Inscrição na Oficina: O MUNDO DO CAFÉ: DA PLANTAÇÃO ATÉ A MESA (Quarta-feira)
Quarta-feira: 14:00 às 17:30

O café foi descoberto na África há centenas de anos, mas foram a Península Arábica e depois a Europa os responsáveis por difundir o consumo da bebida café, que atualmente e diariamente compõe a mesa de milhões de pessoas. É a segunda bebida mais consumida no mundo, ficando atrás apenas da água. No entanto, como grande parte dos consumidores desconhece o cultivo e a tecnologia do café, o objetivo desta oficina é apresentar ao público, de forma didática e dinâmica, as variedades de café e, principalmente, os processos tecnológicos pelos quais o café passa até chegar às nossas mesas. As atividades serão iniciadas com uma breve introdução à história do café e em seguida mostraremos as duas espécies de cafés mais consumidas, Arábica e Conilon, apresentando suas diferenças e principais aspectos físicos. Em seguida, serão explicados os processos de produção, sendo eles: (i) o Plantio, etapa que parte da preparação e correção do solo até o amadurecimento do fruto; (ii) a Colheita e o Acondicionamento, em que os frutos são colhidos preferencialmente maduros (a colheita pode ser manual, por derriça ou seletiva), de acordo com a viabilidade de aplicação de cada técnica, e são armazenados em grandes sacos; (iii) a Pós-Colheita, a etapa em que há grandes variações de procedimentos nos produtores, e que inclui desde o transporte das sacas de café colhido no cafezal até a secagem final nos terreiros; (iv) a Torrefação e a Moagem, onde os grãos são torrados através de torrefadores e moídos na granulometria de acordo com modo de preparo a ser utilizado; (v) o Preparo da Bebida, onde a bebida café pode ser preparada de diferentes modos conforme o gosto do consumidor. Visto que cada um desses processos do ciclo produtivo do café influencia diretamente no sabor e no aroma da bebida, os produtores de café de alta qualidade e as cafeterias especializadas tomam todos os cuidados necessários para maximizar a qualidade do grão. Por fim, amostras de grãos torrados ficarão expostas para que os participantes possam realizar sucintamente uma análise sensorial, onde serão capazes de perceber os diferentes aromas e sabores e melhor assimilar o conceito apresentado neste trabalho.
Email address *
Nome completo *
Your answer
Telefone de contato
Your answer
Nível de escolaridade *
Your answer
Você faz parte da ... *
A copy of your responses will be emailed to the address you provided.
Submit
Never submit passwords through Google Forms.
reCAPTCHA
This form was created inside of IFRJ - Instituto Federal do Rio de Janeiro. Report Abuse