Lexicologia

Léxico: Conjunto de todas as palavras ou constituintes morfológicos portadores de significado possíveis numa língua, independentemente da sua actualização em registos específicos. O léxico de uma língua inclui não apenas o conjunto de palavras efectivamente atestada num determinado contexto (cf. vocabulário), mas também as que já não são usadas, as neológicas e todas as que os processos de construção de palavras da língua permitem criar.

 

Vocabulário: Conjunto exaustivo das palavras que ocorrem num determinado contexto de uso. (É possível estudar-se o vocabulário de um escritor, mas não o seu léxico, uma vez que apenas aquele se traduz numa lista de palavras utilizadas de facto.)

 

Expressão idiomática: Expressão constituída por mais do que uma palavra, cujo significado não pode ser inferido a partir do significado das partes que a constituem.

Ex: ir desta para melhor; tal pai tal filho; andar na lua; ter macaquinhos no sótão; chover a potes.

 

Neologismo: Palavra cujo significante ou cuja relação significante-significado era inexistente num estádio de língua anterior ao da sua atestação.

Ex: Gás

 

Arcaísmo: Palavra ou construção cujo uso é considerado antiquado pela comunidade linguística.

Ex. Soer

 

Família de Palavras: Conjunto das palavras formadas por derivação ou composição a partir de um radical comum.

Ex. "mar",→ "maré", "marítimo", "marinheiro", "marina"

 

 

 

Semântica Lexical

 

Significação lexical:

 

 

Signo linguístico:é formado por um Significante (imagem acústica) e por um Significado (conceito)

Denotação: vermelho (cor); Conotação: vermelho: (sangue, força, raiva, violência).

Monossemia → um único significado; (flebite; genoma; genótipo);

Polissemia → mais do que um significado; (operação→cirúrgica, policial, matemática

 

 

Relações entre as palavras:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Relações Semânticas

 

 

 

 

 

Relações de hierarquia

(Relação com base no verbo ser)

 

Hiperonímia (geral)

relação entre palavras marcada pela referência a uma unidade mais geral

 

mamífero → cão

peixe →  truta

árvore → oliveira

flor → rosa

imprensa → jornal

 

 

 

Hiponímia (restrito)

relação entre palavras marcada pela referência específica face a um termo mais genérico

 

cão → mamífero

truta → peixe

oliveira → árvore

rosa → flor

jornal → imprensa

 

 

 

 

Relações de inclusão

(Relação com base no verbo ter)

 

Holonímia (todo)

relação entre palavras marcada pela referência semântica do todo pela parte

 

carro → volante

corpo → cabeça

barco → leme

árvore → ramo

casa → cozinha

 

 

 

Meronímia (parte)

relação entre palavras marcada pela referência à parte ou a uma componente constitutiva do todo

 

carro → volante

corpo → cabeça

barco → leme

árvore → ramo

casa → cozinha

 

 

 

 

 

 

Relações de equivalência

 

 

Sinonímia total

relação de palavras à base de equivalência de significados

 

 

sal → cloreto de sódio

marido → esposo

falecer → morrer

 

 

 

Sinonímia parcial

relação de palavras à base de aproximação de significados

 

casa → habitação

mulher → senhora

partir → quebrar

jornal → periódico

 

 

 

 

 

 

Relações de oposição

 

Antonímia contraditória

relação de oposição entre palavras

 

vivo → morto

presente → ausente

sair→entrar

 

 

 

Antonímia contrária

relação de contraste graduável entre as palavras

 

quente → frio (morno)

alto → baixo (médio) nascer → morrer (viver)

 

 

 

 

Antonímia conversa

relação de contraste recíproco entre palavras

 

pai → filho

senhorio → inquilino

aluno → professor

 

 

 

Estrutura lexical:

 

Campo lexical: → relação de palavras que se agrupam para designar referentes que pertencem a uma determinada área da realidade: exemplo → mar: barco, maré, pescador, onda…

Campo semântico: → várias acepções ligadas à realização ou actualização de uma palavra de acordo com o contexto/enunciado em que surge: exemplo → mar: liberdade, infinito…

Processos irregulares de formação de palavras:

 

 

Processo

Descrição

Exemplos

 

Amálgama

 

1. Processo irregular de formação de palavras que consiste na criação de uma palavra a partir da junção de partes de duas ou mais palavras.

diciopédia

informática

cibernauta

ecotaxa

telemóvel

cineclube

 

 

Truncação

(abreviaturas)

 

 

Parte-se de uma palavra ou sintagma, reduzindo sílabas ou segmentos de um dos termos

pneu, expo

foto,

 

 

Acronímia

 

 

 

Forma-se unidade, com pronúncia silábica, a partir das letras iniciais de diferentes palavras

Nato

Unicef

ovni

unibanco

 

Siglação

 

Constitui-se pelas iniciais dos constituintes de um sintagma

 

S.O.S,

P.C.P.

G.N.R.,

P.S.P

 

 

Onomatopeia

 

 

Unidade lexical criada por imitação de um som natural

 

trriim!

miau!

Toc! Toc!

 

Empréstimo externo com aportuguesamento

 

 

A língua importa termos do estrangeiro e adapta-a ao som do português

futebol

dossiê

macarrão

 

Empréstimo externo sem aportuguesamento

 

Palavras que entram directamente no português sem alterar a forma

 

meeting

pub

surf

 

 

Extensão semântica

 

 

Processo a partir do qual as palavras existentes adquirem um novo significado

janela, portal, rato, memória (hoje aplicados também à informática

leitor (aquele que lê)/leitor (de dvd, vídeo,etc.)