Aventura na Selva

     Neco, finalmente, conseguiu realizar seu grande sonho; viajou para o Amazonas. Foi, com seus avós, para um hotel de selva parecido com uma gigantesca casa da árvore. Macacos muito vivos e engraçados não saíam da janela do quarto de Neco. Os bichos estavam sempre de mãos estendidas pedindo mais uma banana. Mas o dono do hotel tinha avisado:

     - “Não abram as janelas para os macacos! Esses bichos, se entrarem em seus aposentos, irão estragar tudo que acharem pela frente: roupas, sapatos, livros, brinquedos etc.”

     Mas Neco não acreditou nesse aviso. Os bichinhos pareciam muito inteligentes, e o menino pensou que poderia falar com eles. Sabia que eles entenderiam. Um dia, quando seus avós ainda estavam tomando café no restaurante do hotel, resolveu abrir a janela para os macacos. Foi aí que começou a aventura de Neco na selva amazônica.

Jarbas Novelino

     Neco mal abriu a janela e já entraram dois macacos, apavorado e ao mesmo tempo emocionado de estar vendo um macaco de perto, acompanhou os movimentos dos mesmos. Como são muito curiosos, começaram a mexer nas suas coisas. Neco se desesperou e começou a pedir socorro. O dono do hotel ouviu seus gritos e foi até o quarto. Ele ficou louco da vida com o que viu.