Solubilidade de um sal em água

Nem todos os agregados iónicos (sais) são muito solúveis em água.

O calcário (formado essencialmente por carbonato de cálcio, ), é um exemplo de um sal muito pouco solúvel em água.

A equação que traduz a dissolução deste sal é:

A constante de equilíbrio  (constante de solubilidade ou produto de solubilidade) desta equação é dada por:

 

O esquema que traduz a dissolução do carbonato de cálcio em água é:

 Solubilidade (s) - é a concentração máxima de sal dissolvido na solução.

O equilíbrio atingido corresponde à saturação da solução no sal.

NOTA: Numa solução saturada de um sal na presença deste no estado sólido, o equilíbrio é dinâmico (há trocas recíprocas entre iões da rede e da solução).

Exercícios:

  1. Calcular a solubilidade do fluoreto de bário ,, em...

  1. … água.

  1. … numa solução aquosa de nitrato de bário () de concentração mol dm-3.

Resolução:

2.1. Sabendo que , indique o que acontece quando se mistura 50,0 mL de uma solução aquosa de a , com 50 mL de uma solução aquosa de a .

Resolução:

2.2. Qual a massa de precipitado obtida?

Resolução:

3. Indique o que acontece à solubilidade do , quando se adiciona ao sistema... (DADO: )

  1.  .
  2. concentrado.
  3. .

Resolução:

  1. A dissolução do  provoca um aumento da concentração do . O sistema, de acordo com o princípio de Le Châtelier, evolui de forma a tentar contrariar essa perturbação, isto é, evolui no sentido da diminuição da concentração do , sentido inverso, diminuindo assim a solubilidade do .
  2. O  (ácido) reage com o (base) de acordo com a seguinte equação:

.

Provocando, assim, uma diminuição na concentração do .O sistema, de acordo com o princípio de Le Châtelier, evolui de forma a tentar contrariar essa perturbação, isto é, evolui no sentido do aumento da concentração do , sentido direto, aumentando assim a solubilidade do .

  1. O  dissocia-se em  e . Como nenhuma destas espécies interfere no equilíbrio a solubilidade do  mantém-se.