Sentidos do Pão - Pão e Universidade (Encontro de Maio) | INSCRIÇÕES ENCERRADAS
Oficina Sentidos do Pão - Pão e Universidade (Encontro de Maio) | 21/05 | 19h às 21h30 | 45 vagas disponíveis (15 para cada receita)
Período de inscrição: 08/05 a 16/05
Divulgação dos selecionados: 17/05
Materiais necessários para a oficina: avental e touca.
Sobre os ingredientes: Para a obtenção dos insumos, Os Sentidos do Pão firmou uma parceria com a Feira de Orgânicos Mulheres da Terra, para a venda dos ingredientes específicos de cada receita. Os kits de ingredientes servirão como base para a produção de mais de um pão, por isso, os participantes poderão dividir os insumos entre os colegas. Você pode participar trazendo seus próprios ingredientes de casa.

Escolha 1 (uma) receita para acompanhar no dia do evento:

● Jane Fraga Tutikian Vice-Reitora
Receita:
1 xíc. de chá de água quente
1 c. s. de margarina
1 c. s. de fermento para pão
1 c. s. de mel
¼ xíc. leite em pó desnatado
2 ½ xíc. farinha de trigo
3 c. s. germe de trigo


● Sandra de Deus - Pró-Reitora de Extensão da UFRGS
Receita:
3/4 copo de leite
1 ovo
1 colher (chá) de sal
1 colher (sopa) de açúcar
2 copos de farinha de trigo
1 colher (chá) de fermento biológico seco

● Vini Gato Preto - Aluno do Instituto de Artes - UFRGS)
Receita:
Ingredientes necessários para três pães:
1 kg de farinha de trigo
1 e meia xícaras de leite morno
meia xícara de água
meia xícara de óleo
1 colher de sopa de açúcar
1 colher de sopa de óleo
2 ovos
30gr de fermento biológico fresco

Farinha, água e fogo; algumas vezes, fermento. É o que basta para fazermos um dos alimentos mais antigos e populares do planeta: o pão. Há registros de que o consumo do pão iniciou na pré-história. Ao longo do tempo, diferentes culturas foram desenvolvendo receitas a partir de misturas, de alquimias próprias. Há receitas que tem tradições milenares e que são repetidas até hoje. O pão revela saberes e gestos ancestrais e que se relacionam diretamente ao nosso modo de estar no mundo e aos cultivos que desenvolvemos, às plantas que selecionamos e aos gestos que repetimos, mantemos ou modificamos ao longo da nossa caminhada como civilização humana.

Fazer um pão de modo artesanal é uma prática lenta que nos faz voltar à concretude da mão, em tempos digitais. O toque na massa que se molda às mãos ao mesmo tempo em que é modelada, promove uma sensação tátil de contato com algo vivo, em transformação. A magia da panificação se relaciona a como a massa é sovada, ao tempo em que ela descansa (e à paciência da espera). Os processos são lentos: amassar, escutar a massa descansar, crescer, perceber a mistura inventar suas próprias formas, deixar que o calor asse e core o pão. E depois, desfrutar do seu aroma, do perfume do pão fresco saindo do forno. Sentir seu peso, partir o pão. Admirá-lo. E saboreá-lo.

São essas vivências que o Centro Cultural irá proporcionar na programação de x encontros ao longo de 2019, por meio do projeto Os sentidos do Pão. Teremos, a cada mês, dois encontros com convidados de diferentes áreas do saber que irão nos ensinar a fazer pão a partir de receitas e de ingredientes aos quais estão habituados. São convidados que tem relações de amor muito diversas com esse fazer.

A cada encontro, além de fazer o pão, vamos comê-lo, degustá-lo coletivamente, estando juntos. O trigo, o milho, o centeio, a araruta, a mandioca, os azeites, as leveduras, o uso de insumos preferencialmente orgânicos e as histórias de cada encontro, irão nos nutrir. Sinta-se convidado a participar e a se alimentar dos sentidos com os quais o pão é feito!

A oficina conta com 45 vagas, que serão distribuídas através de sorteio e 23 delas será destinada à ampla concorrência, enquanto 22 será voltada a pessoas:

:: inscritas no Cadastro Único do Governo Federal;
:: participantes de projetos de organizações sociais voltados a pessoas de baixa renda ou em situação de risco social;
:: que tenham vínculo com algum Centro de Referência e Assistência Social (CRAS);
:: que possuam deficiência física, mental, intelectual ou sensorial, de acordo com a Lei nº 13.146, de 6 de julho de 2015 (Art. 2º);
:: que sejam estudantes de Ensino Fundamental ou Médio matriculadas na rede pública de ensino;
:: que sejam estudantes da UFRGS participante do Programa de Benefícios da PRAE.

É permitida a inscrição em apenas uma das modalidades.

Os nomes dos sorteados serão divulgados no dia 17/05 no site do Centro Cultural da UFRGS e os contemplados serão notificados por e-mail. Os sorteados na modalidade voltada para grupos específicos deverão apresentar o comprovante de sua condição até 24 horas após a divulgação do resultado, enviando-o por e-mail para centrocultural@ufrgs.br ou entregando-o pessoalmente no Centro Cultural da UFRGS, das 9h às 12h ou das 13h às 19h.

Mais informações podem ser obtidas pelos telefones (51) 3308-1980, 3308-1981 ou 3308-1982, ou pelo e-mail centrocultural@ufrgs.br.

Qual receita você gostaria de participar? *
Grupo de concorrência *
Next
Never submit passwords through Google Forms.
This content is neither created nor endorsed by Google. Report Abuse - Terms of Service