Projeto Credibilidade

Pesquisa tabulada

Capítulo brasileiro - The Trust Project

Índice

Perfil dos jornalistas participantes

A pesquisa consultou 314 jornalistas de 38 diferentes veículos atuantes em 15 localidades no Brasil, principalmente nas cidades de São Paulo (52%) e Rio de Janeiro (27%), a maioria deles nas funções de repórter (37%), editor (22%) ou diretor (12%), com idade entre 25 e 54 anos (82%) e mais de dez anos de experiência na profissão (67%).

Perfil dos jornalistas participantes

continua no próximo slide >>

Perfil dos jornalistas participantes

Perfil dos jornalistas participantes

continua no próximo slide >>

Perfil dos jornalistas participantes

Perfil dos jornalistas participantes

Perfil dos jornalistas participantes

Perfil dos jornalistas participantes

Perfil dos jornalistas participantes

continua no próximo slide >>

Perfil dos jornalistas participantes

Perfil dos jornalistas participantes

Perfil dos jornalistas participantes

Papel do jornalismo na sociedade

Síntese da seção | A média ponderada das respostas revela alto grau de concordância com as ideias de que o jornalismo é crucial para a democracia (1,09) e capaz de promover uma sociedade melhor (1,50).

Por outro lado, há maior grau de discordância em relação às ideias de que o jornalismo fornece narrativas verdadeiras e contextualizadas dos fatos (2,50), retrata a diversidade dos grupos que formam a sociedade (2,52) e represente e dê voz à totalidade das pessoas (2,71).

Papel do jornalismo na sociedade

Papel do jornalismo na sociedade

Papel do jornalismo na sociedade

Papel do jornalismo na sociedade

Papel do jornalismo na sociedade

Papel do jornalismo na sociedade

Papel do jornalismo na sociedade

Papel do jornalismo na sociedade

Papel do jornalismo na sociedade

Visão da empresa jornalística

Síntese da seção | De modo geral, os jornalistas acreditam que as empresas em que atuam apoiariam afirmações que refletem princípios éticos (91%) e valores qualitativos do jornalismo (79%).

Os comentários textuais que acompanham essas respostas, no entanto, revelam um certo distanciamento entre o que acreditam ser um apoio formal das instituições jornalísticas a essas afirmações e a prática real que exercem no cotidiano da profissão.

Visão da empresa jornalística

Visão da empresa jornalística

Indicadores de qualidade da notícia

Síntese da seção | As características do texto noticioso consideradas mais importantes pelos jornalistas refletem valores como precisão, apuração e correção (76%), independência editorial (57%), correção ágil dos erros, pluralidade das fontes consultadas (44%), contextualização da informação (44%) e atribuição clara das fontes (43%).

Também consideradas importantes, porém entre as características menos citadas, estão canal de feedback acessível ao leitor (12%), descrição do método de apuração (12%), publicação da biografia do jornalista e revelação de possíveis conflitos de interesse (8%), presença em mídias sociais (5%) e descrição do método de edição da matéria.

Indicadores de qualidade da notícia

continua no próximo slide >>

Indicadores de qualidade da notícia

continua no próximo slide >>

Indicadores de qualidade da notícia

continua no próximo slide >>

Políticas de ética e diversidade

Síntese da seção | A maior parte dos jornalistas afirma que suas empresas mantêm uma missão oficial (84%) ou seguem alguma política sobre ética (88%) ou privacidade (77%).

A maioria deles, porém, afirma nunca ter promovido ou participado de algum censo sobre diversidade em sua redação (80%).

continua no próximo slide >>

Políticas de ética e diversidade

Comentários textuais nesta seção revelaram um conjunto de outras políticas
e práticas utilizadas pelos jornalistas para construir e manter credibilidade junto a seu público, com destaque para canais de comunicação direta com leitores (9%), observância de valores pessoais como ética, senso de justiça e honestidade (7%), interação com o público via mídias sociais (6%) e manutenção de função de ombudsman ou ouvidoria (5%), entre outras, além da re-afirmação de diversos valores editoriais (37%) já expressos na seção anterior, sobre indicadores de qualidade do texto noticioso.

Políticas de ética e diversidade

Políticas de ética e diversidade

Políticas de ética e diversidade

Políticas de ética e diversidade

Políticas de ética e diversidade

Políticas de ética e diversidade

continua no próximo slide >>

Políticas de ética e diversidade

Práticas de edição do produto digital

Síntese da seção | A pesquisa revela que nem sempre os conteúdos digitais publicados pelos jornais são produzidos conforme os mesmos padrões de qualidade e submetidos aos mesmos rigores de edição utilizados para outros conteúdos, como os publicados em edições impressas, por exemplo.


O padrão de qualidade aplicado pelas empresas aos conteúdos digitais é frequentemente ou às vezes mais baixo para, respectivamente, 16% e 33% dos entrevistados; e o rigor da edição aplicado aos conteúdos digitais é frequentemente ou às vezes mais baixo para, respectivamente, 19% e 36% dos entrevistados. Já os padrões éticos aplicado aos conteúdos digitais são considerados os mesmos em relação a esses diferentes tipos de contéudo pela maior parte dos entrevistados (69%).

Práticas de edição do produto digital

Práticas de edição do produto digital

Práticas de edição do produto digital

Pesquisa do Projeto Credibilidade - Dados Tabulados - Google Slides