Cadastro de artigos, blogs e publicações brasileiras sobre Aprendizagem Criativa (Responses)
 Share
The version of the browser you are using is no longer supported. Please upgrade to a supported browser.Dismiss

 
View only
 
 
BCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWXYZAA
1
Título da publicaçãoAno da publicaçãoTipo de publicaçãoBreve descrição (ou abstract) da publicaçãoURL da publicaçãoReferência bibliográfica da publicaçãoAutores da publicação
2
Docente traduz ferramenta do MIT para criação de aplicativos2016Matéria de jornal, revista, rádio ou televisãoO professor e pesquisador Eduardo Valle da Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação (FEEC) da Unicamp, atual coordenador de graduação do curso de Engenharia da Computação, completou, no início do ano, a tradução para o português da ferramenta de criação de aplicativos para celulares MIT App Inventor, disponibilizada gratuitamente na internet pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Por meio do App Inventor, pessoas sem experiência em programação podem criar aplicativos para celulares da plataforma Android. http://www.unicamp.br/unicamp/ju/653/docente-traduz-ferramenta-do-mit-para-criacao-de-aplicativosCarlos Orsi
3
Desenvolvimento de Software para Atividades Educacionais1999Artigo, tese ou publicação científicaEste trabalho parte da idéia de que não existe software que, por si só, seja capaz de educar uma pessoa. Se acreditarmos que a educação é resultado de um conjunto de atividades que propiciam situações favoráveis para o ensinoaprendizado, então os sistemas computacionais só poderão ser considerados mais ou menos “educativos” dependendo do maior ou menor suporte que oferecerem a estas atividades.
Em outras palavras, os programas dito educativos não devem ser analisados ou desenvolvidos fora da atividade educacional para a qual são dirigidos. Um editor de textos usado por uma equipe de alunos na produção do jornal da escola provavelmente teria um papel educativo diferente do obtido pelos mesmos alunos caso utilizassem o mesmo editor para copiar trechos de livros.
O desafio é conseguir descrever as atividades educacionais de modo que, de um lado, os engenheiros de software possam se orientar e, de outro, que os educadores tenham suas idéias e necessidades contempladas. Este é o principal objetivo do presente trabalho.
Para tratar deste problema, propõe-se uma abordagem para o desenvolvimento de software baseada na Teoria da Atividade, um corpo teórico que estuda, dentre outras coisas, como a cultura, as relações sociais, as ferramentas e outros elementos influenciam as atividades humanas. A Teoria da Atividade vem, nos últimos anos, ganhando cada vez mais espaço na Engenharia de Software, principalmente nas áreas onde a consideração de fatores humanos é mais importante.
Como domínio de aplicação e elemento de referência para a abordagem proposta, buscou-se suporte no Construcionismo, uma teoria que estuda o uso da tecnologia na criação de ambientes educacionais. O resultado pragmático mais conhecido do Construcionismo é a linguagem de programação Logo que, nos últimos 20 anos, tem sido utilizada por milhões de estudantes como um solo fértil principalmente para o desenvolvimento do raciocínio crítico e da construção de conceitos matemáticos.
A partir de uma análise da educação construcionista, discute-se, detalhadamente, o desenvolvimento de uma atividade utilizando o software Cocoa. Os resultados indicam que a abordagem proposta modela características relevantes do contexto educacional e possibilita a identificação de vários aspectos a serem considerados no desenvolvimento de novos aplicativos para a educação.
http://web.media.mit.edu/~leob/ms.htmlBurd, L. (1999). Desenvolvimento de Software para Atividades Educacionais. Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação. Dissertação (mestrado): 241 páginas.Leo Burd
4
O ENSINO DOS CONTEÚDOS DE CLIMA E TEMPO A PARTIR DA APRENDIZAGEM CRIATIVA EM UM ESPAÇO MAKER2016Artigo, tese ou publicação científicaEste trabalho é um relato de experiência acerca de um projeto desenvolvido na Universidade Federal de Goiás com o objetivo de levar conhecimentos sobre os conteúdos de clima e tempo a estudantes do ensino fundamental de escolas públicas do estado de Goiás. A experiência descrita refere-se à criação de um espaço de desenvolvimento da criatividade e da compreensão de conteúdos de clima e tempo a partir de experiências, representações e demonstrações feitas com base no Construcionismo. O Espaço Maker encontra-se no Laboratório de Climatologia Geográfica do Instituto da UFG e tem, ainda, como objetivo, aproximar alunos de escolas públicas do ambiente da universidade.http://www.abclima.ggf.br/sbcg2016/anais/arquivos/eixo_6/trabalho%20(21).pdfRODRIGUES, D. L.; SOUZA, L. A.; BARROS, J.R. O ensino dos conteúdos de clima e tempo a partir da aprendizagem criativa em um Espaço Maker. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE CLIMATOLOGIA GEOGRÁFICA, 12., 2016, Goiânia. Anais. Goiânia, 2016. p. 2525-2536Dayane Lúcio Rodrigues; Layanne Almeida de Souza; Juliana Ramalho Barros
5
Educacao Criativa: multiplicando experiências para a aprendizagem2016LivroO volume especial da Série Professor Criativo surge a partir da seleção de 14 textos realizada através de chamada pública lançada em setembro de 2015 pelos organizadores e editores da série. O edital marca o desejo dos editores de fazer desta iniciativa de formação um espaço aberto à participação de professores desbravadores que desejam transformar a educação através do compartilhamento de experiências de aprendizagem cada vez mais criativas.http://bit.ly/educacaocriativaRAABE, A. L. A. et al. Educação criativa: multiplicando experiências para a aprendizagem. Recife: Pipa Comunicação, 2016. 470p. (Série professor criativo, IV).André Luís Alice Raabe; Alex Sandro Gomes; Ig Ibert Bittencourt; Taciana Pontual (orgs.)
6
Design de Experiências de Aprendizagem2016LivroEste livro tem como objetivo contribuir com o desenvolvimento de habilidades de concepção de experiências de aprendizagem entre os profissionais de ensino. Ao longo da obra discute-se a noção de aula e como a mesma impõe limitações à forma natural como os seres humanos aprendem. Argumenta-se que noção de experiências de aprendizagem amplia a visão de como se pode promover melhores aceitação e engajamento dos métodos de ensino e retenção do aprendizado. Técnicas de design são valiosos instrumentos para conceber tais cenários e amplia o leque de procedimentos pedagógicos para o professor. Ao longo do livro mostramos como experiências de aprendizagem podem ser concebidas, prototipadas e avaliadas do ponto de vista do impacto desejado.https://goo.gl/WHJCLVGOMES, A. S.; SILVA, P. A. Design de experiências de aprendizagem: criatividade e inovação para o planejamento das aulas. Recife: Pipa Comunicação, 2016. 162p. (Série professor criativo, III).Alex Sandro Gomes e Paulo André da Silva
7
Blog da Pipa Comunicação2006BlogFoi pensando em viajar por novos ares que o Blog da Pipa Comunicação foi criado como um espaço para exposição de ideias criativas em comunicação, design e educação. Aqui pretendemos ampliar a visibilidade das nossas boas ideias, além das ideias dos nossos parceiros e de bons profissionais que desenvolvem trabalhos importantes, espalhados pelos quatro cantos do mundo. http://bit.ly/blogdapipaVIDAL, Karla; NORONHA, Augusto. Blog da Pipa Comunicação. Comunicação, design e educação. [Blog Internet]. Disponível em http://pipacomunicacao.blogspot.com.br/Karla Vidal e Augusto Noronha
8
Uma proposta baseada em projetos para oficinas de Internet das Coisas com Arduino voltadas a estudantes do Ensino Médio2015Artigo, tese ou publicação científicaEste trabalho apresenta uma oficina de Internet das Coisas estruturada a partir de estratégias de Aprendizagem Baseada em Projetos. As oficinas propostas foram oferecidas a 32 estudantes de Ensino Médio de duas Escolas Estaduais de São Paulo, e tiveram duração de dezesseis horas, divididas em quatro dias. Utilizando sensores, atuadores, Arduino, Scratch, MBlock e AppInventor, a partir do tema Casa Inteligente, cada grupo desenvolveu um projeto distinto, de acordo com seus interesses. As percepções dos estudantes foram coletadas por meio de questionários semiestruturados para avaliação das oficinas, contendo questões referentes à auto-avaliação do aprendizado e envolvimento dos estudantes, e visão a respeito das abordagens propostas. Os resultados indicam forte aceitação do conteúdo e formato das atividades, expressos principalmente nos comentários - apontando um caminho interessante para oficinas que visem apresentar um primeiro contato aos estudantes com conteúdos de programação e robótica voltadas a despertar a motivação em relação ao aprendizado e o interesse para estes temas.
http://seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/61383Fernandez, C. O., Biazon, L. C., Martinazzo, A. A., Ficheman, I. K., & Lopes, R. D. Uma proposta baseada em projetos para oficinas de Internet das Coisas com Arduino voltadas a estudantes do Ensino Médio. RENOTE, 13(2).Cassia de Oliveira Fernandez, Leandro Coletto Biazon, Alexandre A. G. Martinazzo, Irene Karaguilla Ficheman, Roseli de Deus Lopes
9
GuaráTeca: uma biblioteca de funções para robôs baseados em Arduino2016Artigo, tese ou publicação científicaA robótica é uma área que precisa ser explorada desde a idade juvenil e em ambiente escolar, sendo esta uma tecnologia emergente que tem
se tornado elemento praticamente obrigatório nas escolas modernas devido a sua importância nas mais distintas dimensões. E assim, a partir
da necessidade do desenvolvimento de robôs para competições e consequentemente das dificuldades relacionadas à programação no
desenvolvimento destes, este estudo tem como principal objetivo desenvolver uma biblioteca de funções em C++ a fim de facilitar o trabalho
de alunos participantes em competições de robótica que utilizam a plataforma Arduino. Objetiva-se ainda neste trabalho demonstrar a
utilização e eficiência da referida biblioteca em diferentes formatos de robôs para competição (resgate, explorador e seguidor de linha).
Através da motivação gerada pela solução apresentada neste trabalho foi possível aprender o paradigma de orientação à objeto, a linguagem
de programação C++, além do aprendizado do funcionamento de diversos componentes ligados ao Arduino. Os resultados mostram que,
após o desenvolvimento da solução, é possível reduzir o tempo para programação dos mesmos robôs que não utilizam a referida biblioteca,
além de se ter plataformas robóticas com códigos-fontes de fácil entendimento e mais intuitivo, auxiliando todos os grupos de robóticas que
utilizarem esta solução.
http://fablearn.stanford.edu/conferences/brazil2016/posteres-e-demos/[1] OBR, “Olimpíada Brasileira de Robótica,” 2016. [Online]. Disponível em: http://www.obr.org.br/. Acessado em 06 de julho de 2016. [2] OBR, “Regras e Instruções – Provas Regionais/Estaduais Modalidade Prática / 2015,” pp. 1–42, 2015. [3] M. McRoberts, Arduino Básico, 2a ed. São Paulo: Novatec Editora, 2015. [4] Arduino, “Arduino” 2016. [Online]. Disponível em: https://www.arduino.cc. Acessado em 12 de abril de 2016. [5] Adafruit, “Adafruit,” 2016. [Online]. Disponível em: http://www.adafruit.com. Acessado em 05 de julho de 2016. [6] H. M. Deitel and P. J. Deitel, C++ Como Programar, 5a ed. Porto Alegre, 2006.Joaquim Flávio Almeida, Dêmis Carlos Fonseca Gomes
10
Blog Computação Criativa2016BlogBlog mantido pelo LIAG (UNICAMP), para divulgação de textos e projetos sobre Computação Criativa.http://www.ft.unicamp.br/liag/computacaocriativa/Equipe LIAG - Unicamp (coordenação Humberto Zanetti)
11
Educação Mão na Massa2016Site especial
Guia temático sobre Educação Mão na Massa para educadores e gestores, produzido pela agência Porvir (http://porvir.org), em parceria com o MundoMaker e WE FAB. O especial traz o conceito de Educação Mão na Massa, exemplos de experiências práticas, infográficos e ferramentas sobre o tema, podcasts com especialistas, recursos para apoiar quem deseja trabalhar com a tendência na escola e um simulador para montar um laboratório maker.
http://porvir.org/especiais/maonamassa/
Marina Lopes, Regiany Silva, Tatiana Klix, Vinícius de Oliveira
12
Ensino Maker2017Blog
Blog que relata sobre experiências de ensino maker em escolas e Fab Lab, além de artigos que tratam sobre a expansão dessa forma de aprendizagem no Brasil e no mundo
http://ensinomaker.com.br/
Luan Freitas
13
Maker Program Starter Kit2016Livro
After working hand-in-hand with educators, like you, who want to launch a Maker Program but “just don’t know where to start”, we’ve developed this free and easy-to-use guide. It's packed with fun activities, tons of projects, professional development resources, and tips and tricks – it’s all here for you!
http://www.makingstartshere.com/teach/
Autodesk
14
Minilivro para montar, escrever e ler
2017Blog
Ofereço oficinas de montagem de Minilivro, podendo ser virtual.
http://www.minilivro.com
Criação do conteúdo como autor
Fernando Lima Monteiro
15
O Pensamento Computacional no Ensino Profissional e Tecnológico
2017
Artigo, tese ou publicação científica
http://www.br-ie.org/pub/index.php/wcbie/article/view/7476
O Pensamento Computacional diz respeito à resolução de problemas baseado em conceitos fundamentais da computação e que podem ser utilizado em diversas atividades cotidianas. Sobre este aspecto, é preciso compreender como as habilidades relacionadas ao Pensamento Computacional podem ser disseminadas no ambiente educacional pelas diversas disciplinas curriculares dos mais diversos cursos de formação. No Brasil, a Educação Profissional e Tecnológica tem recebido especial atenção do Estado, com a criação dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia. Este artigo apresenta uma pesquisa com professores da educação profissional e tecnológica com objetivo de analisar a percepção destes com relação a utilização do Pensamento Computacional em suas práticas pedagógicas. Alguns conceitos sobre o Pensamento Computacional são introduzidos e sua disseminação através da inclusão da ciência da computação no currículo das escolas em vários países pelo mundo. Foi aplicada uma survey exploratória a professores do Instituto Federal de Goiás. Os resultados mostraram que tanto o termo Pensamento Computacional como as habilidades associadas a ele são pouco conhecidos e pouco utilizados entre os professores em suas práticas pedagógicas.
Wendell Bento Geraldes, Edilson Ferneda, Ricardo Mariz, Luiza Alonso
16
ANÁLISE DE UMA INTERVENÇÃO COMUNITÁRIA PARA CRIANÇAS: A PROMOÇÃO DA SAÚDE DO IDOSO E O PROJETO CORAÇÕEZINHOS DE BAEPENDI
2017
Artigo, tese ou publicação científica
O aumento da população idosa constitui importante tema de debate em diferentes setores da sociedade, tais como: pesquisadores, profissionais da saúde e políticos de vários países do mundo. Assim, é rele­vante o desenvolvimento de ações de promoção da saúde, contribuindo, assim, para a melhoria da qualidade de vida da população em questão. No presente estudo, apresentamos a análise de uma intervenção comunitária realizada para crianças de 6 a 10 de idade, em instituições de ensino público e privado, cujo objetivo visava a promoção da saúde e a consciência e o respeito aos idosos. Embora escassos na literatura estudos que avaliem os resultados de projetos de intervenções comunitárias relacionados à educação infantil e promoção da saúde de idosos, tal intervenção mostrou-se positiva e enriquecedora, ao contribuir como proposta para novos projetos de promoção à saúde, além de incentivar a paciência, a compreensão e o amor, das crianças para com os idosos.

https://www.ufmg.br/proex/revistainterfaces/index.php/IREXT/article/view/155
GONCALVES, A. B. C. ; SOARES, F. M. ; ALVIM, R. O. ; Carlos Alberto Mourão Júnior ; DE OLIVEIRA, CAMILA M. . Análisis de una intervención comunitaria para niños: la promoción de la salud de mayores y el Proyecto Coraçõezinhos de Baependi. INTERFACES - REVISTA DE EXTENSÃO DA UFMG, v. 5, p. 221-229, 2017.
GONCALVES, A. B. C. ; SOARES, F. M. ; ALVIM, R. O. ; Carlos Alberto Mourão Júnior ; DE OLIVEIRA, CAMILA M.
17
A EDUCAÇÃO EM SAÚDE EM ESCOLAS PÚBLICAS DA ZONA RURAL: RELATO DE EXPERIÊNCIA
2018
Artigo, tese ou publicação científica
Objetivo: descrever uma ação de educação em saúde em escolas da zona rural e comparar seu aproveitamento com a experiência prévia em áreas urbanas. Métodos: foi apresentada uma peça teatral infantil, durante dois dias do mês de março de 2016, falando sobre o processo de envelhecimento e discutindo o cuidado com idosos. As crianças tinham de 4 a 10 anos e pertenciam a três escolas da zona rural. Resultados: as crianças participaram ativamente e demonstraram ter absorvido as ideias que estavam sendo transmitidas. Conclusão: apesar das dificuldades apresentadas na zona rural, o aproveitamento foi similar ao obtido em áreas urbanas.
https://revistas.ufpr.br/extensao/article/view/53819
https://revistas.ufpr.br/extensao/article/view/53819
Ana Beatriz Clemente Gonçalves, Flávia Mesquita Soares, Pamella Donadoni Coelho, Rafael de Oliveira Alvim, Carlos Alberto Mourão Júnior, Camila Maciel Oliveira
18
PRÁTICAS EDUCATIVAS RELACIONADAS À SAÚDE PARA CRIANÇAS DE 4 A 10 ANOS. PROJETO CORAÇÕEZINHOS APAIXONADOS: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA.
2017
Artigo, tese ou publicação científica
O presente artigo reflete sobre educação alimentar, educação nutricional e promoção da saúde, realizadas pelo projeto Coraçõezinhos Apaixonados, a partir de uma metodologia lúdica, tendo como objetivo principal levar conhecimento sobre saúde para as crianças das escolas de Juiz de Fora e Baependi, ambas em Minas Gerais. O objetivo não se limitou apenas a levar conhecimentos mas, também, preocupou-se em motivar as crianças a aprender, analisar, avaliar as fontes de informações, tornando-as capazes de escolher inteligentemente seu comportamento com base no conhecimento adquirido. A participação dos alunos é de suma importância, com feedback imediato, demonstrando, assim, que eles de fato absorveram a mensagem, retransmitindo-a em casa, aos pais, à família, podendo mudar algum hábito. As atividades desenvolvidas são descritas focalizando-se nos temas abordados, no tipo de ação educativa e seus materiais ou recursos estratégicos. Os recursos foram adequados ao público infantil, uma vez que estes foram condizentes com ações do sujeito ativo e do agente multiplicador, na possibilidade da promoção da saúde nas escolas.
https://revistas.ufpr.br/extensao/article/view/45888
Coelho, P.D., Queiroz H.K.G., Pereira A.N.S., Vieira P.P., Alvim R.O., Mourão C.A., Jr. & Oliveira CM (2017, January-July). Coraçõezinhos apaixonados project: an experience report. Revista Conexão em Foco , 1(13), 48-54.
Pamella Donadoni Coelho, Hellen Katianne Gomes Queiroz, Ana Paula Souza Pereira, Paula Pereira Vieira, Rafael de Oliveira Alvim, Carlos Alberto Mourão Júnior, Camila Maciel Oliveira
19
MÉTODO EDUCACIONAL INFANTIL NA PREVENÇÃO E COMBATE À DENGUE, ZIKA VÍRUS E CHIKUNGUNYA
2017
Artigo, tese ou publicação científica
Desde o século 19 o continente americano é palco de epidemias de dengue e, ainda nos dias de hoje os óbitos e impactos negativos nos setores de saúde, social e financeiro decorrentes do grande número de pessoas afetadas, incidem sobre diversos países do mundo. A situação complica-se ainda mais em 2016 quando a tríade de enfermidades transmitidas pelos mosquitos Aedes aegypti e Ae. albopictus começa a apresentar surtos: Dengue, Febre Chikungunya e Zika. É evidente a necessidade de se traçar programas que incentivem o combate aos vetores de forma eficaz. Toda a população deve ser convocada a participar de ações diárias de eliminação de focos de água parada, sendo essa a forma mais eficiente, até o momento, de controlar a reprodução do vetor. A fim de recrutar crianças no combate ao Aedes o Projeto Coraçõezinhos de Baependi realizou uma ação educativa em escolas das redes públicas e privadas, em zona urbana e rural, na cidade de Baependi – Minas Gerais em março de 2016. As atividades foram direcionadas aos escolares do pré primário à quinta série do ensino fundamental. O público infantil, além de poder contribuir ativamente no processo, pode exercer papel fundamental na propagação de informações, especialmente em ambiente familiar.

https://revistas.ufpr.br/extensao/article/view/46502
GONCALVES, A. B. C. ; SOARES, F. M. ; ALVIM, R. O. ; MOURAO-JUNIOR, C.A. ; DE OLIVEIRA, CAMILA M. . MÉTODO EDUCACIONAL INFANTIL NA PREVENÇÃO E COMBATE À DENGUE, ZIKA VÍRUS E CHIKUNGUNYA. EXTENSÃO EM FOCO, v. 1, p. 55-63, 2017.
Flávia Mesquita Soares, Ana Beatriz Clemente Gonçalves, Rafael de Oliveira Alvim, Carlos Alberto Mourão Júnior, Camila Maciel Oliveira
20
Conscientização infantil: abordagem lúdica sobre utilização de recursos naturais
2017
Artigo, tese ou publicação científica
O presente trabalho relata a incorporação de atividades com enfoque lúdico e didático em escolas das redes públicas e privadas com o intuito de propagar informações sobre o uso consciente de recursos naturais e eletricidade. Trata-se de uma ação educacional direcionada a alunos do ensino fundamental, realizada na cidade de Baependi, Minas Gerais.
http://ojs.unesp.br/index.php/revista_proex/article/view/1454
SOARES, F. M. ; GONCALVES, A. B. C. ; ALVIM, R. O. ; Mourão, CA ; DE OLIVEIRA, CAMILA M. . Conscientização infantil: abordagem lúdica sobre utilização de recursos naturais. REVISTA CIÊNCIA EM EXTENSÃO, v. 13, p. 87-92, 2017.
Flávia Mesquita Soares, Ana Beatriz Clemente Gonçalves, Rafael de Oliveira Alvim, Carlos Alberto Mourão Júnior, Camila Maciel Oliveira
21
Dengue, Zika e Chikungunya: o combate começa nas escolas
2016
Artigo, tese ou publicação científica
O combate ao mosquito Aedes aegypti é crucial para redução da transmissão e mortalidade das infecções pelos vírus Dengue, Zika e Chikungunya. Com o objetivo de mobilizar comunidades escolares, o Projeto Coraçõezinhos de Baependi, realizou em março de 2016, uma intervenção comunitária voltada para percepção dos principais sintomas das doenças transmitidas pelo Aedes aegypti, além de incitar sua erradicação, para alunos de escolas urbanas e rurais do município de Baependi-MG. Projetos voltados para a prevenção de doenças e promoção da saúde, podem contribuir no combate ao Aedes aegypti e aumentar o conhecimento da população acerca das principais infecções, transmitidas pelo mosquito.

https://periodicos.ufsm.br/experiencia/article/view/21991
GONCALVES, A. B. C. ; SOARES, F. M. ; ALVIM, R. O. ; MOURAO-JUNIOR, C.A. ; DE OLIVEIRA, CAMILA MACIEL . Dengue, Zika e Chikungunya: o combate começa nas escolas. EXPERIÊNCIA - REVISTA CIENTÍFICA DE EXTENSÃO, v. 2, p. 76-87, 2017.
Ana Beatriz Clemente Gonçalves, Flávia Mesquita Soares, Rafael de Oliveira Alvim, Carlos Alberto Mourão Júnior, Camila Maciel de Oliveira
22
CORAÇÕEZINHOS DE BAEPENDI NA EDUCAÇÃO EM SAÚDE ATRAVÉS DA METODOLOGIA PARTICIPATIVA: RELATO DE EXPERIÊNCIA
2016
Artigo, tese ou publicação científica
O presente artigo emergiu de ações do Projeto de Extensão “Coraçõezinhos de Baependi”, desenvolvido
através de uma parceria entre a UFJF e o INCOR/HC-FMUSP, na cidade de Baependi (MG). O projeto baseiase
na metodologia participativa na construção de um ensino integral, tendo como ferramentas o teatro de
fantoches e a música, e objetiva a promoção da saúde das crianças envolvidas, esperando despertar nelas
o interesse pela ciência e pesquisa, fomentando a busca pelo conhecimento e incentivo ao autocuidado.
Ao final das oficinas realizadas, foi visível a evolução quanto à participação dos alunos, ao interesse e à
compreensão dos temas, o que foi relatado tanto pelos docentes da escola, como pelos familiares. Concluise,
assim, que a introdução ainda na infância de conhecimento em saúde mostrou-se eficaz na promoção
de autocuidado e prevenção de morbidades, reforçando o propósito das escolas como terrenos férteis
para a disseminação de conceitos em saúde
http://www.redalyc.org/pdf/5141/514154369004.pdf
MADUREIRA, M.F., MADUREIRA, M.F. ; PEIXOTO, L.M.M. ; HARAMOTO, H. ; SOBREIRA, N. P. ; PEREIRA, N.S. ; FERREIRA, R. N. ; PEREIRA, L. S. ; ALVIM, R.O. ; MOURAO-JUNIOR, C.A. ; OLIVEIRA, C. M. . CORAÇÕEZINHOS DE BAEPENDI NA EDUCAÇÃO EM SAÚDE ATRAVÉS DA METODOLOGIA PARTICIPATIVA: RELATO DE EXPERIÊNCIA. Revista Conexão UEPG, v. 12, p. 400-411, 2016.
Maíra Fernandes Madureira, Luisa Marina Morato Peixoto, Haylla Haramoto, Natália de Paiva Sobreira,Nayara Soares Pereira, Roberta Neves Ferreira, Luiza Schettino Pereira, Rafael Oliveira Alvim, Carlos Alberto Mourão Júnior, Camila Maciel Oliveira
23
DESENVOLVIMENTO DE UM PROJETO DE EXTENSÃO EM UMA ESCOLA PÚBLICA DE JUIZ DE FORA: RELATO DE EXPERIÊNCIA
2016
Artigo, tese ou publicação científica
Este relato, que resulta do projeto de extensão denominado “Ações Voltadas à Prevenção da Obesidade Infantil”, apresenta as dificuldades e experiências de acadêmicas do Curso de Nutrição da Universidade Federal de Juiz de Fora durante a realização das atividades em uma escola municipal de Juiz de Fora. As temáticas abordadas visaram trabalhar o incentivo a hábitos de vida saudáveis através de ações educativas, que são uma importante ferramenta nas práticas de combate e prevenção dessa doença, especialmente quando inseridas no ambiente escolar. Ao todo, realizaram-se 6 encontros. Em cada um deles foi utilizada uma dinâmica diferente, entre elas teatro com fantoches, brincadeiras e conversas. Neste período, foi possível observar a precariedade da educação pública, já que a maior parte dos alunos mal sabia escrever palavras simples. Também houve relatos sobre a difícil rotina que alguns deles levam em casa. Foram encontradas muitas dificuldades durante a realização das atividades, que, por outro lado, contribuíram para a formação profissional de toda a equipe.
https://www.ufmg.br/proex/revistainterfaces/index.php/IREXT/article/view/147
PEREIRA, A. P. S. ; QUEIROZ, H. K. G. ; MALAGRINO, P. A. ; VIEIRA, P. P. ; MOURAO-JUNIOR, CARLOS ALBERTO ; DE OLIVEIRA, CAMILA M. . Desenvolvimento de um Projeto de Extensão em uma escola pública de Juiz de Fora: relato de experiência. INTERFACES - REVISTA DE EXTENSÃO DA UFMG, v. 19, p. 191-196, 2016.
Ana Paula Souza Pereira, Hellen Katianne Gomes Queiroz, Carlos Alberto Mourão Júnior
24
THE BAEPENDI “LITTLE HEART” STUDY: Strategies in Child Education Related to Cardiometabolic Risk Factors for Reducing Morbidity and Mortality in a Developing Country
2017
Artigo, tese ou publicação científica
Background: The Baependi Heart Study is the first studies in Brazil clustering families for analyze the relationship between genetic and cardiovascular risk factors. It had started in 2005 with partnerships among some Brazilian Universities for research and outreach projects. Ten years later, a new project was developed. It was related to child and adolescent education for prevention of cardiovascular risk factors in school, followed by local teachers who continued to disseminate health promotion, since the goal is to reduce non-communicable chronic diseases, a major cause of global morbidity and mortality.

Method: The targeted audiences were county (local), state and private schools in the cities of Baependi, Juiz de Fora and Curitiba. In Baependi and Juiz de Fora, the focus is children from 4 to 12 years old and our group have been promoting some activities: (1) A first talk to children to introduce a new Portuguese vocabulary and Sciences concepts (LDL-cholesterol, HDL-cholesterol, blood pressure, insulin, diabetes, for example). (2) A puppet plays presentation. (3) A new discussion on the interdisciplinary aspects (healthy habits, science, physics, history, culture, literature, art and philosophy) related to points previously discussed and presented in the play. (4) Playful activities: songs, games, hands on making a fruit salad, for example and trying to make them real actors of a healthy life style and grow a conscience about it. In Curitiba, we trained teachers to work with their students using the same steps described.

Results: The project developed in schools reached a total of 9,592 people.

Conclusion: It can be possible, rewarding and non-expensive to carry out projects for health promotion and prevention of diseases, mainly chronic non-communicable diseases, involving children, adolescents and adults, when there is a linkage of research, teaching, care, public policies.
http://medcraveonline.com/EMIJ/EMIJ-05-00133.php
BERMUDES, B. ; ALVIM, RAFAEL DE OLIVEIRA ; SOARES, F. M. ; GONCALVES, A. B. C. ; TIZZOT, E. L. A. ; ULBRICH, A. Z. ; MOURAO-JUNIOR, C.A. ; DE OLIVEIRA, CAMILA MACIEL . THE BAEPENDI -LITTLE HEART- STUDY: Strategies in Child Education Related to Cardiometabolic Risk Factors for Reducing Morbidity and Mortality in a Developing Country. Endocrinology&Metabolism International Journal, v. 5, p. 1-4, 2017.
Beatriz Elizabeth Bagatin Veleda Bermudez, Rafael de Oliveira Alvim, Flávia Mesquita Soares, Ana Beatriz Clemente Gonçalvez, Edison Luiz Almeida Tizzot, Anderson Ulbrich, Carlos Alberto Mourão Júnior and Camila Maciel de Oliveira
25
The Baependi Heart Study: the Real History and the Development of New Strategies for Health Promotion in Childhood Education
2018
Artigo, tese ou publicação científica
The “Baependi Heart Study” started with the Doctoral Thesis of Camila Maciel de Oliveira, in 2005, and it kept working with partnerships among some Universities in Brazil for research and outreach projects. In 2005, José Eduardo Krieger, Alexandre Costa Pereira and Camila Maciel de Oliveira started this pioneer journey in the Laboratory of Genetic and Molecular Cardiology that takes place at the Heart Institute (InCor) at the University of São Paulo (USP). More recently, our group had the opportunity to start projects to discuss some of the cardiovascular risk factors and their prevention among childhood education in Minas Gerais State (Baependi and Juiz de Fora) and Parana State (Curitiba).
http://200.216.240.50:8484/rcsfmit/ojs-2.3.3-3/index.php/rcsfmit_zero/article/view/764
DE OLIVEIRA, CAMILA M.; SOARES, F. M. ; GONCALVES, A. B. C. ; BERMUDES, B. ; ULBRICH, A. Z. ; TIZZOT, E. L. A. ; Carlos Alberto Mourão Júnior ; ALVIM, RAFAEL DE OLIVEIRA . The Baependi Heart Study: the Real History and the Development of New Strategies for Health Promotion in Childhood Education. REVISTA CIÊNCIAS EM SAÚDE, v. 8, p. 03-07, 2018.
DE OLIVEIRA, CAMILA M.; SOARES, F. M. ; GONCALVES, A. B. C. ; BERMUDES, B. ; ULBRICH, A. Z. ; TIZZOT, E. L. A. ; Carlos Alberto Mourão Júnior ; ALVIM, RAFAEL DE OLIVEIRA
26
27
28
29
30
31
32
33
34
35
36
37
38
39
40
41
42
43
44
45
46
47
48
49
50
51
52
53
54
55
56
57
58
59
60
61
62
63
64
65
66
67
68
69
70
71
72
73
74
75
76
77
78
79
80
81
82
83
84
85
86
87
88
89
90
91
92
93
94
95
96
97
98
99
100
Loading...
 
 
 
Form Responses 1
 
 
Main menu