o projeto. Dividir em etapas para quantificar o Indicador de Desempenho. Atingir meta de 33,3% ao ano.03 anos – Médio prazo.Reunião com agricultores e concessionaria responsavel - VIAPAR, para priorização da localização da via de acesso para o trafego de maquinas pesadas. Atingido 33,3% da meta estimada.• Requerido juntamente a VIAPAR a viabilidade do proejeto e execução. Atingido 33,3% da meta estimada.• Inicio da execução da via de acesso com proejeto aprovado pela concessionaria VIAPAR e anoência dos orgãos de controle. Atingido 20% da meta estimada.
36
EIXO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL E SOCIAL.
37
AÇÃOINDICADOR A SER UTILIZADOBASEMETA – PRAZO.
38
I. Consolidar a infraestrutura de Saúde.Construção de um hospital e/ou parceria com a iniciativa privada para a reforma do hospital particular.A Gestão Municipal juntamente com o Conselho Municipal de Desenvolvimento e Conselho Municipal de Saúde, deve estudar uma proposta viável para solucionar essa questão. O que é mais viável construir um novo hospital e ou entrar em contato com os donos do antigo hospital e tentar um acordo, o município pode fazer as reformas, ceder pessoal para trabalhar e os donos concordam com a reabertura do hospital. E ou, se não for possível construir um hospital e o município arcar com todas as despesas. Meta difícil de aferir o grau de satisfação da população em relação ao atendimento de saúde no município, por meio de questionário a ser aplicado por amostragem nas pessoas que são atendidas no Centro de Saúde diariamente.Longo prazo até 10 anos após a aprovação do PDM.• Aquisição de 01 ambulância - 169.700,00 • O município pleiteou junto ao Ministério das cidades recursos para a realização das regularizações, aguarda Recursos OGU. • Até o presente momento o hospital localizado em Mamborê se mantém fechado e em reformas, não estando ainda apto a atender o municipio. Porém a gestão preocupada com o atendimento da população realizou um contrato com o Hospital Santa de Ubiratã, o qual tem atendido os nosso pacientes, na realização partos, cirurgias e internamentos clínicos, não estando mais o município de Mamborê desasistido por hospital. A possibilidade de construção de um hospital foi estudada juntamente com o Estado do Paraná e comprovada sua inviabilidade. Durante o primeiro semestre de 2018 uma aluna do curso de gestão aplicou um questionário de satisfação da população em relação ao atendimento como trabalho de conclusão de curso o qual teve resultado satisfatório. Aquisição de 01 ambulância - 173.000,00; 03 ambulâncias - 79.990,00 cada; 01ambulância 82.000,00 (a ser entregue até 31 de dezembro) • Firmou parceria com a COHAPAR, para a regularização fundiária em algumas localidades, a Cohpar já fez o procedimento licitatório para o início dos trabalhos.
39
Planejamento para renovação permanente da frota de ambulâncias e veículos administrativos da saúde.
40
Aquisição anual de ambulâncias de forma que não falte esse tipo de transporte à população.
41
II.


Consolidação da infraestrutura de Assistência Social.
Construção de prédio próprio para o CRAS.1º. Projeto para a construção do prédio; 2º Definição de local para a construção; 3º Execução do projeto de construção; 4º Disponibilização do espaço para atendimento da população. Meta: Prédio construído e disponível a população Atingir meta de 33,3% ao ano.Curto prazo – até 03 anos após a aprovação do PDM.Realizado o Concurso público 001/2016 • O município, pleiteou junto ao estado a construção do novo CRAS, bem como a documentação, aprovação junto aos conselhos e disponibilização do terreno. • O município, pleiteou junto ao estado a construção do novo CRAS, bem como a documentação, aprovação junto aos conselhos e disponibilização do terreno • O município fez a adequação do espaço para a sede administrativa junto ao paço municipal. • O município fez a adequação do espaço para a sede administrativa junto ao paço municipal.
42
Construção de sede própria para a Sede Administrativa da Secretaria Municipal de Assistência Social.1º. Projeto para a construção do prédio; 2º Definição de local para a construção; 3º Execução do projeto de construção; 4º Disponibilização do espaço para atendimento da população. Meta: Prédio construído e disponível a população Atingir meta de 33,3% ao ano.Curto prazo – até 03 anos após a aprovação do PDM.
43
Concurso publico para suprir a necessidade de técnicos da área de Serviço Social e Psicologia.1º Edital para chamamento do Concurso Público; 2º Realização do concurso; 3º Contratação dos profissionais. Meta profissionais atendendo a demanda municipal, 100% da meta em um ano.Imediato – até 01 ano após a aprovação do PDM.
44
EIXO DE DESENVOLVIMENTOINSTITUCIONAL E SOCIAL.
45
AÇÃOINDICADOR A SER UTILIZADOBASEMETA – PRAZO.
46
III.









Consolidação da Infraestrutura de Educação e Cultura.
Implementar e ampliar as escolas municipais: Construir/implantar laboratório de informática, bibliotecas e salas de recursos em todas as escolas municipais.Todas as escolas municipais com laboratórios de informática, bibliotecas, salas de recursos, disponíveis ao alunado. Meta: Dividir por número de escolas municipais e atingir meta de 20% ao ano.Médio Prazo – até 05 anos aprovação do PDM.Implantação de salas de apoio de pedagogico em todas as escolas do ensino fundamental series iniciais. Implantação de salas de recurso multifuncional em todas as escolas do ensino fundamental series iniciais.Analise de espaço para criação de laboratórios.
47
Construção de nova sede para a Secretaria de Educação.1º. Projeto para a construção do prédio; 2º Definição de local para a construção; 3º Execução do projeto de construção; 4º Disponibilização do espaço para atendimento da população. Meta: Prédio construído e disponível a população Atingir meta de 20% ao ano.Médio Prazo – até 05 anos aprovação do PDM.Pesquisa de novos espaços para a locação da Secretaria de Educação.Locação de novo espaço para Secretaria de Educação com economia de recursos em cerca de 70%. Projeto em fase de avaliação.Aguardando projeto para execução.
48
Construir espaços para recreação da Educação Infantil (Parques Infantis), com aquisição de novos brinquedos pedagógicos.1º Definir quantos espaços de recreação vão ser criados no município; 2º elaboração de projeto; 3º Aquisição dos Parques Infantis; 4º Disponibilização a população usuária. Dividir por número de Parques Infantis a ser construído e atingir meta de 20% ao ano.Médio Prazo – até 05 anos aprovação do PDM.Adequação do espaço do CMEI Maria de Lourdes e CMEI Santa Rita de Cassia para a implatação do parque infantil.Adequação de espaço no CMEI Jessé Murback para implantação de parque infantil.Reforma total de brinquedos do parque infantil do CMEI Mônica.
49
Adaptação das escolas com infraestrutura adequada para atender as pessoas com necessidades especiais1º Definir numero de escolas a serem adaptadas; 2º Elaborar projeto de adaptação; 3º Execução do projeto; 4º Disponibilização a população usuária. Dividir por número de escolas municipais a serem adaptadas e atingir meta de 33,3% ao ano.Curto prazo – até 03 anos após a aprovação do PDM.Mediante recurso foi implantado o piso tatil na Escola Elizabeth.Adequação de espaço externo da escola Santa Maria e CMEI Jessé Murback.Adaptação de entradas para portadores de necessidades especiais na escola Santa Maria e Prof. Elizabete.
50
Construção de novos Centros de Educação Infantil1º Definir numero de Centros de Educação Infantil a serem construídos; 2º Elaboração do projeto e definição do território a ser beneficiado; 3º Captação de recursos; 4º Construção dos Centros Infantis; 5º Disponibilização a população usuária. Dividir por número de Centros de Educação Infantis a serem construído e atingir meta de 20% ao ano.Médio Prazo – até 05 anos aprovação do PDM.Avaliação de projeto para a implantação da Super Creche.Inicio de novo processo licitatório para retomada da obra Super Creche.Retomada da Obra Super Creche.
51
Construção de um novo Centro Cultural e Esportivo.1º Elaboração do projeto, com definição do local a ser construído; 2º Captação de recursos; 3º Dividir a construção por etapas, para quantificar as metas; 4º Aferição das metas atingidas, dividir por número de etapas, atingir 20% da meta ao ano.Médio Prazo – até 05 anos aprovação do PDM.Aguardando projeto e viabilização de recursos. 0% das ações executadas.Aguardando projeto e viabilização de recursos. 0% das ações executadas.Aguardando projeto e viabilização de recursos. 0% das ações executadas.
52
Implantação da lousa digital, com kit multimídia para todas as salas de aulas nas escolas municipais.1º Elaboração do projeto; 2º Captação de recursos; 3º Aferição das metas atingidas, dividir por número de etapas, atingir 20% da meta ao ano.Médio Prazo – até 05 anos aprovação do PDM.Aguardando Captação de recurso.Aguardando Captação de recurso.Aguardando Captação de recurso.
53
Implantação do monitoramento eletrônico dos alunos, por meio de mídia digital.1º 1º Elaboração do projeto; 2º Implantação do projeto; 3º Aferição das metas atingidas, dividir por número de etapas, atingir 20% da meta ao ano.Médio Prazo – até 05 anos aprovação do PDM.Projeto desconhecido. Verificação da Meta para possivel aplicação.Projeto desconhecido. Verificação da Meta para possivel aplicação.Verificação da meta e planejamento para implantação.
54
EIXO DE DESENVOLVIMENTOINSTITUCIONAL E SOCIAL.
55
AÇÃOINDICADOR A SER UTILIZADOBASEMETA – PRAZO.
56
III –






Consolidação da Infraestrutura de Educação e Cultura.
Ampliação e renovação permanente da frota escolar.1º Elaboração do projeto para aquisição anual de ônibus escolares, com definição de quantos ônibus serão adquiridos anualmente; 2º Aferição das metas atingidas, dividir por número de ônibus escolares a serem adquiridos anualmente e atingir 100% da meta ao ano.Imediato – até 01 ano após a aprovação do PDM.Aquisição de novos Onibus para a frota escolar.Reforma e manutenção da frota escolar.Onibus adquirido com recursos do FUNDEPAR.
57
Implantar Equipe Multidisciplinar para avaliação dos alunos do 6º ao 9º ano e também para apoio aos professores do município.1º Edital para chamamento do Concurso Público; 2º Realização do concurso; 3º Contratação dos profissionais. Meta: profissionais atendendo a demanda municipal, dentro do prazo de 03 anos, 100% da meta será atingida.Curto prazo – até 03 anos após a aprovação do PDM.Pertence a esfera Estadual.Pertence a esfera Estadual.Pertence a esfera Estadual.
58
Construção de anfiteatro no Patrimônio Guarani, com infraestrutura de auditório, biblioteca, e, centro de informática.1º Elaboração do projeto, com definição do local a ser construído; 2º Captação de recursos; 3º Dividir a construção por etapas, para quantificar as metas; 4º Aferição das metas atingidas, dividir por número de etapas, atingir 20% da meta ao ano.Médio Prazo – até 05 anos aprovação do PDM.Aproximadamente 20% das ações executadas.Aproximadamente 30% das ações executadas.Aproximadamente 40% das ações executadas.
59
Readequação das quadras poliesportivas para melhorar a acústica, para serem usadas em reuniões apresentações.1º Elaboração do projeto, com definição do local a ser construído; 2º Captação de recursos; 3º Dividir a construção por etapas, para quantificas as metas; 4º Aferição das metas atingidas, dividir por número de etapas, atingir 20% da meta ao ano.Médio Prazo – até 05 anos aprovação do PDM.Aguardando elaboração de projeto.Aguardando elaboração de projeto.Aguardando elaboração de projeto e viabilidade de realização.
60
Construção de salas destinadas aos ensaios, na Casa da Cultura.1º Elaboração do projeto, com definição do local a ser construído; 2º Captação de recursos; 3º Dividir a construção por etapas, para quantificar as metas; 4º Aferição das metas atingidas, dividir por número de etapas, atingir 20% da meta ao ano.Médio Prazo – até 05 anos aprovação do PDM.Aguardando projeto e viabilização de recursos. 0% das ações executadas.Aguardando projeto e viabilização de recursos. 0% das ações executadas.Aguardando projeto e viabilização de recursos. 0% das ações executadas.
61
Criação da Fundação Cultural e fomentar a Casa da Cultura com a implantação de: Cursos de Teatro, Dança, exibição de Filmes e apresentações culturais nos finais de semana fomentar com a promoção de mais oficinas1º Criação da Fundação Cultural por meio de Lei Municipal, onde deverá obrigatoriamente quantificar o percentual de recursos públicos serão alocados nesta ação anualmente; 2º Elaboração de Calendário Anual, com programas e projetos a serem executados na Casa da Cultura; 3º Aferição das metas atingidas, dividir por número de programas e projetos executados, atingir 33,3% da meta ao ano.Curto prazo – até 03 anos após a aprovação do PDM.Fomento das ações indicadas = 100% executadasFomento das ações indicadas = 100% executadasFormento das ações indicadas = 100% executadas
62
Fomentar a Criação de Associação de Artesão;
Promover mais oficinas para os artesãos
1º articular a Criação da Associação dos Artesãos; 2º Definição de recursos públicos alocados na Fundação Cultural a ser repassado anualmente para a Associação dos Artesãos onde a própria associação possa promover oficinas de qualificação aos artesãos associados; 3º Definir critérios de repasse para aferir as metas atingidas. 4º Considerar 100% da meta atingida anualmente com efetivação do repasse anual de subvenção.Curto prazo – até 03 anos após a aprovação do PDM.Projeto em andamento. 0% das ações indicadas executadas.Projeto em andamento. 0% das ações indicadas executadas.Proejeto em andamento. 0% das ações indicadas executadas.
63
Readequação da estrutura das barracas do Parque de Exposições.1º Elaboração do projeto; 2º Captação de recursos; 3º Dividir a construção por etapas, para quantificar as metas; 4º Aferição das metas atingidas, dividir por número de etapas, atingir 20% da meta ao ano.Médio Prazo – até 05 anos aprovação do PDM.Foi realizada a adequação anual. Foi realizada a adequação anual.Foi realizada a adequação anual.
64
EIXO DE DESENVOLVIMENTOINSTITUCIONAL E SOCIAL.
65
AÇÃOINDICADOR A SER UTILIZADOBASEMETA – PRAZO.
66
III –



Consolidação da Infraestrutura de Educação e Cultura.
Fomentar o FEMAM – Festival Mamboreense de Musica.1º Definir de quem é a responsabilidade pela organização do evento (Fundação Cultural?); 2º Definir calendário anual; 3º Definir percentual de recursos a serem alocados no evento; 4º Realização do FEMAM; 5º Atingir 100% da meta ao ano.Imediato – até 01 ano após a aprovação do PDM.0% das ações executadas.0% das ações executadas.100% das ações indicadas.
67
Projetos danças e musicas para atender os bairros, Patrimônio Guarani e demais localidades rurais.1º Definir de quem é a responsabilidade pela organização do projeto (Fundação Cultural?); 2º Definir calendário anual; 3º Definir percentual de recursos a serem alocados; 4º Atingir 20% da meta ao ano.Médio Prazo – até 05 anos aprovação do PDM.100% das ações executadas.100% das ações executadas.100% das ações executadas.
68
Implantar e descentralizar as atividades de contra turno, para atender aos bairros.1º Definir de quem é a responsabilidade pela organização do projeto (Fundação Cultural?); 2º Definir calendário anual; 3º Definir percentual de recursos a serem alocados; 4º Atingir 20% da meta ao ano.Médio Prazo – até 05 anos aprovação do PDM.
69
III. Consolidação do Departamento de ObrasConclusão da construção dos Barracões do novo almoxarifado.1º Elaboração do projeto; 2º Captação de recursos; 3º Dividir a construção por etapas, para quantificar as metas; 4º Aferição das metas atingidas, dividir por número de etapas, atingir 20% da meta ao ano.Médio Prazo – até 05 anos aprovação do PDM.Concluido a construção dos barracões e finalizado a instalação do departamento de obras. Atingido 20% da meta estimada.
70
Aquisição Motoniveladoras; Retroescavadeiras; Rolo Compactador; Caminhão Caçamba; Pá Carregadeira; Escavadeira Hidráulica; Caminhão Compactador de Lixo, de acordo com a legislação vigente.1º Elaboração do projeto; 2º Captação de recursos; 3º Dividir a construção por etapas, para quantificar as metas; 4º Aferição das metas atingidas, dividir por número de etapas, atingir 20% da meta ao ano.Longo prazo até 10 anos após a aprovação do PDM.Aquisição de equipamentos: Rolo Compactador; Plaina Hidraulica e Trator Agricula; Pá Carregadeira. Atingido 20% da meta estimada.Aquisição de equipamento: Carreta Basculante; Motocultivador; Triturador de Galhos; Roçadeira; Retroescavadeira. Atingido 20% da meta estimada.Assinatura de convenio com o Ministerio da Saúde - FUNASA para a aquisição de caminhão compactador de lixo. Aquisição de equipamentos: Carreta Tanque; Carreta Basculante. Atingido 20% da meta estimada.
71
IV. Construção e ou recolocação do Conselho TutelarNovo prédio para atendimento das ações do Conselho Tutelar disponível a comunidade.1º Elaboração do projeto, definição do local da construção; 2º Captação de recursos; 3º Dividir a construção por etapas, para quantificar as metas; 4º Aferição das metas atingidas, dividir por número de etapas, atingir 33,3% da meta ao ano.Curto prazo – até 03 anos após a aprovação do PDM.
72
VI. Capacitação da mão-de-obra, das famílias que não estão inseridas no Programa Bolsa Família.Numero de pessoas capacitadas e com colocação no mercado de trabalho.1º Levantamento do número anual de pessoas a ser capacitadas; 2º Pesquisa para saber quais tipos de cursos interessa as essas famílias e quais tipos de cursos são indicados para o perfil do município; 3º Elaboração do projeto de capacitação anual; $º Aprovação pelo Conselho Municipal de Assistência Social; 5º Inicio dos cursos. Atingir 100% da meta ao ano.Imediato – Até 01 ano após a aprovação do PDM, com vigência anual indefinida.Cursos profissionalizantes realizados pelo SENAC. Customização e Bordados de Chinelo, preparo de tortas e manuseio de maquinas industrial Cursos profissionalizantes realizados pelo SENAC. Customização e Bordados de Chinelo, Pedicure e Manicure e preparo de pizzas.
73
VII. Valorização dos eventos gastronômicos, turísticos e artísticos no município.Aumento da participação da população do município e cidades circunvizinhas nas festas municipais.1º Elaboração de projeto de divulgação anual dos eventos gastronômicos, turísticos e artísticos do município; 2º Definição da equipe responsável pela divulgação dos eventos para outros municípios; 3º Acompanhamento dos eventos municipais para averiguar o aumento da participação da população nesses eventos. Atingir 100% da meta ao ano.Imediato – Até 01 ano após a aprovação do PDM, com vigência anual indefinida.Festivais de musica, dança, festa do Municipio, festa do Prato Tipico, Expomam, participaçao do Municipio em outros municipios do Estado. 100% das ações executadas.Festivais de musica, dança, festa do Municipio, festa do Prato Tipico, Expomam, participaçao do Municipio em outros municipios do Estado. 100% das ações executadas.Festivais de musica, dança, festa do Municipio, festa do Prato Tipico, Expomam, participaçao do Municipio em outros municipios do Estado. 100% das ações executadas.
74
VIII. Calçada PadrâoProjeto para a implementação dp Programa Calçada Padrão.
75
EIXO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL E SOCIAL.
76
AÇÃOINDICADOR A SER UTILIZADOBASEMETA – PRAZO.
77
IX. Sinalização eficiente nas ruas e avenidas da Sede do Município.Colocar placas de sinalização com indicação dos principais pontos comerciais e principais pontos de deslocamento do município.1º Elaboração do projeto de sinalização; 2º Definição dos pontos prioritários para colocação de placas indicando os principais pontos comerciais do município (Ex: COAMO, C-Vale), indicação dos principais pontos turísticos (Ex: CTG, Parque de Exposições), indicação das principais saídas do município (Ex: Guarani, Lageado, Pranchinha, Bairro dos Adventistas, São Domingos, entre outros). Atingir 100% da meta em 01 ano.Imediato – Até 01 ano após a aprovação do PDM.1º Elaboração do projeto de sinalização; 2º Definição dos pontos prioritários para colocação de placas indicando os principais pontos comerciais do município (Ex: COAMO, C-Vale), indicação dos principais pontos turísticos (Ex: CTG, Parque de Exposições), indicação das principais saídas do município (Ex: Guarani, Lageado, Pranchinha, Bairro dos Adventistas, São Domingos, entre outros). Atingir 100% da meta em 01 ano.
78
X. Implantar programa padrão de arborização no municipio.Implantar programa padrão de arborização no municipio.
79
XI. Transporte coletivo na sede do municipio via iniciativa privada.Fomentar junto aos empresários do municipio a necessidade de implantação de transporte coletivo na sede do municipio via iniciativa privada.
80
XII. Implantar Academias de Terceira Idade e Primeira Idade no Patrimônio Guarani e nas localidades do Pensamento e Canjarana.Numero de Academias planejadas para ser implantadas por números de Academias implantadas.1º Elaboração de projetos para a implantação das AT.Is e A.P.Is, com definição de local e de quantidade de academias a ser implantadas e prioridades na implantação dos equipamentos (Ex: Onde implantar em 1º,2º e 3º lugar); 2º Captação de recursos; 3º Inicio da implantação das academias. Atingir 20% da meta ao ano.Médio Prazo – até 05 anos aprovação do PDM.Três ATIs - APIs planejadas para implantação. Atingido 20% da meta estimada.Captação de recursos. Atingido 5% da meta estimada.Sem recursos. Atingido 0% da meta estimada.
81
XIII. Passarela na Comunidade do Pensamento.Passarela implantada.1º Elaboração de estratégia de ação para sensibilizar a Concessionária responsável pela Rodovia; 2º Buscar parceria para fazer parte da articulação (Ministério Publico); 3º Levantamento do número de mortos (ao atravessar a BR 369) na localidade desde que a responsabilidade da rodovia passou a ser da concessionária; 4º Inicio da articulação, com convocação de reunião dos responsáveis pela concessionária com representantes do CDM, do Governo Municipal e Ministério Publico; 5º Mobilizar a mídia escrita e falada. Auferir metas: Numero de reuniões previstas, por numero de reuniões realizadas.Curto prazo – até 03 anos após a aprovação do PDM.Visita tecnica a concessionaria VIAPAR - discussão para a implantação de passarela ou outra alternativa como forma de redução de acidente. Envio de ofício ao DER para solicitar a viabilidade.
82
XIV. Readequação dos prédios públicos de acordo com a Lei de Acessibilidade.Números de prédios a serem readequados, por numero de prédios adequados.1º Elaboração de projetos de acordo com a NBR 9050; 2º Definição das prioridades de readequação; 4º Início da readequação e prédios públicos.Curto prazo – até 03 anos após a aprovação do PDM.Predios públicos: Unidade Básica de Saúde PSF1; Unidade Básica de Saúde PSF2; Biblioteca Municipal; Paço municipal; Câmara de Vereadores; Centro de Eventos do Guarani; Projeto Tainá Escolas municipais Elisabete, Santa Maria, CMEI Jesse Murback, CMEI Mônica, Barzoto, Bento, Maria de Lourdes e Monteiro Lobato. Elaborado projeto de readequação para acessibilidade conforme a NBR 9050; para adequação dos predios públicos - Todas as 8 escolas municipais foram adequadas com acessibilidade, as repartiçoes publicas UBS 1 e 2, Câmara Municipal, Centro de Eventos no Patrimônio do Guarani, Projeto Tainá e Biblioteca pública foram adeuqadas com acessibilidade.
83
XV. Reestruturação, readequação da Biblioteca Municipal Daniel Miranda.Biblioteca reestruturada e aberta para o atendimento da população.1º Elaboração do projeto de reestruturação; 2º Definição do local para a biblioteca; 3º Captação de recursos, 4º Inicio da construção/readequação e ou reestruturação. 5º Dividir o projeto em etapas para possibilitar a medição das metas. Atingir 20% da meta ao ano.Médio Prazo – até 05 anos aprovação do PDM.Elaboração do projeto arquitetonico para readequação da biblioteca.Readequação e revitalização da biblioteca municipal.
84
XVI. Projeto para a renovação permanente da frota dos carros e dos setores administrativosNúmero de carros a serem adquiridos, por numero de carros adquiridos.1º Elaboração de projeto para aquisição anual de veículos para os setores administrativos do município que compreendem todas as secretaras, exceto as Secretarias de Educação e Saúde, que por sua complexidade tem seu projeto próprio de aquisição e veículos; 2º Definição de prioridades para quem vai receber os veículos; 3º Dividir o projeto em etapas para possibilitar a medição das metas. Atingir 100% da meta ao ano.Imediato – Até 01 ano após a aprovação do PDM, com vigência anual indefinida.Elaboração do projeto para aquisição de veículos para os setores administrativos.- Veículo Voyage/ DEPARTAMENTO DE CULTURA; - Veículo Gol/ ASSISTÊNIA SOCIAL; Veículo Corolla/ ADMINISTRAÇÃO; - Veículo Etios HBX/ ADMINISTRAÇÃOVeículo Parati/ ADMINISTRAÇÃO; - Veículo Saveiro/ ADMINISTRAÇÃO; - Veículo Saveiro/ ADMINISTRAÇÃO subprefeitura GUARANI; - Veículo Kombi/ ADMINISTRAÇÃO; - Veículo Gol/ADMINISTRAÇÃO; - Veículo Strada/Serviços Urbanos; - Veículo Gol/Assistência Social;
85
XVII. Rever atualizar os planos de carreiras dos servidores municipais.Rever atualizar os planos de carreiras dos servidores municipais.
86
XVIII. Concurso Público.Promover concurso público para a contratação de profissionais de Educação Fisica para fomentar o Esporte no municipio.
87
XIX. Capacitação permanente dos servidores municipais.Capacitação permanente dos servidores municipais.
88
XX. Capacitação permanente do Controle Social.Capacitação permanente do Controle Social/Conselhos de Politicas Sociais Pública: Saúde; Educação e Assistencia Social. Dos demais conselhos: do Trabalho; Meio Ambiente Segurança Publica, Conselho de Desenvolvimento Municipal.
89
XXI. Criação do Conselho de Desenvolvimento Municipal.Criação do Conselho de Desenvolvimento Municipal.
90
91
92
93
94
95
96
97
98
99
100
Loading...
Main menu