Pesquisa Planos e Convênios

O Conselho Regional de Psicologia do Paraná (CPR-PR) e o SindyPsi iniciaram um debate acerca das condições de trabalho dos(as) Psicólogos(as) em planos e convênios de saúde, devido ao grande número de denúncias das dificuldades encontradas pelas(os) profissionais da área. A intenção é ouvir os problemas enfrentados pela categoria. Entre os temas abordados estão a falta de autonomia da(o) profissional, a baixa remuneração, o curto tempo para realizar um atendimento psicológico e a ausência de contrato de trabalho adequado com as clínicas credenciadas a convênios.
A falta de conversa dos planos de saúde com o Conselho e com o Sindicato está sendo considerada a principal adversidade na garantia de condições de trabalho decentes para as(os) Psicólogas(os). Uma das questões trazidas pelas(os) profissionais é de que os planos, atualmente, não são justos com as(os) profissionais da Psicologia, por serem voltados mais aos interesses da Medicina.
Por isto foi elaborada esta pesquisa. Ela servirá para que levantemos os principais pontos a serem discutidos com as operadoras de planos de saúde e convênios, com a ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) e até mesmo com clínicas, pleiteando melhorias nas relações com os profissionais e também condições mais justas de trabalho. Na sequência, pretende-se realizar um debate sobre o assunto, emitir uma nota técnica do Conselho a respeito do assunto e um guia do SindyPsi para elaboração de contratos de trabalho.
Nós precisamos de suas informações para fortalecer nossa Profissão. As questões referentes a identificação pessoal ou de pessoa jurídica não são obrigatórias.
Participe!