Português

Nós, abaixo assinados, os cidadãos do mundo, os membros do Conselho Federal e do Parlamento, as vítimas da escravidão no XXI século e os seus representantes,

Convencidos

Que as dezenas de milhões de pessoas que vivem, ainda hoje, como escravos e são privados da oportunidade de determinar seus próprio caminho – através da educação, do trabalho, da associação e do exercício de seus direitos humanos fundamentais – só pode recuperar sua liberdade através de uma participação activa a nível internacional;

Que não existe diferença entre a escravidão clássica e moderna – que seja relacionada ao tráfico de seres humanos, local ou internacional, que seja originada pelas tradições ou protegida por referências históricas, culturais ou religiosas;

Que as Nações Unidas precisam reafirmar que cada forma de trabalho, se não houver consentimento livre ou remuneração, é incompatível com o princípio da universalidade dos direitos humanos;
Apelamos

Assembleia Geral das Nações Unidas para adotar uma resolução contra todas as formas de escravidão;

Todos os governos, organizações regionais e internacionais para apoiar ativamente a promoção e a implementação da presente resolução;
Convidamos

Os cidadãos do mundo para sustentar a nossa empresa e para assinar este apelo que quer abolir todas as formas de escravidão, desde que nenhum governo pode perpetuar a negação ao seu povo do desfrute de seus Direito Humanos.

    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question