Disciplina:

Língua Portuguesa

Série/Ano:

3ª série EM

Volume 2
Bimestre

CADERNOS DO PROFESSOR / ALUNO

Situação de Aprendizagem (Número/título)

Sequência Didática

Recursos audiovisuais e/ou de TIs sugeridos no caderno

Recursos audiovisuais e/ou de TIs sugeridos pelo PCNP

Interfaces interdisciplinares / Temas transversais

1

“TRABALHO INFANTIL: INTERESSA A QUEM?”

Conteúdos e temas

projeto de dissertação escolar e o vestibular; o mundo do trabalho e a mídia impressa:

realidade e linguagem; expressão de opiniões pessoais.

Competências e habilidades

 usar conhecimentos de terceiros na produção de projeto de texto próprio,

mantendo autoria.

Palavras-chave: trabalho infantil, dissertação escolar, vestibular.

Resgatando: Discussão com a classe sobre o tema O ENEM e o trabalho”: a) Você pretende fazer a prova do ENEM este ano?; b) Quais são as suas expectativas em relação a essa prova?; c) Que relação o ENEM tem com as faculdades em geral?; d) Que relação se pode estabelecer entre o ENEM e o mundo do trabalho?; e) Em sua opinião, o que é trabalho? (Caderno do Aluno, p. 5). Observação de qual ponto de vista predomina e sua relação com o tema da redação a ser estudado – tomar nota dos comentários pertinentes para uso posterior na Situação de Aprendizagem. Recapitulação do tema do ENEM trabalhado no 2º bimestre e revisão das características que definem o gênero dissertação escolar.

Problematizando: Reflexão sobre o que o exame (vestibular, ENEM...) solicita do participante e análise dos passos que vão da leitura da proposta à produção do texto. Discussão oral (Caderno do Aluno, p. 3) e leitura e análise do texto “O ENEM avalia o estudante e pode ajudá-lo a conseguir uma bolsa universitária” (Caderno do Aluno, p. 3-4) – produção de e-mail (Lição de Casa, Caderno do Aluno, p. 4).

Sistematizando: Análise dos textos (1, 2 e 3) e discussão oral, um por vez, da proposta de redação para breve discussão (Caderno do Aluno, p. 5-7) – promoção da autoavaliação da participação de cada aluno.Elaboração de frases que resumam os textos e localização das ideias-chave de cada texto. Análise da Proposta de Redação FUVEST 2006 (Lição de Casa, Caderno do Aluno, p. 7-8)

Produzindo: Proposta de elaboração de um projeto de texto dissertativo, tendo como base os textos estudados na Situação de Aprendizagem (Lição de Casa, Caderno do Aluno, p. 9).  

TEXTOS:

(acessados em 11/07/2011)

1

http://www.dominiopublico.gov.br/pesquisa/DetalheObraForm.do?select_action=&co_obra=2433

2

http://www.comciencia.br/200405/reportagens/01.shtml

3

http://www.trt02.gov.br/geral/tribunal2/legis/clt/indice.html

---

O Jovem e o Mundo do Trabalho 

2

“OUVIR ESTRELAS... SERÁ?”

Conteúdos e temas

reformulação, paródia e estilização; poesia, modernidade, paródia e o mundo

atual.

Competências e habilidades

usar conhecimentos de terceiros na produção de texto próprio, mantendo

a autoria; relacionar escolhas linguísticas a posicionamentos estéticos.

Palavras-chave: conceitos linguísticos: paródia, estilização, modernidade.

Resgatando: Leitura primeira do soneto XIII (“Via-Láctea”) de Olavo Bilac, pelo professor. Na sequência alunos leem em voz alta. Atenção às palavras que possam comprometer o entendimento do texto – uso do dicionário. Discussão acerca da qualidade literária do texto – opiniões e justificativas dos pontos de vista apresentados. (Lição de Casa, Caderno do Aluno, p. 11-12). Sugestão de encerramento deste momento: música/vídeo 1“Ouvir Estrelas” (Kid Abelha). 

Problematizando: Apresentação do conceito de reformulação (imitativa ou explicativa). Obs: Nesta S.A. será trabalhada a Reformulação Imitativa. Leitura do poema “Uvi Strella” (Juó Bananére) – relacionar com o soneto XIII de Bilac (Caderno do Aluno, p. 13-14) – semelhanças e diferenças. Lição de Casa / Estudo da Língua, Caderno do Aluno, p. 15.  

Sistematizando: Estudo aprofundado sobre Paródia. Leitura atenta pelos alunos do poema “Canção do Exílio” (Gonçalves Dias) - TEXTO 1. Discussão sobre impressões iniciais. Ler o poema “Nova Canção do Exílio” (Carlos Drummond de Andrade) - TEXTO 2. Discussão sobre impressões iniciais. Debate acerca das semelhanças presentes nos dois textos (Caderno do Aluno, p. 15-18) – Conceituação de estilização. Estudo e pesquisa sobre Gonçalves Dias e Carlos Drummond de Andrade (Caderno do Aluno, p. 18-19) – retomada do conceito de paródia. Leitura e estudo dos poemas “O Luar” (Vania Staggemeier), “Satélite (Após Manuel Bandeira)” (José Luís Landeira) – importante referenciar o poema original “Satélite” (Manuel Bandeira). Discussão acerca das características comuns ao Romantismo do séc. XIX. Lição de Casa, Caderno do Aluno, p. 20-22. Estabelecimento das diferenças temáticas entre a letra da música “Luar do Sertão” (Catulo da Paixão Cearense e João Pernambuco) e as propostas literárias de Juó Bananére e Carlos Drummond de Andrade – comentários sobre como se manifestam tais visões no cotidiano da sociedade e qual delas é a mais comum. Lição de Casa, Caderno do Aluno, p. 23-25 – atentar para a recapitulação gramatical sobre o uso de por que, porque, porquê e por quê.  

Produzindo: Reformulação paródica ou estilizada da letra da música “Luar do Sertão”, seguindo o modelo apresentado por Juó Bananére e Carlos Drummond de Andrade. Exposição em mural. Elaboração de síntese ou resumo dos conhecimentos mais importantes estudados nesta Situação de Aprendizagem.

---

Música:

1“Ouvir Estrelas”

(Kid Abelha)

http://www.youtube.com/watch?v=LJDY91sWTFs

(acessado em 22/07/2011)

Textos:

Obs: A Canção do Exílio foi amplamente recriada e parodiada, principalmente pelos poetas modernistas; dois de seus versos estão citados no Hino Nacional Brasileiro ("Nossos bosques têm mais vida,/Nossa vida, mais amores."). Estas são algumas das inúmeras releituras e citações que o poema de Gonçalves Dias recebeu, a partir do Modernismo, pelas mãos de diversos poetas brasileiros:

  • Canção do Exílio - Casimiro de Abreu
  • Canto de Regresso à Pátria - Oswald de Andrade
  • Europa, França e Bahia - Carlos Drummond de Andrade
  • Nova Canção do Exílio - Carlos Drummond de Andrade
  • Canção do Exílio - Murilo Mendes
  • Canção do Expedicionário - Guilherme de Almeida
  • Uma Canção - Mário Quintana
  • Jogos Florais I e II - Antônio Carlos de Brito (Cacaso)
  • Canção de Exílio Facilitada - José Paulo Paes
  • Lisboa: Aventuras - José Paulo Paes
  • Sabiá - Letra de Chico Buarque de Holanda e música de Antônio Carlos Jobim
  • Terra das Palmeiras - Taiguara
  • Pátria Minha - Vinícius de Moraes
  • Canção do Exílio às Avessas - Jô Soares

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Can%C3%A7%C3%A3o_do_ex%C3%ADlio

(acessado em 22/07/2011)

Vídeo:

“Luar do Sertão”

http://www.youtube.com/watch?v=IU4A3TVYhkQ&feature=fvst

(acessado em 22/07/2011)

Literatura e Modernidade

3

“O TRABALHO VIRA DISSERTAÇÃO”

Conteúdos e temas

 dissertação escolar; reformulação e paráfrase; clichê.

Competências e habilidades

 relacionar, em produção textual, informações veiculadas pela mídia impressa

sobre trabalho na produção de um texto dissertativo; usar conhecimentos de terceiros na produção

de projeto de texto próprio, mantendo autoria; elaborar texto dissertativo.

Palavras-chave: dissertação escolar, reformulação, paráfrase, chavão e clichê.

Resgatando: Recapitulação da Situação de Aprendizagem 1 – discussão sobre o tema trabalho. Retomada das principais dificuldades observadas na construção dos projetos de texto – devolutiva com os devidos comentários.  

Problematizando: Explicação e discussão sobre a diferença entre “tomar por base” e “parafrasear” ou “repetir” desses processos na produção de textos (Caderno do Aluno, p. 25-26; Lição de Casa, Caderno do Aluno, p. 26-27).  

Sistematizando: Recapitulação gramatical – subordinação (Caderno do Aluno, p. 27). Discussão oral sobre “clichê” e “chavão” (Caderno do Aluno, “Em dia com o vestibular”, p. 27-29) - Lição de Casa, Caderno do Aluno, p. 29.

Produzindo: Escrevendo o Texto (Caderno do Aluno, p. 29) – Lição de Casa, Caderno do Aluno, p. 30.

---

---

---

4

“ÁFRICA E BRASIL... ISSO DÁ LITERATURA”

Conteúdos e temas

 relações culturais e linguísticas entre alguns países africanos e Brasil; a prosa

literária e a modernidade: as relações entre o eu e o outro; gênero textual “questão de vestibular de

múltipla escolha”.

Competências e habilidades

 relacionar culturalmente, como realidade hipersistêmica, as culturas produzidas,

em língua portuguesa, em alguns países africanos e no Brasil; separar informações novas e

antigas em um texto; comparar diferentes textos buscando identificar semelhanças e diferenças em

relação a um marco referencial; identificar tema, objetivo, estrutura de um texto.

Palavras-chave: relações, Brasil, África, prosa literária, vestibular.

Resgatando: Discussão acerca das expressões e cultura africanas do conhecimento dos alunos (Caderno do Aluno, p. 30-32). Lição de Casa, Caderno do Aluno, p. 32.

Problematizando: Análise e discussão de questão de Língua Portuguesa do vestibular – FUVEST 2008. Retomada do contexto das obras citadas: “Iracema” e “Vidas Secas”. Pesquisa sobre as afirmações que aparecem na questão de vestibular analisada – argumentos que as sustentem e justifiquem (Caderno do Aluno, p. 32-37). Lição de Casa, Caderno do Aluno, p. 37.  

Sistematizando: Trabalho aprofundado dos temas discutidos. Em grupos, trazer à tona a comparação de obras literárias, sua validade. Transpor para o universo da literatura africana (texto: “Construindo pontes de modernidade entre países africanos e Brasil” – Caderno do Professor, p. 28).  Exploração dos passos de construção de sentido de um texto. Comparação entre o texto expositivo com a questão de vestibular. Contextualizar os primeiros contatos literários entre África e Brasil. Organização de trabalho de pesquisa que estabeleça um diálogo entre textos literários de autores da modernidade (Brasil ou África) com textos sugeridos no Caderno do Aluno, p. 32-36.

Produzindo: Elaboração de questão de vestibular de múltipla escolha com base nos estudos realizados no bimestre.

---

---

---

EM DESENVOLVIMENTO pelos Professores Coordenadores da Oficina Pedagógica: João Mário Santana e Luciene de Souza.

ATUALIZADO EM 04/ 05/ 2015.

CEDIDO PELOS AUTORES PARA USO EXCLUSIVAMENTE DIDÁTICO SOB RESPONSABILIDADE DOS GESTORES ESCOLARES NAS ESCOLAS ESTADUAIS JURISDICIONADAS À DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO SÃO VICENTE - PROIBIDA A REPRODUÇÃO FORA DA JURISDIÇÃO OU PARA FINS COMERCIAIS E/OU ACADÊMICOS.