Questionário-Desafios do Campo de Públicas no Brasil
Este questionário objetiva conhecer a percepção dos integrantes do Campo de Públicas, como área de ensino e pesquisa, sobre seus desafios atuais e para os próximos anos, a partir da homologação das Diretrizes Curriculares Nacionais de Administração Pública (Resolução Nº 001 de 13 de janeiro de 2014 do CNE/CES).
A consulta para subsidiar texto sobre o tema é conduzida pelos professores Fernando Coelho (USP), Lindijane Almeida (UFRN), Marco Antônio Teixeira (FGV/SP), Paula Schommer (UDESC) e Suylan Midlej (UnB).

Tempo estimado de resposta: 2 a 3 minutos.
Como se dá a sua atuação no Campo de Públicas? *
Required
Indique a unidade da federação, considerando o estado no qual está localizado o curso do Campo de Públicas em que você estudou, estuda ou atua como docente/pesquisador. *
Seu curso do Campo de Públicas está localizado: *
Seu curso é, predominantemente, ofertado: *
A partir dos 10 desafios listados a seguir para a consolidação do Campo de Públicas no Brasil como área de ensino e pesquisa, indique sua priorização com base na sua opinião (considere 1 como o mais prioritário e assim sucessivamente). *
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
Implementação (ou adaptação) dos projetos pedagógicos dos cursos de graduação a partir das DCNs homologadas em 2014.
Melhoria do processo de avaliação dos curso de graduação do Campo de Públicas dentro do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES/ENADE).
Continuidade do processo de desenvolvimento (quantitativo e qualitativo) dos cursos de graduação, considerando o movimento de expansão e fortalecimento do Campo de Públicas nos últimos 10 anos.
Aperfeiçoamento das matrizes curriculares, do processo de ensino-aprendizagem e da ação docente no âmbito cursos de graduação.
Consolidação das DCNs homologadas em 2014 junto ao Conselho Nacional de Educação e o Ministério da Educação.
Incremento da atuação sistêmica dos cursos de graduação em prol de uma formação acadêmica interdisciplinar (para além de um arranjo multidisciplinar), baseada na articulação entre ensino, pesquisa e extensão e no diálogo contínuo entre estudantes, professores, egressos, parceiros e potenciais empregadores.
Acompanhamento dos egressos, relação com o setor público e sintonização do ensino de graduação com as demandas do mundo do trabalho.
Formação continuada dos docentes como professor para atuação efetiva e responsiva nos cursos de graduação.
Processo de valorização social e laboral da formação acadêmica do Campo de Públicas e/ou regulamentação da profissão.
Expansão da identidade do ensino de graduação do Campo de Públicas para o Sistema de Pós-Graduação, com a criação, por exemplo, de uma área de avaliação na CAPES.
Aponte, se desejar, quaisquer outros desafios que você julga fundamentais para a consolidação do Campo de Públicas no Brasil nos próximos anos.
Submit
Never submit passwords through Google Forms.
This content is neither created nor endorsed by Google. - Terms of Service - Privacy Policy