Manifesto em Solidariedade Internacional As Mulheres e Meninas do Afeganistão
As pensadoras se manifestam em solidariedade às mulheres e meninas afegãs que enfrentam agora um regime fundamentalista passando pela imediata perda de direitos sociais, econômicos e a perda da liberdade. As mulheres são negadas ao direito de serem livres no corpo e na mente, vivendo sob uma constante ameaça às próprias vidas.

Com o Talibã, as mulheres já foram impedidas de trabalhar, de sair de casa sem a permissão do marido ou desacompanhada, devem se vestir da cabeça aos pés com as burcas, e caso não sigam essas imposições são espancadas em público. Meninas e mulheres são vítimas de sequestros, casamentos forçados e estupros. Diante desses fatos não temos como não nos preocupar com a situação das mulheres no Afeganistão.

As pensadoras se solidarizam com as mulheres que resistem. Somos uma escola e nosso dever é propagar o direito pela educação das mulheres, e o direito à liberdade. Diante dessa situação impedidas de estudar sobre ameaças de morte e linchamento, percebemos o quão frágeis são os direitos básicos tão duramente conquistados pelas mulheres.

Diante desse colapso humanitário, percebe-se o quão rápido querem apagar as mulheres dos espaços públicos. As pensadoras demonstram total repulsa a toda esta situação que coloca em risco a vida e a dignidade de milhares de mulheres e meninas afegãs. Assine Pelo direito à educação, pelo direito à vida!

"Não sou livre enquanto outra mulher for prisioneira, mesmo que as correntes dela sejam diferentes das minhas." Audre Lorde

Conheça mais sobre nós em : https://www.aspensadoras.com.br/
Sign in to Google to save your progress. Learn more
Nome Completo
E-mail
Instituição
Você aceita receber conteúdo d'As Pensadoras no e-mail?
Clear selection
Submit
Clear form
Never submit passwords through Google Forms.
This content is neither created nor endorsed by Google. Report Abuse - Terms of Service - Privacy Policy