Questionário de Avaliação da Violência nas Relações Amorosas Ocasionais (Fávero, Del Campo & Ferreira, 2010)

Coordenação: Profª Doutora Marisalva Fávero
Consentimento Informado

No âmbito do Observatório da Sexualidade, na UNIDEP/Instituto Universitário da Maia estamos a desenvolver um estudo para analisar a Violência nas Relações Amorosas Ocasionais, que está inserido num projeto mais amplo sobre a violência nas relações amorosas.

Está a ser realizado no âmbito da Dissertação de Mestrado em Psicologia Clínica e da Saúde da aluna Rita Mourão.

Se tem 18 ANOS OU MAIS e JÁ TEVE PELO MENOS UMA EXPERIÊNCIA DE RELAÇÃO OCASIONAL/CURTIR, pedimos a sua colaboração, respondendo adiante a um conjunto de questões sobre a sua experiência, com a duração aproximada para o preenchimento de 20 minutos.

Os questionários são completamente ANÓNIMOS, não sendo pedidos dados que possam identificar as pessoas que a eles respondem e as respostas serão tratadas apenas coletivamente e usadas somente para fins de investigação científica.

A sua participação será apenas válida se responder a todas as questões apresentadas, podendo, no entanto, desistir da participação a qualquer momento.

Agradecemos que tente responder a todas as questões e que se certifique de que não deixou respostas em branco.

Muito obrigada pela sua disponibilidade e colaboração!
Marisalva Fávero (mfavero@ismai.pt/observatoriodasexualidade@gmail.com)

    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    1. Espera-se que uma mulher seja sexualmente menos experiente que o seu parceiro.
    2. Uma mulher que seja sexualmente ativa tem menos probabilidade de ser considerada uma companheira desejável.
    3. Uma mulher nunca deve dar a entender que está preparada para um encontro sexual.
    4. É importante que os homens sejam sexualmente experientes para poderem ensinar.
    5. Uma mulher digna nunca teria uma aventura de uma noite, mas é normal que os homens tenham.
    6. É importante para um homem ter várias experiências sexuais, de forma a ganhar experiência.
    7. No que diz respeito ao sexo, o homem deve ter o papel dominante e a mulher deve assumir o papel passivo.
    8. É aceitável que uma mulher tenha consigo preservativos.
    9. É pior para uma mulher ter relações sexuais com vários/as parceiros/as do que é para um homem.
    10. A decisão de iniciar a relação sexual cabe ao homem.
    Please enter one response per row
    1. Como se considera em relação à sexualidade?
    2. Como se considera em relação aos comportamentos homossexuais?
    Please enter one response per row

    De seguida, gostaríamos de saber a sua opinião sobre as relações amorosas ocasionais ("curtir") e quais as suas experiências.

    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question

    Seguidamente apresentamos uma série de perguntas sobre a sua relação com o/a seu parceiro/a, entendendo-se por parceiro uma ou mais pessoas com quem tenha ou teve uma relação ocasional.

    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
    This is a required question
Request edit access