Avaliação Literatura P2 - 16 PA (3º BIMESTRE)
A prova deve ser realizada em 50min. a contar do horário de sua abertura.
Nome: *
Your answer
numero *
0 points
Your answer
série
0 points
Your answer
TEXTO : Pão de queijo
Ingredientes

2 ½ xícaras de polvilho doce
½ xícara de polvilho azedo
1 xícara de leite
¾ xícara de óleo
1 xícara de queijo parmesão ou minas
3 ovos inteiros
1 colher de chá de sal


Modo de preparo

Bata tudo no liquidificador, menos o queijo;
Despeje tudo em uma vasilha e misture com o queijo já ralado;
Leve ao forno em forminhas de empada untada por 20 minutos.


Carla Pernambuco. Juju na cozinha do Carlota: 29 receitas muito fáceis para crianças. São Paulo: Caramelo, 2004. p. 36.
1. Essa receita serve para: *
7 points
2. Quais são as partes em que nossa receita está divida *
7 points
3. Quais são os eletrodomésticos utilizados nessa receita? *
7 points
Your answer
4. Para que os números são utilizados em uma receita? O que aconteceria se uma receita não apresentasse números? *
7 points
Your answer
Considerando a oração em destaque, responda às questões que a ela se referem:
Os jurados julgaram o rapaz doente.



Quando analisada, o que se percebe é que a construção sintática apresenta algumas inadequações – fato que possibilita o termo “doente” adquirir interpretações distintas. Com base nessa premissa, analise:
5. Quais seriam essas interpretações? *
7 points
Your answer
6. Tomar a imagem do trem e construir uma estação de parada que correspondem aos episódios da narrativa: o casamento, o nascimento do filho e o desejo de ter. Explique o que cada vagão representa, de acordo com a importância da história. *
7 points
Your answer
7. Para você quais são os absurdos da vida? Justifique. *
7 points
Your answer
8. Se fosse convidado (a) para mudar o desfecho da história. Como a apresentaria? *
7 points
Your answer
9. Retire um discurso direto apresentado no enredo e indique pontuação que deve ser utilizada. *
7 points
Your answer
O homem e a galinha
Ruth Rocha

Era uma vez um homem que tinha uma galinha. Era uma galinha como as outras.
Um dia a galinha botou um ovo de ouro. O homem ficou contente. Chamou a mulher:
– Olha o ovo que a galinha botou.
A mulher ficou contente:
– Vamos ficar ricos!
E a mulher começou a tratar bem da galinha.
Todos os dias a mulher dava mingau para a galinha. Dava pão-de-ló, dava até sorvete. E a galinha todos os dias botava um ovo de ouro.
Vai que o marido disse:
– Pra que este luxo todo com a galinha? Nunca vi galinha comer pão-de-ló… Muito menos sorvete!
Vai que a mulher falou:
– É, mas esta é diferente. Ela bota ovos de ouro!
O marido não quis conversa:
– Acaba com isso, mulher. Galinha come é farelo.
Aí a mulher disse:
– E se ela não botar mais ovos de ouro?
– Bota sim! – o marido respondeu.
A mulher todos os dias dava farelo à galinha. E a galinha botava um ovo de ouro.
Vai que o marido disse:
– Farelo está muito caro, mulher, um dinheirão! A galinha pode muito bem comer milho.
– E se ela não botar mais ovos de ouro?
– Bota sim. – respondeu o marido.
Aí a mulher começou a dar milho pra galinha. E todos os dias a galinha botava um ovo de ouro.
Vai que o marido disse:
– Pra que este luxo de dar milho pra galinha? Ela que cate o de-comer no quintal!
– E se ela não botar mais ovos de ouro?
– Bota sim – o marido falou.
Aí a mulher soltou a galinha no quintal. Ela catava sozinha a comida dela. Todos os dias a galinha botava um ovo de ouro.
Um dia a galinha encontrou o portão aberto.
Foi embora e não voltou mais.
Dizem, eu não sei, que ela agora está numa boa casa onde tratam dela a pão-de-ló.
10. Na passagem “onde tratam dela a PÃO - DE - LÓ”, a expressão destacada significa: *
7 points
Submit
Never submit passwords through Google Forms.
This content is neither created nor endorsed by Google. Report Abuse - Terms of Service - Privacy Policy