Encarregados de Educação - Ensino Doméstico
Projeto a empreender: Aprendizagem Ativa Digital

Este questionário foi elaborado com o objetivo de agregar informações essenciais à construção do projeto e assim impulsionar o seu sucesso aquando da sua introdução no mercado.
Poderá ler mais em: http://ativadigital.pt/

Porque razão existe este projeto?
Num presente tão veloz e de um futuro que se assemelha inovador, o ensino convencional português continua a instruir através de um paradigma tecido nos séculos passados. O resultado é visível e espelha-se na quantidade de alunos que se debatem com a escola.

A existência de projetos alternativos é crescente, assim como a procura de outros métodos por parte dos pais e encarregados de educação para guiar os educandos no processo de aprendizagem.

Sabemos que do ano letivo 2012/2013 ao ano 2015/2016, o número de alunos que estudam em casa - através do ensino doméstico, a cargo dos pais, ou individual, com tutores - disparou 949%, passando de 63 para 661 crianças, segundo do Ministério da Educação.

Então, o que é proposto?
O nosso conceito surge desta crescente procura por um método autêntico, mas não se detém no presente: olha para o futuro. Almejamos oferecer às crianças e jovens uma verdadeira aprendizagem, sabendo que o futuro será exponencialmente mais tecnológico do que o presente. Sabendo que eles e elas terão de responder a perguntas às quais nós não soubemos responder, terão de formular perguntas que nós ainda não soubemos formular.

O projeto visa a construção integral de uma plataforma Web de armazenamento de conteúdos digitais educativos, concebidos por professores e outros expertos, cujo objetivo é disponibilizar os mesmos a crianças/jovens e encarregados de educação interessados numa aprendizagem ativa e aberta (Open e Active Learning).

Desenvolveremos conteúdos amestrados nas escolas tradicionais, mas ampliamo-nos às áreas socioeducativas indispensáveis à formação de um indivíduo, como Educação Sexual, Biologia, Desenvolvimento Pessoal e Comunicação, Ecologia, Educação Alimentar, entre muitas outras.

Como?
Ao invés de temer os avanços tecnológicos, deles queremos usufruir. Acreditamos que o modelo E-Learning detém eficácia, quebra barreiras e, acima de tudo, fomenta a autonomia de cada um. A rede mundial de computadores (WWW) é o meio que propomos para conduzir o conhecimento à curiosidade.

Vemo-nos como uma ferramenta ideal para os pais/tutores, optantes de um ensino doméstico/individual, empregarem e manusearem dentro da sua idealização de ensino/aprendizagem.

Não defendemos um método pedagógico isolado, mas procuramos um ensino que proporcione uma aprendizagem ativa, ou seja, um ensino que se esforce para envolver os alunos experiencialmente no processo de aprendizagem

É já tempo de oferecer às crianças e jovens uma aprendizagem digna da contemporaneidade, ou seja, de estima pelo aprendente como indivíduo único e de respeito pelo futuro cidadão, fazedor de escolhas e inventor do seu próprio tempo.

Agradecemos a todos os que queiram colaborar, partilhando a sua experiência e a sua visão.
Referir-nos-emos à palavra “educando” para representar quer rapazes, quer raparigas, quer singular ou plural. Assim como “aluno”, “educador”, etc.
Idade
Sexo
Idade do seu educando
Relação com o educando
Zona Geográfica de residência atual
Já residiram noutra(s) zona(s) geográfica(s)? Qual/quais?
Dentro do acompanhamento proporcionado ao seu educando, é utilizado algum método pedagógico mais específico? Qual?
Por exemplo: Waldorf, Montessori, Reggio Emilia, etc. Por favor especifique o método utilizado.
Your answer
Dentro do acompanhamento proporcionado ao educando, com que frequência são utilizadas as novas tecnologias?
Exemplo: vídeos, atividades ou testes/exercícios
Como encarregado de educação optante pelo ensino doméstico/individual, aponte, por favor os motivos com que se identifica.
Se o seu educando frequentou escolas tradicionais, quais eram as dificuldades sentidas com que se identifica?
Tendo optado pelo ensino doméstico/individual, quais são as dificuldades sentidas com que se identifica?
O nosso conceito consiste numa subscrição que concede acesso a uma área privada dentro da plataforma onde se encontram lições sobre as mais variadas matérias, bem como propostas de atividades, exercícios e pesquisas, construídas por professores dentro dos métodos ativo, livre e aberto, ou seja, onde a curiosidade do aluno é o que guia o seu processo de aprendizagem até ao saber.
Qual seria o seu interesse em adquirir este tipo de conteúdos para o seu educando?
Acreditamos que é fundamental que o nosso serviço seja utilizado não apenas por indivíduos isolados, mas também por grupos, uma vez que a aprendizagem é motivada pela interação e discussão.
Imagine o “Clube do Saber”: um grupo de crianças/jovens, tutorados por um adulto, onde acontecem encontros regulares no âmbito de utilizar a plataforma como ferramenta para o fomento da aprendizagem e competências de cada um.
Imaginando agora que o seu educando tem a oportunidade de frequentar este clube, qual seria o seu interesse?
No geral, como vê a usabilidade das novas tecnologias no ensino?
Os cursos serão pensados de forma a envolver o aluno num contexto passo-a-passo, ou seja, o aluno retribui sempre, através de algum exercício/atividade proposta pelo professor. Neste processo, o professor avalia, opina/responde e assim desbloqueia automaticamente o próximo conteúdo.
Imaginando o seu educando a usufruir destes conteúdos de aprendizagem, como vê o tipo de acompanhamento proposto?
Como encarregado de educação em ensino doméstico/individual, como gostaria de acompanhar o processo de aprendizagem do seu educando?
Dos seguintes benefícios apontados, gostaríamos de saber com quais concorda, em relação ao serviço E-learning.
Das seguintes desvantagens apontadas, gostaríamos de saber com quais concorda, em relação ao serviço E-learning.
O alto valor empregado na nossa oferta detém-se na verdadeira compreensão das coisas, e não apenas uma busca pela memorização de conceitos. E, por isto, queremos alargar esta responsabilidade aos profissionais que articulam no mundo real e que, assim, ensinem pela sua experiência.
Quem poderá ensinar tão bem Geografia como um piloto? Quem poderá mostrar tão bem a aplicabilidade da Matemática como um engenheiro? Quem poderá apaixonar os alunos pela leitura senão um escritor?
Como educador, gostaríamos muito de saber o que pensa sobre a nossa visão e se esta faz sentido para si?
Não faz sentido
Faz todo o sentido
Quão necessário acredita ser um projeto desta natureza para auxilio dos encarregados de educação e/ou tutores em ensino doméstico e/ou individual?
Não necessário
Completamente necessário
Das seguintes matérias que propomos que sejam oferecidas às crianças/jovens, quais acredita serem essenciais e gostaria de ver disponibilizadas na plataforma?
Como educador, quão interessado estaria em envolver-se/colaborar num projeto desta natureza?
Finalmente, seria muito importante para nós saber o que apontaria como grande conclusão relativamente à sua experiência como encarregado de educação. Se, além de todas as perguntas que respondeu, gostaria ainda de declarar e/ou recomendar-nos algo, teremos todo o prazer em ler o que escreverá.
Your answer
Aqui poderá encontrar um questionário elaborado para as crianças em ensino doméstico/individual. Sabemos que elas são as que melhor sabem o que devemos fazer para mudar a escola e, por isso, a sociedade.
https://goo.gl/forms/75ao0sAlMPlBjZDA2


Agradecemos que auxiliem na elaboração do questionário as crianças com idades inferiores aos 8 anos de idade.

«I Hear and I Forget, I See and I Remember, I Do and I Understand» Confucius (551 ac - 479 ac)
<a href="https://www.freepik.com/free-photo/mother-and-daughter-helping-daughter-with-her-homework_1009044.htm">Designed by Peoplecreations</a>
Há quem diferencie ensino de educação e que afirme que o primeiro é da responsabilidade dos professores e o último é da responsabilidade dos pais. Uma das nossas firmes posições, revela exatamente o contrário; acreditamos que o processo é um todo e que é da responsabilidade de todos os integrantes da sociedade. Já o diz o famoso provérbio africano, «It takes a village to raise a child!»
Obrigad0 por todo o seu tempo, empenho e dedicação!
Submit
Never submit passwords through Google Forms.
This content is neither created nor endorsed by Google. Report Abuse - Terms of Service