Manifesto em repúdio aos ataques à jornalista Patricia Campos Mello
PREENCHA ESTE FORMULÁRIO PARA ADICIONAR SEU NOME AO MANIFESTO: http://bit.ly/defendaojornalismo

* APENAS NOME E SOBRENOME SERÃO DIVULGADOS

* ESTE FORMULÁRIO É APENAS PARA JORNALISTAS MULHERES. Se não for mulher/jornalista, você ainda assim pode deixar seu nome, preenchendo os campos gênero e profissão, e autorizando que seu nome seja divulgado em outras listas/iniciativas com idêntico teor.

TEXTO DO MANIFESTO:

Nós, jornalistas abaixo assinadas, repudiamos os ataques sórdidos e mentirosos proferidos em depoimento à CPMI das Fake News por Hans River, ex-funcionário da empresa Yacows, especializada em disparos em massa de mensagens de Whatsapp, à jornalista da Folha de S.Paulo Patricia Campos Mello.

Sem apresentar qualquer prova ou mesmo evidência, o depoente acusou a repórter, uma das mais sérias e premiadas do Brasil, de se valer de tentativas de seduzi-lo para obter informações e forjar publicações.

É inaceitável que essas mentiras ganhem espaço em uma Comissão Parlamentar de Inquérito que tem justamente como escopo investigar o uso das redes sociais e dos serviços de mensagens como Whatsapp para disseminar fake news.

Nós, jornalistas e mulheres de diferentes veículos, repudiamos com veemência este ataque que não é só a Patricia Campos Mello, mas a todas as mulheres e ao nosso direito de trabalhar e informar. Não vamos admitir que se tente calar vozes femininas disseminando mentiras e propagando antigos e odiosos estigmas de cunho machista.

Em defesa do jornalismo profissional e da democracia, assinam:




Email address *
Nome e sobrenome *
Onde trabalha (essa informação não será publicada) *
Gênero *
Profissão *
Submit
Never submit passwords through Google Forms.
This content is neither created nor endorsed by Google. - Terms of Service - Privacy Policy