Conselho Escolar: Regimento Comum das Etecs
Segundo Ofício 003. 2018 – Regimento Comum para providências, encaminhado pelo Centro Paula Souza, a Comunidade Escolar deverá opinar sobre algumas mudanças propostas para o novo regimento comum das Etecs e Fatecs. Dentre as mudanças que estão sob consulta, destaca-se os Artigos 23 e 28, no qual estão descritos abaixo com duas opções: uma favorável à mudança e outra desfavorável.

Favor indicar sua participação no Cotidiano da Etec e as respostas ao qual considera válida.

Qual sua participação no cotidiano da Etec Sales Gomes
Artigo 23 - O processo de qualificação para concorrer ao exercício de emprego público de Diretor de Escola Técnica é composto pelas seguintes fases: I - análise de currículo; II - avaliação por meio de prova(s) escrita(s); III- avaliação das competências socioemocionais; IV- entrevista. Justificativa: inclusão do inciso III – avaliação das competências socioemocionais
Artigo 28 - Poderão ser reconduzidos para o emprego público em confiança de Diretor de Escola Técnica os candidatos habilitados e qualificados em processo seletivo, desde que tenham apresentado desempenho satisfatório no processo de avaliação anual de seu mandato, constar da lista tríplice e ser indicado pelo Diretor Superintendente. Justificativa: inclusão da avaliação anual do mandato do diretor. O Diretor com mandato poderá participar do processo para composição da lista tríplice em qualquer Unidade com processo eleitoral aberto desde que passe por uma avaliação anual de seu mandato e tenha atingido o índice satisfatório nas avaliações. Lembramos que se avaliação for negativa (mesmo que tenha participado do processo de qualificação em validade), possivelmente, o diretor não poderá participar de nenhum processo eleitoral em nenhuma Etec, esperando assim, um novo processo de qualificação para poder ser indicado novamente para diretor de Etec. (Após a aprovação do Regimento Comum pelo Conselho Estadual de Educação, o CPS deverá atualizar as legislações específicas)
Artigo 28 - (...) § 2º - Ao docente designado para o emprego público em confiança de Diretor de Escola Técnica fica vedado o exercício de mais de dois mandatos consecutivos na mesma Etec.ou§ 2º - Ao docente designado para o emprego público em confiança de Diretor de Escola Técnica ficam permitidas reconduções consecutivas na mesma Etec.Justificativa: o Comitê de Diretores solicitou a exclusão do limite de mandatos consecutivos do Diretor de Etec na mesma Etec.
Submit
This content is neither created nor endorsed by Google. Report Abuse - Terms of Service