Checando os checadores
 Share
The version of the browser you are using is no longer supported. Please upgrade to a supported browser.Dismiss

View only
 
ABCDEFGHIJK
1
Agência de ChecagemCandidato ChecadoManchete da ReportagemFrase ChecadaNúmero CandidatoNúmero CorretoDiferençaRótulo Atribuído pela Agência à frase do CandidatoNosso Rótulo à frase do CandidatoNosso Rótulo à checagem da AgênciaComentário
2
Agência Pública - TrucoMarina SilvaMarina Silva usa dados falsos e imprecisos em discurso“Eu não tenho patrimônio.”FalsoExageradoExageradoNão é honesto interpretar uma frase como esta ao pé da letra, uma vez que o sentido evidentemente é figurado.
3
Agência Pública - TrucoMarina SilvaMarina Silva usa dados falsos e imprecisos em discurso“Temos um gravíssimo déficit público, que só aumentou no governo Temer.”VerdadeiroCorretoCorreto
4
Agência Pública - TrucoMarina SilvaMarina Silva usa dados falsos e imprecisos em discurso“O país perde 30% da sua produção agrícola por falta de armazenamento e estradas.”30%30%Sem ContextoCorretoExageradoOs dados de 2000 são os mais recentes disponíveis.
5
Agência Pública - TrucoMarina SilvaMarina Silva usa dados falsos e imprecisos em discurso“Metade dos jovens que entram no ensino médio não concluem.”Metade41,50%8,5 p.p.FalsoImprecisoAbsurdoMetade significa mais ou menos 50%, e 41,5%, no contexto do discurso, não muda em nada seu sentido.
6
Agência Pública - TrucoMarina SilvaMarina Silva usa dados falsos e imprecisos em discurso“De 60 mil que são assassinados por ano pela violência, 30 mil são jovens.”VerdadeiroCorretoCorreto
7
Agência Pública - TrucoMarina SilvaMarina Silva usa dados falsos e imprecisos em discurso“A maioria dos desempregados são jovens.”FalsoImprecisoExageradoO correto seria a candidata dizer que a maior taxa de desocupação se dá entre os jovens.
8
Agência Pública - TrucoMarina SilvaMarina Silva usa dados falsos e imprecisos em discurso“Quando, nos outros países da América Latina, são acrescentados mais quatro, cinco, seis anos de escolaridade, aumenta a produtividade. As pessoas ficam mais eficientes. No Brasil, aumentaram os anos de escolaridade, mas a produtividade continuou a mesma.”FalsoDiscutívelExagerado
9
Agência Pública - TrucoMarina SilvaMarina Silva usa dados falsos e imprecisos em discurso“Nós reduzimos 80% do desmatamento quando o país crescia a 4%, 5%. Hoje, ele acaba de sair da recessão de forma pífia e o desmatamento aumentou 37% de 2012 para cá.”DistorcidoDistorcidoCorreto
10
Agência Pública - TrucoÁlvaro DiasOs exageros e imprecisões nas falas de Álvaro Dias“Eu fui governador, terminei o mandato com 93% de aprovação.”93%91%2,2%FalsoSem ContextoAbsurdoA agência argumentou na própria reportagem sobre o problema da falta de contexto na frase do candidato, atribuir-lhe o rótulo de falsa, portanto, é um absurdo.
11
Agência Pública - TrucoÁlvaro DiasOs exageros e imprecisões nas falas de Álvaro Dias“Àquele tempo [quando era governador] nós vivíamos a maior crise financeira da história da administração pública brasileira – mais de 80% de inflação ao mês.”80%82,39%ExageradoExageradoCorretoAinda que o valor máximo esteja muito próximo do correto, a média foi bastante inferior, portanto, exagerado é uma atribuição razoável.
12
Agência Pública - TrucoÁlvaro DiasOs exageros e imprecisões nas falas de Álvaro Dias“A dívida pública que é pouco focalizada cresceu de forma exorbitante de 2008 até agora. Em 2008, R$ 1 trilhão e 500 bilhões. Agora em janeiro, R$ 4 trilhões e 900 bilhões.”R$ 4,9 trilhõesR$ 3,5 trilhões40%ExageradoExageradoCorreto
13
Agência Pública - TrucoÁlvaro DiasOs exageros e imprecisões nas falas de Álvaro Dias“Temos 52 milhões de brasileiros abaixo da linha da pobreza.”52520,0%VerdadeiroCorretoCorreto
14
Agência Pública - TrucoÁlvaro DiasOs exageros e imprecisões nas falas de Álvaro Dias“Tem 149 empresas estatais federais ­– 30% dessas empresas foram criadas pelo governo do PT.”30%38%-8 p.p.Sem ContextoCorretoExageradoEsta frase não precisaria de qualquer contexto para estar correta, ainda que seja possível aprofundar-se interminavelmente pelo tema.
15
Agência Pública - TrucoManuela D'ÁvilaManuela D’Ávila erra dados sobre segurança pública“Os policiais [brasileiros] são os que mais matam e os que mais morrem.”Impossível ProvarCorretoExageradoUma das fontes de informações citadas na própria checagem reforça a afirmação feita pela candidata, portanto, não faz sentido o rótulo de que seria impossível provar.
16
Agência Pública - TrucoManuela D'ÁvilaManuela D’Ávila erra dados sobre segurança pública“Nós temos 760 mil presos e o encarceramento em massa não vem reduzindo o crime no Brasil. Pelo contrário, ele serviu para organizar as facções em território nacional.”760.000727.6004,5%ExageradoCorretoExagerado
17
Agência Pública - TrucoManuela D'ÁvilaManuela D’Ávila erra dados sobre segurança pública“No ano passado, áreas como o Complexo da Maré, já sob Garantia da Lei da Ordem (GLO), ou seja, já sob intervenção, não tiveram redução nos índices.”FalsoImpossível ProvarAbsurdoA própria reportagem explicita que tal como apresentado pela candidata, o número é impossível de ser confirmado e, portanto, atribuir-lhe o rótulo de falso é um absurdo.
18
Agência Pública - TrucoManuela D'ÁvilaManuela D’Ávila erra dados sobre segurança pública“No Brasil pré-crise, 50% das mulheres já não conseguiam mais emprego depois de darem à luz.”50%48%4,2%ExageradoCorretoExagerado
19
Agência Pública - TrucoManuela D'ÁvilaManuela D’Ávila erra dados sobre segurança pública“A gente teve com a reforma trabalhista a possibilidade de as gestantes trabalharem em ambientes insalubres.”VerdadeiroCorretoCorreto
20
Agência Pública - TrucoCiro GomesAo falar do Brasil, Ciro Gomes usa dados falsos e exagerados“[O Brasil teve] 64.700 homicídios nos últimos doze meses.”64.70061.2835,6%Impossível ProvarImprecisoExageradoNo contexto em que a frase foi falada não faz a menor diferença se o número diz respeito aos últimos doze meses ou aos doze meses mais recentes (2016) em que o dado está disponível. A imprecisão se dá não pelo número, mas pelo período.
21
Agência Pública - TrucoCiro GomesAo falar do Brasil, Ciro Gomes usa dados falsos e exagerados“A escalada do crime organizado e das facções criminosas produz uma impunidade de quase 92% ­– só 8% desses homicídios são esclarecidos.”8%8% no RJFalsoSem ContextoAbsurdo
22
Agência Pública - TrucoCiro GomesAo falar do Brasil, Ciro Gomes usa dados falsos e exagerados“A dívida absolutamente explosiva tem hoje R$ 1,184 trilhão, ou seja 26% da dívida pública, vencendo em 4 dias.”1.184931,3227,1%FalsoErradoCorretoO problema não é o número apresentado pelo candidato ser exagerado, mas o prazo não estar correto: não se trata de 4 dias, mas de 4 anos. A avaliação da agência neste caso parece ser correta.
23
Agência Pública - TrucoCiro GomesAo falar do Brasil, Ciro Gomes usa dados falsos e exagerados“O déficit da Previdência, depois de subtraídos os seus recursos pela DRU [Desvinculação de Receitas da União], chegou a R$ 180 bilhões ano passado.”180192-6,3%FalsoCorretoAbsurdo
24
Agência Pública - TrucoCiro GomesAo falar do Brasil, Ciro Gomes usa dados falsos e exagerados“O Brasil está se desindustrializando como nenhum outro país no mundo.”DiscutívelDiscutívelCorreto
25
Agência Pública - TrucoCiro GomesAo falar do Brasil, Ciro Gomes usa dados falsos e exagerados“Quando o Lula toma posse a taxa de câmbio a valor de hoje estava a R$ 9,20. E o Lula entrega pra Dilma a valor constante com taxa de câmbio de R$ 1,75. Ou seja, na constância do governo Lula o povo aumentou em 4 vezes a capacidade de consumir.”R$ 9,20R$ 8,547,7%ExageradoImprecisoExagerado
26
Agência Pública - TrucoCiro GomesAo falar do Brasil, Ciro Gomes usa dados falsos e exagerados“O governo federal faz uma intervenção no Rio, mas constrangeu o Rio de Janeiro, num acordo recente pelo colapso fiscal, a não repor policiais aposentados. Está proibido de fazer concurso no Rio.”FalsoErradoCorreto
27
Agência Pública - TrucoCiro GomesAo falar do Brasil, Ciro Gomes usa dados falsos e exagerados“O Brasil tem a mais perversa distribuição de renda de todas as sociedades organizadas que eu me dei a observar. Olha o número: cinco pessoas têm fortuna equivalente a 100 milhões de nacionais, que vem a ser a metade da nossa população.”VerdadeiroCorretoCorreto
28
Agência Pública - TrucoGeraldo AlckminEm 8 frases, acertos e erros de Geraldo Alckmin“No ano passado, reduzimos 12,8% o roubo de carro; 6% caiu o latrocínio.”VerdadeiroDistorcidoExageradoA própria reportagem trata dos outros indicadores de criminalidade que tiveram aumento, como estupro (10% entre 2016 e 2017), roubo de carga (45% desde 2010) e lesão corporal seguida de morte (325% a mais ano passado). Os dados apresentados pelo candidato, sem o contexto, distorcem a compreensão sobre a criminalidade a que se refere e sugerem que só houve melhorias.
29
Agência Pública - TrucoGeraldo AlckminEm 8 frases, acertos e erros de Geraldo Alckmin“São Paulo é o único estado brasileiro que põe 1% do ICMS para habitação.”ExageradoDiscutívelCorretoA alíquota variou de ano para ano, sendo que foi inferior a 1% em diversos.
30
Agência Pública - TrucoGeraldo AlckminEm 8 frases, acertos e erros de Geraldo Alckmin“O Brasil tem déficit primário. Imagina você dever R$ 3,5 trilhões. Não paga juros, não paga correção monetária, e gasta todo ano R$ 120 bilhões a mais.”VerdadeiroDistorcidoImprecisoO número apresentado pelo candidato está correto, porém, numa frase cujo cenário distorce a realidade. O governo brasileiro paga juros todos os anos, religiosamente. O contexto de não pagamento de juros e correção monetária apresentado pelo candidato não faz sentido.
31
Agência Pública - TrucoGeraldo AlckminEm 8 frases, acertos e erros de Geraldo Alckmin“Nós temos quase 150 empresas estatais.”VerdadeiroCorretoCorreto
32
Agência Pública - TrucoGeraldo AlckminEm 8 frases, acertos e erros de Geraldo Alckmin“2016, que é o último ano que você tem dados: a média de aposentadorias e pensões do INSS é R$ 1.191. Média de aposentadorias e pensões do Poder Executivo federal: R$ 8 mil. Média do Poder Judiciário – não é do juiz, é do Poder Judiciário: R$ 16 mil. Média do Congresso Nacional: R$ 24 mil.”FalsoErradoCorreto
33
Agência Pública - TrucoGeraldo AlckminEm 8 frases, acertos e erros de Geraldo Alckmin“Teve um aumento extraordinário de expectativa de vida dos homens em São Paulo. Não é que as mulheres estão morrendo mais, não. Elas também estão vivendo, aliás, vivem mais que os homens, mas diminuiu a diferença, porque caiu o assassinato.”FalsoSem ContextoExagerado
34
Agência Pública - TrucoGeraldo AlckminEm 8 frases, acertos e erros de Geraldo Alckmin“A maior seca do século passado tinha sido em 1953. Em 2014 choveu a metade de 53 e tivemos uma grande seca.”VerdadeiroDistorcidoExageradoA reportagem detalha com precisão a distorção na fala do candidato. Segundo a própria agência, os problemas de abastecimento em São Paulo não resultam apenas das condições climáticas anormais, mas também da falta de eficiência no gerenciamento do abastecimento do sistema paulista mencionado na própria reportagem.
35
Agência Pública - TrucoGeraldo AlckminEm 8 frases, acertos e erros de Geraldo Alckmin“Conseguimos uma economia [no consumo de água] de 15% praticamente, que se manteve depois de passada a crise, com essa redução de consumo e uso racional da água.”VerdadeiroSem ContextoExageradoA reportagem omitiu o fato de que a política de redução de tarifa para os grandes consumidores empresariais permaneceu e até aprofundou-se após a crise.
36
Agência Pública - TrucoJair BolsonaroChecamos 8 frases de Jair Bolsonaro“Eu nunca votei com o partido, tanto é que quem diz isso não sou eu. É o Joaquim Barbosa.”FalsoExageradoExageradoA própria reportagem explicou detalhadamente o contexto em que a frase do candidato se aplica. É verdadeiro que nas 33 votações que envolveram a reforma tributária, ao longo de setembro de 2003, Bolsonaro foi contra o partido 31 vezes. Tanto o rótulo exagerado quanto o sem contexto cairiam bem aqui, porém, falso, é um exagero.
37
Agência Pública - TrucoJair BolsonaroChecamos 8 frases de Jair Bolsonaro“O ano passado nós gastamos R$ 28 bilhões com o Bolsa Família.”VerdadeiroCorretoCorreto
38
Agência Pública - TrucoJair BolsonaroChecamos 8 frases de Jair Bolsonaro“Em 1999, o Estado-Maior das Forças Armadas fez um estudo mostrando que ao longo de 30 anos, na verdade, o militar trabalhava 45.”Impossível ProvarImpossível ProvarCorreto
39
Agência Pública - TrucoJair BolsonaroChecamos 8 frases de Jair Bolsonaro“A massa que atualmente se aposenta está até três salários mínimos, mais da metade está até três salários mínimos.”VerdadeiroCorretoCorreto
40
Agência Pública - TrucoJair BolsonaroChecamos 8 frases de Jair Bolsonaro“Como se não bastasse, nós temos quase 20 mil haitianos nas mãos do MTST em São Paulo, massa de manobras, inclusive o Haddad já cadastrou no Bolsa Família…”Impossível ProvarImpossível ProvarCorreto
41
Agência Pública - TrucoJair BolsonaroChecamos 8 frases de Jair Bolsonaro“A gente cresce 2 milhões de habitantes por ano [no Brasil].”21,811,1%VerdadeiroImprecisoImpreciso
42
Agência Pública - TrucoJair BolsonaroChecamos 8 frases de Jair Bolsonaro“Você tem o Rio Cotingo [em Roraima] que, pela topografia, você pode construir três hidrelétricas lá. Uma só já seria suficiente para abastecer Roraima e ainda sobraria metade [da energia].”FalsoErradoCorreto
43
Agência Pública - TrucoJair BolsonaroChecamos 8 frases de Jair Bolsonaro“O orçamento no ano passado, se não me engano, desse ano, dá R$ 1 trilhão e 700 milhões para rolagem de dívida e amortização. Praticamente metade do que se arrecada no Brasil vai para o sistema financeiro.”1,71,72-1,2%VerdadeiroCorretoCorreto
44
Agência Pública - TrucoGuilherme BoulosOs acertos, exageros e erros de Guilherme Boulos“São R$ 450 bilhões que as grandes empresas devem para a Previdência.”450445,80,9%ExageradoCorretoAbsurdoA reportagem afirma que o candidato usou exatamente o mesmo valor contido no relatório final da CPI da Previdência no Senado. Entretanto, segundo outra fonte de dados - a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional - o valor mais recente seria de R$ 445,8 bilhões, uma diferença insignificante de 0,9%. A agência não teve dúvida: exagerado!
45
Agência Pública - TrucoGuilherme BoulosOs acertos, exageros e erros de Guilherme Boulos“A forma como se organizam as polícias no Brasil é uma verdadeira jabuticaba: só existe aqui. A divisão entre polícia ostensiva e polícia investigativa, uma militar e outra civil.”FalsoCorretoErradoA reportagem esclarece que o modelo bipartido - no qual uma polícia faz a investigação e a outra faz a parte ostensiva - adotado no brasil é raro. Entretanto, a reportagem coloca palavras na boca do candidato, dizendo que "ao contrário do que afirma Boulos, o modelo bipartido não é utilizado apenas no Brasil". O problema é que o candidato não se referiu apenas ao modelo bipartido em sua frase que, apesar de raro, existe em outros países. Na mesma frase o candidato faz referência a outro aspecto da forma como se organizam as polícias no brasil: uma é militar (a polícia ostensiva) e a outra é civil (a polícia investigativa). A reportagem não esclarece em momento algum se as duas dimensões apresentadas pelo candidato existem, ou não, simultaneamente, em outros países: (i) uma polícia ostensiva e outra polícia investigativa, sendo (ii) a primeira militar e a segunda civil. Para dizer o mínimo, faltou um pouco mais de pesquisa antes de tacar o carimbo de "falso", uma vez que a reportagem ignorou completamente a dimensão militar-civil e focou-se apenas no modelo bipartido. Para tornar o modelo brasileiro ainda mais único, a agência deveria ter considerado que existem 2 polícias federais civis, 27 polícias estaduais civis e 27 militares, além de diversas guardas municipais civis.
46
Agência Pública - TrucoGuilherme BoulosOs acertos, exageros e erros de Guilherme Boulos“Nós temos 6 milhões e 200 mil famílias sem casa e 7 milhões de imóveis vazios no Brasil.”VerdadeiroCorretoCorreto
47
Agência Pública - TrucoGuilherme BoulosOs acertos, exageros e erros de Guilherme Boulos“Hoje, 5,5% do PIB vai para educação, desses 5,5% apenas 1% é da União.”VerdadeiroCorretoCorreto
48
Agência Pública - TrucoGuilherme BoulosOs acertos, exageros e erros de Guilherme Boulos“A Constituição brasileira é clara, ela diz que não pode haver monopólio nas comunicações, hoje existe.”VerdadeiroCorretoCorreto
49
Agência Pública - TrucoGuilherme BoulosOs acertos, exageros e erros de Guilherme Boulos“[A Constituição] diz que não pode ter propriedade cruzada, ou seja, que uma mesma empresa vai ter jornal, televisão, TV a cabo, revista. Nós sabemos que hoje existe.”ExageradoImprecisoExagerado
50
Agência Pública - TrucoGuilherme BoulosOs acertos, exageros e erros de Guilherme Boulos“[A Constituição] diz também que não pode ter concessão de TV e rádio para político e hoje é o que mais tem.”Impossível ProvarImpossível ProvarCorreto
51
Agência Pública - TrucoGuilherme BoulosOs acertos, exageros e erros de Guilherme Boulos“Todas as pesquisas feitas mostram que os cotistas têm desempenho igual ou inclusive melhor aos demais alunos da universidade.”VerdadeiroCorretoCorreto
52
53
54
55
56
57
58
59
60
Loading...