Integrando a Palavra de Deus na vida Familiar

         Esse estudo pode ser usado para orientar aos pais sobre a vida espíritual da criança e da família

        Um dos maiores tesouros que Deus confia a qualquer homem ou mulher é um filho. Ninguém pode substituir um dos pais na vida da criança. O que você está fazendo para ajudar seu filho a conhecer a Deus e Sua Palavra?

Relacione a Palavra de Deus às Atividades Diárias de Sua Família

        Se os pais crentes estiverem atentos, verão que as oportunidades de ensinar as verdades de Deus aos filhos na vida diária são inúmeras. Em Deuteronômio, Deus ordena aos pais que incluam a Sua Palavra diariamente em seus pensamentos, palavras e vida, desde a manhã até a noite.
        Tente cantar hinos ou corinhos enquanto lava pratos.
        Converse sobre as coisas do Senhor enquanto leva as crianças para casa ao saírem da igreja ou da escola.
        Quando der um passeio, admire as maravilhas da criação de Deus e louve ao Senhor com seus filhos.
        Deixe que seus filhos vejam a sua fé em Deus em sua reação aos acontecimentos diários: um amassado no pára-choque, uma crise financeira, uma promoção no emprego, uma doença grave.
        Lembre-se: Quando responde às diversas perguntas que as crianças fazem durante o dia,quando conversa com elas sobre os acontecimentos diários,quando mostra como devem se comportar em casa, na escola, ou nas brincadeiras – você está lhes ensinando padrões de pensamento, conversa e ação.Ore para que o seu ensino esteja sempre de acordo com a Palavra de Deus.

Planeje Períodos de Ensino da Bíblia para a Família

        Além da instrução informal ao longo do dia, não deixe de separar um tempo definido para o estudo da Palavra de Deus. Se o pai estiver ausente, a mãe pode liderar a família num devocional (Provérbios 1:8). Aqui estão vários pontos essenciais para a adoração familiar:
        Escolha um horário apropriado para todos. Quando os filhos forem pequenos, o melhor horário para reunir a família é no geral à noite, antes deles irem dormir. À medida que os filhos crescem, eles têm vários compromissos à noite e a melhor hora seria durante ou depois do café da manhã. Qualquer que seja a hora que você escolher, estabeleça regularmente o devocional familiar e peça a Deus que ajude você a mantê-lo.
        O estudo deve ser adequado à idade dos membros da família. Para crianças com menos de quatro anos, passe alguns minutos todos os dias lendo um versículo bíblico ou um pequeno trecho da Escritura, orando e talvez cantando um cântico. À medida que elas forem crescendo, você pode usar uma passagem mais longa e incluir uma ou duas atividades.

         

         Encoraje seus filhos a participar. Adoração não significa o pai pregar um sermão para os filhos durante vinte minutos. A adoração deve ser um tempo apreciado por toda a família. Lembre-se de que as crianças gostam de participar e elas aprendem mais quando fazem isso.
        Cante hinos e corinhos. Se a sua família gosta de cantar, você pode incluir um corinho ou dois. As crianças pequenas poderiam dramatizar um corinho, como “Um certo pastorzinho”,ou uma história bíblica,por exemplo,a do Bom Samaritano.Algumas crianças gostam de reger os hinos enquanto a família canta.
        Use a Bíblia, escolhendo passagens que as crianças possam entender com facilidade. Existem vários livros de histórias bíblicas e guias devocionais que você pode usar, se quiser. Todavia, esses materiais devem ser apenas complementos. Nada pode substituir a Palavra de Deus. As crianças devem aprender a ouvir o que Deus disse, e não simplesmente o que os outros escreveram sobre Ele.
        Tão logo os seus filhos tenham idade suficiente para ler, encoraje-os a ler a Palavra de Deus na adoração familiar. Uma criança pode procurar versículos bíblicos e lê-los para os outros, ou todos podem ler os versículos da Bíblia,um de cada vez.Use esses períodos em família para que seu filhos se familiarizem cada vez mais com as Escrituras.
        Prepare seus filhos para enfrentarem as dificuldades. As crianças recebem muitas informações erradas e enfrentam várias influências perversas. Suas experiências diárias com os amigos e os professores acabam criando perguntas e podem também produzir dúvidas. Lembre-se de que o mundo procura lhes dar uma visão da vida diferente daquela do cristianismo bíblico. Podem ouvir ataques contra a Palavra de Deus. Podem aprender que a evolução é um fato. Podem ver cristãos fiéis sendo ridicularizados. É possível que estejam sendo expostos a músicas sensuais ou sendo tentados com drogas. Podem conhecer crianças envolvidas em pornografia ou no ocultismo.
        Tome real interesse pelas atividades de seus filhos. Sonde a situação fazendo perguntas amáveis. Depois, preste atenção nas respostas deles. Quando perceber problemas, ajude seus filhos a compreender as questões envolvidas. Use o período de adoração em família para examinarem juntos o que a Bíblia diz em resposta a esses problemas. Mas, tome cuidado para não ceder à tentação de fazer preleções.
        Aprenda e recapitule versículos bíblicos. Ao ajudar seus filhos a memorizarem as Escrituras, você está lhes dando um tesouro muito maior do que a mais polpuda conta bancária. A Palavra de Deus em seus corações pode protegê-los do pecado, guiá-los nas decisões, renovar suas mentes e dar-lhes as palavras certas ao testemunharem para os amigos.
        Enquanto a família repete em conjunto os versículos e passagens importantes da Bíblia, vocês podem estreitar os laços familiares e edificar a Fé que já possuem.
        Memorizar exige tempo e disciplina, mas tenha ânimo. Os versículos que aprenderem juntos permanecerá para sempre com seus filhos.

         Compartilhem pedidos de oração e orem juntos. Como família, vocês podem orar pelo pastor, missionários, parentes, amigos e lideres do país, entre outros.  Planeje começar um caderno de oração da família, e peça a um dos filhos mais velhos que registre os pedidos e respostas a oração.
        Evite orações floridas, recitadas. Suas orações devem ser simples e sinceras. Ajude seus filhos a aprenderem a falar com Deus com o coração.   Use também o tempo de adoração da família como uma ocasião em que as crianças aprendem a orar em voz alta diante de outros.
        

         Varie o seu tempo de adoração. As historias da vida real são poderosas. Tente compartilhar noticias sobre missionários ou ler um trecho da biografia de um cristão verdadeiro, você pode, ocasionalmente, achar proveitoso contar como Deus tem trabalhado na sua vida pessoal, e encorajar seus filhos a fazerem o mesmo.
        Não se alongue muito. Muitos períodos de adoração familiares podem tornar-se tediosos para as crianças, e difíceis de manter por serem muito compridos. Embora cada família seja diferente, dez a quinze minutos podem ser uma boa media para o tempo de adoração.
        Seja sensível com as crianças pequenas, que não conseguem se concentrar muito tempo, e com os adolescentes que estudam durante horas. Você não pode incluir todas as partes sugeridas em cada reunião familiar de adoração. A leitura da Bíblia e oração são essenciais. Acrescente outras partes de acordo com o tempo disponível e com as necessidades particulares de sua família.

Bibliografia: Bíblia de Recursos para o Ministério com Crianças - elaborado com a APEC Editora Hagnos