Disciplina: História

Série/Ano: 5ª série/6º ano

Vol/Bim: Vol 2/4ºBm

CADERNO DO ALUNO

Situação de Aprendizagem (Número/título)

Sequência Didática

Recursos audiovisuais e/ou de TIs  sugeridos no caderno

Recursos audiovisuais e/ou de TIs sugeridos pelo PCNP

Interfaces interdisciplinares / Temas transversais

Situação de Aprendizagem 5- Jogo de percurso: o fim do Império Romano; as migrações Bárbaras e o Cristianismo.

Objetivos: estudar os povos de origem germânica.

Competências e habilidades: relacionar informações, representadas em diferentes formas; reconhecer conteúdos disponíveis em situações concretas para construir argumentação consistente; compreender a

crise do Império Romano do Ocidente, a partir do processo das migrações germânicas.

Sondagem e sensibilização: Você pode começar perguntando o que eles entendem por “bárbaros”; se eles conhecem algum personagem da história que pode ser caracterizado como bárbaro e por quê? A partir desta conversa você poderá formular outras questões. Solicite que os alunos pesquisem no dicionário o significado da palavra -bárbaro.

1ª Etapa:

Para o desenvolvimento da atividade “Organizando um jogo de percurso”, presente no Caderno do Aluno, sugerimos que sejam adotadas as etapas descritas a seguir:

a)Relacionar na lousa os povos germânicos que serão pesquisados e a divisão dos grupos;

b)Oriente os grupos a pesquisar as principais características de cada um desses povos.

c)Discuta com o grupo de alunos o cronograma de trabalho, as etapas da pesquisa, a elaboração das cartas que serão utilizadas no jogo, as regras do jogo de percurso e os critérios para a organização das equipes.

d)Sugestão do roteiro de pesquisa: Roteiro de pesquisa:( nome do povo germânico a ser pesquisado; região de onde eram originários;  aspectos culturais; atividades econômicas;  alimentação típica;  atividades artesanais;  religião e crenças;  lendas;  curiosidades.

2ª Etapa:

No Caderno do ALuno há um tabuleiro com 40 casas, as informações precisam ser escritas de acordo com a pesquisa do grupo e acrescentar desenhos ou colagens.

Oriente os alunos para que socializem a síntese de texto que criaram e que contém as principais  características de cada povo estudado. Dessa

forma todos poderão participar do jogo de percurso e estarão aptos a responder às questões sobre todos os povos que estudaram e pesquisaram.

Avaliação: Pesquisa sobre os povos germânicos;  socialização  da pesquisa; confecção do jogo de percurso e respeito às regras do jogo.

Propostas de Situação de Recuperação:

Produção de texto utilizando as palavras chave da pesquisa dos povos germânicos.

 Livros

RAMOS, Luciano. Os reinos bárbaros. São Paulo: Ática, 1995. (O Cotidiano da História).

Obra de ficção que aborda os reinos bárbaros e apresenta, ao final, um suplemento histórico, com ilustrações, uma síntese com os

principais povos germânicos, uma cronologia do século I ao ano de 493 e várias indicações de leitura sobre o tema.

SIMONS, Gerald. Os bárbaros na Europa.Rio de Janeiro: José Olympio, 1970. (Coleção Biblioteca de História Universal). Volume que apresenta uma cronologia dos acontecimentos

marcantes da Idade Média, com documentos e mapas sobre os bárbaros na Europa.

Vikings -documentário de 42 min

Antes da confecção do jogo  você pode selecionar alguns trechos do vídeo para comentar com seus alunos.(acesso em (30/06/2015)

Geografia, Arte e Língua Portuguesa.

Situação de Aprendizagem 6 -

  A Idade Média e os mosteiros medievais.

Objetivos: possibilitar aos alunos o domínio de diferentes formas de linguagens, associando texto e imagem, realizando pesquisa e produção textual.

Competências e habilidades: estabelecer relações entre texto e imagem; produção escrita.

Sondagem e sensibilização: você pode iniciar a aula mostrando imagens de monumentos antigos e solicitar para que os alunos selecionem quais seriam os escolhidos para fazer parte das Sete Maravilhas do Mundo Antigo

Faça um registro na lousa, para saber os critérios de escolha e as maravilhas selecionadas.

1ªetapa:

Marque um dia com os alunos para que levem cartões- postais de diferentes locais para a sala de aula ou utilize imagens dos livros didáticos.

Oriente seus alunos a observarem, em trios ou duplas, as paisagem mostradas e peça- lhes que as registrem no caderno.

Leia com os alunos o texto “As Sete Maravilhas do Mundo Antigo”. Peça que destaquem a localização, o material utilizado e as curiosidades sobre elas e que façam um breve comentário.

2ª etapa:

Após a realização da pesquisa,  oriente os alunos a iniciarem a montagem do cartão-postal, esta atividade poderá ser feita em duplas ou trios. A imagem do cartão poderá ser copiada, desenhada ou colada. Padronize o tamanho dos cartões e oriente quanto ao espaço necessário para escrever a mensagem.

Apresente a proposta de exposição para a classe, esta pode ser em formato de varal ou painel para que os demais alunos da escola possam apreciar.

3ª etapa:

No Caderno do Aluno existe uma proposta de pesquisa -As Sete Maravilhas do Mundo Moderno( a estátua do Cristo Redentor,

no Rio de Janeiro, Brasil; a Grande Muralha, na China; o Taj Mahal, na Índia; a cidade de Petra, na Jordânia; o Coliseu, em

Roma, na Itália; as ruínas incas de Machu Picchu, no Peru; e a antiga cidade maia de 34 Chichén Itzá, no México.

Oriente a pesquisa e agende uma data para a socialização para a classe.

valiação: espera-se que os alunos realizem a atividade de confecção dos cartões-postais, realizem a pesquisa sobre -As Sete Maravilhas do Mundo Moderno e socializem.

Questões propostas para avaliação:

Questões objetivas no Caderno do Aluno.

Explique, com suas palavras, o porquê do nome “Sete Maravilhas do Mundo Antigo”.

Propostas de Situação de Recuperação:

Proponha aos alunos que escrevam um pequeno texto tendo como tema as Sete Maravilhas do Mundo Antigo. O texto poderá ser produzido como a primeira página de um jornal- atividade já desenvolvida no vol.1 .

MACDONALD, Fiona. Como seria sua vida na Idade Média?

Antes de elaborar o infográfico você pode passar este vídeo de 12 min

Os Mosteiros na Idade Média (acesso em 30/06/2015)

Geografia, Arte e Língua Portuguesa

Situação de  Aprendizagem   7  -

As civilizações do Islã (sociedade e cultura), a expansão Islâmica, e sua presença na Península Ibérica.

Objetivos: que os alunos pesquisem palavras específicas relacionadas às civilizações do Islã, buscando conhecer sua cultura, a região de origem do povo árabe, a expansão islâmica, os princípios do islamismo e as cidades muçulmanas, com seus minaretes, arabescos e mesquitas.

Competências e habilidades: desenvolver o domínio de diversas linguagens e a compreensão de diferentes fenômenos históricos; reconhecer acontecimentos no tempo, tendo como referência a pesquisa, a sistematização e a apresentação de conceitos e informações sobre as civilizações islâmicas.

Sondagem e sensibilização: Organize pequenos grupos e oriente- os a registrar no Caderno do Aluno palavras, lugares, nomes, cidades e paisagens que eles associam às civilizações do Islã.Você pode abordar o tema utilizando reportagens mais recentes na mídia como o atentado a Charlie Hebdo.

1ª Etapa

Apresente a proposta de organizar um glossário com base em um conjunto de palavras, relacionadas a uma área do conhecimento – nesse

caso, ao mundo muçulmano, buscando informações sobre seu significado e  registrando-as  em ordem alfabética.  O Caderno do Professor apresenta este texto com subsídio para as explicações. As Civilizações do Islã (sociedade e cultura): expansão islâmica e presença na Península Ibérica

Organize com os alunos uma lista para o início da montagem do

glossário, orientando-os para a pesquisa de seus significados em dicionários, no livro didático, em enciclopédias e em sites especializados. No Caderno do Aluno há um espaço designado para o registro das palavras. Organize seus alunos em duplas ou trios para a realização da pesquisa.

2ª Etapa

Leitura e análise de texto do Caderno do Aluno, há um texto intitulado “As mesquitas e os arabescos”, que oferece uma explanação sobre a religião e cultura islâmica, acompanhado de uma atividade que solicita

aos alunos uma síntese das principais informações contidas no texto.

Na seção Lição de casa, há um texto intitulado “O Corão”, que descreve as origens do livro sagrado do islamismo e sua influência

para o desenvolvimento das Ciências e a filosofia árabe.

Avaliação:

A atividade de elaborar um glossário, a leitura e  interpretação  do texto  “As mesquitas e os arabescos” e a atividade de lição de casa.

1. Os diferentes tipos de calendário buscam marcar o tempo a partir de datas históricas, religiosas e culturais. Apresente três características do calendário muçulmano, buscando informações no livro didático, em sites e nas enciclopédias.

2. As mesquitas apresentam características muito comuns, como ausência de cadeiras,altares e imagens. Explique a importância das torres das mesquitas – os minaretes – para a religião muçulmana.

Propostas de Situação de Recuperação:

Oriente os alunos na montagem de um painel sobre a arquitetura árabe, marcada pelas construções de mesquitas.Peça- -lhes que coloquem legendas, com destaque para os nomes das mesquitas e suas características específicas.

Você pode também solicitar uma pesquisa sobre os costumes e alimentação dos muçulmanos.

 Livros

DEMANT, Peter. O mundo muçulmano. São

Paulo: Contexto, 2004. Obra escrita por um especialista em questões do Oriente Médio e que busca mostrar, do ponto de vista histórico, as origens do mundo muçulmano.

ESTERL, Arnica; DUGINA, Olga. As mais

belas histórias das mil e uma noites. São Paulo:Cosac Naify, 2007. A obra aborda cinco histórias contadas por Sheerazade com uma narrativa mais adequada ao público infanto juvenil.

MANSUR, Alberto Jorge Simões. Árabes: das origens à expansão. Curitiba: Nova Didática, 2002. Livro que apresenta uma visão histórica da cultura árabe,mostrando que uma civilização

deve ser vista por sua cultura, respeitando-se suas características e diferenças.

Você pode utilizar este texto  da Revista Nova Escola

Como abordar o extremismo religioso sem cair em estereótipos e preconceitos

(acesso em 30/06/2015)

Geografia, Arte, Língua Portuguesa e Ciências

Situação de Aprendizagem 8-

O Império Bizantino e o Oriente no imaginário Europeu.

Objetivos:pesquisar o Império Bizantino, denominação utilizada para se referir ao Império Romano do Oriente, e organizar um painel ilustrado

apresentando suas especificidades.

Competências e habilidades: interpretação de dados e informações contidas em documentos históricos; relacionar essas informações para construir argumentação  consistente.

Sondagem e sensibilização: Retome  os conhecimentos sistematizados  na S.A 5 e para abordar o tema  da fundação do Império Romano do Oriente em 330 e as razões para a escolha da capital em Constantinopla. Você pode fazer na lousa um registro coletivo e solicite que os alunos anotem em seus cadernos.

1ª Etapa

Apresente a proposta de construir em grupo  um painel ilustrativo sobre o Império Bizantino

O painel tem como objetivo apresentar as informações coletadas sobre o tema estudado nesta S.A.Para a pesquisa de imagens utilize o livro didático e se possível sites educativos relacionados ao Império Romano do Oriente, a partir do seguinte roteiro: a) Código de Justiniano; b) Basílica de Santa Sofia; c) Cidade de Constantinopla; d)Império Bizantino.

2ª Etapa

Oriente seus alunos para que que façam um planejamento da organização espacial do painel, deixando os espaços para legendas, título principal, subtítulos das imagens e de todos os componentes do  painel.

Avaliação:

A organização do material coletado e a confecção do painel sobre o Império Bizantino e o Oriente no imaginário europeu.

Questões propostas no Caderno do Aluno:

1. A cidade de Constantinopla era cercada por muralhas e havia diversas fortificações ao longo de seus portos. Explique a razão da construção dessas muralhas e fortificações.

2. A arte bizantina destacou-se pela presença de mosaicos coloridos. Explique o que é um mosaico.

Você pode explorar os textos e imagens do livro didático.

Propostas de Situação de Recuperação:

Solicite  aos alunos que, individualmente, organizem a montagem de um conjunto de palavras cruzadas, tendo como eixo principal a

palavra Bizâncio. Em seguida, peça-lhes que organizem as questões e o número de casas em branco para que outro colega as complete. A

atividade será importante para que os alunos façam um levantamento das palavras-chave e seus respectivos conceitos.

Livro

FRANCO JÚNIOR, Hilário; ALMEIDA FILHO,

Ruy de Oliveira. O Império Bizantino.

São Paulo: Brasiliense, 1994. Os autores abordam a formação do Império Bizantino a partir da análise de documentos.

 Após a Sondagem você pode apresentar este vídeo de 19 min.

 O Império Bizantino

(acesso em 30/06/2015)

EM DESENVOLVIMENTO POR LENÍLTON DE ASSIS MELLO BARROS/ A PARTIR DE 29/03/2012 POR LUCIANA FACHINI