CELEBRAÇÃO METODISTA – “CORAÇÃO AQUECIDO”.

1. Palavra explicativa.

       Há bastante tempo a Igreja Metodista na 3ª Região Eclesiástica  realiza no mês de maio (mês do metodismo) uma celebração regional alusiva à experiência religiosa do fundador do Metodismo, John Wesley, ocorrida no dia 24 de maio de 1738.

       Essa programação é uma oportunidade de comunhão, aprofundamento da experiência de fé, à luz da vitalidade da tradição wesleyana.  Por isso, tem sido uma experiência enriquecedora e missionária para o “povo chamado metodista”.

       A Igreja Metodista – 3ª Região – todos os anos tem convidado as Igrejas de tradição wesleyana para participar desse evento. Há 4 anos contamos com a presença de um grupo maior na celebração realizada nas dependências da Igreja Bíblica da Paz, foi uma maravilhosa experiência de fé, testemunho e serviço.

2. Um desafio missionário.

       Hoje, na verdade, vivemos uma profunda crise eclesiológica. Nessa perspectiva, as Igrejas chamadas históricas são as que mais sofrem impactos, levando-se em consideração o grande “crescimento” dos movimentos chamados neo-pentecostais. Do mesmo modo, constatamos uma crise profunda de identidade.

       Acreditamos que Deus está soprando fortemente com o nascimento do movimento de fraternidade wesleyana de santidade.  Sinais positivos estão aparecendo e, nesse sentido, apontando que é tempo de ousadia da santidade, especialmente, num ambiente contaminado pela maldade pessoal e estrutural. Nossa tradição wesleyana pode e deve dar uma contribuição relevante, à luz do contexto em que vivemos.

       John Wesley expressou, no seu tempo, ou seja, falando da vocação do povo metodista: “Não criar uma nova seita, mas reformar a nação,   particularmente a Igreja e espalhar a santidade bíblica por toda a terra”.

3. Uma proposta para 2011.

       Realizar no ano de 2011 – dia 21 de maio – sábado – uma grande celebração envolvendo as igrejas de tradição wesleyana.

       O objetivo central da celebração será  fortalecer os nossos laços históricos da família wesleyana; proporcionar um momento de fortalecimento da nossa prática da unidade cristã; revitalizar a importância da experiência do “Coração Aquecido”; testemunhar publicamente o nosso compromisso com a santidade de vida.

4. Proposta de trabalho.

      O desenho da celebração ocorrerá a partir do entendimento de todos os segmentos envolvidos. Nessa direção, cada denominação terá assento no grupo de trabalho, objetivando a definição da programação. Espera-se uma celebração vibrante, participativa e proporcionando a oportunidade para dar expressão a nossa unidade na diversidade de Dons e Ministérios no ambiente da grande família wesleyana. 

       O local a ser definido dependerá do nível de comprometimento de cada denominação. No entanto, a intenção inicial é que tenhamos um local espaçoso que possa acolher um público de 10 mil pessoas.

5. Considerações finais.

    A Igreja Metodista na 3ª Região Eclesiástica se compromete a abrir o espaço da celebração do “Coração Aquecido”, a fim de que ela seja realizada, conjuntamente com todas as denominações que aderirem ao projeto. Igualmente, se compromete a ajudar na infraestrutura da programação.

“No essencial, unidade; no não essencial, liberdade; em tudo, caridade”.

São Paulo, 21 de outubro de 2011.

Com fé, esperança e amor.

Adriel de Souza Maia, Bispo.