JORNAL HB

O Jornal da HB é um espaço onde a leitura e a escrita tem suas funções sociais plena e amplamente exercidas, onde os estudantes escrevem uns para os outros, para os seus familiares e para a comunidade. Um espaço onde os alunos podem encontrar seus leitores conseguindo uma aprendizagem rica e significativa, diferente das redações escolares, escritas para ninguém, sem objetivo.

A produção do jornal escolar busca favorecer a articulação entre a escola e a comunidade. Utilizando e potencializando a pedagogia de projetos no Ensino Fundamental, o jornal permite estimular o desenvolvimento da cidadania nas crianças e jovens, através da expressão oral e do debate de opiniões na escolha dos assuntos a serem abordados ou na construção de opiniões coletivas em sala de aula para o "Editorial" do jornal; da expressão de pontos de vistas contraditórias para a coluna "Opiniões"; da expressão de reivindicações através de reportagens etc.

Pelas possibilidades que oferece, o jornal da HB é um forte fator de estímulo aos alunos e professores, por terem suas opiniões, produções literárias, informativas e artísticas valorizadas através da exposição em publicações, circulando na escola e/ou na comunidade.

Num outro plano, o jornal HB permite também a expressão dos talentos dos alunos através de charges, caricaturas, poesias, crônicas e dos professores (em última instância, os verdadeiros autores das páginas-reportagens, como motivadores e animadores do processo de produção pelos alunos), valorizando-os como profissionais.

A primeira edição do Jornal HB teve 100 exemplares distribuídos entre alunos e familiares durante a Semana Cultural. Surgiu em parceria com os alunos de Comunicação Social, UFC, logo após uma oficina sobre texto para internet. O Laboratório Escolar de Informática pretende dar continuidade ao projeto com novas edições, mais maduras, informativas e interativas, ao lado das professoras de português Maria Luiza e Carla Freitas. A colaboração do Núcleo Gestor é fundamental para que as edições sejam impressas.