Estratégias da memória: rastros e registros documentais.
Atualmente, qualquer situação está na iminência de ser registrada por tecnologias de gravação e reprodução audiovisual. Os registros se tornaram uma das principais vias de intervenção do cotidiano, a ponto de banalizar nossa relação com a memória. Para um documentarista, que zela pelo tempo, saber o momento, a duração, e a forma de realizá-los tem sido uma tarefa desafiante.

Afinal, o que registrar e o que fica desse momento? Como fazer com que esses materiais intrigantes se transformem em filme? De quais modos, com que procedimentos, a partir de quais estratégias? A oficina pretende provocar uma aproximação entre os participantes e os eventos da vida pública e pessoal de seu interesse para pensar em como registrá-los.

Destinado a realizadores do audiovisual, estudantes de cinema e de outras áreas convergentes à prática do documentário (antropologia, jornalismo e artes visuais.).

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
Os temas serão abordados a partir de exercícios realizados na oficina, de dúvidas com relação a projetos pessoais dos participantes e de textos e filmes propostos em aula.

Como mapear uma ideia?

Familiarizar-se com a pesquisa como um processo criativo, através de ferramentas de investigação audiovisual coletiva e individual e de propostas estéticas para desenvolver um ponto de vista sobre um tema.
A relação entre a tecnologia e os eventos: a observação participante.

Territórios audiovisuais do real: a não ficção e o documentário. O real é inseparável da forma que
o abordamos e o mediamos: “o corpo e a câmera se confundem no ato de uma tomada, enquanto
se estiver afinado com o imprevisto que nós próprios iniciamos”. (Van der Keuken).

Como desenvolver um dispositivo?

Narrar e descrever: objetividade e subjetividade são uma via de mão dupla. Políticas de
representação documental: provocar uma abordagem “didática e a épica” (Glauber Rocha).

A imaginação sonora no centro da observação: escutar as paisagens e a oralidade na voz do outro e do pensamento.

Documentar entre os outros: pessoas comuns, personagens e o sujeito documental. A expectativa
e o espectador: miseenscène diante dos registros, uma relação de “teatro e verdade” (Jean
Rouch).
Produzir a vertigem na História: relembrar os registros na montagem. “Não há recordação, se
reescreve a memória como se reescreve a história” (Chris Marker).

Filmografia básica da oficina
Entusiasmo, Dziga Vertov (1930)
Eu, um negro, Jean Rouch (1958)
Maioria Absoluta, Leon Hirszman (1964)
Titicut Follies, Frederick Wiseman (1967)
F for Fake, Orson Welles (1973)
Ancient of days, Bill Viola (1979)
Junkopia, Chris Marker (1981)
O som ou tratado de harmonia, Arthur Omar (1984)
Salaam Cinema, Mohsen Makhmalbaf (1995)
Amsterdam Aldeia Global, Johan van der Keuken (1996)
Carlos Nader, Carlos Nader (1999)
The train stop, Sergei Loznitsa (2000)
En construcción, José Luis Guerín (2001)
Acidente, Cao Guimarães (2005)
O homem-urso, Werner Herzog (2005)
Jogo de cena, Eduardo Coutinho (2007)
Diario de Sintra, Paula Gaitán (2008)
Transeunte, Eryk Rocha (2010)
Não estamos sonhando, Luiz Pretti (2012)
Gabriel Martinho
Sou bacharel em Comunicação Social com especialização em radialismo pelas Faculdades Integradas Hélio Alonso (FACHA) do Rio de Janeiro e mestre em Cinema Documentário pela Universidad del Cine (UCINE) de Buenos Aires. Participei de diferentes áreas do meio audiovisual, tais como: membro de equipe técnica no DOCTV para a TV Brasil; jurado na categoria “curta documentário” do festival CILECT; e palestrante no “Primer Congreso Internacional de Estéticas del Cine” da Universidad de Buenos Aires (UBA). Além disso, atuo como editor de imagem e som em cinema e vídeo, em projetos pessoais e de coletivos.
NOME COMPLETO *
Your answer
E-MAIL *
Your answer
TELEFONE *
Your answer
BREVE CURRíCULO ( ATÉ 5 LINHAS) *
Your answer
CARTA DE INTENÇÃO - O QUE ESPERA DA OFICINA ? ( ATÉ 5 LINHAS) *
Your answer
IDEIA OU PROJETO EM ANDAMENTO ?
breve descrição ( Até 05 linhas)
Your answer
SERVIÇO
De 15 a 19 de Fevereiro
horário:09:00 as 12:30 e de 14:00 as 18:00
Valor: R$: 20,00.
informações: 4006 - 2924.
Submit
Never submit passwords through Google Forms.
This content is neither created nor endorsed by Google. Report Abuse - Terms of Service