CURSO DE MÚSICA INSTRUMENTAL BRASILEIRA - TEORIA E PRÁTICA - prof. Marcelo Chiaretti (FEA)
OLÁ !
Este é o formulário on-line para sua pré-inscrição em nosso curso.
Sempre às terças-feiras, do dia 3 de março ao dia 30 de junho, na
Fundação de Educação Artística (Fea), vamos construir juntos nossa
Orquestra Experimental e prepará-la para uma apresentação pública no
início de julho.
Você tem uma visão abrangente sobre a criação e o desenvolvimento da
música popular brasileira? Pois essa é uma boa chance de aprender
tocando. Nós iremos estudar e trabalhar diferentes músicas, construir
um repertório em comum, agregar variados estilos musicais à nossa
Orquestra, e tudo com o objetivo de ampliar nosso conhecimento sobre o
largo espectro de gêneros da nossa música. Serão focados elementos da
linguagem afro-brasileira, do choro e suas interseções presentes nas
criações modernas e contemporâneas da música popular.
Para a construção do nosso repertorio iremos privilegiar criações da
segunda metade do século XX como Radamés Gnattali, Moacyr Santos, Tom
Jobim, Hermeto Pascoal, Baden Powell, Guinga, Milton Nascimento,
Toninho Horta, apenas para citar alguns nomes. E também vamos conhecer
e reconhecer importantes fontes da nossa música instrumental.

A Orquestra

Formada pelos instrumentistas do curso, ela é um verdadeiro espaço
democrático de ensino e aprendizagem. Uma espécie de laboratório onde
é possível compartilhar experiências, adquirir conhecimento e promover
o desenvolvimento técnico e musical de cada componente através da
prática coletiva.
Níveis diferentes de instrumentistas, com formações e experiências
distintas, têm lugar nesse espaço que é, ao mesmo tempo, sala de aula
e sala de concerto! Não importa a idade ou se você é amador ou
profissional. Nossa metodologia busca promover esse encontro e nele
obter os melhores resultados, com arranjos pensados e elaborados de
forma a propor desafios adequados ao perfil de cada músico, visando
nosso objetivo maior que é o de fazer música juntos. Confira alguns
vídeos de nossa Orquestra no YouTube, em Feabh Oficial.

O Professor

O principal eixo pedagógico desenvolvido pelo professor Marcelo
Chiaretti é a valorização do processo de aprendizado musical coletivo,
com ênfase na oralidade e no trabalho de sensibilização da escuta
através da prática do instrumento. Formado em composição pela UFMG,
com mestrado em musicologia pela Université Paris VIII, Marcelo
Chiaretti é professor da Fea nas áreas de musicalização e prática em
conjunto, co-coordenador musical do Projeto Música sem Barreiras,
idealizador e coordenador deste curso.
Professor da UFOP em 2015 e 2016 e da Uemg em 2016 e 2017, dentre suas
atividades de ensino Chiaretti possui ampla experiência em palestras,
workshops e masterclasses na UFMG, conservatórios e festivais de
música. Na França foi professor do Club du Choro de Paris (2008-2014)
e da Philharmonie de Paris/Cité de la Musique – Projet DEMOS
(2012-2015). Atua como flautista, compositor e arranjador em diversos
projetos musicais, apresentações e gravações. Gravou dois CDs e um
documentário em DVD com o grupo Corta-Jaca e, recentemente, o CD Entre
o norte e o poente, de composições instrumentais em parceria com
Cristiano Vianna.
Tem especial interesse pelo trabalho de criação e de práticas musicais
associados à pesquisa e à educação musical, e dentre todas as coisas, a mais importante delas, tem a enorme felicidade e o maior orgulho de ser pai da Alice e da Laura.

Informações
QUANDO: de 3 de março a 30 de junho de 2020 (4 meses), às
terças-feiras, + uma apresentação ao público no início de julho;
DURAÇÃO: 2 horas semanais, com uma turma às 17h30 e outra às 18h30;
ONDE: na Fundação de Educação Artística, à rua Gonçalves Dias, 320,
Funcionários;
VALOR DO CURSO: R$ 464,00 podendo ser parcelado em até 4vezes (4 x R$ 116,00);
VALOR DA INSCRIÇÃO: R$ 25,00;
PRÉ-REQUISITOS: nível básico de leitura é recomendado. Não é
necessário ter experiência em música popular ou música em grupo. Todos
os instrumentos são bem-vindos: cordas dedilhadas (bandolim,
cavaquinho, violão, viola, baixo) e arcos (violino, viola, violoncelo,
contrabaixo), percussão, incluindo teclados (marimba, vibrafone) e
sopros em geral, acordeão, harmônica.
OBSERVAÇÃO: As vagas são limitadas de acordo com o instrumento,
visando o equilíbrio instrumental. Por isso é muito importante
responder ao questionário e deixar o contato para mais informações.
.

*Crédito da ilustração : Músicos, Heitor dos Prazeres, óleo sobre tela (RJ, 14-7-50)
Email address *
Untitled Title
Next
Never submit passwords through Google Forms.
This content is neither created nor endorsed by Google. Report Abuse - Terms of Service - Privacy Policy