ORIENTAÇÃO VOCACIONAL - UNIMES DAY
Caros vestibulandos,

Escolher um curso vai além de uma simples escolha. É uma escolha de vida, de sua expressão no mundo.
O significado da palavra vocação é bastante amplo e tem sua origem no verbo latino vocare, que significa “chamar ou chamamento”, a voz única, aquilo que é único em nós.

Passamos grande parte de nossas vidas dedicados ao nosso trabalho e é importante que ele esteja alinhado com prazer! Por isso numa orientação vocacional é muito importante investigar nossos interesses, ou seja, o que gostaríamos de fazer em nossas vidas, independente de termos ou não habilidades para desenvolver uma atividade.

Também numa orientação vocacional exploramos nossas aptidões, ou seja, o que temos habilidade natural e o que precisa ser desenvolvido. Como as aptidões podem ser desenvolvidas, portanto os interesses são o tema central de uma orientação vocacional. Mas podemos fazer bem algo e ainda assim não querermos seguir determinada profissão. Posso cantar muito bem, mas não querer ser cantora, preferir uma outra profissão.

Outras investigações a serem feitas são traços de personalidade que possuímos que facilitam termos uma profissão ou não. Por exemplo, se temos bem desenvolvido um traço de persuasão, teríamos em tese uma grande probabilidade de termos sucesso num trabalho com vendas. Se temos um traço de personalidade mais voltado para um pensamento racional e lógico, poderíamos fazer escolhas envolvendo a área de exatas.

Os valores também são elementos muito importantes de serem explorados. Numa escolha profissional, por exemplo, é preciso considerar se o que pesa mais é status dessa profissão, o valor financeiro ou a realização pessoal. Qual o valor que atribuo como essencial para uma escolha?

Também numa escolha profissional ficam bem claras algumas influências e expectativas de nossos familiares e pessoas de nosso grupo social.

Portanto, a atenção numa escolha profissional envolve muitas reflexões e normalmente várias entrevistas com profissional capacitado. Porém, as que mais importam são as reflexões que envolvem nossos interesses, ou seja, o que temos mais vontade e motivação para fazer. Afinal, aptidões, traços de personalidade e valores podem ser transformados, mas os interesses são o que motivam nossa determinação e esforço para cursar um determinado curso.

Abaixo, segue uma série de interesses e aptidões que você deve pontuar ao lado como fraco, médio ou forte. Ao fazer essa avaliação, você percebe quais seus interesses e aptidões prevalecem e qual curso estabelece uma maior interlocução com seus interesses e aptidões.

Boa avaliação!

UNIMES
A seguir, serão enumeradas várias formas de interesse que dizem respeito às áreas profissionais. Você deverá ler cada uma delas e assinalar aquelas que julga possuir.
Next
Never submit passwords through Google Forms.
This content is neither created nor endorsed by Google. Report Abuse - Terms of Service - Privacy Policy