Fundação Jumbo para a Juventude
Projetos candidatos à 2ª fase de apoios sociais na área da saúde e da nutrição.
"Sabores Jumbásticos" | Cruz Vermelha Portuguesa - Delegação de Gondomar/Valongo (Jumbo Gondomar)
O projeto “Sabores Jumbásticos” pretende combater o consumo de açúcar/sal em excesso, tendo como objetivo, a promoção de saúde, e alertar para os perigos que se escondem nos rótulos dos alimentos, e que normalmente denunciam o excesso de açúcar/sal que cada um tem, dirigido a jovens que frequentam o 3º ciclo, na EB Frei Manuel de Santa Inês do Agrupamento de Escolas de Rio Tinto nº 3. O projeto foi pensado para ser executado em quatro fases:

1ª Fase – Aplicação de questionário, onde se pretende avaliar o conhecimento dos jovens acerca do problemática central (excesso de açúcar/sal, alimentação saudável, benefícios do exercício físico);

2ª Fase – Aplicação de um programa de sessões/debate, com o objetivo de alertar para a problemática central, as implicações na saúde e os riscos associados;

3ª Fase – Apresentação do Regulamento para a edição/ilustração do Manual de Atividades “Sabores Jumbásticos” – Um manual de atividades dirigido a crianças + de 5 anos (desenhos para colorir, sopa de letras, labirintos, …), apadrinhado pelas mascotes Rik&Rok, que se pretende apresentar no final do projeto e cujo lucro social reverte na integra para a Fundação Auchan. O manual de atividades, poderá após término do projeto ser comercializado em toda a rede de lojas Jumbo/Pão de Açúcar;

4ª Fase – Aplicação de questionário aplicado na 1ª Fase, onde se pretende efetuar uma análise estatística detalhada, visando aferir os resultados do impacto do projeto no publico alvo, assim como, a possibilidade da sua replicação a outros concelhos. No final do projeto será realizada uma cerimónia de apresentação do Manual de Atividades “Sabores Jumbásticos” preferencialmente no espaço da Loja Jumbo da área de atuação, assim como, apresentação dos resultados de impacto do projeto nos meios de comunicação social. O Manual para alem de conter receitas saudáveis, deverá conter imagens para ilustrar, labirintos, sopas de letras, sempre alusivas à temática central alvo do projeto, o mesmo será comercializado por um valor aproximado de 4 euros a unidade, que irá reverter para a Cruz Vermelha Portuguesa – Delegação de Gondomar/Valongo.

"Aprender a Bem comer dá saúde e faz crescer" | Associação de Apoio à Criança (Jumbo Guimarães)
A conceção deste projeto fundamenta-se na Convenção nos Direitos da Criança adotada pela Assembleia Geral nas Nações Unidas, em 20 de novembro de 1989, e ratificada por Portugal
em 21 de Setembro de 1990 (artigo 24), bem como em dados estatísticos sobre a saúde alimentar na escola e na família.

O eixo principal do projeto será a saúde e alimentação, na infância e juventude, e estabelecendo-se como eixos secundários a alimentação saudável e o desperdício alimentar.

A sua concretização desenvolver-se-á em três vertentes:
1) Uma direcionada para pais e educadores, através da realização de um colóquio com especialista nas áreas de nutrição e alimentação;
2) Realização de workshop a implementar em três painéis:
a) Ida as compras de um grupo de crianças para uma refeição (loja Jumbo)
b) Reunião com o mesmo grupo durante a qual serão analisados os produtos adquiridos, dispensada informação sobre princípios a ter em consideração na aquisição de produtos alimentares (leitura de rótulos), e equilíbrio alimentar;
c) Segunda ida às compras do mesmo grupo de crianças (loja Jumbo) de forma a aferir os conhecimentos adquiridos na etapa precedente.
3) Realização de um vídeo cobrindo os três painéis do Workshop.

A população abrangida em termos de crianças e jovens é dos 1º, 2 e 3º ciclos do ensino básico, num total de 13.677 alunos, não sendo possível, nesta fase, quantificar o número de pais e educadoras abrangidos.

A participação com loja Jumbo, da nossa área, concretizar-se-ia sobretudo pela participação de padrinhos/madrinhas e apoio logístico às ações a desenvolver na loja Jumbo.

Este projeto contará com a participação, além da loja Jumbo, de instituições nacionais ligadas à problemática da nutrição e alimentação bem como de todos os agrupamentos escolares do concelho de Guimarães.

O Vídeo produzido será distribuído por todas as escolas do concelho.

"Mini-Socorristas" | Delegação de Matosinhos da Cruz Vermelha Portuguesa (Jumbo Matosinhos)
O projeto dos mini socorristas pretende colmatar uma das lacunas existentes nos planos curriculares do 1º ciclo. Este baseia-se no projeto “RCP desde mi cole” criado e implementado em Espanha em diversas regiões, com quem temos mantido contacto e que nos autorizou a implementar no nosso pais.

O objetivo é adaptarmos os materiais à nossa população e aos conhecimentos básicos de socorrismo, para que qualquer pessoa, com a formação básica inicial possa dinamizar os workshops. Como dito na candidatura pretendemos que o workshop vise tema como a chamada para o 112 e manobras de reanimação, desobstrução da via aérea e colocação em posição lateral de segurança.

Cada um terá uma duração média de 1 hora, para conseguir manter as crianças, de uma maneira geral, focadas na aprendizagem e utiliza uma abordagem lúdico-pedagógica que envolve voluntários e crianças.

Visto que vamos adaptar os materiais utilizados inicialmente no projeto “RCP desde mi cole”, ainda não temos os materiais finalizados, mas prevemos que cada temática supramencionada corresponda a um workshop, para que cada aprendizagem seja sedimentada através da prática supervisionada. Cada workshop será ministrado por 2 ou 3 voluntários, consoante o número de crianças.

"Crescersaudável.come" | Associação de Lares Familiares para Crianças e Jovens Novo Futuro (Jumbo Sintra)
A experiência e o quotidiano das casas de acolhimento da Associação Novo Futuro leva-nos a considerar que são cada vez mais notórias as dificuldades de desenvolvimento e de saúde apresentadas pelas crianças e jovens acolhidos, motivados pelos reiterados maus tratos e negligência de que foram alvo nas suas famílias. A privação e os abusos que sofreram desenvolveram-lhes comportamentos / atitudes ansiosas relativamente à alimentação. A relação que estabelecem com os alimentos é normalmente de compensação emocional e de adição. A ingestão de alimentos é comandada pelas emoções e não pelas necessidades nutricionais, uma vez que estas crianças e jovens têm dificuldade em distinguir a fome física da fome emocional e de fazer escolhas certas, privilegiando os alimentos de absorção rápida, ricos em açúcar e gordura.

A instabilidade emocional desencadeiam episódios de ingestão compulsiva e a procura de estímulos imediatos que atuam enquanto amortecedores de afeto, numa tentativa de aliviar emoções negativas. Assim, este projeto divide-se em 2 áreas: a) Realizar um diagnóstico da situação de cada Casa, no que respeita às necessidades das crianças acolhidas e bens disponíveis, por um técnico especializado (nutricionista do Auchan); Após o diagnóstico propomos a realização de uma formação a todos os cuidadores responsáveis pela alimentação, assim como ao responsável pelo armazém. Seguidamente, propomos a elaboração de ementas / receitas tipo, adaptadas às necessidades específicas / produtos disponíveis em cada Casa. B) De forma a garantir refeições variadas e equilibradas em termos nutricionais, propomos, com o presente projeto, que fiquem asseguradas as nossas necessidades no que respeita a legumes, fruta, vegetais, carne e peixe, via donativo.

"SABE+" | Centro Social Paroquial de São Silvestre do Gradil (Jumbo Torres Vedras)
Como surge o nome? Pretendemos desenvolver as melhorar as competências e o conhecimento das nossas jovens ao nível na Saúde, Alimentação, e Bem-Estar. O presente projeto pretende promover comportamentos alimentares saudáveis e de prática de atividade física regular e contribuir para que exista um ambiente promotor da saúde, com especial enfoque na adolescência. Trabalha ainda outros determinantes da saúde, como a saúde mental e o ambiente alimentar institucional.

Está contemplado no projeto a implementação do Gabinete SABE+, a funcionar sob a orientação do Núcleo de Psicologia do LIJ, com o apoio de um Nutricionista. Prevê-se, ainda, a criação do de um espaço outdoor – Espaço MOVE-TE - com vários equipamentos que fomentem a atividade física das crianças e jovens do LIJ. Adicionalmente, através da aquisição de um desidratador de frutas, promover a adesão ao consumo de snacks saudáveis, o que permitirá, também, a angariação de fundos e a continuidade do projeto.

"TPC - Tempo Para Colher" | Associação Renovar a Mouraria (My Auchan Almirante Reis)
O projeto visa a sensibilização e formação/acção de crianças e jovens de contextos vulneráveis, nas áreas da saúde e nutrição, nomeadamente a alimentação saudável, o desperdício alimentar e o respeito pelo ambiente, em articulação com 4 projectos que a ARM já desenvolve: TPC - Tempo Para Crescer, TPC de Férias, Jornal Rosa Maria e Mouraria Composta (ver Contexto e Motivos para a realização do projecto). Realizarão-se 40 actividades de formação/acção centradas nas seguintes temáticas: compostagem, horticultura, floricultura, recolha e conservação de sementes, nutrição e alimentação saudável, leitura de rótulos, construção de casas-ninho para pássaros e hotéis para insectos.

Paralelamente, serão desencadeadas acções para a implementação da rede de guardiões de resíduos, dinamizando a rede de compostagem comunitária, onde as crianças e jovens assumirão um papel crucial na mobilização das famílias e vizinhos para participação na rede. O projecto assenta na filosofia dos 5Rs: Reduzir, Repensar, Reaproveitar, Reciclar e Recusar. As oficinas serão realizados durante as sextas-feiras ou sábados e nos períodos de férias do Natal, da Páscoa e em Agosto, e envolverão 50 crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social. Serão usadas metodologias de educação não formal, tais como dinâmicas participativas, storytelling, saídas e visitas de estudo, centradas numa aprendizagem do saber-fazer e do saber ser/estar, formando e capacitando para uma efectiva intervenção comunitária e reforço de sentido de pertença. As actividades contarão com a participação de 40 voluntários, que apoiarão na sua dinamização e organização.

Serão contactadas entidades e organizações cujo trabalho se enquadre nas áreas da saúde e nutrição dentro da cidade de Lisboa, com o objetivo de formalizar parcerias que contribuam para o projeto, bem como para a planificação das atividades e sua implementação. Assim sendo, convidar-se-ão técnicos das organizações parceiras para dinamizar oficinas assim como para participar e dinamizar em conjunto com as crianças e jovens e famílias as diversas actividades do projecto.

"SOS – Criança: Um aluno bem nutrido é um aluno bem-sucedido" | Instituto de Apoio à Criança – SOS – Criança (My Auchan Avenida da República)
O projeto procura, em articulação com a loja Auchan da Avenida da República, incentivar as crianças de três escolas básicas situadas nos bairros da Picheleira, Lóios e Santo António, a terem uma alimentação saudável e a conhecerem os efeitos da mesma no seu desempenho escolar. As escolas referenciadas integram uma população económica e socialmente desfavorecida, nomeadamente população emigrante, alguns refugiados e de etnia cigana. Procura-se realizar as aprendizagens recorrendo a atividades como a construção de uma horta, a criação de um livro de receitas, a interpretação dos rótulos dos alimentos e a confeção de refeições saudáveis, entre outras.

Na construção da horta biológica, as crianças irão relacionar a matéria de estudo do meio, com os nutrientes das plantas que irão semear e ajudar a florescer. Procurar-se-á incentivar as crianças a transmitirem os conhecimentos adquiridos evitando o recurso a alimentos pré-cozinhados, a fast-food, às chamadas calorias vazias, entre outros. Por outro lado, ir-se-á dinamizar momentos de conv´vio familiar, através da alimentação.

Por fim, realizar-se-á uma sessão de esclarecimento sobre o Direito da Criança à Saúde, com base na nutrição e uma sessão para os Pais e Encarregados de Educação sobre comportamentos aliados a distúrbios alimentares. Constatação de que as crianças adotam um estilo de vida mais sedentário (deslocam-se em meio de transporte para a escola e para casa; nos intervalosjogam no telemóvel e ocupam os tempos livres com video-jogos). Por sua vez, o tipo de hábitos alimentares das crianças e dos jovens a nível mundial tem vindo a sofrer transformações, como por exemplo: consumo de refrigerantes; fritos; salgados e gorduras saturadas acabando com a dieta mediterrânea. Tal produz impacto na saúde dos jovens (excesso de peso/obesidade; diabetes tipo 2; apneia do sono; distúrbios alimentares) e na sua longevidade. Estudos indicam que, nos últimos anos, tem-se vindo a verificar que as crianças vivem mais doentes e morrem mais cedo que as gerações anteriores.

No final do projeto as crianças conhecerão a importância de uma alimentação saudável e o modo como a mesma interfere nos seus resultados escolares: Um aluno bem nutrido é um aluno bem sucedido. As crianças serão mais autónomas para: saber fazer escolhas de alimentos saudáveis; consultar um rótulo e identificar a sua relação com uma alimentação saudável; cultivar e fazer florescer alguns alimentos saudáveis; reconhecer os seus Direitos e entre eles o Direito à Educação e a uma
Alimentação Saudável.

"ALLinclusive – Práticas Desportivas para a Inclusão" | Associação Mãos Unidas Padre Damião – Portugal (My Auchan João XXI)
O desenvolvimento deste projeto realiza-se em duas fases. Num primeiro momento serão realizadas, por uma professora de educação especial, sessões semanais nas escolas com atividades de desenvolvimento e consolidação de competências físicas (ex.: yoga- flexibilidade; surf-equilíbrio, etc.), pessoais (ex.: boccia-concentração; basquetebol- planeamento e organização, etc.) e sociais (ex.: rugby-espírito de equipa; judo-liderança, etc.) inerentes à prática desportiva da modalidade do mês. Num segundo momento, no final de cada mês, fruto de parcerias, realizar-se-á um grande evento dessa modalidade em espaço apropriado para o efeito (ex. Sociedade Hípica Portuguesa, Pavilhão Desportivo do Complexo Desportivo Municipal Casal Vistoso, Docas de Santo Amaro-Clube Ferroviário de Portugal, entre outros). Importa salientar a justificação da escolha dos desporto; foram escolhidas modalidades individuais, de grupo, e desportos para pessoas com deficiência. Uma das grandes vantagens deste projeto será a possível replicação em outros dois Polos da Associação: Carregal do Sal e Santa Comba Dão. Pretende-se que o projeto consiga alcançar alguma sustentabilidade com parcerias locais e instituições, de modo a reduzir as maiores despesas: transportes e professores das modalidades.
"JumbOrgânico - A ciência aliada à literacia ambiental e à economia circular" | - IEFF – Incubadora de Empresas da Figueira da Foz – Associação para o Desenvolvimento Empresarial (Jumbo de Figueira da Foz)
A Incubadora do Mar e da Indústria da Figueira da Foz apresenta, no âmbito de apoio a projetos sociais na área da saúde e da nutrição da Fundação Jumbo para a Juventude, o Projeto "JumbOrgânico - A ciência aliada à literacia ambiental e à economia circular”. Com a liderança técnica da equipa do Laboratório MAREFOZ, o projeto visa educar para a necessidade de redução do desperdício alimentar e promover a Economia Circular.

O projeto irá promover a sensibilização ambiental da comunidade local, crianças e jovens em idade escolar e clientes da loja Jumbo, para a temática do desperdício alimentar e gestão de resíduos sólidos orgânicos, incentivando o respeito pelo ambiente, através:

a) Da implementação de um sistema de compostagem-piloto e uma horta biológica no terraço da Loja Jumbo Figueira da Foz como processo alternativo sustentável na gestão de resíduos sólidos orgânicos da loja e que será gerido pelos colaboradores da Loja Jumbo. Parte dos resíduos sólidos orgânicos decorrentes da atividade da loja Jumbo serão utilizados para a produção de composto que será, posteriormente, aplicado no cultivo biológico de produtos hortícolas a ser utilizados na cantina da loja Jumbo Figueira da Foz;

b) Pela realização de diversas ações de educação ambiental sobre desperdício alimentar, a compostagem como alternativa sustentável à gestão de resíduos e economia circular. O sistema-piloto será fundamental para o desenvolvimento destas ações de literacia ambiental visto que funcionará como elemento demonstrador e veículo de sensibilização, auxiliando o “aprender fazendo”.

As ações de literacia ambiental serão assim aplicadas a 3 níveis:

■ Para alunos do 2º e 3º ciclo que irão visitar o sistema de compostagem e horta biológica na loja Jumbo e participar em algumas das tarefas de manutenção do sistema

■ Para o cliente Jumbo, através de ações de educação ambiental a desenvolver na secção de produtos hortícolas e da realização de dias abertos de visita ao sistema piloto

■ Para os colaboradores da loja Jumbo que serão capacitados para a manutenção do sistema de compostagem e da horta biológica.

JumbOrgânico - A ciência aliada à literacia ambiental e à economia circular, contribuindo para os objetivos do desenvolvimento sustentável

"'Bora lá lanchar!" | ANADIC - Associação Nacional de Apoio ao Desenvolvimento, Investigação e Comunidade (Jumbo Alfragide)
O projeto ‘Bora lá lanchar! Assenta na necessidade de promover nas crianças e jovens de vários Bairros situados na Amadora (Bairro do Zambujal, Cova da Moura, Buraca, Boavista), hábitos de alimentação saudáveis, apelativos, criativos, de autocapacitação e rentabilização de recursos e proteção do meio ambiente. Pretende-se capacitar os participantes na aquisição de competências na realização dos seus próprios lanches a partir da gestão de alimentos saudáveis que numa primeira instancia existam no projeto e posteriormente estejam presentes em casa. Através de workshops experienciais realizados em contexto escolar e contexto de espaço jovem, as crianças e jovens irão ter o seu recipiente em vidro todo o ano que servirá para preencher com os mais variados ingredientes saudáveis e que servirá para os mesmos lancharem. Os alimentos serão rentabilizados a partir de produtos simples e de baixo custo existentes no supermercado Jumbo, que serão ensinados às crianças como descobrir e aconselhar os pais, mas também a partir da própria produção em projeto de uma “Horta do Lanche” com algumas frutas (physális, frutos vermelhos, romãs, limoeiro e marmelo), ervas aromáticas (hortelã, orégãos, tomilho) e girassóis.
"Mira Saudável" | Raízes - Associação de Apoio à Criança e ao Jovem (Jumbo Amadora)
O projeto Mira Saudável, visa sensibilizar as crianças e jovens do Bairro Casal da Mira para a criação de estilos e hábitos de vida saudáveis. Nesse sentido, pretendemos dinamizar a atividade +Saudável, que consiste na promoção de workshops temáticos associados à alimentação saudável e à gestão doméstica. Atualmente a Raízes tem implementado no território o projeto Loja Mira Jovem - Geração Desporto, financiado pela 6ª geração do Programa escolhas. A prática desportiva é considerada um meio de inclusão e de promoção da cidadania e estimula à adoção de estilos de vida saudáveis. As modalidades que dinamizamos com as crianças e jovens são rubgy, ténis de mesa, basquetebol, futebol de rua, badminton, entre outras… Consideramos fulcral associar à prática desportiva que desenvolvemos no projeto supramencionado lanches saudáveis, onde os alimentos/produtos sejam adequados aos praticantes das modalidades desportivas.
"Semeando Esperança" | Instituto da Imaculada para Pessoas com Necessidades Especiais (Jumbo Amoreiras)
O Projeto “Semeando Esperança” visa desenvolver a horta sociopedagógica do Instituto da Imaculada para Pessoas com Necessidades Especiais, de forma a promover uma nutrição saudável por parte de todos os membros do Instituto (utentes, colaboradores e voluntários). Procura-se também dinamizar momentos de ensino/aprendizagem em que as crianças, jovens e adultos com deficiência poderão trabalhar a terra com o apoio de um monitor especializado. Numa segunda fase, prevê-se um intercâmbio com outras escolas de Lisboa, como a Escola Fernanda de Castro e outras escolas parceiras. Existe uma relação próxima com o Grupo Auchan e com a Loja das Amoreiras, que viabilizou o nosso projecto de Atelier de Culinária e que nos convidou a apresentar esta candidatura.

O espaço do Instituto da Imaculada para Pessoas com Necessidades Especiais tem uma área de horta e jardim que está subaproveitado devido à falta de recursos humanos especializados. Existe uma produção de frutos e produtos hortícolas graças ao trabalho das Irmãs Franciscanas e alguns colaboradores e voluntários, mas existe uma área cultivável de aproximadamente 1000m2. A contratação de um jardineiro e de algum material de jardinagem irá permitir aumentar e rentabilizar a área de cultivo, promovendo uma nutrição saudável e despertando curiosidade pelo “valor dos elementos da natureza no cultivo de alimentos biológicos" criando oportunidades de aprendizagem extremamente importantes que podem ser associadas ao Estudo do Meio.

O Projeto “Semeando Esperança” prevê aumentar a área de cultivo e a produção de produtos hortícola; desenvolver a horta sociopedagógica do Instituto da Imaculada para Pessoas com Necessidades Especiais; dinamizar momentos de ensino/aprendizagem em que as crianças, jovens e adultos com deficiência poderão trabalhar a terra com o apoio de um monitor especializado; promover a inclusão social dos participantes do projeto; promover uma nutrição saudável por parte de todos os membros do Instituto (utentes, colaboradores e voluntários); viabilizar um intercâmbio com outras escolas de Lisboa, como a Escola Fernanda de Castro e outras escolas parceiras. O Projeto “Semeando Esperança” prevê aumentar a área de cultivo e a produção de produtos hortícolas. Actualmente temos 400 pés de couve portuguesa, 50 pés de beterraba, cerca de 2 quilos de favas em flor e cerca de 10 quilos de acelgas.

"Nutrir À Grande" | Cáritas Diocesana de Coimbra (Jumbo Coimbra)
O projeto “Nutrir À Grande” é um projeto de educação alimentar destinado a crianças e adolescentes entre os 6 e os 14 anos com carências económicas e/ou sociais, que visa a transmissão de conhecimentos e a aquisição de competências relacionadas com a prática de uma alimentação saudável, utilizando para tal uma coleção de atividades/estruturas lúdico-pedagógicas “em ponto grande”. O “Nutrir À Grande” pretende a realização de sessões de educação alimentar a cada 2 meses, nos locais onde as crianças se encontram (os materiais e os técnicos vão ao encontro das crianças).

As sessões serão realizadas por grupos, consoante as idades, de modo a adequar a dinâmica e linguagem utilizando, contudo, ferramentas semelhantes. Atividade I - “Com a cabeça À roda” (roda dos alimentos em ponto grande para jogo de perguntas e respostas sobre conceitos básicos e gerais de alimentação saudável); Atividade II - “Rótulos À Lupa” (rótulos de alimentos em ponto grande com lista de ingredientes e composição nutricional amovíveis para transmissão de conhecimentos acerca dos vários componentes da rotulagem de produtos alimentares); Atividade III - “Açúcar, Sal e Gordura À Conta” (“Twister”® da Alimentação - versão adaptada do jogo do twister, replicado em versão maior do que o tapete habitual + atividade de quantificação real de teores de açúcar, sal e gordura de vários alimentos); Atividade IV - “Às compras como gente grande” (mini-supermercado para atividade de role-playing); Atividade V - “Chefes À Espreita” (mini-cozinha para treino de competências culinárias básica); Atividade VI - “Às voltas com a Comida” (mapa do mundo em ponto grande para identificação dos pontos de origem de vários alimentos)

"SANUM - Saúde e Nutrição à mesa" | Comunidade Juvenil Francisco de Assis (Jumbo Eiras)
O nosso projeto SANUM – Saúde e Nutrição à Mesa consiste em proporcionar aos nossos utentes (em parceria com a Loja Pão de Açúcar de Eiras, a Escola Superior de Enfermagem, a Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra e o ACES Baixo Mondego - Centro de Saúde de Eiras) a aquisição de competências e conhecimentos que poderão usar durante toda a sua vida para melhorar hábitos de alimentação, bem como promover a sua saúde. As crianças e jovens terão a oportunidade de apoiar e acompanhar o desenvolvimento de ementas saudáveis em conjunto com um Nutricionista, sendo sensibilizadas para a confeção de menus saudáveis e sustentáveis, como forma de enriquecer o seu crescimento, valorização pessoal e promoção de hábitos alimentares saudáveis. Neste sentido, o projeto SANUM irá potenciar a aquisição de conhecimentos e valores que contribuam para o desenvolvimento e para a adoção de comportamentos promotores de saúde e do seu bem-estar físico, social e mental. Com o projeto SANUM, procuramos sensibilizar as nossas crianças e jovens acolhidos para que reflitam sobre os seus hábitos alimentares bem como o seu impacto na saúde. No decorrer deste projeto serão realizados workshops quinzenais sobre temáticas como a alimentação saudável, a nutrição, os hábitos de higiene, a prevenção de comportamentos de risco (álcool, substâncias aditivas, videojogos), a prática de exercício físico, a motivação para a mudança etc...
“Criar animais, Crescer saudável!” | Centro Social e Cultural de São Pedro de Bairro (Jumbo Famalicão)
Este projeto consiste em proporcionar a crianças e jovens a aquisição de conhecimentos e competências aplicáveis ao seu quotidiano, melhorando hábitos de alimentação, com especial impacto ao nível da saúde, através de atividades lúdicas e educacionais ao ar livre (Quinta Pedagógica). Este projeto prevê a dinamização de inúmeras atividades, dirigidas às crianças e jovens, onde as mesmas terão a oportunidade de estar em contato próximo com diferentes grupos de animais da quinta, participando nas diferentes rotinas do maneio dos animais, sendo sensibilizadas para a importância do consumo de alimentos saudáveis, com enfoque nos ovos, leite e seus derivados e o seu uso na confecção de menus saudáveis e sustentáveis, como forma de enriquecer o seu crescimento, valorização pessoal e promoção de hábitos alimentares saudáveis. Assim os beneficiários estarão envolvidos em diferentes atividades necessárias para a produção de ovos, carne de aves, leite e os seus derivados bem como serão sensibilizados para os benefícios do consumo destes, e respetivo impacto melhoria dos seus hábitos de alimentação (SAÚDE). Integram a Quinta Pedagógica diferentes grupos pecuários (Vacas, Ovelhas, Cabras, Aves de Capoeira, entre outros), bem como todas as estruturas necessárias para os albergar, contudo, para a dinamização de algumas das atividades consideramos necessário criar um estábulo e restaurar uma sala de incubação e recria, criando dois espaços de trabalho para os beneficiários: i) um estábulo onde poderão participar em diversas atividades de maneio dos animais, dando preponderância às ordenhas e ii) uma sala de incubação e recria para os beneficiários terem de uma forma muito próxima e ativa contato com o ciclo de produção de aves e especialmente ovos. A Quinta Pedagógica da Instituição constitui-se um recurso de excelência para a operacionalização das atividades propostas que com certeza terão um impacto significativo ao nível das opções alimentares e consequentemente da saúde das crianças e jovens.
Votação: *
Submit
This form was created inside of Auchan Retail. Report Abuse - Terms of Service