PREVALÊNCIA DE DISFUNÇÃO TEMPOROMANDIBULAR E SUAS INFLUÊNCIAS
Pesquisa para Pós-Graduação Stricto Sensu da Universidade Nove de Julho, na Linha de Pesquisa Processo de Avaliação e Intervenção Terapêutica das Disfunções dos Sistemas Neuromuscular.

Formulário com o objetivo de mensurar o predomínio da disfunção temporomandibular e avaliar o conhecimento, atitudes e práticas sobre a Disfunção Temporomandibular em diferentes classes sociais; presença de dor e áreas correspondentes a sua sintomatologia.


Conhecimento e entendimento clínico são dois pilares fundamentais no controle de pacientes seja para qualquer profissional da saúde e para a população em geral. Este estudo se propõe a fornecer dados primários do predomínio, conhecimento, práticas e atitudes sobre a disfunção temporomandibular (alterações na articulação da boca), suas associações com classe socioeconômica, entre outros fatores em uma parte da população brasileira, uma vez que a maioria dos estudos de predomínio no Brasil refere-se a populações específicas ou em estudos não representativos e/ou pouco abrangentes, contando ainda com uma ausência de estudos sobre o conhecimento, atitudes e práticas sobre Disfunção Temporomandibular (alterações na articulação da boca).

Email address *
Termo de Consentimento para Participação em Pesquisa
Após leitura e compreensão deste termo de informação e consentimento, entendo que minha participação é voluntária, e que posso sair a qualquer momento do estudo, sem prejuízo algum. Autorizo a execução do trabalho de pesquisa e a divulgação dos dados obtidos neste estudo no meio científico. *
Next
Never submit passwords through Google Forms.
This content is neither created nor endorsed by Google. - Terms of Service - Privacy Policy