Workshop - POTENCIAL DA FLOR DO CARDO: da sua Biodiversidade à Aptidão Tecnológica
26 Setembro 2018, 14h30, CADES - Centro de Apoio ao Desenvolvimento Económico de Serpa

O uso de extrato de cardo é obrigatório em alguns dos queijos portugueses de ovelha com Denominação de Origem Protegida (DOP). Apesar deste elevado potencial e subsequente interesse económico na fileira da produção de queijo, o efeito da variabilidade da flor permanece pouco estudado. O presente workshop dirigido principalmente ao sector produtivo tem por objetivo apresentar e discutir resultados relativos à utilização da flor do cardo; à correta preservação da flor e das suas propriedades, entre outros aspetos tecnológicos, que podem ser maximizados.

PROGRAMA
14H30 – RECEPÇÃO DOS PARTICIPANTES

15H00 – APRESENTAÇÃO GERAL DO PROJETO VALBIOTECCYNARA- Valorização económica do cardo (Cynara
cardunculus) variabilidade natural e suas aplicações biotecnológicas
Fátima Duarte |CEBAL/ICAAM|

15H15 – A DIVERSIDADE MORFOLÓGICA do CARDO no ALENTEJO
Carla Pinto-Cruz e Eliana Machado |ICAAM, U. Évora|

15H30 – A CONSERVAÇÃO da FLOR do CARDO
Patricia Lage |IPBeja|

15H35 – APTIDÃO TECNOLÓGICA do CARDO:
- Propriedades tecnológicas e diversidade da flor de cardo do Alentejo
Pedro Louro |INIAV|
- O exemplo para a produção de queijo DOP de Évora e Serpa
Cristina Pinheiro |ICAAM, U. Évora |
Nuno Alvarenga |INIAV|
João Dias |IPBeja|

16H30 – DISCUSSÃO

16H45 – PROVA de QUEIJOS PRODUZIDOS no ÂMBITO do PROJETO VALBIOTECCYNARA


Organização: CEBAL, IPBeja, INIAV, UÉvora e CM Serpa

OBRIGADO pela sua participação!

Email address *
Nome do Participante *
Your answer
Entidade/ Empresa *
Your answer
Morada da Entidade/Empresa *
Your answer
Contato telefónico
Your answer
Observações/ Notas
Your answer
A copy of your responses will be emailed to the address you provided.
Submit
Never submit passwords through Google Forms.
reCAPTCHA
This content is neither created nor endorsed by Google. Report Abuse - Terms of Service - Additional Terms