"Neurociência e direito: o cérebro, o inconsciente e o mito da neutralidade". Pesquisa de pós-doutoramento realizada na Faculdade de Direito da Universidade do Porto (FDUP)
Senhor Participante,

O presente questionário e suas respostas, após análise estatística anônima, integrará projeto de investigação de pós-doutoramento realizado na Faculdade de Direito do Porto, denominado "Neurociência e direito: o cérebro, o inconsciente e o mito da neutralidade".

O projeto de investigação pretende estabelecer as relações entre as recentes descobertas da neurociência (por exemplo, os impactos do inconsciente nas decisões humanas, os vieses cognitivos e subliminares e a relação entre mente, cérebro e consciência) e a teoria da decisão judicial, considerando o cotidiano dos juízes em uma sociedade constitucionalizada.

Serão ouvidos, nesta primeira etapa, juízes de Portugal e do Brasil. Deste modo, suas respostas são essenciais para a obtenção de resultados empíricos fidedignos, que se associarão à revisão de literatura já em curso.

O questionário é dividido em duas partes:

1) Na seção a seguir serão coletadas informações sobre os participantes (idade, sexo, tempo de magistratura e município onde exerce suas funções), exclusivamente para efeito de estratificação estatística. Recorda-se que a pesquisa é integralmente anônima.

2) Na segunda parte, serão apresentadas dez afirmações sobre sua experiência cotidiana no exercício da magistratura. Para cada assertiva, deve ser escolhida uma resposta em uma escala que varia de 1 a 5, sendo que 1 representa discordância total com a assertiva; 5 representa concordância total; e 3 representa neutralidade quanto ao conteúdo da assertiva.

Os investigadores agradecem sua colaboração!

Next
Never submit passwords through Google Forms.
This content is neither created nor endorsed by Google. Report Abuse - Terms of Service - Additional Terms