[DRSC - 1a - 1bim] Rec
 Share
The version of the browser you are using is no longer supported. Please upgrade to a supported browser.Dismiss

 
View only
 
 
ABCDEFGHIJKLMNOPQRST
1
Indicação de data e horaEscola1ª série:Nome completo - INome completo - IIINome completo - IINúmero - INúmero - IINúmero - IIIQuestão 1 (UFPB - Adaptada)Questão 2 (ENEM)Questão 3 (UFU - Adaptada)Questão 4 (UFU - Adaptada)Questão 5.Questão 6 (UEL - Adaptada)Questão 7 (Simulado - ENEM)Questão 8 (UFU - Adaptada)Questão 9 (UFU - Adaptada)Questão 10 (ENEM)Escola
2
25/04/2012 02:54:43E. E. Professora Zilah Barreto PacittiGABARITO 1Nome 1Nome 3Nome 2I. A consolidação do sistema capitalista na Europa no século XIX forneceu os elementos que serviram de base para o surgimento da Sociologia enquanto ciência particular., II. O homem passou a ser visto, do ponto de vista sociológico, a partir de sua inserção na sociedade e nos grupos sociais que a constituem., III. Aquilo que a Sociologia estuda constitui-se historicamente como o conjunto de relacionamentos que os homens estabelecem entre si na vida em sociedade., IV. Interessa para a Sociologia, não indivíduos isolados, mas inter-relacionados com os diferentes grupos sociais dos quais fazem parte, como a escola, a família, as classes sociais e etc.d) a importância da experiência e da observação.a) Crença na resolução dos conflitos sociais por meio do estímulo à coesão social e à evolução natural da nação. .c) A revolução francesa e a revolução industrial.a) Método é a forma pela qual um cientista observa e analisa seu objeto de estudo.II. A Sociologia é produto da Revolução Industrial, sendo chamada de “ciência da crise”, por refletir sobre a transformação de formas tradicionais de existência social e as mudanças decorrentes da urbanização e da industrialização., III. A emergência da Sociologia só pode ser compreendida se for observada sua correspondência com o cientificismo europeu e com a crença no poder da razão e da observação, enquanto recursos de produção do Conhecimento. d) para a Sociologia, seria desnecessária a preocupação com a investigação de causas e efeitos, relações entre os fatos e acontecimentos assim como com o contexto histórico dos fatos analisados.b) Transferência do centro econômico das áreas rurais para os centros urbanos – consolidação do capitalismo como sistema dominante.D) I e II. (C) heliocêntrica do polonês Nicolau Copérnico.
3
25/04/2012 02:54:43E. E. Professora Zilah Barreto PacittiGABARITO 2Nome 1Nome 3Nome 2eueueuI. A consolidação do sistema capitalista na Europa no século XIX forneceu os elementos que serviram de base para o surgimento da Sociologia enquanto ciência particular., II. O homem passou a ser visto, do ponto de vista sociológico, a partir de sua inserção na sociedade e nos grupos sociais que a constituem., III. Aquilo que a Sociologia estuda constitui-se historicamente como o conjunto de relacionamentos que os homens estabelecem entre si na vida em sociedade., IV. Interessa para a Sociologia, não indivíduos isolados, mas inter-relacionados com os diferentes grupos sociais dos quais fazem parte, como a escola, a família, as classes sociais e etc.d) a importância da experiência e da observação.a) Crença na resolução dos conflitos sociais por meio do estímulo à coesão social e à evolução natural da nação. .c) A revolução francesa e a revolução industrial.a) Método é a forma pela qual um cientista observa e analisa seu objeto de estudo.II. A Sociologia é produto da Revolução Industrial, sendo chamada de “ciência da crise”, por refletir sobre a transformação de formas tradicionais de existência social e as mudanças decorrentes da urbanização e da industrialização., III. A emergência da Sociologia só pode ser compreendida se for observada sua correspondência com o cientificismo europeu e com a crença no poder da razão e da observação, enquanto recursos de produção do Conhecimento. d) para a Sociologia, seria desnecessária a preocupação com a investigação de causas e efeitos, relações entre os fatos e acontecimentos assim como com o contexto histórico dos fatos analisados.b) Transferência do centro econômico das áreas rurais para os centros urbanos – consolidação do capitalismo como sistema dominante.D) I e II. (C) heliocêntrica do polonês Nicolau Copérnico.
4
27/04/2012 11:54:44E. E. Dr. Sílvio de Carvalho Pinto Jr.AMatheus Henrique Reginaldo Dos Santos2300II. O homem passou a ser visto, do ponto de vista sociológico, a partir de sua inserção na sociedade e nos grupos sociais que a constituem., III. Aquilo que a Sociologia estuda constitui-se historicamente como o conjunto de relacionamentos que os homens estabelecem entre si na vida em sociedade.e) o princípio da autoridade e da tradição.d) Negação da instituição estatal e da harmonia coletiva baseada na hierarquia social.c) A revolução francesa e a revolução industrial.c) É o conhecimento científico.II. A Sociologia é produto da Revolução Industrial, sendo chamada de “ciência da crise”, por refletir sobre a transformação de formas tradicionais de existência social e as mudanças decorrentes da urbanização e da industrialização., IV. A Sociologia surge como uma tentativa de romper com as técnicas e métodos das ciências naturais, na análise dos problemas sociais decorrentes das reminiscências do modo de produção feudal. d) para a Sociologia, seria desnecessária a preocupação com a investigação de causas e efeitos, relações entre os fatos e acontecimentos assim como com o contexto histórico dos fatos analisados.d) Relações de produção assalariada – fortalecimento das monarquias absolutistas. B) I, II e III, apenas.(D) da rotação terrestre do italiano Galileu Galilei. E. E. Dr. Sílvio de Carvalho Pinto Jr.
5
27/04/2012 11:54:48E. E. Dr. Sílvio de Carvalho Pinto Jr.AMatheus Henrique Reginaldo Dos Santos2300II. O homem passou a ser visto, do ponto de vista sociológico, a partir de sua inserção na sociedade e nos grupos sociais que a constituem., III. Aquilo que a Sociologia estuda constitui-se historicamente como o conjunto de relacionamentos que os homens estabelecem entre si na vida em sociedade.e) o princípio da autoridade e da tradição.d) Negação da instituição estatal e da harmonia coletiva baseada na hierarquia social.c) A revolução francesa e a revolução industrial.c) É o conhecimento científico.II. A Sociologia é produto da Revolução Industrial, sendo chamada de “ciência da crise”, por refletir sobre a transformação de formas tradicionais de existência social e as mudanças decorrentes da urbanização e da industrialização., IV. A Sociologia surge como uma tentativa de romper com as técnicas e métodos das ciências naturais, na análise dos problemas sociais decorrentes das reminiscências do modo de produção feudal. d) para a Sociologia, seria desnecessária a preocupação com a investigação de causas e efeitos, relações entre os fatos e acontecimentos assim como com o contexto histórico dos fatos analisados.d) Relações de produção assalariada – fortalecimento das monarquias absolutistas. B) I, II e III, apenas.(D) da rotação terrestre do italiano Galileu Galilei. E. E. Dr. Sílvio de Carvalho Pinto Jr.
6
27/04/2012 12:01:42E. E. Dr. Sílvio de Carvalho Pinto Jr.Amarcelo silva bernardino2000II. O homem passou a ser visto, do ponto de vista sociológico, a partir de sua inserção na sociedade e nos grupos sociais que a constituem., III. Aquilo que a Sociologia estuda constitui-se historicamente como o conjunto de relacionamentos que os homens estabelecem entre si na vida em sociedade., IV. Interessa para a Sociologia, não indivíduos isolados, mas inter-relacionados com os diferentes grupos sociais dos quais fazem parte, como a escola, a família, as classes sociais e etc.a) a fé como guia das descobertas.c) Ideal de superação da sociedade burguesa através da revolução das classes populares.c) A revolução francesa e a revolução industrial.d) Necessariamente é aquilo que se estuda.I. A Sociologia tem como principal referência a explicação teológica sobre os problemas sociais decorrentes da industrialização, tais como a pobreza, a desigualdade social e a concentração populacional nos centros urbanos. , II. A Sociologia é produto da Revolução Industrial, sendo chamada de “ciência da crise”, por refletir sobre a transformação de formas tradicionais de existência social e as mudanças decorrentes da urbanização e da industrialização., IV. A Sociologia surge como uma tentativa de romper com as técnicas e métodos das ciências naturais, na análise dos problemas sociais decorrentes das reminiscências do modo de produção feudal. d) para a Sociologia, seria desnecessária a preocupação com a investigação de causas e efeitos, relações entre os fatos e acontecimentos assim como com o contexto histórico dos fatos analisados.a) Retração do mercado – produção em larga escala.A) III e IV, apenas.(D) da rotação terrestre do italiano Galileu Galilei. E. E. Dr. Sílvio de Carvalho Pinto Jr.
7
27/04/2012 12:03:01E. E. Dr. Sílvio de Carvalho Pinto Jr.ADaiane Cristina Turri Galvão Sabrina Carrara6270I. A consolidação do sistema capitalista na Europa no século XIX forneceu os elementos que serviram de base para o surgimento da Sociologia enquanto ciência particular., II. O homem passou a ser visto, do ponto de vista sociológico, a partir de sua inserção na sociedade e nos grupos sociais que a constituem., III. Aquilo que a Sociologia estuda constitui-se historicamente como o conjunto de relacionamentos que os homens estabelecem entre si na vida em sociedade.e) o princípio da autoridade e da tradição.a) Crença na resolução dos conflitos sociais por meio do estímulo à coesão social e à evolução natural da nação. .c) A revolução francesa e a revolução industrial.a) Método é a forma pela qual um cientista observa e analisa seu objeto de estudo.I. A Sociologia tem como principal referência a explicação teológica sobre os problemas sociais decorrentes da industrialização, tais como a pobreza, a desigualdade social e a concentração populacional nos centros urbanos. , II. A Sociologia é produto da Revolução Industrial, sendo chamada de “ciência da crise”, por refletir sobre a transformação de formas tradicionais de existência social e as mudanças decorrentes da urbanização e da industrialização., IV. A Sociologia surge como uma tentativa de romper com as técnicas e métodos das ciências naturais, na análise dos problemas sociais decorrentes das reminiscências do modo de produção feudal. d) para a Sociologia, seria desnecessária a preocupação com a investigação de causas e efeitos, relações entre os fatos e acontecimentos assim como com o contexto histórico dos fatos analisados.b) Transferência do centro econômico das áreas rurais para os centros urbanos – consolidação do capitalismo como sistema dominante.A) III e IV, apenas.(D) da rotação terrestre do italiano Galileu Galilei. E. E. Dr. Sílvio de Carvalho Pinto Jr.
8
27/04/2012 12:03:58E. E. Dr. Sílvio de Carvalho Pinto Jr.ABruno Da Silva Vieira300II. O homem passou a ser visto, do ponto de vista sociológico, a partir de sua inserção na sociedade e nos grupos sociais que a constituem., III. Aquilo que a Sociologia estuda constitui-se historicamente como o conjunto de relacionamentos que os homens estabelecem entre si na vida em sociedade., IV. Interessa para a Sociologia, não indivíduos isolados, mas inter-relacionados com os diferentes grupos sociais dos quais fazem parte, como a escola, a família, as classes sociais e etc.c) a limitação da ciência pelos princípios bíblicos.a) Crença na resolução dos conflitos sociais por meio do estímulo à coesão social e à evolução natural da nação. .c) A revolução francesa e a revolução industrial.a) Método é a forma pela qual um cientista observa e analisa seu objeto de estudo.I. A Sociologia tem como principal referência a explicação teológica sobre os problemas sociais decorrentes da industrialização, tais como a pobreza, a desigualdade social e a concentração populacional nos centros urbanos. , II. A Sociologia é produto da Revolução Industrial, sendo chamada de “ciência da crise”, por refletir sobre a transformação de formas tradicionais de existência social e as mudanças decorrentes da urbanização e da industrialização., III. A emergência da Sociologia só pode ser compreendida se for observada sua correspondência com o cientificismo europeu e com a crença no poder da razão e da observação, enquanto recursos de produção do Conhecimento. e) Diferentemente do senso comum, a Sociologia não parte para generalizações, ao primeiro contato com um fenômeno social.d) Relações de produção assalariada – fortalecimento das monarquias absolutistas. B) I, II e III, apenas.(E) da gravitação universal do inglês Isaac Newton.E. E. Dr. Sílvio de Carvalho Pinto Jr.
9
27/04/2012 12:06:32E. E. Dr. Sílvio de Carvalho Pinto Jr.Ajulio cezarchristopher zimeni fagundeslucas rafael13175I. A consolidação do sistema capitalista na Europa no século XIX forneceu os elementos que serviram de base para o surgimento da Sociologia enquanto ciência particular., IV. Interessa para a Sociologia, não indivíduos isolados, mas inter-relacionados com os diferentes grupos sociais dos quais fazem parte, como a escola, a família, as classes sociais e etc.c) a limitação da ciência pelos princípios bíblicos.d) Negação da instituição estatal e da harmonia coletiva baseada na hierarquia social.c) A revolução francesa e a revolução industrial.a) Método é a forma pela qual um cientista observa e analisa seu objeto de estudo.I. A Sociologia tem como principal referência a explicação teológica sobre os problemas sociais decorrentes da industrialização, tais como a pobreza, a desigualdade social e a concentração populacional nos centros urbanos. , II. A Sociologia é produto da Revolução Industrial, sendo chamada de “ciência da crise”, por refletir sobre a transformação de formas tradicionais de existência social e as mudanças decorrentes da urbanização e da industrialização., IV. A Sociologia surge como uma tentativa de romper com as técnicas e métodos das ciências naturais, na análise dos problemas sociais decorrentes das reminiscências do modo de produção feudal. c) faz parte desta atitude científica a constatação de um problema social, observar os fatos e a realidade dos indivíduos e grupos, suas relações, formular uma hipótese de explicação e, ao final, pronunciar leis ou tendências de que um fato ocorre por motivos específicos.b) Transferência do centro econômico das áreas rurais para os centros urbanos – consolidação do capitalismo como sistema dominante.B) I, II e III, apenas.(E) da gravitação universal do inglês Isaac Newton.E. E. Dr. Sílvio de Carvalho Pinto Jr.
10
27/04/2012 12:07:46E. E. Dr. Sílvio de Carvalho Pinto Jr.ADaniela Vieira de Souza Guilherme de Castilho780I. A consolidação do sistema capitalista na Europa no século XIX forneceu os elementos que serviram de base para o surgimento da Sociologia enquanto ciência particular., III. Aquilo que a Sociologia estuda constitui-se historicamente como o conjunto de relacionamentos que os homens estabelecem entre si na vida em sociedade., IV. Interessa para a Sociologia, não indivíduos isolados, mas inter-relacionados com os diferentes grupos sociais dos quais fazem parte, como a escola, a família, as classes sociais e etc.d) a importância da experiência e da observação.a) Crença na resolução dos conflitos sociais por meio do estímulo à coesão social e à evolução natural da nação. .c) A revolução francesa e a revolução industrial.a) Método é a forma pela qual um cientista observa e analisa seu objeto de estudo.I. A Sociologia tem como principal referência a explicação teológica sobre os problemas sociais decorrentes da industrialização, tais como a pobreza, a desigualdade social e a concentração populacional nos centros urbanos. , II. A Sociologia é produto da Revolução Industrial, sendo chamada de “ciência da crise”, por refletir sobre a transformação de formas tradicionais de existência social e as mudanças decorrentes da urbanização e da industrialização.e) Diferentemente do senso comum, a Sociologia não parte para generalizações, ao primeiro contato com um fenômeno social.c) Aumento da intervenção do Estado nas atividades econômicas – afirmação da propriedade privada dos meios de produção.D) I e II. (D) da rotação terrestre do italiano Galileu Galilei. E. E. Dr. Sílvio de Carvalho Pinto Jr.
11
27/04/2012 12:10:47E. E. Dr. Sílvio de Carvalho Pinto Jr.AWellington de Aquino RochaMaxwell linhares de brito31340I. A consolidação do sistema capitalista na Europa no século XIX forneceu os elementos que serviram de base para o surgimento da Sociologia enquanto ciência particular., II. O homem passou a ser visto, do ponto de vista sociológico, a partir de sua inserção na sociedade e nos grupos sociais que a constituem., III. Aquilo que a Sociologia estuda constitui-se historicamente como o conjunto de relacionamentos que os homens estabelecem entre si na vida em sociedade.c) a limitação da ciência pelos princípios bíblicos.c) Ideal de superação da sociedade burguesa através da revolução das classes populares.c) A revolução francesa e a revolução industrial.a) Método é a forma pela qual um cientista observa e analisa seu objeto de estudo.II. A Sociologia é produto da Revolução Industrial, sendo chamada de “ciência da crise”, por refletir sobre a transformação de formas tradicionais de existência social e as mudanças decorrentes da urbanização e da industrialização., III. A emergência da Sociologia só pode ser compreendida se for observada sua correspondência com o cientificismo europeu e com a crença no poder da razão e da observação, enquanto recursos de produção do Conhecimento. a) o senso comum se caracteriza por opiniões subjetivas e generalizantes, sem fundamentação científica.d) Relações de produção assalariada – fortalecimento das monarquias absolutistas. B) I, II e III, apenas.(D) da rotação terrestre do italiano Galileu Galilei. E. E. Dr. Sílvio de Carvalho Pinto Jr.
12
27/04/2012 12:10:56E. E. Dr. Sílvio de Carvalho Pinto Jr.Anayara janainade oliveiralarissa deolinda arantes linojessica kelen muniz da costa261114II. O homem passou a ser visto, do ponto de vista sociológico, a partir de sua inserção na sociedade e nos grupos sociais que a constituem., IV. Interessa para a Sociologia, não indivíduos isolados, mas inter-relacionados com os diferentes grupos sociais dos quais fazem parte, como a escola, a família, as classes sociais e etc.c) a limitação da ciência pelos princípios bíblicos.c) Ideal de superação da sociedade burguesa através da revolução das classes populares.c) A revolução francesa e a revolução industrial.c) É o conhecimento científico.I. A Sociologia tem como principal referência a explicação teológica sobre os problemas sociais decorrentes da industrialização, tais como a pobreza, a desigualdade social e a concentração populacional nos centros urbanos. , III. A emergência da Sociologia só pode ser compreendida se for observada sua correspondência com o cientificismo europeu e com a crença no poder da razão e da observação, enquanto recursos de produção do Conhecimento. d) para a Sociologia, seria desnecessária a preocupação com a investigação de causas e efeitos, relações entre os fatos e acontecimentos assim como com o contexto histórico dos fatos analisados.b) Transferência do centro econômico das áreas rurais para os centros urbanos – consolidação do capitalismo como sistema dominante.C) II, III e IV, apenas(B) da reflexão da luz do árabe Alhazen. E. E. Dr. Sílvio de Carvalho Pinto Jr.
13
27/04/2012 12:11:01E. E. Dr. Sílvio de Carvalho Pinto Jr.ATalía Cardoso de SouzaMikaely de Souza BinhaMariane Gomes Vieira292225II. O homem passou a ser visto, do ponto de vista sociológico, a partir de sua inserção na sociedade e nos grupos sociais que a constituem., III. Aquilo que a Sociologia estuda constitui-se historicamente como o conjunto de relacionamentos que os homens estabelecem entre si na vida em sociedade., IV. Interessa para a Sociologia, não indivíduos isolados, mas inter-relacionados com os diferentes grupos sociais dos quais fazem parte, como a escola, a família, as classes sociais e etc.d) a importância da experiência e da observação.a) Crença na resolução dos conflitos sociais por meio do estímulo à coesão social e à evolução natural da nação. .c) A revolução francesa e a revolução industrial.a) Método é a forma pela qual um cientista observa e analisa seu objeto de estudo.II. A Sociologia é produto da Revolução Industrial, sendo chamada de “ciência da crise”, por refletir sobre a transformação de formas tradicionais de existência social e as mudanças decorrentes da urbanização e da industrialização., III. A emergência da Sociologia só pode ser compreendida se for observada sua correspondência com o cientificismo europeu e com a crença no poder da razão e da observação, enquanto recursos de produção do Conhecimento. , IV. A Sociologia surge como uma tentativa de romper com as técnicas e métodos das ciências naturais, na análise dos problemas sociais decorrentes das reminiscências do modo de produção feudal. d) para a Sociologia, seria desnecessária a preocupação com a investigação de causas e efeitos, relações entre os fatos e acontecimentos assim como com o contexto histórico dos fatos analisados.b) Transferência do centro econômico das áreas rurais para os centros urbanos – consolidação do capitalismo como sistema dominante.D) I e II. (C) heliocêntrica do polonês Nicolau Copérnico. E. E. Dr. Sílvio de Carvalho Pinto Jr.
14
27/04/2012 12:12:19E. E. Dr. Sílvio de Carvalho Pinto Jr.AHans Walker Quiroga Mariaca 900II. O homem passou a ser visto, do ponto de vista sociológico, a partir de sua inserção na sociedade e nos grupos sociais que a constituem., III. Aquilo que a Sociologia estuda constitui-se historicamente como o conjunto de relacionamentos que os homens estabelecem entre si na vida em sociedade.d) a importância da experiência e da observação.a) Crença na resolução dos conflitos sociais por meio do estímulo à coesão social e à evolução natural da nação. .c) A revolução francesa e a revolução industrial.a) Método é a forma pela qual um cientista observa e analisa seu objeto de estudo.II. A Sociologia é produto da Revolução Industrial, sendo chamada de “ciência da crise”, por refletir sobre a transformação de formas tradicionais de existência social e as mudanças decorrentes da urbanização e da industrialização., IV. A Sociologia surge como uma tentativa de romper com as técnicas e métodos das ciências naturais, na análise dos problemas sociais decorrentes das reminiscências do modo de produção feudal. b) ao contrário do senso comum, a atitude científica sobre as interpretações do comportamento humano é expressa na Sociologia.b) Transferência do centro econômico das áreas rurais para os centros urbanos – consolidação do capitalismo como sistema dominante.C) II, III e IV, apenas(C) heliocêntrica do polonês Nicolau Copérnico. E. E. Dr. Sílvio de Carvalho Pinto Jr.
15
27/04/2012 12:12:28E. E. Dr. Sílvio de Carvalho Pinto Jr.Amarcelo silva bernardino2000II. O homem passou a ser visto, do ponto de vista sociológico, a partir de sua inserção na sociedade e nos grupos sociais que a constituem., III. Aquilo que a Sociologia estuda constitui-se historicamente como o conjunto de relacionamentos que os homens estabelecem entre si na vida em sociedade., IV. Interessa para a Sociologia, não indivíduos isolados, mas inter-relacionados com os diferentes grupos sociais dos quais fazem parte, como a escola, a família, as classes sociais e etc.c) a limitação da ciência pelos princípios bíblicos.e) Ideais de movimentos juvenis, que visam superar os valores das gerações adultasc) A revolução francesa e a revolução industrial.d) Necessariamente é aquilo que se estuda.I. A Sociologia tem como principal referência a explicação teológica sobre os problemas sociais decorrentes da industrialização, tais como a pobreza, a desigualdade social e a concentração populacional nos centros urbanos. , II. A Sociologia é produto da Revolução Industrial, sendo chamada de “ciência da crise”, por refletir sobre a transformação de formas tradicionais de existência social e as mudanças decorrentes da urbanização e da industrialização., IV. A Sociologia surge como uma tentativa de romper com as técnicas e métodos das ciências naturais, na análise dos problemas sociais decorrentes das reminiscências do modo de produção feudal. d) para a Sociologia, seria desnecessária a preocupação com a investigação de causas e efeitos, relações entre os fatos e acontecimentos assim como com o contexto histórico dos fatos analisados.a) Retração do mercado – produção em larga escala.A) III e IV, apenas.(D) da rotação terrestre do italiano Galileu Galilei. E. E. Dr. Sílvio de Carvalho Pinto Jr.
16
27/04/2012 12:14:47E. E. Dr. Sílvio de Carvalho Pinto Jr.A12Maiara Mirella dos Santos Maia João Henrique Leal Santos12190II. O homem passou a ser visto, do ponto de vista sociológico, a partir de sua inserção na sociedade e nos grupos sociais que a constituem., III. Aquilo que a Sociologia estuda constitui-se historicamente como o conjunto de relacionamentos que os homens estabelecem entre si na vida em sociedade., IV. Interessa para a Sociologia, não indivíduos isolados, mas inter-relacionados com os diferentes grupos sociais dos quais fazem parte, como a escola, a família, as classes sociais e etc.d) a importância da experiência e da observação.a) Crença na resolução dos conflitos sociais por meio do estímulo à coesão social e à evolução natural da nação. .c) A revolução francesa e a revolução industrial.a) Método é a forma pela qual um cientista observa e analisa seu objeto de estudo.I. A Sociologia tem como principal referência a explicação teológica sobre os problemas sociais decorrentes da industrialização, tais como a pobreza, a desigualdade social e a concentração populacional nos centros urbanos. , II. A Sociologia é produto da Revolução Industrial, sendo chamada de “ciência da crise”, por refletir sobre a transformação de formas tradicionais de existência social e as mudanças decorrentes da urbanização e da industrialização., III. A emergência da Sociologia só pode ser compreendida se for observada sua correspondência com o cientificismo europeu e com a crença no poder da razão e da observação, enquanto recursos de produção do Conhecimento. d) para a Sociologia, seria desnecessária a preocupação com a investigação de causas e efeitos, relações entre os fatos e acontecimentos assim como com o contexto histórico dos fatos analisados.e) Padronização da produção – liberação de contingentes de mão-de-obra das zonas urbanas para as rurais.B) I, II e III, apenas.(C) heliocêntrica do polonês Nicolau Copérnico. E. E. Dr. Sílvio de Carvalho Pinto Jr.
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
32
33
34
35
36
37
38
39
40
41
42
43
44
45
46
47
48
49
50
51
52
53
54
55
56
57
58
59
60
61
62
63
64
65
66
67
68
69
70
71
72
73
74
75
Loading...
 
 
 
Respostas
Correcao
Devolutiva