Renascimento

 

 

Renascer é uma questão de Vontade.

É pegar uma minúscula chispa que vive dentro de nós

Assoprá-la com os ventos que a vida nos traz,

Com atenção e constância,

Transformá-la no fogo que busca a verticalização.

No fogo que inunda o coração, que queima o fragmentado e limitado em nós

Dando-nos a chave da superação.

Ofertando-nos as armas vindas da mais pura inspiração

- para vencer nosso dragão do medo e o nosso venenoso julgamento.

 

É lutar contra o lamento desmedido

A queixa sem fundamento

O olhar sem brilho

O sorriso empalidecido

O gesto incompreendido

O amor que desfalece desnutrido.

 

Renascemos quando aportamos em nós o melhor da vida.

Quando limpamos as nossas emoções confusas e híbridas

Para restituir a nossa razão sã. A nossa postura de heróis. Os nossos sonhos em caracóis. A liberdade em nossa voz. O abandono do papel de vítima e algoz.

Assim, quando surgirem os nós, com delicadeza e sabedoria, saberemos desfazê-los.

Respiraremos o sopro divino e colocaremos em nós a pulsação do Eterno.

 

Renascer é levantar-se com o Sol.

E se pôr com Ele.

É ter a coragem de uma semente, que sai da escuridão e mostra para o que veio, transformando-se no seu melhor.

É não cair nas ilusões ao redor

E compreender sempre, que o Real é indestrutível.

É ver o que simplesmente é visível:

Que a vida nasce há todo momento.

Que a Natureza vive o contentamento.

E que para voar, nem sempre os pássaros esperam o bom vento.

 

Renascemos todas às vezes que damos à luz a uma fagulha de amor.

Todas às vezes que nos livramos do torpe e do horror.

Quando, naquelas manhãs singelas, relembramos uma antiga aquarela

Uma serena canção; uma breve poesia; um sabor de um doce daquela senhora Maria...

Todas às vezes que na humildade de nos reconhecermos humanos, queremos apenas ser humanos na melhor humanidade.

 

E nessa simplicidade queremos ser amantes do Tempo.

Esquecer os contratempos que tantas vezes criamos.

Encontrar a harmonia perfeita para pulsar o nosso coração.

Viver a Lei da Natureza e sua nobre lição.

Fazer perguntas profundas e esperar com atenção, que a vida nos responda amiga, exercitando a nossa gratidão.

 

Renascer é expandir a dimensão da nossa Alma.

É a cada segundo viver a Eternidade.

É apaixonar-se pelo o Belo em qualquer de suas expressões.

É buscar a calma ativa da disciplina.

E a chama, que não é efêmera, da Evolução.

 

E assim, ancorar o nosso Espírito

Rumo aos oceanos da Existência

Firmando-o na Sabedoria infinita do Mistério que nos move;

E na Celeste Luz que nos orienta.

 

O Renascimento é uma oportunidade que nos damos,

Para passarmos a viver junto ao Divino, que embora habitamos,

Cerramo-nos para Ele.

Muitas vezes é preciso renascer, para compreender.

Tantas vezes é preciso apenas respirar para renascer.

Diversas vezes é preciso somente a Vontade de deixar viver o nosso Verdadeiro e Renascido Ser.

 

 

Mandala de Simone Bichara – Texto de Daniella Paula Oliveira