Request edit access
Alteração de inscrição em disciplinas para o 4.º Bimestre (2017) IPPUR/UFRJ
FAVOR, LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO:

O quarto bimestre letivo de 2017 nos cursos stricto sensu do IPPUR/UFRJ terá início em 02/out/2017, e seu término será em 08/dez/2017. Todas as disciplinas do IPPUR/UFRJ possuem 40 horas, equivalendo 2,6 créditos.

Este formulário de pedido de alteração de inscrição deverá ser preenchido impreterivelmente no período de 10/out a 14/out/2017 (às 23:59h). Clique em ENVIAR no rodapé da página após o preenchimento para confirmar sua inscrição.

ATENÇÃO, ALUNOS(AS) DA UFRJ, NÃO faça sua alteração de inscrição no SIGA. Use este formulário para solicitar sua alteração de inscrição, pois por razões técnicas, somente os perfis de servidores técnicos é que poderão ajustar sua alteração de inscrição ao sistema da UFRJ.

MUITA ATENÇÃO:

1) Primeira observação:
Este formulário está dirigido aos(às) alunos(as) do IPPUR/UFRJ, e é extensivo a alunos(as) que possuam vínculo com outros de Pós-graduação stricto sensu de outras unidades externas ao IPPUR, outras Universidades, interessados(as) já graduados(as), ou ainda a graduandos(as) interessados(as). DEVENDO PARA TANTO, informar o seu perfil no local específico do formulário.

2) Segunda observação:
As disciplinas obrigatórias só podem ser cursadas por alunos externos que estejam vinculados a Programa de Pós-graduação.
Para isso, além de inscrever-se por aqui, deverão solicitar permissão prévia ao(à) da docente via correio eletrônico, com cópia para a Secretaria Acadêmica Stricto Sensu, que irá acompanhar a deliberação. O endereço do(da) docente está em nosso sítio, em "Corpo Social", subseção "Docentes".
O endereço da Secretaria Acadêmica Stricto Sensu é <secretariaensino@ippur.ufrj.br>

Sítio oficial do IPPUR/UFRJ: www.ippur.ufrj.br

DADOS PESSOAIS
Nome completo (não abreviar) *
Your answer
Informe seu CPF, se estrangeiro(a), informe seu Passaporte *
Your answer
Correio eletrônico *
Your answer
Contato telefônico *
Your answer
Vínculo institucional acadêmico *
Digite o nome de sua Universidade (por extenso) e sua SIGLA.
Your answer
Para alunos de outros de Programas de Pós-graduação: favor, informar o nome do seu Programa.
Your answer
Digite o seu N.º de DRE (Matrícula) se é aluno(a) de curso stricto sensu da UFRJ.
Your answer
DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS
Após selecionar a opção, clique no botão "Enviar" na parte inferior do formulário.
Economia e Território II (Doutorado) - Prof. Carlos Brandão
Esta é uma disciplina obrigatória. Não pode ser cursada como disciplina isolada por interessado(a) que não seja vinculado(a) a um Programa de Pós-graduação stricto sensu em nível de doutorado. Discentes de outros programas que desejarem cursá-la, além de inscrever-se por aqui, deverão solicitar permissão ao docente via correio eletrônico, com cópia para a Secretaria Acadêmica Stricto Sensu, que irá acompanhar a deliberação. O endereço do docente está em nosso sítio, em "Corpo Social", subseção "Docentes". O endereço da Secretaria Acadêmica Stricto Sensu é <secretariaensino@ippur.ufrj.br>
Métodos e Técnicas de Pesquisa II - Turma A (Doutorado) - Tamara Egler
Esta é uma disciplina obrigatória. Não pode ser cursada como disciplina isolada por interessado(a) que não seja vinculado(a) a um Programa de Pós-graduação stricto sensu em nível de doutorado. Discentes de outros programas que desejarem cursá-la, além de inscrever-se por aqui, deverão solicitar permissão ao docente via correio eletrônico, com cópia para a Secretaria Acadêmica Stricto Sensu, que irá acompanhar a deliberação. O endereço do docente está em nosso sítio, em "Corpo Social", subseção "Docentes". O endereço da Secretaria Acadêmica Stricto Sensu é <secretariaensino@ippur.ufrj.br>
Metodologia de Pesquisa - Adauto Cardoso (Mestrado)
Esta é uma disciplina obrigatória. Não pode ser cursada como disciplina isolada por interessado(a) que não seja vinculado(a) a um Programa de Pós-graduação stricto sensu. Discentes de outros programas que desejarem cursá-la, além de inscrever-se por aqui, deverão solicitar permissão ao docente via correio eletrônico, com cópia para a Secretaria Acadêmica Stricto Sensu, que irá acompanhar a deliberação. O endereço do docente está em nosso sítio, em "Corpo Social", subseção "Docentes". O endereço da Secretaria Acadêmica Stricto Sensu é <secretariaensino@ippur.ufrj.br>
Metodologia de Pesquisa - Helion Póvoa Neto (Mestrado)
Esta é uma disciplina obrigatória. Não pode ser cursada como disciplina isolada por interessado(a) que não seja vinculado(a) a um Programa de Pós-graduação stricto sensu. Discentes de outros programas que desejarem cursá-la, além de inscrever-se por aqui, deverão solicitar permissão ao docente via correio eletrônico, com cópia para a Secretaria Acadêmica Stricto Sensu, que irá acompanhar a deliberação. O endereço do docente está em nosso sítio, em "Corpo Social", subseção "Docentes". O endereço da Secretaria Acadêmica Stricto Sensu é <secretariaensino@ippur.ufrj.br>
Sociologia para o Planejamento II (Mestrado) - Soraya Simões
Esta é uma disciplina obrigatória. Não pode ser cursada como disciplina isolada por interessado(a) que não seja vinculado(a) a um Programa de Pós-graduação stricto sensu. Discentes de outros programas que desejarem cursá-la, além de inscrever-se por aqui, deverão solicitar permissão ao docente via correio eletrônico, com cópia para a Secretaria Acadêmica Stricto Sensu, que irá acompanhar a deliberação. O endereço do docente está em nosso sítio, em "Corpo Social", subseção "Docentes". O endereço da Secretaria Acadêmica Stricto Sensu é <secretariaensino@ippur.ufrj.br>
DISCIPLINAS OPTATIVAS
Após selecionar a opção, clique no botão "Enviar" na parte inferior do formulário.
Desenvolvimento Desigual II - Hipólita Siqueira
Disciplina optativa comum aos curso de doutorado e mestrado em Planejamento Urbano e Regional IPPUR/UFRJ. EMENTA: A disciplina tem como objetivo fazer uma reflexão crítica sobre temas emergentes e questões centrais do capitalismo contemporâneo, considerando seus agentes, processos e escalas espaciais. Ênfase será dada à contribuição destas para pensar as políticas públicas e desigualdades socioespaciais ao longo do desenvolvimento capitalista brasileiro das últimas três décadas.
Leituras de Questões Urbanas II - Luiz Cesar Ribeiro / Marcelo Ribeiro
Disciplina optativa comum aos curso de doutorado e mestrado em Planejamento Urbano e Regional IPPUR/UFRJ. EMENTA: Apresentar aos alunos aos alunos a teoria da renda da terra urbana e sua aplicação na compreensão das dinâmicas da produção do meio ambiente construído e suas relações com a estruturação do espaço urbano. / Refletir como esta teoria deve ser repensando tendo em vista a hipótese da financeirização como novo padrão sistêmico de acumulação.
História Urbana II - Fania Fridman
Disciplina optativa comum aos curso de doutorado e mestrado em Planejamento Urbano e Regional IPPUR/UFRJ. EMENTA: Recuperar a gênese e a natureza da intervenção dos agentes sociais e do Estado nacional no espaço é a principal intenção do curso que é um desdobramento da disciplina História Urbana I. Propõe-se a leitura e a discussão de textos referidos à organização interna das vilas e cidades, ao urbanismo, à formação das regiões, à potencialidade dos espaços públicos e aos planos territoriais brasileiros no século XIX.
Planejamento Conflitual - Fabricio de Oliveira / Carlos Vainer
Disciplina optativa comum aos curso de doutorado e mestrado em Planejamento Urbano e Regional IPPUR/UFRJ. EMENTA: A disciplina tem por objetivo mapear o debate sobre o processo de globalização e reconhecer seus efeitos sobre o desenvolvimento urbano. Seu desafio é observar os efeitos do processo de globalização, para compreender quais são as relações invisíveis que determinam formas especificas das políticas urbanas locais em beneficio de processos globais. O que move o desenvolvimento da disciplina é perceber que na atualidade o discurso das políticas urbanas,nas diferentes localidades do nosso planeta, está inscrito dentro de uma forma de pensar que valoriza a inclusão das cidades na rede global. O essencial do trabalho é demonstrar como seu objetivo é criar uma rede de cidades globais que transformam o uso social do espaço urbano em benefício de uma linguagem que distingue os indivíduos pertencentes ao mundo globalizado, sendo que as pessoas do lugar são invisíveis aos objetivos dessas políticas. Na lógica globalizada, são inventadas novas estratégias de dominação quando as políticas de Estado valorizam a produção do espaço simbólico em detrimento da produção de um espaço humanizado para responder as condições necessárias para vida social.
Assentamentos Precários I - Alex Magalhães
Disciplina optativa comum aos curso de doutorado e mestrado em Planejamento Urbano e Regional IPPUR/UFRJ. EMENTA: As formas auto-construídas e as ocupações de baixa renda de áreas e edificações ociosas da cidade; favelas, loteamentos irregulares, loteamento clandestinos; as medições dos ‘assentamentos precários’ urbanos; formatos em que se manifestam; localizações na estruturação espacial da cidade; relações com as áreas dos bairros de entorno; políticas públicas para a habitação da pobreza.
Deslocalização Desregulamentação e Conflitos Ambientais - Henri Acselrad
Disciplina optativa comum aos curso de doutorado e mestrado em Planejamento Urbano e Regional IPPUR/UFRJ. EMENTA: A disciplina discute os modos pelos quais as normas sociais e ambientais das localidades que cedem às pressões empresariais são revogadas, atenuadas ou burladas; e os mecanismos pelos quais os movimentos sociais são atacados em sua legitimidade, acusados como são de fazer exigências que dificultam a atração de capitais, a criação de emprego e renda.
Cidade e Cultura - Robert Pechman
Disciplina optativa comum aos curso de doutorado e mestrado em Planejamento Urbano e Regional IPPUR/UFRJ. EMENTA: A cidade nos indaga. Ela quer nos dizer algo. Escutamos? Andamos pela rua, a vida pulsa, os signos nos atravessam, os símbolos nos chacoalham. Entendemos? Cruzamos com pessoas, gente indo e gente vindo. Amigos ou inimigos? Viver na cidade é banal, viver na cidade é excepcional! Acostumados a olhar a cidade através dos mapas, fotos, estatísticas, livros, muitas vezes nos esquecemos que a cidade é vida! Ela pulsa, cresce, ama, circula, confronta. A cidade somos nós. Esse curso trata da experiência urbana onde o acontecimento urbano é o que teremos em mira. Trata-se, portanto, de construir um ensamento que nos faça porosos e que em sua lógica absorva a racionalidade, mas também o vivido, ou seja, um pensamento que ouse lidar com aquilo do acontecimento que é pura imaterialidade. Por isso mesmo trata-se de sair à rua e captá-la em sua vibração. Porosos, mas alertas aos “sensos comuns”, observaremos a rua para dela sugar seu mel e seu fel, para dela aprender e apreender sua alma. Nesse sentido, propomos, a partir dos estudos já feitos sobre essa ‘cidade de papel’, corporificá-la, dotando-a de significados a partir de experiências feitas no espaço urbano e que tomam por base a vivência real na cidade real, aquela que é aberta a todo e qualquer acontecimento. *A idéia de Aventura Urbana suscita a elaboração de um Caderno de Aventuras que seria o produto final do curso que pode ser “editado”ou lançado na internet.
Campo Acadêmico e Planejamento: Crítica e Sociologia - Pedro de Novais/ Gustavo Bezerra/ Luis Régis Coli Jr.
Disciplina optativa comum aos curso de doutorado e mestrado em Planejamento Urbano e Regional IPPUR/UFRJ. EMENTA: Determinantes sociais da produção científica em planejamento do território. O papel das elaborações teóricas na reprodução das estruturas sociais. Análise dos campos acadêmicos: espaços de força e de lutas pelo monopólio do saber, onde se encontram os princípios da dinâmica da produção teórica.
Antropologia e Território - Gênero, colonialidade, corpo e território: da caça às bruxas à modernidade neoliberal - Soraya Silveira Simões e Diana Helene Ramos.
A proposta desta disciplina é estudar a produção do espaço e a construção dos territórios urbanos a partir da categoria analítica gênero. Com base em algumas teorias feministas sobre a formação do capitalismo, da divisão sexual do trabalho, da modernidade, da colonialidade,da globalização e do neoliberalismo, examinaremos algumas das maneiras pelas quais as diferenças de cultura e desigualdades de poder constroem e legitimam certos quadros conceituais e políticas públicas que vêm sendo abordadas por essa perspectiva crítica. Pretende-se analisar a produção do espaço urbano e, em particular, de seus efeitos na produção de um espaço urbano generificado, marcado não só por diferenças de gênero nas práticas de produção e consumo mas também por desigualdades que podem ser analisadas por esse critério; assim como as propostas de transformação social que vêm das resistências e dos enfrentamentos protagonizados por grupos historicamente estigmatizados ou vulnerabilizados por recortes de gênero.
Por que escolheu cursar disciplina(s) no IPPUR/UFRJ? *
Your answer
Submit
Never submit passwords through Google Forms.
This content is neither created nor endorsed by Google. Report Abuse - Terms of Service - Additional Terms