PÓS-GRADUAÇÃO - PRÉ-INSCRIÇÃO
Aqui você realiza sua pré-inscrição para a Pós-Graduação FANAN no curso de sua escolha. Uma vez concluída, sua inscrição será enviada às nossas atendentes, que entrarão em contato com você para eventuais esclarecimentos e darmos início ao processo de inscrição e matrícula.
1º Passo:
Selecione o curso *
2º Passo:
Forneça seus dados pessoais
Nome completo *
Your answer
Cidade/Estado *
Your answer
Fone de contato *
Your answer
Endereço de e-mail *
Your answer
3º Passo:
Antes de confirmar sua inscrição, leia atentamente o Manual do Aluno.
Manual do Aluno
SEJA BEM-VINDO A FANAN

A FANAN sente-se orgulhosa de tê-lo em seu corpo discente dos nossos Programas de Pós-Graduação Lato Sensu, estamos presente de norte ao sul do Estado de Minas Gerais e em todo o Brasil.
É com grande satisfação que te recebemos, agradecendo a confiança e por ter optado por nosso Projeto Educacional, pois com a força do conhecimento vamos construindo a nossa história.
A FANAN elaborou este manual, visando auxiliar os seus alunos com orientações sobre as principais questões pedagógicas, acadêmicas e administrativas que possam surgir durante o curso. Desejamos-lhe boas vindas e esperamos que seus anseios sejam plenamente atendidos e que possamos através de nosso trabalho educacional prepará-lo para uma vida profissional ainda melhor.
Contamos com sua efetiva participação, no sentido de juntos construirmos uma sociedade mais justa e solidária.
Nossa equipe de coordenação está sempre à sua disposição para o apoio e esclarecimentos que se fizerem necessários, mas, para que você já disponha de algumas informações básicas, leia atentamente este manual.
01- DA MATRÍCULA:
Para efetivar a sua matrícula em um dos nossos cursos de Pós-Graduação Lato-sensu, é necessário que você apresente a seguinte documentação:
• Ficha de Matrícula preenchida e assinada.
• Contrato de Prestação de Serviços Educacionais preenchido, datado e assinado.
• 02 (duas) cópias autenticadas dos seguintes documentos:
.
* Documento de Identidade/ RG
* CPF
*02 fotos 3x4
*Comprovante de residência
*Diploma de Graduação
* Histórico Escolar com data de colação de grau
* Certidão de casamento ou nascimento
* Certificado de reservista se for o caso
Obs: Os documentos devem ser autenticados

Além da documentação acima, deverá efetuar o pagamento da taxa de inscrição. Ao início do curso, assinar o Contrato de Prestação de Serviços Educacionais, em duas vias, que depois de assinadas por ambas as partes, o aluno (a) receberá uma via.
02- DOS CURSOS:
Os Cursos oferecidos pela FANAN são de Pós-Graduação Lato -Sensu, com no mínimo 360 (trezentos e sessenta) e no máximo 640 (seiscentos e quarenta) horas/aula, formam especialistas em todo território nacional, sendo reconhecidos pelo Ministério da Educação. Os Cursos são desenvolvidos no período de 06(seis) a 10(dez) meses.
03- DA AVALIAÇÃO DO APROVEITAMENTO:
A sistemática de avaliação em cada disciplina será obtida através de trabalhos propostos pelos professores, não sendo utilizadas provas e expressando-se os resultados na escala de 0 (zero) a 10 (dez). O número de trabalhos, individuais ou em grupos, a serem propostos, assim como a valoração da participação do aluno, será designada por cada Professor, aprovados pela Coordenação e apresentados aos alunos. A nota mínima para aprovação em cada disciplina é igual a 7 (sete). O aluno que reprovar em até 03 (três) disciplinas será automaticamente desligado do curso e receberá um certificado de atualização profissional das disciplinas cursadas emitido pela FANAN.
04- DA FREQUÊNCIA:
A freqüência mínima obrigatória é de 75% (setenta e cinco por cento) em cada disciplina. O não cumprimento desta condição implicará na reprovação do aluno, com a anulação de todos os instrumentos de avaliação, mesmo que, eventualmente, já registrados. Fica o aluno obrigado a cursar novamente a disciplina, caso a faculdade ofereça no momento do curso, pagando a taxa correspondente.
O abono de faltas será considerado apenas nos casos de doenças previstas pelo Decreto-Lei nº 1.044, que concede regime especial de estudo aos portadores de moléstias congênitas, infecto-contagiosas, traumatismos e outras condições patológicas, e, pela Lei nº 6.202, que ampara a gestante a partir do oitavo mês de gravidez, desde que seja devidamente comprovado.
Atendendo ao parecer nº 731/99 da Consultoria Jurídica do MEC, diz o parecer: “Não há amparo legal para o abono de faltas à estudantes que com base em suas convicções religiosas, deixam de comparecer às aulas em certos dias da semana. ”
05- DAS CONDIÇÕES DE APROVAÇÃO
Será considerado aprovado o aluno que obtiver aproveitamento acadêmico, em processo cumulativo de avaliação, envolvendo os seguintes aspectos:
• frequência mínima de 75% (setenta e cinco por cento), em cada disciplina, consideradas todas as situações previstas no desenvolvimento das mesmas;
• aproveitamento mínimo de 70% (setenta por cento) alcançado dentro de cada disciplina, considerado o conjunto de situações de experiências, de estudo e de pesquisa desenvolvidas na mesma;
• Nota mínima de 7,0 (sete) na Monografia ou Artigo Científico (TCC) apresentando após o final do curso e nos prazos fixados.
06 - DO CERTIFICADO:
A FANAN concederá CERTIDÃO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO-SENSU (ESPECIALIZAÇÃO), mediante requerimento próprio, com custo de 30,00 (trinta reais) por requerimento aos alunos que satisfaçam as condições de frequência e aproveitamento anteriormente mencionados.
O aluno só poderá solicitar Certidão de Conclusão ou o Certificado de Conclusão do Curso de Pós-Graduação, após ter sido aprovado em todas as disciplinas, com nota e presenças mínimas exigidas, ter entregue todos os documentos e o TCC – Trabalho de conclusão do curso, estar em dia com todas as obrigações financeiras e ter no mínimo 10(dez) meses após a colação de Grau na Graduação.
Após todas as exigências cumpridas por parte do aluno, este dará entrada na Secretaria da FANAN ou escritório local para a confecção da Certidão de conclusão de Pós-Graduação e a entrega desta, se dará no prazo máximo de 30(trinta) dias. Quanto ao certificado, a entrega deste se dará num prazo máximo de 90 (noventa) dias, a contar da data do requerimento do aluno e estará condicionada ao envio da autenticidade do diploma de graduação pela instituição onde o aluno fez a graduação e a comprovação das obrigações financeiras do aluno. O aluno será informado, através de carta, telefone ou e-mail, quando da liberação de sua certidão para poder pegá-la, assinando o Livro de registro. Caso o aluno não possa pessoalmente pegá-la, deverá fazer uma procuração, registrada em cartório, indicando a pessoa que irá substituí-lo.
A FANAN não se responsabiliza caso alguma instituição, órgão público ou privado em seu edital de concurso ou processo seletivo não aceitar o certificado .
Caso haja algum erro gráfico, omissão de dados ou incorreção na emissão do certificado, o aluno deverá requerer sua correção, por escrito na FANAN (Faculdade de Nanuque), anexando o certificado a ser corrigido. A IES promoverá a devida correção no prazo de 30 (trinta) dias, sem ônus para o aluno .
Ao receber o certificado, o aluno deverá conferi-lo detalhadamente em todos os seus aspectos para verificar se existe alguma incorreção ou erro gráfico. Caso haja alguma incorreção, o aluno deverá recusar o certificado e solicitar a FANAN (Faculdade de Nanuque), por requerimento, a correção no prazo máximo de 72 (Setenta e duas) horas.
O aluno que não concluir o curso, mas for aprovado em uma ou mais disciplinas, pode requerer Certificado de atualização profissional por disciplina cursada a ser emitido pela FANAN.
07- DO REGIME DIDÁTICO ESPECIAL (RDE):
O RDE (regime didático especial) é um recurso previsto na legislação e no regimento interno da FANAN, para que alunos em situação especial, impossibilitados de comparecer às aulas, possam dar continuidade aos estudos. A ausência das atividades escolares durante o RDE pode ser compensada pela realização de trabalhos, exercícios, tarefas e atividades complementares a critério da IES e com acompanhamento do professor da disciplina. É assegurado ao aluno, amparado por normas legais, o direito a tratamento especial, com dispensa de freqüência regular.
O requerimento solicitando RDE deve ser instruído com laudo médico passado por profissional habilitado legalmente e com o período de afastamento atestado.
O RDE é facultado a gestantes e portadores de doenças infecto-contagiosas e com doenças graves.
Para gestantes, a dispensa é a partir do 8º mês até o bebê completar um mês de vida.
Os demais casos de solicitação de dispensas serão analisados por uma comissão indicada pela faculdade e a dispensa será a partir da data da entrega do requerimento devidamente comprovado e pelo prazo previsto no parecer médico.
08- DA AVALIAÇÃO DOS PROFESSORES
É de suma importância para a manutenção da qualidade dos nossos cursos, por esta razão uma das etapas é a avaliação dos professores por parte dos alunos, os quais terão a oportunidade de preencher um formulário específico para cada disciplina.
É acreditando nesta troca de informações entre o corpo docente e o discente que poderemos melhorar a nossa capacidade profissional, objetivando um constante trabalho de excelência e atingirmos as expectativas do aluno e atendendo melhor o mercado de trabalho.
09-DA COORDENAÇÃO
Qualquer problema em relação ao curso ou questão pessoal, poderá o aluno entrar em contato com a Direção ou Coordenação do curso de pós, por e-mail: faculdadedenanuque@gmail.com, ou por telefone ou pessoalmente de segunda a sexta feira de 13h às 19 horas.
10-DA SECRETARIA:
A Secretaria Administrativa e Financeira do FANAN, funciona de 2ª à 6ª-feira das 13:00 horas às 19:00horas. Na cidade de Nanuque-MG.
11-DO TRANCAMENTO DE MATRÍCULA
É o processo através do qual o aluno comunica por documento oficial a FANAN que está impossibilitado de frequentar o curso em que se matriculou. O trancamento de matrícula deverá ser requerido na Secretaria da FANAN ou no escritório local, durante o período de curso. O pedido de trancamento só será aceito se o aluno estiver regularmente matriculado e em dia com suas obrigações financeiras, devendo o aluno mencionar no requerimento o motivo do trancamento, que será analisado pela direção. O aluno que deseja voltar ao curso após o trancamento da matricula, só será permitido se ainda não tiver perdido mais de 25%(vinte e cinco por cento) do curso. Se ultrapassados mais de 25%( vinte e cinco por cento) do andamento do curso, o aluno mesmo tendo feito trancamento, estará automaticamente reprovado e não haverá devolução de valores já pagos. Se retornar após o trancamento de sua matrícula, antes de completados os 25%( vinte e cinco por cento) do curso em andamento, o aluno deverá requerer a custo de R$ 30,00(trinta reais) a reabertura da mesma na secretaria da FANAN ou escritório local. A ausência do aluno ás aulas não isenta do pagamento da mensalidade até a data do requerimento de trancamento da matrícula.
12- DO ABANDONO DE CURSO
Caracteriza-se pelo afastamento dos estudos por mais de 30(trinta) dias, sem aviso prévio e sem justificativa prevista no regime da instituição. O processo normal de trancamento ou cancelamento de matrícula deve ser protocolado na IES. O abandono não isenta do pagamento das mensalidades das disciplinas já cursadas e não haverá restituição dos valores já pagos.
13- DA CONVALIDAÇÃO DAS DISCIPLINAS
O aluno poderá solicitar na Secretaria de Pós-Graduação convalidação de disciplinas cursadas em nível de Pós-Graduação, em outras Instituições de Ensino Superior, mediante documentação comprobatória (cópia do Histórico Escolar de Pós-Graduação, bem como dos programas das disciplinas pleiteadas), podendo a Direção da FANAN deferir ou não o pedido, após julgamento dos documentos apresentados. Fica esclarecido que a convalidação das disciplinas não implicará em redução do custo do curso.
14- DO REGIME DISCIPLINAR:
Espera-se que o aluno tenha maturidade intelectual e padrões de comportamentos compatíveis com o ambiente acadêmico.
Conforme disposições regimentais, constituem infrações disciplinares: algazarra ou rixa, injúria, calúnia ou difamação, agressão física ou verbal, danificação de material escolar, móveis, utensílios e objetos em geral, atentado à moral ou ao decoro, conduta imprópria na instituição ou fora dela, improbidade no regime escolar, desrespeito ou desacato aos docentes e funcionários. De acordo com a gravidade da infração cometida, o aluno estará sujeito à advertência verbal, advertência escrita, suspensão e desligamento do curso, não havendo restituição dos valores já pagos.
A comunidade acadêmica, constituída pelo corpo docente, corpo discente e corpo técnico-administrativo, cabe guardar respeito e solidariedade mútuos, devendo todos, por seus atos e seu trabalho, dignificar a FANAN, promovendo a realização de seus objetivos e observar os preceitos condizentes com a ordem e dignidade do ensino superior da especialização profissional.
Comete infração disciplinar o aluno, corpo docente, discente ou técnico-administrativo que praticar ato contra:
1. A integridade física, moral e profissional de membro da comunidade acadêmica;
2. O patrimônio moral, científico, cultural e material da FANAN e de qualquer membro da comunidade acadêmica;
3. O exercício das funções pedagógicas, científicas e administrativas, utilizando ou permitindo a utilização de meios ilícitos ou fraudulentos no âmbito das atividades acadêmicas;
4. Os preceitos contidos no Regimento e nas normas complementares emitidas pelos órgãos superiores da FANAN.
O regime disciplinar, a que estão sujeitos o corpo docente, discente e técnico-administrativo, prevê as seguintes sanções disciplinares:
1. advertência verbal e/ou escrita;
2. Repreensão;
3. Suspensão;
4. Desligamento ou demissão.
Na aplicação das sansões disciplinares, serão considerados os seguintes elementos:
1. primariedade do infrator;
2. dolo ou culpa;
3. gravidade da infração;
4. valor e utilidade dos bens atingidos;
5. grau de autoridade ofendida.
Em relação ao corpo docente e discente, as sanções dos itens 1 e 2 são de competência dos Coordenadores de Cursos e as dos itens 3 e 4 são exclusivas da Direção.
Na aplicação das sansões disciplinares, observar-se-ão as seguintes prescrições gerais:
1. a advertência será em particular;
2. a repreensão far-se-á por escrito;
3. a suspensão e o desligamento serão efetuados mediante ato competente da Direção.
Comprovada a existência de dano patrimonial, o infrator ficará obrigado a ressarcimento, independente das sanções disciplinares que lhe forem aplicadas.
Consumo de cigarros e uso de telefones celulares e bebidas alcoólicas:
Os fumantes somente poderão fumar em local aberto e apropriado. Devem observar e respeitar as placas distribuídas pela Instituição que indicam a proibição do uso do cigarro em locais específicos. Quanto aos celulares, é norma de boa educação mantê-los desligado ou em modo “vibra call” durante as aulas. É proibido ingerir bebidas alcoólicas ou apresentar-se com sinais de embriaguez nas dependências da instituição.
15- DO TCC - TRABALHO CONCLUSÃO DE CURSO:
O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) poderá consistir em MONOGRAFIA ou trabalho equivalente, conforme preceitua o art. 12 § 1º, III da Resolução nº 01 de 03/04/2001 do CNE/CES/MEC, em conformidade com a Lei do MINISTERIO DA EDUCAÇÃO, LDB. 9394/96, Resolução Nº 01 de 03 de abril de 2001 com as devidas atualizações contidas na Resolução de 01 de 8 de junho de 2007, Câmara de Educação Superior do Conselho Nacional de Educação, publicada no Diário Oficial da União nº 109 de 08/06/07, que estabelece normas para o funcionamento de Cursos de Pós-Graduação. Apresentado no formato artigo científico, deve ser feito individualmente, cada aluno deve entregar duas vias, impressa e uma em CD. Cada turma terá um orientador.
O TCC deverá ser encaminhado pelo aluno, à coordenação local da FANAN em duas vias individuais, uma impressa e outra no CD. O artigo científico deverá obedecer às normas da ABNT(Associação Brasileira de Normas Técnicas) para elaboração. O trabalho deverá ser apresentado com correção gramatical e ortográfica e o título do TCC não poderá ultrapassar 20(vinte) palavras. No momento da entrega do TCC deve vir acompanhado do termo de aprovação, o aluno deverá assinar o termo de autenticidade e de autoria do trabalho, conforme modelo adotado pela Coordenação Pedagógica de Pós-Graduação da FANAN. Casos de transferências de orientação de alunos para outros orientadores somente poderão ocorrer com a devida autorização da Coordenação Pedagógica da FANAN do escritório local.
O aluno que ultrapassar a data prevista para a entrega do TCC, constante no calendário de cada curso, deverá requerer em formulário próprio a custo de R$ 30,00(trinta) na FANAN ou escritório local, a entrega do TCC deverá ocorrer no prazo máximo de 03(três) meses, o aluno pagará ao professor orientador uma taxa de R$ 200,00(duzentos reais) pela orientação recebida caso ultrapasse o prazo máximo de entrega do TCC. Passados os 03 (três) meses, sem justificativa protocolada na instituição, o aluno estará automaticamente reprovado, perderá o curso e não haverá restituição do valores pagos. A coordenação do curso de pós-graduação recusará o TCC sempre que julgá-lo fora das normas, insuficiente ou por plágio.
Os valores referidos neste manual poderão sofrer reajustes.
16- DO JUBILAMENTO
Após a conclusão do Curso de Pós-Graduação Lato-Sensu, previsto no calendário de cada curso, e também previsto no contrato de prestação de serviços educacionais e no regimento interno da FANAN, o aluno deverá requerer o certificado no prazo máximo de 01 (um) ano. Após esse período, o aluno poderá requerer seu certificado, que será entregue em até 120 (cento e vinte) dias mediante pagamento de uma taxa de R$ 30,00 (trinta reais).

DESEJAMOS BONS ESTUDOS!!!!

FANAN - FACULDADE DE NANUQUE.

Confirmar Inscrição *
Submit
Never submit passwords through Google Forms.
This content is neither created nor endorsed by Google. Report Abuse - Terms of Service