Entrevista às candidatas (Responses)
 Share
The version of the browser you are using is no longer supported. Please upgrade to a supported browser.Dismiss

 
View only
 
 
BCDEFGHIJKLMNO
1
Nome e sobrenome PartidoCite duas de suas principais propostas:Quais são suas políticas direcionadas às mulheres?Descriminalização do abortoDescriminalização da maconhaEscola sem partidoEstatuto da família - não reconhecimento de famílias LGBT
2
Gláucia Pereira Lage AlvesPT1- Preço de medicamentos: que afeta diretamente a qualidade de vida das pessoas no Brasil,um caso de saúde publica
Sildenafila50 com 1 R$ 25,66
Dic sódico50mg) com20 R$36,57
Nim 100mg com 12comp ) R$42,51
Qualquer destes medicamentos citados as farmácias pagam menos de um real para adquiri-los.
2-Ser a voz na assembleia Legislativa das classes organizadas principalmente dos farmacêuticos e do sindicato da classe.
SAÚDE E LIBERDADE
Opressão mata,livre arbítrio da vida carnal pode matar o espiritual e a escolha é sua .Como cristã eu seria contra :aborto,maconha,LGBT e escola plural ou partidária,mas como politica eu ouviria o anseio das massas ,jamais vou querer impor minhas convicções religiosas.Creio que assim você entendera as minhas respostas a seguir.VIVA O LIVRE ARBÍTRIO independente do preço a pagar.
A favorA favorA favorContra
3
Jussara Campos MachadoPSOL Minhas principais propostas são em defesa da saúde. Saúde mental em primeiro lugar, pois se um cidadão não estiver ver emocionalmente, conseguintemente seu corpo também será abalado, podendo aparecer múltiplos transtornos, como também problemas físicos. Meu segundo foco é manter o Ipsemg em pé, pois é um instituto de grande valia para o nosso estado.
Também pretendo apoiar a questão da educação.
Na verdade, acredito que a mulher tem o direito de entrar em qualquer política, que o mundo não deve ser divido! Não estamos no momento de dividir o mundo, estamos no momento de união, somente assim poderemos vencer todos esses obstáculos que nosso país tem passado. A favorA favorA favorContra
4
Adriana FernandesPRPFortalecer o IPSEMG.
Combater sistematicamente a Pedofilia.
Projeto de politização feminina.A favorContraA favorContra
5
Ketlin SerranoPSLÁrea de Educação:
∙ Reativar o investimento estadual e federal para implantação aos novos Colégios Militares Estaduais, bem como à implementação de melhorias dos Colégios Militares Estaduais já existentes, para que possam atender as demandas crescentes dos municípios mineiros, quanto aos filhos de militares e aos filhos da sociedade mineira, por concurso público;

Capacitar e incluir mulheres no mercado de trabalho, assim aumentar sua renda e torná-las cada vez mas independentes. Atenção a saúde da mulher, diminuir o tempo de espera por consultas e exames como a mamografia. Ampliar o atendimento humanizado as mulheres que sofrem de alguma dependência química criando centros especializados de atendimento e assistência á mulheres e familiares. Fiscalizar e ampliar o número de delegacias da mulher.ContraContraA favorPrefiro não responder
6
Marina MendesPSBSaúde segurança Nos mulheres devemos ser mais respeitadas temos direitos iguaisContra
Prefiro não responder
ContraContra
7
Perla AlcântaraRedeLegalização da prostituição e Reforma do sistema prisionalIncorporação do enfoque de gênero na educação e criação e sustentação de políticas públicas para a proteção das mulheres (proteção à violência doméstica, creches para os filhos, programas sociais, etc.).A favorA favorContraContra
8
Joelma PaivaPDT* EDUCAÇÃO: MELHORES CONDIÇÕES DE TRABALHA E OS DIREITOS RESPEITADOS PARA OS PROFISSIONAIS DA ÁREA.

* MEIO AMBIENTE: RECICLAGEM - VALORIZAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DA ÁREA COM CURSOS ESPECÍFICOS E ADQUISIÇÃO DE MÁQUINAS PARA UM MAIOR CUSTO BENEFÍCIO NO PRODUTO FINAL.
* CASA DE APOIO PARA MULHERES QUE SOFREM VIOLÊNCIA DOMÉSTICA, ONDE PODERÃO TER APOIO PSICOLÓGICO, CURSOS PROFISSIONALIZANTES, APOIO JURÍDICO. UM NOVO COMEÇO.
Prefiro não responder
ContraContraContra
9
Simone Cristina Claro FernandesPSLMais segurança na zona rural por que está totalmente esquecida pelos nossos governantes
Criar um piso salarial e reduzir a carga horária da enfermagem
Na minha opinião nos mulheres já está em tudo que vemos e falamos então na minha concepção só mais um pouco de respeito e aceitação ContraContraA favorA favor
10
Maura MacedoSolidariedade
1 - Trabalhar pela aprovação, aplicação e comprimento de uma LEI que incentiva empresas a contratarem pessoas maiores de 50 anos. (hoje vemos muitos pai e mãe de família desempregado e sem chance de voltar ao mercado de trabalho por causa da idade).
2 - Estabelecer regras mais rígidas para as licitações pública no estado. Aumentando o controle da circulação do dinheiro.
- Articular políticas do trabalho e da autonomia econômica das mulheres;
- Promover programas para as áreas de saúde, educação, cultura e ações voltadas para maior participação das mulheres nas políticas de igualdade de gênero e diversidade.
- Estimular a Igualdade no mundo do trabalho e autonomia
- Fortalecer a participação das mulheres nos espaços de poder e decisão

Contra
Prefiro não responder
A favorContra
11
Dra. Lorrane RodriguesPSDFiscalização das políticas e contas Públicas.
Piso salarial, Valorização e Regulamentação do profissional da advocacia.
Investimento em educação e inserção do direito nas escolas.
Piso salarial digno para professores.

Inserção das mulheres e mães no mercado de trabalho. Criar programas de incentivo e auxilio, para que essa categoria volte a trabalhar e estudar. Contra
Prefiro não responder
A favorContra
12
Miracy Santos LimaDEMTrabalho pela melhoria do Serviço Público de Saúde.
Quero ajudar a melhorar a qualidade do ensino público em nosso Estado.
Estamos trabalhando para valorizar e organizar as mulheres do nosso partido.
Também estamos trabalhando para ampliar a participação política em todas as regiões de Minas Gerais.
Pretendemos organizar ações para que as mulheres possam se valorizar mais como seres humanos e como cidadãs.
A favorContraContraContra
13
Jael Rodrigues de OliveiraPROSPRETENDO CRIAR UMA REDE JUNTO AOS LIDERES COMUNITARIOS EM DEFESA DA FAMILIA – EDUCAÇÃO – SAUDE – MULHERES, HOMENS E IDOSOS – CRIANÇAS E ADOLESCENTES – DEFICIENTES FISICOS - TRANSPLANTADOS – SEGURANÇA – MEIO AMBIENTE – E OS QUE TEM INSUFICIENCA RENAL CRÔNICA - ICMS E PVA.
LUTAREMOS PARA FAZER UMA APROXIMAÇÃO ENTRE O ELEITOR E A CAMARA.
- Cuidar para que os programas que atende as mulheres que sofrem violência doméstica, e garantir que as medidas protetivas definidas pelo poder Judiciário sejam cumpridas e que elas não sejam mais vítimas dos agressores.
- criar programas junto as comunidades para prevençâo de doenças
ContraContraA favorPrefiro não responder
14
Elisangela AndradePSL1 - Fazer com que a população fiscalize os investimentos públicos do inicio ao fim criando comissões regionais de fiscalização.
2 - Criar uma lei orçamentaria voltada exclusivamente a saúde pública, para que hospitais e postos tragam um atendimento justo e digno a população com equipamentos modernos, remédios e médicos especializados.
Trabalho-Atualizar as leis que dão o direito das mulheres receberem o mesmo salário, sendo contratada pela mesma função dos homens.
Saúde- Atendimento pelo SUS- Saúde da Mulher anual com direito a check-up preventivo.
Inclusão-Criar um projeto de lei no cadastro habitacional para moradia acessível e adaptada para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.
Entre outras...
Prefiro não responder
ContraA favorPrefiro não responder
15
Glaucia MoreiraPROS1° sou Enfermeira vou lutar pela aprovação da PL 30 HS semanais da Enfermagem piso salarial. Assegurando uma carreira digna e valorizada.

2° Quero melhorar a vida das pessoas,sabemos que em muitas cidades de MG ainda não tem o básico Ribeirão das Neves é um exemplo falta tudo: posto de saúde, creche, saneamento básico, asfalto,alimentação, moradia segura.Vou trabalhar para ajudar os mais carentes a terem uma vida digna.

vou lutar pela igualdade de gênero, pela valorização e empoderamento.
vou lutar pela prevenção e o fim da violência contra as mulheres principalmente da violência doméstica sei bem o que é isso cresci com o meu pai alcoólatra judiando da minha mãe .
Prefiro não responder
ContraContraContra
16
Tatiane Thaís RochaPMNBasta de corrupção - educar crianças através de resgatamento de moral e cívica ;
Empoderamento feminino em qualquer área que a mulher quiser/escolher trabalhar/atuar
Empoderamento Feminino em todas as áreas profissionais
Prefiro não responder
Prefiro não responder
Prefiro não responderPrefiro não responder
17
Augusta Isabel Junqueira FagundesPatriotaEducação: Melhoria da qualidade da Educação e luta pela valorização dos profissionais da Educação em todas as modalidades. Luta pela melhoria da infraestrutura escolar e transporte escolar. Redução das desigualdades socio-economicas Saude: dar andamento, reformular e lutar pela aprovação dos projetos de lei que tramitam na Câmara relacionados a definição do piso salarial e carga horária para a classe dos profissionais da enfermagem mineira. Redução da desigualdade de gênero; combate a violência contra a mulher. Criar condições de empoderamento da mulher através da educação e geração de renda. Criar mecanismos de estimulo e valorização a mulher empreendedora. Promoção dos direitos básicos das mulheres. Luta pela redução da gravidez de adolescentes.
Prefiro não responder
Prefiro não responder
ContraContra
18
Selma Maria Vieira RochaPHSCriar leis para diminuir a burocracia no setor de saúde, principiante quanto a realização de exames e cirurgias.
Garantir o repasse de recursos estaduais para a saúde, educação e segurança.
Criar um projeto que garanta um efetivo mínimo de mulheres nas delegacias de polícia, principalmente nas delegacia de Mulheres, pois muitas das vezes às mulheres são atendidas por homens e são hostilizadas e não conseguem finalizar a ocorrência.
Trabalhar para ampliar as campanhas voltadas para a saúde das mulheres. Hoje a visibilidade maior é sobre o câncer de mama, porém, sabemos que as mulheres tem carência em vários outros setores da saúde.
Prefiro não responder
ContraPrefiro não responderPrefiro não responder
19
Juliana Paixão PSL* Implementação de cursos como primeiros socorros na grade do ensino médio

* Melhoria na saúde, com postos de pronto atendimento equipados para atender 24 horas
Minhas políticas são direcionadas a todos os gêneros.ContraContraA favorPrefiro não responder
20
Lucirene Lopes Trevenzoli BrandãoPodemosCampanha será sobre a violência domestica, Já sofri essa situação.
1º- Instruir as lideranças comunitárias dos bairros , disk denúncia ,ressaltando a importância da quebra do silêncio.Ações com delegacias dos bairros, suporte as vítimas . 2-tornar lei a prevenção contra a violência nas escolas,pelos alunos aprendendo o respeito, igualdade entre homem e mulher ,cartilhas direcionado aos alunos e pais ,tendo ajuda de psicólogos nas escolas.
Poucas instituições no país recebem esses tratamentos especializados às vítimas de maneira integral.Mais ação de forma agressiva em todos os canais de comunicação.
Conscientizar as mulheres,crianças,adolescentes, idosos a não ter medo de denunciar,conscientizar a família,todos envolvidos por uma causa que vale o esforço de cada um para dar um basta nas agressões sejam elas de qualquer forma;física,emocional,psicológica.
ContraContraA favorContra
21
Cires MeloPRP *Redução dos sálarios do Parlamentares
*Fim do cabide de emprego dentro de empresas públicas.
*Redução da verba idenizatoria, que hoje representa regalias e privilégios.
*Implantação do bolsa saúde para pacientes com doenças cronicas
*Humanização do SUS
*redução da carga tributaria
*Criação de delegacias e secretaria da mulher em todos os Estados da União.
*Combate o turismo sexual no Brasil, implantando programas de apoia as mulheres sexualmente explorada. E promoção de acoes que apaguem a imagem binómio da mulher brasileira,construída socialmente atráves de esteriótipos criados por meio de comunicação que vincula a imagem da mulher brasileira a sensualidade.
ContraContraA favorContra
22
Rosangela Sanguinette PatriotaMais saúde e educação para o nossso povo mineiro Salário melhor para as mulheres e inguldade e mais protecção e respeito pra elas...Contra
Prefiro não responder
Prefiro não responderPrefiro não responder
23
Silvana SilvaPSDFiscalizarei para que cada recurso da União chegue ao seu destino e seja aplicado naquilo a que se destina. Utilizarei todas as emendas parlamentares que tiver direito em favor da saúde e mental das mulheres, para a educação criarei educação única para todas as escolas, com modelo padrão para cada classe etária, com respeito e dignidade e na segurança lutarei para que cada uma de nossas polícias funcionem separadas cada uma no seu dever.Criação de delegacias de mulheres em todo o Brasil. Aumentar o número de polícias femininas. Casas para abriga mulheres em situação de risco. Saúde mental através a dignidade e respeito, auto estima.Ffomentarei a descobertas interiores e a capacidade de viverem com maior qualidade de vida através cursos direcionados por psicólogos, proteção contra o feminicídio e a equiparação de salários aos pagos aos homens.Contra
Prefiro não responder
A favorPrefiro não responder
24
Nana OliveiraPSOLSegurança pública estruturada a partir de ações de prevenção e inteligência.
Nenhuma vaga a mais no sistema prisional público ou privado, enquanto encarcerar for a principal escolha, o único método que podemos conviver são as Apac’s
Política pública de referência a mulher privada de liberdade e sua família.
Enquanto houver encarceramento, a vedação do que encarceramento de mulheres em unidades prisionais mistas
A favorA favorContraContra
25
Marinice SantosMDBMelhorias na saúde publica.
Segurança e Saúde da Mulher
Garantir o cumprimento de todos os direitos em favor das mulheres.
Prefiro não responder
ContraA favorPrefiro não responder
26
Naiana CollemPSLMinhas principais propostas são de punir com mais rigor quem pratica abuso sexual, principalmente a pedofilia. Criança não tem que ser iniciada ao sexo de nenhuma forma.
A segunda é que possamos garantir que criança vá a escola estudar e não aprender ideologia de gênero, dançar funk, ou qualquer tipo de sexualização.
Garantir que todas as mulheres que quiserem, possam ter o direito ao porte de arma para a legítima defesa, claro que depois de passar por exames psicológicos e de receber treinamento adequado.

Punir com mais rigor estupradores.
ContraContraA favorA favor
27
Maria Dirlene Trindade MarquesPSOL 1.Participação política das mulheres em todas as instâncias consultivas e deliberativas. Este é um pressuposto para que as mulheres sejam livres para desenvolver todas as suas capacidades!

2.Outra proposta é a transversalidade de gênero nas políticas públicas. Poucos avanços poderão ser obtidos sem o compromisso de todo o governo do estado que deverá acompanhar essas políticas via secretaria de governo.

Políticas centradas em três direitos fundamentais:

1.Direito à vida: Erradicação do feminicídio e promoção da justiça de gênero.

2.Saúde e direitos reprodutivos, à maternidade segura e ao parto natural, sem descuidar do direito ao aborto. Criação de ambulatórios destinados às mulheres trans.

3.Direito ao trabalho em condições de equidade. O governo irá adotar os quesitos cor e gênero nos editais para os contratos com o setor privado.

A favorA favorContraContra
28
Gláucia ElianaPROSOtimizar os recursos públicos, sem aumento da carga tributária, com a fiscalização efetiva dos gastos públicos. Controle e transparência para um Estado mais competitivo.
Reduzir desigualdades regionais nas regiões onde oportunidades de trabalhado são escassas, pais de famílias e jovens se deslocam para outras regiões. Doentes vêm a óbito pela falta de atendimento médico, sem condições de pagar exames, cirurgias. O SUS não atende à demanda.


Criar programas de inserção no mercado de trabalho para mulheres vítimas da violência doméstica. Contra as desigualdades entre os gêneros nos campos profissional e político, no combate ao preconceito ético-racial, de gênero, socioeconômico, orientação sexual e as pessoas com deficiência, com apoio para as mães carentes de filhos com necessidades especiais e para a compreensão das diversidades existentes, contra o preconceito e a intolerânciaA favorA favorA favorPrefiro não responder
29
Cristina del PapaPT- Defesa da Rede Federal de Ensino e do Sistema Único de Saúde (SUS), garantindo que ambos tenham recursos para oferecerem serviços públicos, gratuitos, de qualidade e condizentes com as necessidades da população. Financiamento adequado para a Ciência e Tecnologia.
- Revogação da Emenda Constitucional nº 95/2016, que estipula o teto dos gastos e congela os investimentos nos serviços e nas políticas públicas;
- Políticas de enfrentamento à violência contra as Mulheres: ações legislativas (proposição de leis e fiscalização do cumprimento) e educativas como instrumento de transformação cultural;
- Políticas de promoção da igualdade de gênero;
- Descriminalização do aborto;
A favorA favorContraContra
30
Sílvia TeixeiraRedeUma luta que pretendo prosseguir, sem tréguas, é contra a exploração sexual infantil. Já tenho contatos com diferentes órgãos montando uma rede de aliados para acabar de vez com essa prática vergonhosa.

Intolerância, jamais: Confiante na minha fé, acredito que todo ser humano é dígno de respeito, independente da raça, gênero, crença religiosa ou opção afetiva. Somos todos iguais! E isso é o que conta no meu trabalho.
Sem Assédio
Estou muito atenta aos problemas ocorridos nos ambientes de trabalho, eu mesma já sofri com isso. Por esta razão incluí a luta contra o assédio, e toda e qualquer forma de violência contra as mulheres, em meus compromissos e vou empenhar o melhor de mim nessa frente de luta.
A favorA favorContraContra
31
Elisa Lopes Novo1. Educação voltada para o empreendedorismo com foco em tecnologia e inovação.
2. Desburocratizar as leis para incentivar o empreendedorismo e fomentar a economia.
Conscientização das mulheres para participação na política. Pretendo atuar como uma incentivadora deste processo. Acredito que nós mulheres podemos contribuir muito com a política , mas esta participação deve ser voluntária e consciente. ContraContraPrefiro não responderContra
32
Gladis FreitasPRPHabitação digna para famílias de baixa renda , com direito ao Hiper Centros
Igualdade salarial nas mesmas funções e valorização da" MULHER " nos diversos espaços da sociedade.
Igualdade salarial nas mesmas funções e valorização da" MULHER "

Agilidade na aplicação da LEI Maria da Penha;

Creches Comunitárias com tempo integral

Garantia de igualdade das vagas de emprego

Agilidade e disponibilidade de consultas, exames e tratamentos pelo SUS

titulação dos imóveis através de Programas Sociais Habitacionais em nome das mulheres

ContraContraA favorPrefiro não responder
33
Angelica SilvaPHSSou Angélica Silva Balconista da Padaria Lisboa (Av.Getúlio Vargas) candidata a deputada estadual meu projeto é trabalhar em prol das comunidades em parceira com a Unape (União Nacional das Periferias) trazendo cultura educação esporte saúde segurança lazer. E representando os profissionais de áudio de minas lutando para terem seus valores reconhecido
Meu lema é esse do povo para o povo
Vote angélica Silva
31024
Irei lutar a favor das mulheres contra a violência doméstica, defendendo nós mulheres para continuarmos tendo nossos direitos respeitados.Contra
Prefiro não responder
Prefiro não responderA favor
34
Renata Regina de Abreu RodriguesPCBEm defesa do SUS.Valorização e fortalecimento da carreira dos trabalhadores da saúde com redução de jornada e aumento de salário.Pelas 30 horas para enfermagem já!
Defesa da educação pública gratuita e de qualidade.Ampliação da oferta de vagas na educação infantil,até garantir também o total atendimento a crianças até 03 anos em creches. Por oferta de vagas integrais e em todos os períodos.
Pelo Direito a uma vida sem violência, com políticas públicas efetivas de proteção das mulheres em situação de violência.Basta de todas as formas de violência contra as mulheres.
Por uma legislação que proteja a mulher da violência obstétrica,em defesa da humanização do parto com garantia dos direitos e protagonismo das mulheres.
A favorA favorContraContra
35
Railda PereiraPTBA valorização do jovem cidadão, do ser humano na sociedade que na hora de procurar emprego não encontra, por não ter experiencia suficiente - como alegam. E do trabalhador, que atualmente não encontram emprego porque o estado, não pensou na industria, o estado não pensou em criar novos postos de trabalho, o estado não trabalhou o suficiente para a classe que o mantem - o trabalhador. Seja ele que trabalha de carteira assinada ou não.A valorização e o reconhecimento da mulher na sociedade. E também fazer a lei MARIA DA PENHA funcionar: Como? Pedindo a policia judiciaria que faça o infrator se apresentar mensalmente na delegacia que foi instaurado o inquérito para que se fiscalize a determinação judicial. Estamos lutando pelo nosso espaço e quero fazer parte dessa luta e contribuir outras de nos tenhamos voz e corpo, força e dignidade, oportunidade e segurança.ContraContraA favorContra
36
Mariah BrochadoDCMinas pela Dignidade Docente, Mulheres por Minas, Minas Diversidades Gerais, Minas Pró-FuturoI) promoção do empreendedorismo feminino em Minas; II) à legalização dos direitos de maternidade no Estado como lei pioneira no Brasil; III) à implementação de redes de assistências à mulher em situação de risco e violência, e a expansão de delegacias de mulheres por todo o Estado. IIII) Montar agenda específica para a condição da feminilidade trans, adotando a concepção de gênero autopercebido contra toda forma de cisnormatividade compulsória.A favor
Prefiro não responder
ContraContra
37
Aline NogueiraPVComo candidata a deputada federal pretendo trabalhar para a criação e aprovação de leis que são de reais necessidades dos cidadãos, defendendo uma educação de qualidade, com boa infra estrutura e valorização dos profissionais, assim também na cultura que é primordial para o desenvolvimento social e do turismo, alavancando assim setores econômicos. Trabalharei também pela diversidade e equidade de direitos.Como secretária da mulher no Partido Verde, já luto pela equidade de direitos, valorização da mulher, empoderamento e representatividade em todos os setores.A favorA favorContraContra
38
Áurea CarolinaPSOLDistribuição democrática da riqueza, por meio de políticas de inclusão social, de uma reforma tributária justa e progressiva e do fortalecimento de alternativas econômicas de base comunitária, solidária e popular.
Políticas sociais de prevenção à violência e segurança cidadã, incluindo práticas restaurativas, atuação comunitária e desmilitarizada das polícias e uma política de drogas na perspectiva da saúde pública e redução de danos.
Mediações que conectem o poder público e as demandas locais, com apoio a iniciativas autônomas para o bem viver das maiorias sociais, como mulheres, quilombolas, indígenas e pessoas que vivem nas periferias.
Ocupação dos espaços de poder pelos diversos grupos sociais, de forma a construir a democracia a partir de suas lutas - a exemplo da Gabinetona, na Câmara de BH, em que a maioria das assessoras são mulheres e pessoas negras.
A favorA favorContraContra
39
Cristina CorrêaPTO foco de meu mandato será na geração de oportunidades de emprego e empreendimento para toda a população, mas com atenção especial às mulheres e jovens. Para tal, trabalharei pela revogação da PEC do Teto e por mais investimentos na educação, focando em cursos profissionalizantes que capacitem jovens e adultos para o mercado de trabalho.Além da capacitação para o mercado de trabalho e empreendedorismo, pauto o acesso às creches públicas, para amparar as mães ao perseguir suas carreiras, pois a dupla jornada se mantém como um dos nossos grandes desafios. Buscarei, também, trabalhar no combate à violência de gênero em todas suas formas, e incluir as discussões de gênero nas escolas, para que possamos, futuramente, erradicar o machismo, LGBTfobia e todas as formas de opressão.
Prefiro não responder
Prefiro não responder
ContraContra
40
Natália GranatoPSOLO eixo fundamental para ter dinheiro para investir nas áreas sociais é a auditoria e suspensão do pagamento da ilegal dívida pública estadual, além disso é preciso acabar com a farra das isenções fiscais para empresários multimilionários e corruptos. Enquanto eles deixam de pagar impostos, quem paga essa conta somos nós pobres que trabalhamos.
Esse dinheiro deve ser investido em educação, no SUS e pagamento dos salários dos servidores em dia.
O problema mais sério para as mulheres hoje é o feminicídio. É preciso fortalecer as delegacias da mulher com efetivo 100% feminino e funcionando 24h, bem como a divulgação ampla do Disque 180, que aciona todos os dispositivos ligados à lei Maria da Penha. Facilitar aplicação de DIU no SUS.
Defendemos também educação sexual que ensine o consentimento, diversidade e como utilizar os métodos contraceptivos e prevenir DSTs no Ensino Médio.
A favorA favorContraContra
41
Adriana GuimarãesDC1- PROPONHO CRIAR UM CORREDOR EXCLUSIVO PARA MOTOCICLISTAS. 2- VOLTAR OS COBRADORES PARA TODAS AS LINHAS DE ÔNIBUS1- IGUALDADE DE SALÁRIOS PARA AS MULHERES DE ACORDO COM AS FUNÇÕES;
2- MAIS RIGIDEZ NAS LEIS E APOIO AS MULHERES QUE SOFREM VIOLÊNCIA DOMESTICA E QUALQUER OUTRO TIPO DE VIOLÊNCIA;
3- DESENVOLVER UMA POLITICA DE CAPACITAÇÃO PARA INSERIR MULHERES CARENTES NO MERCADO DE TRABALHO.
ContraContraA favorA favor
42
Gladis FreitasPRPMoradia digna e destinação dos imóveis ociosos para moradias de interesse social., lutar pela extensão do metrô para Santa Luzia, Ribeirão das Neves, Sabará e região do Barreio, acesso a educação de qualidade desde a primeira infância ate ao ensino superiorvalorização da mulher nos diversos setores da sociedade, luta pela equiparação salarial no exercício da mesma função que o HomemContraContraA favorPrefiro não responder
43
44
45
46
47
48
49
50
51
52
53
54
55
56
57
58
59
60
61
62
63
64
65
66
67
68
69
70
71
72
73
74
75
76
77
78
79
80
81
82
83
84
85
86
87
88
89
90
91
92
93
94
95
96
97
98
99
100
Loading...
Main menu