Request edit access
PAI NÃO É VISITA! Pelo Direito de Ser Acompanhante
Este formulário faz parte da Campanha: Pai não é visita! Pelo Direito de ser acompanhante, realizada desde 2006 pelo Instituto Papai e GEMA UFPE. Esta campanha tem o objetivo de divulgar a lei federal 11.108, mais conhecida como lei do acompanhante, que obriga todas as maternidades públicas e privadas a permitir a presença de um acompanhante de livre escolha da mulher. Buscamos, além disso, estimular que o acompanhante seja o pai, pois sabemos das dificuldades que algumas maternidades colocam para que o pai esteja presente em todos os momentos. A campanha possui diversas ações e uma delas é a fiscalização do cumprimento da lei. Assim, sua contribuição é muito importante para nós e para a garantia deste direito para todas e todos! Assim, se você teve esse direito negado no último ano, pedimos que preencha com atenção as perguntas abaixo. É rápido e fácil! Qualquer dúvida, nos escreva através do e-mail: papai@papai.org.br Muito obrigada!
Nome de quem está preenchendo a denúncia *
Your answer
E-mail
Your answer
Telefone
Your answer
WhatsApp
Your answer
Data do parto
MM
/
DD
/
YYYY
Cidade
Your answer
Hospital/Maternidade onde aconteceu o parto
Your answer
Público ou Particular
A mulher teve direito a um acompanhante de sua livre escolha durante o trabalho de parto ou pré - parto?
Se não, qual foi a explicação ou justificativa dada pelo serviço de saúde?
Your answer
A maternidade colocou alguma dificuldade ou impedimento para que o acompanhante fosse um homem durante esse trabalho de parto?
Se sim, qual a dificuldade e qual justificativa dada pelo serviço de saúde?
Your answer
Houve alguma restrição sobre o tempo e o horário para a presença do acompanhante durante esse trabalho de parto?
Se sim, qual restrição e qual a justificativa dada pelo serviço de saúde?
Your answer
Você gostaria de acrescentar algum comentário sobre esse momento de preparação para o parto?
Your answer
A mulher teve direito a um acompanhante de sua livre escolha durante o parto?
Se não, qual foi a explicação ou justificativa dada pelo serviço de saúde?
Your answer
A maternidade colocou alguma dificuldade ou impedimento para que o acompanhante fosse um homem durante o parto?
Se sim, qual a dificuldade e qual justificativa dada pelo serviço de saúde?
Your answer
Você gostaria de acrescentar algum comentário sobre o momento do parto?
Your answer
A mulher teve direito a um acompanhante de sua livre escolha durante o pós-parto?
Se não, qual explicação ou justificativa dada pelo serviço de saúde?
Your answer
A maternidade colocou alguma dificuldade ou impedimento para que o acompanhante fosse um homem durante esse acompanhamento pós-parto?
Se sim, qual a dificuldade e qual justificativa dada pelo serviço de saúde?
Your answer
Houve alguma restrição sobre tempo e horário para a presença do acompanhante durante esse momento do pós-parto?
Se sim, qual a dificuldade e qual a justificativa dada pelo serviço de saúde?
Your answer
Você gostaria de acrescentar algum comentário sobre esse momento do pós-parto?
Your answer
O pai participou do pré-natal?
Se não, por que?
Your answer
Se sim, que atividades foram realizadas durante o pré-natal?
Your answer
Se sim, alguma dessas atividades foram realizadas especificamente dirigidas ao pai?
Quais atividades você considera que seriam relevantes para serem desenvolvidas com o pai, durante o pré-natal?
Your answer
Há mais algum comentário geral que você gostaria de fazer sobre o tema dessa consulta?
Your answer
Submit
Never submit passwords through Google Forms.
This content is neither created nor endorsed by Google. Report Abuse - Terms of Service