OFICINA RÁPIDA DE CINEMA LIGEIRO - FICHA DE INSCRIÇÃO
Ministrante: Eva Jofilsan
Quinta e Sexta-feira (dias 19 e 20), das 9h às 12h e das 13h30 às 16h30
Instituto Educacional Geyza Mirian - Taquaritinga do Norte

A Oficina Rápida de Cinema Ligeiro é uma formação que contempla os debates acerca das possibilidades estéticas das vinhetas audiovisuais. A internet e as redes sociais condensaram a duração da imagem, tornando-a, muitas vezes, esvaziada de sentido ‐ podemos mencionar, por exemplo, o fato da rede social Instragram não aceitar vídeos com mais de um minuto. A inquietação dos atores sociais, a liquidez dos desejos e a perda do poder de contemplação podem ser alguns fatores para este esvaziamento, mas, por outro lado, o modelo de curta duração pode ser transformado em potência, sobretudo se o pensarmos sob o poder catártico da imagem. Quando os elementos são exaltados e sobrepostos no intuito de criar complexidade, o público é levado à ampliar o olhar. Se pensarmos no conceito de rapidez proposto pelas vinhetas audiovisuais, encontramos peças concisas que promovem o diálogo com o meio, seja ele uma cidade ou um evento. Portanto, a Oficina Rápida de Cinema Ligeiro busca promover uma vivencia audiovisual (12h/aula) onde o intuito é roteirizar, produzir, editar e exibir vinhetas (obras audiovisuais com até 01 minuto de duração) para o Curta Taquary 2018 a partir da exaltação do sentimento de rapidez, utilizando os elementos culturais e sociais do ambiente.

Faixa etária: a partir dos 14 anos.
Carga horária: 9 horas.
Público-alvo: alunos de escolas públicas demais pessoas interessadas na experiência audiovisual com ou sem formação prévia.
Vagas: 10

Currículo resumido:
Eva Jofilsan é produtora e realizadora audiovisual. Idealizou e desenvolveu a atividade de formação “Da Poesia ao Vídeo: a construção do videopoema” (2015), realizou os videopoemas “Vertical” (2008) e “Wilma” (2011), adaptação das poesias homônimas de Biagio Pecorelli e Cida Pedrosa, respectivamente. Atualmente se dedica à finalização do documentário ensaio “Híbridos”, sobre a relação da palavra com as outras linguagens. Atuou na coordenação de produção do longa-metragem “A Morte Habita à Noite”, de Eduardo Morotó; na produção de locação e set da minissérie “Os Ovos da Raposa”, de Valdir Oliveira e como diretora de produção dos curtas-metragens “Frequências”, de Adalberto Oliveira e “Olhos de Botão”, de Marlom Meirelles. Como assistente de direção atuou nos curtas-metragens “Painho e o trem”, de Mery Lemos; “Os Suspiros Primários”, de Jucélio Matos; “Épico Culinário”, de Paulo Meira e no “Urânio Picuí”, dirigido por Antônio Carrilho e Tiago Melo. Cursou especialização em Estudos Cinematográficos na Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP), voltando suas pesquisas para documentário animado. Possui graduação em cinema pela FMN, além de cursos extras nas áreas de fotografia, roteiro e desenvolvimento de projetos.

NOME COMPLETO *
Your answer
IDADE *
Your answer
CIDADE QUE RESIDE *
Your answer
TELEFONE *
Your answer
E-MAIL *
Your answer
Explique, resumidamente, seu interesse nessa oficina: *
Your answer
Submit
Never submit passwords through Google Forms.
This content is neither created nor endorsed by Google. Report Abuse - Terms of Service - Additional Terms