Multi-especialização, Trabalho, Carreira e Chamamento

Tabela 1 Parágrafos descrevendo Trabalho, Carreira e Chamamento

TRABALHO Sr. A trabalha sobretudo para auferir dinheiro suficiente para suportar a sua vida fora do contexto do seu emprego. Se ele tivesse segurança financeira, ele não continuaria com o tipo de trabalho atual, mas, sem dúvida, faria algo de diferente. O trabalho do Sr. A é essencialmente uma necessidade da vida, muito semelhante aos atos de respirar ou dormer. Ele frequentemente deseja que o tempo pudesse passer mais rápidamente no context de trabalho. Ele antecipa muito o que será o seu fim-de-semana ou as férias. Se o Sr. A vivesse a sua vida de novo, ele provavelmente não faria o mesmo tipo de trabalho. Ele não encorajaria os seus amigos e filhos a entrar na sua linha de trabalho. O Sr. A deseja muito reformar-se.

CARREIRA O Sr. B essencialmente gosta do seu trabalho, mas não espera encontrar-se no seu emprego atual dentro de cinco anos. Em vez disso, ele planeia conseguir um emprego melhor e de nível superior. Ele tem vários objetivos relativamente às posições que ele eventualmente venha a ocupar. Por vezes o seu tempo parece uma perda de tempo, mas ele sabe que deve fazer suficiente bem as suas tarefas atuais por forma a poder obter um trabalho melhor. O Sr. B sente enorme ansiedade para obter uma promoção. Para ele, uma promoção significa o reconhecimento do seu bom trabalho, e é um sinal do seu sucesso estando em competição com outras pessoas no local de trabalho.

CHAMAMENTO O trabalho do Sr. C é um dos elementos mais importantes da sua vida. Ele está muito agradado com o facto de se encontrar na sua linha de trabalho. Porque o que ele faz para viver é uma parte essencial de quem ele é, é uma das primeiras coisas que ele diz às pessoas acerca de sí próprio. Ele tende a levar o seu trabalho para casa e quando vai de férias também. A maioria dos seus amigos são do seu local de trabalho, e ele pretence a várias organizações e clubes relacionados com o seu trabalho. O Sr. C sente-se bem relativamente ao seu trabalho porque o adora, e porque ele pensa que faz do mundo um melhor local. Ele encorajaria os seus amigos e filhos a entrar na sua linha de trabalho. O Sr. C ficaria bastante transtornado se fosse obrigado a deixar de trabalhar, e ele não está particularmente interessado em se reformar.

Bibliografia:
Wrzesniewski , A. et. Al. (1997), “Jobs, Careers, and Callings: People’s Relations to Their Work”, Journal of Research in Personality, Vol. 31, pp. 21–33.

    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question