[INSCRIÇÕES] Expotécnica + Campolina Fest 
Chegou o momento de ouvir a voz ativa da comunidade Campolina! A Expotécnica + Campolina Fest é um grande evento da raça que vai acontecer nos dias 25 e 26 de novembro de 2022, na sede da ABCC.

Neste ano, a Expotécnica vai ser um pouco diferente: 
Primeira etapa: os associados inscritos se dividirão em grupos temáticos a sua escolha e discutirão assuntos importantes para o desenvolvimento da raça. Cada grupo contará com um membro técnico indicado pela ABCC, um mediador e cinco associados. Esta primeira etapa é online, então os grupos terão autonomia para decidir quando se encontrar para discutir. 
Segunda etapa: Nos dias 25 e 26 de novembro, o encontro é presencial na ABCC. A decisão de cada grupo será exposta pelo membro técnico e pelo mediador, e os membros de outros grupos poderão fazer perguntas. De acordo com o conteúdo de cada proposta, o resultado das votações será encaminhado ao colegiado devido, CDT, Colégio de Jurados, Conselho Administrativo Consultivo e Diretoria, para deliberação final. 

Após esse momento de discussões, no dia 26, acontecerá uma confraternização de fim de ano e entrega das premiações de melhor criador e expositor da Nacional e do ano hípico geral.

>>INSCRIÇÕES<<
- O valor da inscrição por pessoa é de R$800,00, que incluem a participação ativa nas discussões da Expotécnica, um almoço na Sede no dia 26 de novembro e a entrada na confraternização de fim de ano.
- Cada associado pode inscrever-se em um grupo temático de preferência e um de segunda opção - ficará naquele que tiver vagas. 


>>>PARA QUE A INSCRIÇÃO SEJA CONFIRMADA, É PRECISO ENCAMINHAR O COMPROVANTE DE PAGAMENTO PARA O E-MAIL TESOURARIA@CAMPOLINA.ORG.BR

O PAGAMENTO DEVERÁ SER FEITO POR PIX.

CHAVE PIX: 17.216.995/0001-25 (CNPJ)

Temas:

GRUPO 1

MEDIADOR: Marcelo Nacif

TÉCNICO: Roberto Naves

TEMA: Criação de evento para Registro Definitivo  em praça pública sob a avaliação de comissão

RESUMO: Evento de baixo custo, sem cunho comparativo entre animais, com previsão de comentários de grande valor didático e informativo, acrescido de prova social e de esporte entre associados e familiares, para o fomento da criação e uso do cavalo. Avaliações zootécnicas que valorizem morfologia, marcha e função em igualdade de condições. 


GRUPO 2

MEDIADOR: Edgar de Barros

TÉCNICO: Jorge Lucena

TEMA: Adoção do sistema de Julgamento Pontuado a partir do ano hípico 2023/2024;

RESUMO: Já em fase adiantada de estudos com excelentes resultados, a proposta visa tornar bem mais objetivos os critérios de avaliação morfológica e dinâmica, evitando-se distorções e discrepâncias entre julgamentos de exposições diferentes, com os mesmos animais em curto intervalo de tempo.


GRUPO 3

MEDIADOR: Hélio Martins Costa

TÉCNICO: Leonardo Lisboa

TEMA: Instituição do “Teste de Progênie a campo”

RESUMO: Possibilidade de criação de teste de progênie, com avaliação de todos ou de alto percentual de produtos de mesmo reprodutor ou matriz, através de avaliação por técnicos nas visitas para registro em criatórios, pelo critério de avaliação pontuada, tornando mais fidedigno o resultado da avaliação de progênie.


GRUPO 4

MEDIADOR: Alexandre Bullos

TÉCNICO: Emilio Renato

TEMA A: Instituição de um “Selo de Funcionalidade”, aposto ao certificado de registro do animal

RESUMO: Avaliação de animais adultos nos eventos de registro em comissão, para destaque de animal com qualificação funcional, temperamento, índole e facilidade de condução (montabilidade). Valor real agregado a animais de sela, evidenciando qualidade para o usuário de pouco conhecimento e habilidade na equitação.

TEMA B: Maior valorização ao item “Montabilidade” no Padrão Racial

RESUMO: Considerando que a razão maior de se valorizar o diferencial “marchador” em nosso cavalo de sela é o fato de ser confortável, comodidade e montabilidade contribuem da mesma forma na evidência desta característica.


GRUPO 5

MEDIADOR: Paulo Pereira Vaz

TÉCNICO: Thomas Vasconcelos

TEMA A: Julgamentos dos grandes campeonatos em consenso, marcha e morfologia

RESUMO: Critério há muito sugerido e desejado pelos jurados, por garantir resultado de melhor média zootécnica, quando por vezes há pouca diferença entre dois ou mais animais em um quesito, o que permite a obtenção do título sem exclusão de outro animal com melhor característica em um dos quesitos.

TEMA B: Fim dos comentários nos grandes campeonatos

RESUMO: Animais já comentados no campeonato, são por vezes desmerecidos quando no comentário dos grandes campeonatos, gerando dúvidas e questionamentos. Anúncio dos grandes campeonatos poderá ser feito em conjunto, após os julgamentos de todos os grandes campeonatos.


GRUPO 6

MEDIADOR: Ademar Rigueira

TÉCNICO: Alessandro Procópio

TEMA: Resgate de documentação de animal junto ao SRGCC

RESUMO: Possibilidade de inclusão de animais com fenótipo característico da raça Campolina e histórico sugestivo do criatório, com previsão de prazo limite para inscrição no programa.


GRUPO 7

MEDIADOR: Luciano Galil

TÉCNICO: Diogo Jayme

TEMA A: Extinção do julgamento de progênie em exposições

RESUMO: Julgamento que toma tempo e consequentemente gera custo, mas tendo como razão maior na proposta o fato de avaliar quantitativo muito reduzido de produtos de um garanhão ou matriz, sem significado zootécnico.

TEMA B: Criação de salário e reposição de despesas para o próximo Presidente em exercício

RESUMO: Possibilidade de remuneração financeira ao ocupante do cargo de Presidente, bem como de reposição de despesas com viagens pela ABCC.


GRUPO 8

MEDIADOR: Alexandre Barros

TÉCNICO: Beto Barcelar

TEMA A: Validação dos títulos de Campeão e Reservado de Conformação e Marcha, apenas na ausência de asterisco*

RESUMO: A sugestão visa preservar características obviamente importantes em processos de seleção e melhoramento, garantindo o mínimo de qualidade dessas características Nos indivíduos que receberão título de Campeão nas exposições.

TEMA B: Extinção dos Reservados Campeões nos julgamentos de Grandes Campeonatos de Raça e Marcha

RESUMO: A regra atual toma considerável tempo na chamada e admissão de animais, no próprio julgamento em si, e privilegia, quando no julgamento do Grande Marchador, que permite a inversão do resultado do campeonato, o último resultado sobre o primeiro, questionando-se ser ou não justo o critério.


GRUPO 9

MEDIADOR: Dudu Idualte

TÉCNICO: Leonardo Lemgruber

TEMA A: Julgamento melhor cabeça e melhores aprumos apenas nos concorrentes aos grandes campeonatos

RESUMO: Diminuição do número de concorrentes com ganho no tempo de julgamento, com garantia também de mínima qualidade nas demais características zootécnicas.

TEMA B: Destinação de superávit financeiro para investimentos

RESUMO: Identificação de demandas prioritárias e destinação de recursos financeiros para o período do próximo ano.17.216.995/0001-25
Sign in to Google to save your progress. Learn more
Nome
E-mail
Telefone
Grupo temático de preferência
Clear selection
Grupo temático de segunda opção
Clear selection
Submit
Clear form
Never submit passwords through Google Forms.
This content is neither created nor endorsed by Google. Report Abuse - Terms of Service - Privacy Policy