Retificação do Regulamento da OEESP

28 – São Paulo, 122 (57)  Diário Oficial Poder Executivo - Seção I sábado, 24 de março de 2012

Retificação do D.O. de 13-3-2012

Na Portaria Conjunta G-CEL/CGEB/G-SEDPcD/ de 12-03-2012

Onde se lê:

Art. 26 - Parágrafo 1º - Será considerado ...

Art. 41 - a - CATEGORIA MIRIM - Fases Inter-DE, SubRegional/Regional: de 21 de maio a 06 de julho

Art. 79 - Em todas as fases...

Parágrafo 1º – No 2º jogo ...

Parágrafo 2º - Nenhum (a) aluno...

Art. 90 - Parágrafo 2º - Os (As) alunos...

Parágrafo 3º - Uma substituição...

Art. 91 - Caso algum dos...

Art. 99 - As Regras das competições...

Art. 100 - A modalidade será...

Parágrafo Único - Antes do início...

Leia-se:

Art. 26 - Parágrafo 1º - Será considerado representante da 

Unidade Escolar:

a) - Fase D.E.: docente da Unidade Escolar;

b) - Fase Sub-Regional e Regional: docente da Unidade 

Escolar e/ou Professor Coordenador de Educação Física do 

Núcleo Pedagógico da Diretoria de Ensino e/ou Professor afastado na DE para coordenar os jogos;

c) - Fase Final Estadual: docente da Unidade Escolar e/ou 

Professor Coordenador de Educação Física do Núcleo Pedagó-

gico da Diretoria de Ensino e/ou Professor afastado na DE para 

coordenar os jogos ou ainda membro da Delegacia Regional 

de Esportes;

Art. 41 - a - CATEGORIA MIRIM

Fases Inter-DE, Sub-Regional/Regional: de 21 de maio a 

29 de junho

Art. 79 - Em todas as fases – D.E, Sub-Regional, Regional 

e Inter-DE da Capital, os jogos serão disputados em até 3 (três) 

partidas. Cada partida será disputada em melhor de 5 (cinco) 

sets de 11(onze) pontos cada set, sendo considerado vencedor 

da partida o(a) aluno(a) que primeiramente vencer 3 (três) sets. 

Será vencedor do jogo a equipe que primeiramente vencer duas 

partidas, obedecendo a seguinte estrutura:

1ª partida a x a – (partida de simples);

2ª partida B/C x B/C – (partida de duplas);

3ª partida B ou C x B ou C – (partida de simples);

Parágrafo 1º – Na 2ª partida (duplas), nenhum dos integrantes da dupla poderá ter participado da 1ª partida;

Parágrafo 2º - Nenhum (a) aluno (a) poderá participar de 2 

(duas) partidas de simples em um mesmo jogo

Art. 90 - Parágrafo 2º - O (A) aluno (a), que não puder continuar jogando, devido à lesão, deverá ser legalmente substituído 

de acordo com o previsto no parágrafo anterior. Se isto não 

for possível, a equipe terá o direito de fazer uma substituição 

EXCEPCIONAL, além dos limites da Regra.

Parágrafo 3º - Uma substituição excepcional significa que 

qualquer aluno (a) que não está na quadra na hora da lesão, 

exceto o líbero ou aquele com quem trocou, pode substituir 

o(a) aluno(a) lesionado(a) na partida. O aluno (a) lesionado (a) 

substituído (a) não está autorizado a retornar à partida.

Art. 91 - Caso algum dos (as) alunos (as) que entraram 

no 2º set e que não jogaram o 1º set, não puderem continuar 

jogando, somente devido à lesão, a substituição deverá ser feita 

com os reservas que não participaram do 1º set. Caso não haja 

tal possibilidade regulamentar será respeitada a substituição 

excepcional, como previsto no Parágrafo 2º, do artigo 90.

Art. 99 - A modalidade será disputada em todas as fases 

por equipes e individual, de ambos os sexos, nas Categorias 

Pré-Mirim, Mirim, Infantil e Juvenil:

Parágrafo Único - Antes do início de cada Fase – D.E, SubRegional, Regional e Inter-DE, o Professor deverá definir entre os 

8(oito) alunos(as) inscritos, os 4(quatro) titulares que participarão a cada rodada, identificando o capitão.

Art.100 – Para participação individual, o(a) aluno(a) deverá 

obrigatoriamente constar da relação nominal da Unidade Escolar, por equipe.

Parágrafo único – A não participação da equipe na fase D.E, 

inviabilizará a participação individual do aluno.