Inscrições no Mini Curso - ECONOMIA DO COMPARTILHAMENTO: ENTRE O CAPITALISMO BASEADO NA MULTIDÃO, O COMUNISMO DO CAPITAL E AS INSTITUIÇÕES DO COMUM
Mini Curso de Pós-Graduação pelo Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia.

ECONOMIA DO COMPARTILHAMENTO: ENTRE O CAPITALISMO BASEADO NA MULTIDÃO, O COMUNISMO DO CAPITAL E AS INSTITUIÇÕES DO COMUM

De 1 de Novembro a 20 de Dezembro às terças-feiras de 14:00 às 18h, no IBICT-RJ (Rua Lauro Müller 455 - 5º Andar, Rio de Janeiro.

Serão disponibilizados certificados para os que frequentarem no mínimo 75% das aulas.
Inscrições limitadas de acordo com a disponibilidade do tamanho da sala de aula.

Professor Responsável: Giuseppe Cocco
Coordenação Executiva: Bruno Tarin

EMENTA:

O curso se propõe aprofundar as reflexões sobre o capitalismo e as lutas contemporâneas através da análise de uma das tendências das formas atuais de produção: a economia do compartilhamento (sharing economy). Para tal, o curso se utilizará das ferramentas teóricas do marxismo heterodoxo contemporâneo, principalmente aquele identificado como pós-operaísta, e terá como fio condutor debates acerca das novas dinâmicas do trabalho e o compartilhamento em rede. Se por um lado, pode-se reconhecer, nessa tendência, aspectos de sujeição e exploração associados com práticas de controle numa tentativa de redução da vida a economia. Por outro, abordaremos as feições de autonomia e liberdade presentes também nesse modo de produção, nesse sentido, a “nova economia” não resulta em uma disjunção entre atividade e valor, mas, ao contrário, nesses casos o compartilhamento é ao mesmo tempo motor e resultado da produção do comum. Nossa aposta é que a economia do compartilhamento vem operando como um ponto de atração num campo magnético, se impondo e modificando outros modos de produção. Isto não quer dizer que o compartilhamento seja algo novo, somente significa que o compartilhamento através das redes de informação e comunicação assume, hoje, uma forma difusa e geral que vem rapidamente redefinindo a nossa maneira de existir e de cooperarmos - material e imaterialmente.

O foco do curso será para estudantes de pós-graduação em ciências da informação, sociais e sociais aplicadas mas será aberto também para graduados em qualquer área interessados na economia do compartilhamento.

PROGRAMA:

1. Apresentação do Curso - Passagens no Regime de Acumulação: Redes e Capitalismo – Giuseppe Cocco (IBICT) e Bruno Tarin (ECO) - Terça 1 de Novembro

2. Entre a Inclusão e a Exclusão: A Brasilianização do Mundo – Giuseppe Cocco (IBICT) - terça 08 de Novembro

3. Perspectivas sobre o Comum e sua Mercantilização - Miguel Said (UFABC) - terça 22 de Novembro

4. Ciência Compartilhada, Ciência Aberta e Ciência Comum – Sarita Albagli (IBICT) - terça 29 de Novembro

5. Cartografando as Máquinas de Compartilhamento em Rede - Software Livre, Cultura Livre e Sharing Economy – Bruno Tarin (ECO) - Terça 6 de Dezembro

6. Uma Nova Composição de Classe – Crowd versus Multitude – Giuseppe Cocco (IBICT) e Bruno Tarin (ECO) - Terça 13 de Dezembro

7. Capitalismo Baseado na Multidão, Comunismo do Capital e Instituições do Comum - A Sharing Economy em perspectiva – Giuseppe Cocco (IBICT) e Bruno Tarin (ECO) - Terça 20 de Dezembro.


BIBLIOGRAFIA SUGERIDA POR AULA:

1. ARRIGHI, G. Século Marxista, Século Americano. In A Ilusão do Desenvolvimento. Petrópolis, Vozes. 1998.

PASQUINELLI, M. (Org.) Gli algoritmi del capitale. Accelerazionismo, macchine della conoscenza e autonomia del comune. Verona: Ombrecorte, 2014.


2. COCCO, G. KorpoBraz. Mauad Editora, 2014.


3. MCGINNIS, M. Updated Guide to IAD and the Language of the Ostrom Workshop: A Simplified Overview of a Complex Framework for the Analysis of Institutions and their Development, 16 jun. 2016. Disponível em: <http://php.indiana.edu/~mcginnis/iad_guide.pdf>.

OSTROM, E. Governing the Commons: The Evolution of Institutions for Collective Action. Cambridge: Cambridge University Press, 1990. (The Political economy of institutions and decisions).
VIEIRA, Miguel Said. "Crowdfunding: financiando o bem comum". Com Ciência, n. 174, 10 dez. 2015. Disponível em: <http://www.comciencia.br/comciencia/handler.php?section=8&edicao=119&id=1444>.

VIEIRA, M. Os bens comuns intelectuais e a mercantilização. 2014. 365 f. Tese de doutorado – Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, São Paulo. Disponível em: <http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-01102014-104738/>.

ZANATTA, R. "Institutional Analyzes of the Commons: Three Schools and Their Differences". In: 2ND EMES-POLANYI INTERNATIONAL SEMINAR, 19 maio 2016, Paris. Disponível em:<http://papers.ssrn.com/abstract=2787952>.


4. ALBAGLI, S.; MACIEL, M.L.; ABDO, A.H.(Org.) Ciência aberta, questões abertas. Brasília: Ibict; Rio de Janeiro: Unirio, 2015. Disponível em: http://livroaberto.ibict.br/bitstream/1/1060/1/Ciencia%20aberta_questoes%20abertas_PORTUGUES_DIGITAL%20(5).pdf

ALBAGLI, S.; MACIEL, M.L. Informação, conhecimento e democracia. In: COCCO, G.; ALBAGLI, S. (Org.). Revolução 2.0 e a crise do capitalismo global. Rio de Janeiro: Garamond, 2012. p. 40-58. Disponível em (R$ 9,90): http://www.travessa.com.br/ebook-revolucao-2-0/eBook/99491433-b5ec-4a33-b824-a2956e25f3b4

ALBAGLI, S. A questão do outro: do território ao digital. In: GÓMEZ, M.N.G.; LIMA, C.R.M. (Org.). Informação e democracia: a reflexão contemporânea da ética e da política. Brasília: Ibict, 2011. p. 107-124. Disponível em: http://livroaberto.ibict.br/bitstream/1/429/1/Informa%C3%A7%C3%A3o%20e%20Democracia.pdf


5. AMADEU, S. Software livre: a luta pela liberdade do conhecimento. São Paulo: editora Fundação Perseu Abramo, 2004.

PASQUINELLI, M. A ideologia da cultura livre e a gramática da sabotagem. In BELISARIO, A. TARIN, B (Orgs.). Copyfight: pirataria e cultura livre. Rio de Janeiro: Azougue, 2012.

SLEE, T. What's Yours Is Mine: Against the Sharing Economy. OR Books, 2016.


6. HOWE, JEFF. The Rise of Crowdsourcing.

NEGRI, A. Cinco lições sobre Império. Rio de Janeiro, DP&A, 2003.


7. ROGGERO, G. A autonomia do saber vivo: relação e ruptura entre instituições do comum e comunismo do capital. In: COCCO, G; ALBAGLI, S. (Org.) Revolução 2.0: e a crise do capitalismo global. Rio de Janeiro: Garamond, 2012.

SUNDARARAJAN. A. The Sharing Economy: The End of Employment and the Rise of Crowd-Based Capitalism. Mit Press, 2016.

VIRNO, P. Gramática da Multidão: para uma análise das formas de vida contemporâneas. 2003.

Nome *
Your answer
Email *
Your answer
Confirmação de Email *
Your answer
Escolaridade *
Ocupação, instituição de pesquisa/estudo ou coletivo
Your answer
Porque se interessou pelo Mini Curso
Your answer
Submit
Never submit passwords through Google Forms.
This content is neither created nor endorsed by Google. Report Abuse - Terms of Service