Como trabalha um psicanalista a partir do ensino de Jacques Lacan
Quando: semanalmente, às quartas-feiras, das 11h às 12h.
​.
Investimento: gratuito.
.
Onde: por enquanto, via Google Meet.
​​.
Para quem: psicanalistas em formação, psicólogos, estudantes de psicologia, acompanhantes terapêuticos e outros profissionais interessados em psicanálise.
.
Coordenação:
.
Gabriel Bartolomeu
Psicanalista, psicólogo (PUC Minas) e mestre em Psicologia Clínica (IP-USP). Trabalhou em instituições de saúde mental e de assistência social e, atualmente, atende em consultório particular. Tem experiência como psicólogo e psicanalista em serviço de internação psiquiátrico, hospital-dia, ambulatório de saúde mental e acompanhamento terapêutico.
.
Darlene Ribeiro da Silva
Psicanalista e psicóloga (PUC Minas). Trabalhou em instituição de saúde mental. Atualmente, atende em consultório particular. Possui experiência como psicóloga e psicanalista em hospital-dia e ambulatório de saúde mental.
.
O grupo de estudos é coordenado por psicanalistas com experiência em instituições de saúde, de saúde mental, de assistência social e escolar, bem como em consultório particular e em acompanhamento terapêutico. Trata-se de um espaço de elaboração compartilhada, a partir do estudo da obra de Jacques Lacan. Objetiva-se a introdução ao ensino de Jacques Lacan, visando uma produção teórico-metodológica que ofereça condições aos participantes de realizar o diagnóstico e o manejo clínico de casos acompanhados no consultório e no contexto institucional (serviços socioassistencial, de saúde, de saúde mental e educacional).
.
O grupo de estudos é organizado em torno do estudo da obra de Jacques Lacan. Os coordenadores apresentam a cada encontro uma leitura do material escolhido - o texto Função e campo da fala e da linguagem em psicanálise (1953) -, destacando e discutindo os termos, os conceitos e os autores evocados por Lacan. Com isto, coloca-se em evidência os meandros da produção do autor. Ainda, os participantes são convidados a se colocarem durante o grupo, apresentando seus comentários e suas dúvidas quando da leitura dos textos. Como não poderia deixar de ser, a experiência clínica dos coordenadores e dos participantes é constantemente evocada durante a atividade.
Sign in to Google to save your progress. Learn more
Nome *
E-mail *
Telefone *
Formação *
Submit
Clear form
Never submit passwords through Google Forms.
This content is neither created nor endorsed by Google. Report Abuse - Terms of Service - Privacy Policy