Disciplina:

Língua Portuguesa

Série/Ano:

6ª série / 7º ano

Vol/Bim:

1/ 1º e 2º Bimestres

CADERNOS DO PROFESSOR / ALUNO

Situação de Aprendizagem (Número/título)

Sequência Didática

Recursos audiovisuais e/ou de TIs sugeridos no caderno

Recursos audiovisuais e/ou de TIs sugeridos pelo PCNP

Interfaces interdisciplinares / Temas transversais

                   

  1

“ESTUDO DOS TRAÇOS CARACTERÍSTICOS DO AGRUPAMENTO TIPOLÓGICO - RELATAR (1)”

Conteúdos/Temas

elementos estruturadores do relato; elementos estruturadores do relato autobiográfico;

leitura de gêneros da tipologia “relatar”; elaboração de relatos orais/escritos e relatos autobiográficos;

escrita como processo elaborado em etapas.

Competências/Habilidades

Ler, analisar, discutir  e escrever relatos; selecionar ideias e organizá-las para a produção oral e escrita de relatos; coletar informações e fazer anotações sobre o relato autobiográfico analisado.

Palavras-chave: relato, características.

Resgatando: 1a – Atividade diagnóstica através do relato individual cotidiano de acontecimentos em que o aluno esteja ou não envolvido – a informação a serviço da representação pelo discurso de experiências vividas, situadas no tempo (socialização humana – troca). 1b – Leitura e análise do texto “A Primeira Infância” (Jaqueline Salgado) – cad. do aluno / p. 3 e 4 – resposta às questões e socialização em uma roda de conversa (oralidade). 1c – Conversa informal (pesquisa) junto a pessoas mais velhas (da família, vizinho ou amigo) sobre algum fato importante acontecido na infância – quadro sugerido no cad. do professor, para posterior comparação de anotações – estruturas comuns, contextos. 2a – Através de pesquisas realizadas em materiais (livros didáticos / paradidáticos) trazidos pelos próprios alunos e pelo professor (selecionar textos dos que se consideram relatos). O aluno deve, se necessário, utilizar o quadro da atividade anterior para estruturar as ideias do conceito de “relato”. 2b – Em grupos, alunos devem elaborar, por escrito, uma justificativa indicando quais motivos os levaram a selecionar determinado texto. Importante que os alunos façam o registro de dados bibliográficos. 2c – Realização de tabulação dos dados (exceto o último item) pelo professor, conforme o roteiro do cad. do professor. 2d – Seleção de dois dos textos apresentados, diferentes (por exemplo: uma carta e uma notícia) – análise de características comuns que contribuem para o entendimento da tipologia “relatar”. 2e – Comparação e análise entre dois outros textos que não estejam no agrupamento da tipologia “relatar”, ressaltando que os mesmos não apresentam registros de ações humanas que contribuam para sua documentação ou memorização. 2f – Retorno ao quadro de tabulação para o preenchimento do último item junto aos alunos, inserindo as conclusões a que chegaram sobre o que um texto do agrupamento tipológico em questão deve conter para ser considerado como tal. 3a – Leitura individual de um texto escrito (sugestão do professor *) com relatos de fatos de sua história com a escrita. Importante que o aluno perceba que esse texto pode ser chamado de RELATO AUTOBIOGRÁFICO. 3b – Levantamento das informações encontradas através de roteiro sugerido (utilizar as quatro primeiras questões) – cad. do professor– para registro e análise dos dados (sugere-se iniciar pelas informações sobre a estrutura da narrativa). 3c – Tabulação e discussão sobre os dados levantados (atentar para o fato de como os relatos em questão podem contribuir para que o leitor construa um quadro social, cultural, além do político e econômico de determinada época) – utilizar as duas últimas questões do roteiro sugerido / p. 16. 3d – Pesquisa em grupo** – cad. do aluno  – Criação de situações que envolvam a escrita de textos organizados a partir do argumento tipológico “relatar”. Esta atividade, num 1º momento (cad. do professor), deve ser realizada individualmente, pois servirá como avaliação diagnóstica e é base para observação das dificuldades mais comuns dos alunos (pontuação, coesão, coerência, concordância, ortografia etc.). No 2º momento (cad. do professor), os alunos dividem-se em grupos para a socialização e a construção de textos coletivos. Estudo da Língua – Levar em consideração os problemas mais comuns à maioria dos textos escritos pelos alunos. Como terão que ser estudados e resolvidos a partir das várias atividades de escritas e sistematização, se necessário, eleger os mais significativos. Sugestão: priorizar tópicos como o tempo verbal e marcadores temporais / espaciais (advérbios / locuções adverbiais, por exemplo); noções de concordância (nominal e verbal) – cad. do aluno. Não há necessidade de utilização apenas de textos escritos pelos alunos, diversificar a leitura (charges, HQs, outros relatos autobiográficos) no estudo linguístico. O uso do livro didático contribui para a sistematização das questões linguísticas – Lição de Casa: cad. do aluno / p. 11.

Filme:

** “Narradores de Javé”

Textos:

* “Catar Feijão – estrofe 1” (João Cabral); “Autopsicografia” (Fernando Pessoa); “Escrever” (Clarice Lispector).

Livro:

“Indez”

 (Oficina 7 – cad. do professor 6º - 7º ano / Leitura e Produção de Texto)

2 

“ESTUDO DOS TRAÇOS CARACTERÍSTICOS DO AGRUPAMENTO TIPOLÓGICO - RELATAR (2)

Conteúdos/Temas

leitura de contos, relatos e letras de música; leitura de imagens; escrita de relatos.

Competências/Habilidades

Desenvolver o hábito da leitura de contos; criar hipótese de sentido a partir de informações dadas pelo texto (verbal e não-verbal) ; selecionar ideias e organizá-las para a produção oral e escrita de relatos; ler um conto em voz alta, considerando as entonações e pausas específicas desse gênero; distinguir o gênero relato do gênero conto, levando em consideração a função social desses dois gêneros .

Palavras-chave: semelhanças, diferenças, narrar, relatar.

Resgatando: 1a – Alunos devem escrever um pequeno relato de sua rotina diária; 1b – Solicitar a troca entre os alunos pra que leiam outros relatos; 1c – Todos registram suas impressões de leitura; 1d – Professor deve questionar a classe sobre a finalidade deste tipo de texto, se o consideram importante, em que circunstâncias o usariam e por quê; 1e – comparar relato do autor coma as imagens analisadas com o relato escrita pelo próprio aluno; 1f – reflexão acerca do contexto que envolve cada produção. 

Problematizando: apresentação aos alunos de um texto literário do gênero conto para ser lido em roda (a escolha pode e deve recair sobre um conto do livro didático pela facilidade de todos o terem à mão), contemplando a ampliação do repertório literário e noções sobre textos narrativos.

Sistematizando: da letra de música* ao registro de informações – apresentação, estudo e identificação de elementos da narrativa – “Do que fala essa letra?”; Quem são as personagens envolvidas na história?”; “O que acontece com elas?”. Estudo do uso da pontuação.

Produzindo: produção escrita -  transformar as letras de música em relatos. Reconhecer diferenças entre as produções – linguagem e forma.

Músicas:

* “Eduardo e Mônica” (Legião Urbana);

* “O meu Guri” (Chico Buarque);

* “Egotrip” (Blitz);

---

---

3

“ESTUDO DE ALGUMAS DIFERENÇAS ENTRE A LINGUAGEM ORAL E A LINGUAGEM ESCRITA

Conteúdos/Temas

interjeições; diferenças entre relatos orais e escritos; reconhecimento de alguns aspectos

da norma-padrão e não padrão em diferentes situações de uso; edição de relatos: passos de elaboração

de relato escrito a partir da leitura de relato oral; paragrafação e pontuação; estudo de alguns

elementos coesivos (conectivos, preposições).

Competências/Habilidades

Distinguir conectivos e elementos coesivos próprios de relatos orais e escritos; reconhecer pontuação que indica oralidade transposta para a escrita; reconhecer a importância da pontuação e de marcas gráficas usadas no relato para indicar vozes que circulam no texto.

Palavras-chave: linguagem, oralidade / escrita, relatar.

Resgatando: estudo da oralidade nos versos de cada uma das letras de música da Situação de Aprendizagem 2.

Problematizando: estudo de texto – depoimento “Como você se interessou pelo circo?” (Cad. Professor) – transcrição do texto, corte de palavras repetitivas e/ou desnecessárias, acréscimo de informações, substituição de termos vagos por palavras e /ou expressões específicas, inversão de expressões ou partes do texto, reestruturação de parágrafos.

Sistematizando: estudo da língua – pontuação, elementos coesivos (preposição, conectivos, pronomes relativos).

Produzindo: em grupos, gravação de relatos. Transcrição e estudo conforme o roteiro do depoimento “Como você se interessou pelo circo?”. Comparar e discutir acerca das descobertas de cada grupo.

---

---

---

4

“ESTUDO DA ESTRUTURA DO JORNAL”

Conteúdos/Temas

análise de jornais; estudo de notícias jornalísticas; inferências; leitura e escrita de

notícias; linguagem conotativa e denotativa; características estruturais da notícia.

Competências/Habilidades

Ampliar repertório sobre a leitura de jornais; construir critérios para ler jornais a partir dos conhecimentos sobre essa mídia impressa; confrontar impressões e interpretações sobre o modo como as notícias são apresentadas nos jornais impressos.

Palavras-chave: jornal, partes, veículo informativo.

Resgatando: roda de leitura de notícias (jornais e revistas) – impressões e hipóteses de leitura.

Problematizando: apreciação de jornal (e/ou revista). Manuseio a fim de observar temas abordados, inferir público-alvo, títulos e nome do jornal, analisando a importância de cada um deles na composição do veículo.

Sistematizando: estudo da língua – conotação e denotação.

Produzindo: análise e discussão de textos (conotação / denotação) – Cad. Professor.

---

---

---

5

“ESTUDO DA NOTÍCIA NO JORNAL”

Conteúdos/Temas

estudo de notícias jornalísticas; inferências; leitura e escrita de notícias; linguagem

conotativa e denotativa; características estruturais da notícia; marcadores de tempo e lugar; lide ou

parágrafos iniciais da notícia; estudo de frase nominal e oração nos títulos de notícias.

Competências/Habilidades

Ampliar repertório sobre a leitura de jornais; construir critérios para ler jornais a partir dos conhecimentos sobre essa mídia impressa; confrontar impressões e interpretações sobre o modo como as notícias são apresentadas nos jornais impressos.

Palavras-chave: notícia, estrutura, características.

Resgatando: roda de leitura de textos que possuam o mesmo tema, mas linguagem e estrutura completamente distintas – ex: notícia sobre afogamento e o “Poema tirado de uma notícia de jornal” (Manuel Bandeira). Recolher impressões e percepções.

Problematizando: aprofundar a leitura – “título”, “tema”, “acontecimentos”, “fatos”, “com quem, quando, onde, por que e como aconteceu?”.

Sistematizando: estudo da língua – “Os títulos na composição das mensagens”, “Os marcadores de tempo e lugar”, “O tempo verbal nos títulos e nas notícias”.

Produzindo: produção – escrevendo os parágrafos iniciais de uma notícia.

---

---

---

6

“RECAPITULANDO OS CONTEÚDOS ESTUDADOS ATÉ AQUI

Conteúdos/Temas

leitura e escrita de notícias; características estruturais da notícia; elementos estruturadores

de gêneros narrativos e do grupo tipológico “relatar”.

Competências/Habilidades

ler, analisar, discutir e escrever notícias; selecionar ideias e organizá-las

para a produção oral e escrita de relatos e notícias de jornal; reconhecer diferenças estruturais entre

gêneros da tipologia “relatar” e da tipologia “narrar”.

Palavras-chave: recapitulação.

Resgatando: discussão – “O que aprendi até aqui?”.

Problematizando: revisar as situações de aprendizagem anteriores.

Sistematizando: revisar os estudos da língua das situações de aprendizagem anteriores.

Produzindo: produção de pequenas notícias de jornal.

---

---

---

EM DESENVOLVIMENTO pelos Professores Coordenadores da Oficina Pedagógica: Luciene de Souza e João Mário Santana .

ATUALIZADO EM 10 / 11 / 2014.

CEDIDO PELOS AUTORES PARA USO EXCLUSIVAMENTE DIDÁTICO SOB RESPONSABILIDADE DOS GESTORES ESCOLARES NAS ESCOLAS ESTADUAIS JURISDICIONADAS À DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO SÃO VICENTE - PROIBIDA A REPRODUÇÃO FORA DA JURISDIÇÃO OU PARA FINS COMERCIAIS E/OU ACADÊMICOS.

Disciplina:

Língua Portuguesa

Série/Ano:

6ª série / 7º ano

Vol/Bim:

2

CADERNOS DO PROFESSOR / ALUNO

Situação de Aprendizagem (Número/título)

Sequência Didática

Recursos audiovisuais e/ou de TIs sugeridos no caderno

Recursos audiovisuais e/ou de TIs sugeridos pelo PCNP

Interfaces interdisciplinares / Temas transversais

7

“RELATOS DE EXPERIÊNCIA VIVIDA E SITUAÇÕES COMUNICATIVAS”

Conteúdos/Temas

leitura de enunciados; leitura de “relatos de experiências”: interpretação e inferência;

elaboração de questões de interpretação.

Competências/Habilidades

Interpretar textos de acordo com o tema e as características estruturais do gênero ao qual pertencem; apropriar-se do conhecimento sobre o gênero “relato de experiência”, reconhecendo sua função social de acordo com o contexto de comunicação.

Palavras-chave: relatos, elementos caracterizadores e estruturais.

Resgatando: exercício de leitura de relatos (Cad. Do Professor) – impressões e percepções.

Problematizando: levantamento das características do gênero relato e exposição oral; elaboração de exercício de interpretação (perguntas e respostas).

Sistematizando: apresentação, estudo e análise de modelos de avaliação de interpretação variados, questões do SARESP, por exemplo.

Produzindo: elaboração de dois quadros, um com questões sobre a composição da escrita e outro com as características específicas do gênero estudado.

---

---

---

8

“CARACTERÍSTICAS DO GÊNERO RELATO DE EXPERIÊNCIAS”

Conteúdos/Temas

estudo de marcadores temporais (tempo verbal, advérbios e locuções adverbiais);

estudo de marcadores de autoria (pronomes pessoais, possessivos e de tratamento para dialogar com

o leitor; adjetivos que, em conexão com o verbo, ajudam a revelar os sentimentos do autor); marcas de

diálogo (discursos direto e indireto).

Competências/Habilidades

Realizar a análise linguística, considerando sua importância na leitura em escrita do gênero “relato de experiência vivida”; reconhecer, no uso do tempo verbal, as relações entre passado e presente, propiciando ao estudante a compreensão da estrutura do gênero “relato de experiência vivida” e o seu propósito comunicativo.

Palavra-chave: temas, relatos de experiência vivida, reflexão.

Resgatando: leitura de textos verbais e não-verbais. Apresentação de um conjunto de imagens (fotos e/ou ilustrações) para que os alunos falem ou escrevam sobre suas primeiras impressões. Roda de conversa para comparação das impressões e hipóteses levantadas – possíveis temas presentes nas imagens.

Problematizando: compreensão das marcas linguísticas que oferecem ao leitor indícios que relacionam sujeito-autor e experiência relatada. Retomada dos textos da Situação de Aprendizagem 1 para ilustrar os possíveis temas e a composição do relato de experiência – adjetivos, pronomes pessoais, tempo verbal, verbos do dizer, advérbios e locuções adverbiais, discurso direto e indireto.

Sistematizando: estudo da língua - adjetivos, pronomes pessoais, tempo verbal, verbos do dizer, advérbios e locuções adverbiais, discurso direto e indireto – (fazer uso de relatos – Cad. Do Professor).

Produzindo: produção de um relato de experiência sobre um tema que o aluno gostaria de compartilhar com a classe.

---

---

---

9

“NOTÍCIAS DE JORNAL E CONTEXTO COMUNICATIVO”

Conteúdos/Temas

leitura de enunciados e identificação de informações; escrita de relato de experiência

com base na leitura de notícias; escrita de notícias com base na leitura de relatos de experiências.

Competências/Habilidades

Reconhecer os elementos organizacionais e estruturais caracterizadores do gênero “notícia de jornal”; inferir informações subjacentes aos conteúdos explicitados no texto; comparar variedades linguísticas de acordo contexto comunicacional.

 

Palavras-chave: recursos linguísticos, análise, notícia de jornal.

Resgatando: análise de texto (Cad. Do Professor) para reconhecimento e identificação do tema inicial e ideias apresentadas na notícia de jornal – responder questões individualmente, correção coletiva.

Problematizando: intervenções, de acordo com a observação do professor, para melhor compreensão do texto e identificação das informações contidas em cada parágrafo, associando-as aos enunciados de cada questão.

Sistematizando: retomada dos elementos caracterizadores da notícia de jornal. Estudo da língua (momento de revisão) – pontuação inadequada, ortografia, concordância, norma-padrão, coesão e coerência – a serem observados na produção de relato sobre experiência vivenciada com animais de estimação de cada aluno. Aprofundar tópicos mais críticos verificados.

Produzindo: produção de texto – transformar o relato de experiência vivida em notícia de jornal.

---

---

---

10

“NOTÍCIAS DE JORNAL E RECURSOS LINGUÍSTICOS”

Conteúdos/Temas

elementos coesivos na notícia de jornal; características da notícia impressa.

Competências/Habilidades

Reconhecer os elementos organizacionais e estruturais caracterizadores do gênero “notícia”; reconhecer os vários tipos de coesão que permitem a progressão discursiva do texto.

Palavras-chave: recursos linguísticos, progressão discursiva, notícia de jornal.

Resgatando: retomada do texto “Cães e gatos superam o número de filhos” – parágrafo 5 (Situação de Aprendizagem 3), para estudo da coesão. Análise do texto com ênfase no estabelecimento de ligação entre os enunciados com a finalidade de introduzir uma progressão de ideias.

Problematizando: seleção de novos trechos (Cad. Do Professor) da mesma notícia (“Cães e gatos superam o número de filhos”) para análise pelos alunos de outros elementos coesivos.

Sistematizando: estudo e análise da notícia “Riachos de Cajamar recebem despejo de lavanderias de jeans” (Cad. Do Professor) e utilização do quadro sugerido (Cad. Do Professor).

Produzindo: roda de leitura para análise dos elementos coesivos em novos textos / gêneros (contos, fábulas) – apresentação oral das impressões e descobertas no texto que coube a cada grupo.

---

---

---

11

“a FUNÇÃO DAS MANCHETES NO JORNAL IMPRESSO”

Conteúdos/Temas

orações nas manchetes da primeira página ou nos títulos e subtítulos das notícias de

jornal; função conotativa dos títulos de notícias de jornal; tempos verbais utilizados em títulos e lides;

estudo dos elementos estruturadores das notícias televisivas.

Competências/Habilidades

Compreender os recursos semânticos usados pelos jornais para apresentar um fato e influenciar o leitor; reconhecer verbos nas manchetes e subtítulos e verificar que o uso de verbos contribui para a identificação do público-alvo do jornal; identificar elementos estruturantes das notícias televisivas, comparando-os aos da notícia impressa.

Palavras-chave:  notícias, manchetes, atenção do leitor.

Resgatando: utilização de jornais (velhos ou atuais) – trazidos pelo professor ou pelos alunos – para que a classe em grupo preencha os quadros sugeridos (Cad. Do Professor) -  importante a utilização de jornais variados.

Problematizando: discussão oral acerca do levantamento realizado – as diferenças entre os títulos da Primeira Página das demais, análise da relação entre as manchetes e os subtítulos.

Sistematizando: nova rodada de leitura de manchetes e subtítulos com jornais do mesmo dia, mas escritos para públicos-alvo diferentes (A Tribuna e Expresso Popular, por exemplo). Seleção de uma mesma notícia divulgada por todos os jornais trabalhados. Análise e discussão das manchetes e subtítulos apresentados (roteiro no Cad. Do Professor).

Produzindo: produção escrita de notícias de jornal impresso a partir de notícias televisivas – socialização das produções.

---

---

---

12

“SISTEMATIZAÇÃO DE CONTEÚDOS”

Conteúdos/Temas

retomada das características do gênero “notícia de jornal”; retomada das características

do gênero “relato de experiência vivida”; elaboração de atividades de estudo da língua, retiradas do

livro didático; estudo do gênero “notícia” nos jornais televisivos.

Competências/Habilidades

 Comparar os elementos organizacionais e estruturais caracterizadores do gênero “notícia” com as características estruturais de outros gêneros da tipologia “relatar”; identificar a importância da sistematização de algumas regras linguísticas para a ampliação do aprendizado; refletir sobre o que os telejornais apresentam ao espectador, considerando sua intencionalidade e público-alvo.

Palavras-chave: recapitulação, retomada, avaliação do trabalho realizado.

Resgatando: consulta por cada aluno em seu próprio caderno (conteúdo e sequências estudadas). Discussão, compreensão e troca de ideias. Levantamento de possíveis dúvidas.

Problematizando: estudo, em grupos, de novos textos dos gêneros estudados. Preenchimento do quadro sugerido (Cad. Do Professor). Socialização dos objetos de estudo. Sugestão – “Oficina de Leitura” (Cad. Do Professor).

Sistematizando: apontamento na lousa, a partir das anotações presentes nos quadros dos grupos, de eventuais problemas encontrados. Revisão do estudo da língua – marcas linguísticas.

Produzindo: produção escrita de notícias de jornal impresso a partir da mesma notícia televisiva veiculada em diferentes canais – socialização das produções.

---

---

---

EM DESENVOLVIMENTO pelos Professores Coordenadores da Oficina Pedagógica: João Mário Santana e Zara Valéria Baptista.

ATUALIZADO EM 30 / 04 / 2015.

CEDIDO PELOS AUTORES PARA USO EXCLUSIVAMENTE DIDÁTICO SOB RESPONSABILIDADE DOS GESTORES ESCOLARES NAS ESCOLAS ESTADUAIS DA DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO SÃO VICENTE - PROIBIDA A REPRODUÇÃO FORA DA JURISDIÇÃO OU PARA FINS COMERCIAIS E/OU ACADÊMICOS.