PROGRAMA ARTÍSTICO-PEDAGÓGICO MUNDU RODÁ
Formação de um NÚCLEO DE INVESTIGAÇÃO PRÁTICO E TEÓRICO voltado a 22 participantes com duração de 10 meses, e realização de um Experimento Cênico público.
Gratuito!

Mais do que oferecer uma mera instrumentalização técnica, o Programa Artístico-Pedagógico Mundu Rodá deseja criar um escopo humano e estrutural para a prática e reflexão dos princípios poéticos de uma cena de identidade brasileira.
A proposta é não apenas difundir um modo de trabalho desenvolvido pela Cia. Mundu Rodá mas também convidar outros criadores que, com princípio criativo análogo, desenvolvem também suas próprias metodologias criativas.

O programa pedagógico é voltado a artistas profissionais e estudantes das artes cênicas e propõe em seu desenvolvimento um mergulho nas matrizes culturais que constituem o povo brasileiro, não a fim de empreender qualquer espécie de síntese, mas de pensar uma criação que comporta a convivência das diferenças, uma forma de pensar o aprendizado teatral por meio da aceitação da multiplicidade que nos define culturalmente. Assim como ocorre nas manifestações artísticas tradicionais, a pedagogia adotada, conduzida pelos colaboradores convidados e fundadores da Mundu Rodá, buscará a interpenetração das linguagens, compreendendo voz, corpo, movimento e narrativa como facetas diversas de uma mesma unidade orgânica que rege a criação do artista em cena.

 Coordenação Pedagógica: Juliana Pardo e Alicio Amaral (Mundu Rodá).

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
1) A BUSCA DE CORPOREIDADES PARA O TRABALHO DE ATOR A PARTIR DE DANÇAS TRADICIONAIS BRASILEIRAS: estudo das formas de expressões cênicas tradicionais brasileiras, trabalho sobre o corpo, voz, máscaras, músicas e narrativas e a utilização destas para a criação cênica, além do estudo biomecânico das danças, onde serão abordadas as corporeidades que elas constroem, enfatizando as qualidades de energias que elas despertam.
Artistas Condutores: Juliana Pardo, Alicio Amaral e Cibele Mateus.

2) DEUSES QUE DANÇAM - ORIXÁS: aprofundamento na cultura negro – brasileira, tendo como base as sagradas danças dos orixás dos Candomblés do Brasil.
Artistas Condutores: Wellington Campos e Alexandre Buda.

3) ENCONTROS MODULARES - TEÓRICOS E PRÁTICOS - COM ARTISTAS CONVIDADOS:

Primeiro Módulo - Março e Abril
- Diásporas Africana no Brasil e Culturas Musicais Africanas no Brasil do Sec. XIX e XX: Complementar os encontros dos estudos com os Orixás, aprofundando conhecimentos históricos–sócio-culturais sobre povos de matrizes africanas.
Condutor: Saloma Salomão.

Demais Módulos
- Modos de Narrar sobre a Perspectiva Ameríndia: Conhecer e exercitar um modo de ser - sem distâncias entre o pensar e fazer e a riqueza apresentada pelas formas de narrativas ameríndias.

- Tambor do Divino - Canto e Toque Ritual: Aproximação e experiência sobre o canto ritual. Desenvolvimento e aprendizado técnico musical sobre as caixas do divino e os toques, e sobre o canto em grupo dentro da tradição.

OBS: No decorrer do projeto outros módulos serão integrados ao conteúdo programático.

5) MONTAGEM E APRESENTAÇÃO DE UM EXPERIMENTO CÊNICO com os participantes, como finalização do programa pedagógico com quatro apresentações previstas, abertas ao público.

6) EVENTO CHÃ DE DOIS: Encontro de coletivos artísticos na Casa Mundu Rodá, para trocar e partilhar com o público seus trabalhos criativos, baseados em estudos com as manifestações tradicionais e a criação artística.   
Destinado aos artistas da Mundu Rodá, aos colaboradores e participantes do Núcleo Artístico Pedagógico, e também aberto ao público.
Next
Never submit passwords through Google Forms.
This content is neither created nor endorsed by Google. Report Abuse - Terms of Service - Privacy Policy