Doutrinação e ideologia de gênero na escola = pedofilia! http://bit.ly/i-genero

https://docs.google.com/document/d/e/2PACX-1vRjFiyi2_L1Bh-NO5GoPAOiAKDok6cshzmPM9liUL6mKvBjXcsuXvqcltBRfk5Rig3JAXIHQsYbVkK1/pub 

  A Ideologia de Gênero é uma armadilha dissimulada. Muitos ainda não compreendem o real conceito dessa crença, muito menos o perigo escondido atrás dela: https://www.youtube.com/watch?v=_xy-EDWaMwU&feature=youtu.be

 Também conhecida como Ideologia da Ausência de Sexo, trata-se da teoria a qual os dois gêneros - masculino e feminino - seriam construções sociais e culturais e não existiriam:https://vimeo.com/236450113 

  Essa ideologia, difundida principalmente por militâncias de esquerda, como os movimentos feminista e LGBT, também prega existirem mais gêneros além do feminino e masculino.

  Portanto, alegam que a criança, que não tem nem capacidade de entender e nem responsabilidade para responder por seus atos, contudo, deveria poder escolher aquilo que desejar ser, livre de quaisquer estereótipos. Ou seja, é a total negação da própria natureza. Assista o Padre Paulo Ricardo https://www.facebook.com/padillaluiz/videos/10153348689183823/

  Toda essa tentativa de revolução antropológica vai contra a Ciência. O sociólogo e jornalista norueguês Harald Eia rodou um documentário desmascarando toda a manipulação e hipocrisia por trás da Ideologia de Gênero. Em contato com os principais pesquisadores do NIKK (Instituto Nórdico de Pesquisas de Gênero), realizou um questionário com perguntas simples e inocentes. Ao final, repassou as respostas obtidas à renomados cientistas ao redor do mundo e com conhecimento da área.
De forma unânime, as respostas sobre a Ideologia de Gênero causaram espanto entre a comunidade científica, especialmente por terem como base apenas dados teóricos.
A ideologia de gênero vêm camuflada com uma fachada de boas intenções, direitos iguais, humanismo, contudo, é uma crença negativa para a Humanidade, visando destruir a base da família tradicional e sexualizar crianças, tornando-as, posteriormente, adultos imaturos com graves distúrbios psicológicos e facilmente manipuláveis.
 Contra todos os valores e princípios construídos ao longo do tempo pela sociedade, a Ideologia de Gênero desrespeita descaradamente a inocência de nossas crianças. Mais um delírio absurdo da esquerda que pesquisadores e apoiadores da causa tentam nos enfiar goela abaixo.

  Há 8 argumentos pediátricos comprovando não existirem crianças transexuais. https://t.co/4r63YxksD8  https://t.co/xNf8A5ubFs

   Além de contrariar a Ciência, essa teoria contraria a si mesmo. Como pode pretender que uma criança “escolha livre de quaisquer estereótipos” se essa própria proposta é um estereótipo em si mesma? Ademais, como uma criança poderia decidir “livremente” sem ter experiências e nem dispor de informações ou capacidade de entender a sexualidade  a qual é, sobretudo, é uma experiência emocional e da fisiologia hormonal que aflora na adolescência?

    Assine o manifesto em defesa da inocência das crianças aqui: http://www.manifestoprotecao.com.br/ 

 

       O plano de destruição da família:
 
Como a esquerda está transformando a pedofilia em algo "normal"!

  A ideologia de gênero é cuidadosamente  projetada e calculada, com técnicas de persuasão criadas em laboratórios por engenheiros sociais (leia-se: especialistas em manipulação) e submetida a análises de estudiosos de PNL, programação neurolinguística, antes de serem divulgados no meio acadêmico e, depois de suficiente discussão, são massificados de forma milimetricamente calculada.

A pedofilia é um movimento internacional, um tentáculo-braço do projeto globalista de desconstrução do cristianismo ocidental!

A pauta para a próxima década é legalizar a pedofilia e a perseguir quem se opor como "fascista" e "preconceituoso".

Observe os passo para legalizar a "putaria":

Nos anos 70, a esquerda universitária importou textos de filósofos, antropólogos e defensores da pedofilia e a os aplicava em projetos de "pesquisa" e nas discussões acadêmicas.


Quando a aceitação acadêmica da pedofilia aumentou, implementaram a sexualização precoce nos meios de comunicação, através de músicas pornográficas para adolescentes e crianças, exibindo crianças seminuas simulando atos sexuais em programas de calouros como os de Raul Gil.

 A pedofilia passou a ser "normal" no meio das ciências humanas e sociais.

 Com base nesse cientificismo artificialmente Industriado, os falso-humanistas do direito começaram a lutar para diminuir e relativizar a idade de consenso para o sexo entre menores e maiores de idade.
 Acossados pela pressão de numerosas ONGs defensoras do falso-humanismo e regiamente financiadas pelos controladores globalistas que promoviam a mesma pressão através da mídia, os tribunais relativizam a pena para o sexo consensual com alguém abaixo da idade permitida em lei.

Exposições artísticas, usando até o dinheiro público, são criadas com o objetivo de chocar os decentes e causar discussão sobre a pedofilia.

 Enquanto essas exposições forem se repetindo e intensificando, a sociedade bombardeada pela mídia tenderá a deixar de se chocar com imagens de crianças envolvidas com atos sexuais.

 O pedófilo deixará de ter sua imagem associada a de um criminoso e passará a ser tratado como um doente.
 O objetivo disso é gerar compaixão em torno dele e haver apoio ao indivíduo que transar com crianças.

Ativistas universitários de esquerda tem tempo integral para promoverem o mal porque SÃO FINANCIADOS: além do apoio da ONU e de Ongs internacionais de direitos sexuais e reprodutivos das crianças, recebem verbas públicas.

Quem se opõe à idiotização, os chamados ativistas de direta, não recebem apoio algum, pelo contrário: trabalham dobrado para sustentar o ativismo idealista e ainda são atrapalhados!
Além de sofrerem bullying e assédio moral em um ambiente dominado pela esquerda, enfrentam o divisionismo provocado pelos falso-patriotas os quais, financiados pelos globalistas, enganam multidões de
patriotetas.

 Se cada um de nós - leia-se todos decentes - não fizermos a nossa parte AGORA - as crianças serão sexualizadas precocemente devido ao trabalho da mídia e das escolas, serão vistas como detentoras de "direitos sexuais" e o conceito de consentimento será rediscutido juridicamente como um direito natural da criança ao sexo.

A ideia do pedófilo como um doente será deixada de lado e acusada de preconceituosa. A atração por crianças passará a ser vista como uma orientação sexual normal que deve ser respeitada.

O movimento LGBT abraçará a pauta da pedofilia como um direito humano.

A mídia passará a mostrar romanticamente o envolvimento de crianças com adultos e surgirão movimentos financiados pelos globalistas em prol do direito humano ao sexo intergeracional.

Será feito até o impossível para descriminalizar a pedofilia e silenciar como propagadores de preconceitos e crimes de ódio todos aqueles que forem contrários.

Haverá uma luta para pais perderam o direito a preservar a inocência e a intimidade de seus filhos.

A esquerda fará de tudo para massacrar o pátrio poder, usando do estado para tomar crianças de pais que não achem certo o sexo entre crianças e adultos.

As estratégias da esquerda em relação às drogas e ao aborto foram implementadas assim! Um trabalho feito em etapas.

 Com relação à pedofilia, estamos no meio do caminho para a legalização da pedofilia.
  A mídia e a acadêmia são dominadas pela simpatia em favor da pauta, usando de subterfúgios para defender atos pedófilos, como a exposição no Santander!

  Ensine a verdade para as crianças de 2 anos com a ajuda deste vídeo! A verdade liberta! vimeo.com/236760289

   Conheça o  plano de destruição da família:
 Como estão transformando a pedofilia em algo "normal"...

  Defenda as crianças contra a pedofilia e maldades da psicopatia reptiliana: https://www.facebook.com/ProfessorPadilla/posts/1969811299953434 

   Verdade e amor incondicional sempre:

  Ao invés de erotização infantil, vamos fomentar o amor ❤️ https://instagram.com/p/BZMoBeoFmE8/ 
Como na derradeira lição de uma das mentes mais brilhantes, lembras? Albert Einstein:╰☆╮ o Amor é a força mais poderosa do Universo ❤  
https://docs.google.com/document/d/18lZMvSQe8D6jQX7SONzg2z7gMg_nlr7dnyFqPpS6qHQ/pub  ou ╰☆╮  http://bit.ly/amor-universo   ❤

  Pela "Teoria dos Campos Mórficos” aplicando,  antropologicamente, a “Teoria do Campo Unificado", é possível antever a conscientização libertando a entourage psicopateta.
 Sem o apoio da entourage, os psicopatas não conseguem agir porque são desprovidos de emoções como a coragem e a motivação sendo, portanto, preguiçosos e covardes!

 Saiba tudo sobre como essa gente dissimulada age aqui: http://bit.ly/1mundomelhor 

  Espalhe essas informações.
Incentive as pessoas a se tornarem semeadores de conscientização!
É a saída!
A espiritualidade do Povo Brasileiro, com a qual os mutantes não contavam, impediu o plano deles de, em 2015, estar com o Brasil dominado. Fé!
 
https://criticanacional.com.br/2018/02/21/conselho-regional-de-medicina-de-sao-paulo-contra-a-ideologia-de-genero/ 

  Liberte-se da “espiral do silêncio” e demais técnicas de propaganda desenvolvidas a partir de estudos de Freud e usadas, pelos globalistas, para manipular e promover o desmanche cultural, a idiotização e o fim da família. Conheça também a  "Teoria do Campo Unificado" aqui: https://docs.google.com/document/d/1eqLnT3IwaJtM2ywqNVRJggUUMHr76QB_pimSsPSkaqU/pub http://bit.ly/espiral-silencio     

 

  Padre Paulo Ricardo: as origens obscuras da ideologia de gênero https://www.youtube.com/watch?v=E-si_0UosRA

      Assista o alerta da Juíza de Direito https://www.youtube.com/watch?v=mUKwbYKYz00 

  Há um material bom em http://deolhonolivrodidatico.blogspot.com.br/2016/02/familia-podera-processar-escola-e.html?m=1 

Ideologia de gênero contraria ciência frisam médicos: https://vimeo.com/234910229/ ❤

Neste vídeo, Carla Dorgam, representando a AMD, Associação de Médicos, denuncia a ideologia de gênero ser uma criação de mentes diabólicas contrariando à ciência.

Ideologia de gênero é contrária à ciência ❤ frisa a educadora Mariana Pereira (recebendo efusivos aplaudos da plateia GLS!) https://vimeo.com/231890522 

   A esquizofrenia social:
 
A esquerda, pilotada pelo globalismo, quer desconstruir a identidade individual, dissolver a família e acabar com a espiritualidade.

   Pregam padres e gays se casando e os héteros se divorciando.

  A Lei Maria da Penha foi criada pelos globalistas para facilitar a dissolução da família.

  Os héteros em relacionamentos líquidos sem compromisso, enquanto insistem em gays se casando na Igreja.
 As mulheres com corpos masculinizados, vestidas como homens e assumindo papéis masculinos.

    Os homens "frágeis" e delicados e com trejeitos, como se fossem mulheres.

   Uma criança com apenas cinco ou  seis anos de vida ter “direito” de decidir se será homem ou mulher pelo resto da vida, enquanto um menor de dezoito anos não pode responder pelos seus crimes!

  Não há vagas para os doentes nos hospitais, contudo, incentivam e patrocinam o SUS para fazer mudança de sexo.
Há acompanhamento psicológico gratuito para quem deseja deixar a heterossexualidade e viver a homossexualidade, contudo, não existe nenhum apoio deste mesmo SUS para quem deseja sair da homossexualidade e viver a sua heterossexualidade e se o tentarem fazer, é crime.
 Ser à favor da família e religião é “ditadura”, enquanto urinar em cima dos crucifixos é liberdade de expressão.

Se isso não for o Fim dos Tempos, deve ser o ensaio…” frisa Almir Favarin, teólogo e psicanalista, em ensaio no qual baseamos este trecho,

 Os pais podem processar por dano moral?  https://docs.google.com/document/d/1ARsxBb8LWxtjiDd3Y39hkZchQulzWtQzdDN_Xz0mpBM/pub 

  A professora Ana Caroline Campagnolo critica a doutrinaçăo violando o livre arbítrio: http://www.youtube.com/watch?v=k_2s0Pr5Hj0&list=UU4Tb1JgVxgKvb3MGWXenC3w#t=235

   O esforço dos globalistas de empulhar-nos a pauta gay acelerou-se: personagens transgêneros estão sendo colocados na TV para doutrinar o público. Saiba mais aqui: http://www.anovaordemmundial.com/2017/09/agenda-gay-estudo-personagens-transgeneros-estao-sendo-colocados-na-tv-para-doutrinar-o-publico.html#ixzz4rjQzGdzy

  Chega de ser bonzinho significa expor a maldade psicopata e despertar, nas pessoas decentes, a percepçăo do quanto esses bandidos săo falsos, fingidos e, sobretudo, desumanos.

 Candente apelo formulado aos pais das crianças: năo abandonem seus filhos nas măos desses tarados ideológicos.

 Não são professores, são doutrinadores comunistas cuja missăo é robotizar as crianças impedindo-as de atingir a plenitude do livre arbítrio, as reduzindo a seres idiotizados pela lavagem cerebral.

 Hoje mesmo procure ver os cadernos de seus filhos e o que eles estăo escrevendo!

 Lula e seus sequazes estăo venezuelizando o Brasil.

 Deixaram correr solto na Venezuela, deu no que deu: mortes, tortura, prisőes, escassez de alimentos, sofrimento, desgraça, tristeza e o fim da democracia e da liberdade!

 Lá na Venezuela tudo começou de mansinho, devagar, com a doutrinaçăo das crianças nas escolas, como está ocorrendo no Brasil agora! Pensem nisso!

 E para comprovar o que acabei de afirmar sobre a Venezuela, aqui está um exemplo neste vídeo e foto abaixo, que mostra a doutrinaçăo das criancinhas do pré-escolar em escola pública venezuelana:

 

 Assista este vídeo e o divulgue: 

http://www.youtube.com/watch?v=k_2s0Pr5Hj0&list=UU4Tb1JgVxgKvb3MGWXenC3w#t=235


"Os pais têm direito a que seus filhos recebam a educação religiosa e moral que esteja de acordo com suas próprias convicções." Art. 12 da convenção Americana de direitos Humanos.

 Más línguas nas redes sociais com o intuito de desinformar promovem a mentira, dizendo que, a Ideologia de Gênero nasceu nos Estados Unidos >> MENTIRA.

O conceito “Ideologia de Gênero” foi criado por sociólogos reunidos em uma conferência da ONU na cidade de Pequim, em 1995, capital da República Popular Comunista da China. No Brasil a Ideologia de Gênero tem pleno apoio e planejamento da cúpula do Governo Federal, MEC Ministério da Educação, OAB – Ordem dos Advogados do Brasil do Conselho Federal e UNESCO. Alguns produtores da educação pública e privada, como também algumas universidades e o próprio ENEN já estão se adequando a esta trágica doutrina. Maléfica que destrói os princípios da vida e da família.

 Ideologia gênero, destruição da espécie humana
https://youtu.be/cbVVtjwYX7Q 

 Ideologia de gênero é uma teoria que sustenta que a masculinidade e a feminilidade são determinadas, não pelo sexo, e sim pela cultura; tem 3 tipos de gênero, o masculino, o feminino e o neutro, portanto até o surgimento da ideologia de gênero, o que classificava o homem como macho e a mulher como fêmea era o órgão sexual masculino e feminino, né, quem determina o órgão sexual masculino e feminino? O DNA, o código genético, o homem tem um DNA XY e a mulher um DNA XX, o gênero macho e fêmea não existe só na espécie humana, os animais são machos e fêmeas, as plantas são machos e fêmeas, as frutíferas são machos e fêmeas, os insetos são machos e fêmeas, não há nada que não seja macho e fêmea, os homens urinam em pé, os machos da natureza como um todo, praticamente todos eles tem um mesmo comportamento, não foi a mãe do leão que falou para o leão levantar a perninha pra fazer xixi, ele levanta, é quase que automático isso, né, então há alguns sinais comportamentais que os machos e as fêmeas tem, que não estão só presentes na espécie humana, quando nos estudamos as outras espécies, nos vemos que há de certa forma algo no homem que existe nós outros animais, porque o homem é um animal racional, a teoria de gênero coloca que, se você homem XY tem um pênis e age como macho, quem te fez, quem te obriga, quem te constrange a agir como macho é a sua família, então a ideologia de gênero é uma proposta de reengenharia​ social, ela fala que não existe mais machos e fêmeas na espécie humana, só falam da espécie humana, mas eles nunca falam por exemplo que, se não existe macho e fêmea, se a natureza não criou macho e fêmea, então não existe o boi e a vaca, o cachorro e a cadela, o porco e a porca, a amoreira macho e a amoreira fêmea, o mamão macho e o mamão fêmea, a ideologia do gênero fala que, o que faz o homem ser homem e a mulher ser mulher não é o órgão sexual, o órgão sexual é indiferente, o que faz o homem ser homem e a mulher ser mulher é a educação que você teve, portanto a ideologia de gênero preconiza que as diferenças do homem e da mulher não são morfológicas, então o fato do homem ter barbas, não ter seios, segundo a ideologia do gênero, isso não significa nada, porque na verdade não existe sexo, não existe nem sexo masculino nem sexo feminino, existe somente gênero que é aquilo que você resolveu ser, então vamos dizer que eu resolva ser um cachorro macho, então eu posso me tornar um cachorro. Na Europa já tem gente que vive como cachorro e gato andando de quatro, isso é ideologia de gênero, o problema da ideologia de gênero é que ela coloca a espécie humana para desempenhar o papel que ela quiser, então se o homem resolver ser uma árvore, ele vai deixar de ser homem e plantar-se no meio dá rua.
A coisa parece absurda e ela é e exatamente pela bizarrice, ninguém vem apresentar claramente o que é ideologia de gênero, então quando você fala em ideologia de gênero, você não está falando do direito da pessoa exercer o seu sexo, por exemplo, você é um homem e gosta de outro homem, isso é homossexualismo, se vocês observarem, a ideologia de gênero começou pervertendo essa palavra, homossexualismo não é homossexualidade, homossexualismo está focado no sexo, você é do sexo masculino e gosta de alguém do sexo masculino, você é do sexo feminino e gosta de alguém do sexo feminino, o homossexualismo é algo histórico, sempre existiu, a homossexualidade não é homossexualismo, são coisas completamente distintas e a ideologia de gênero vende a ideia de que homossexualismo é a mesma coisa que homossexualidade, não é não, eles não estão defendendo os direitos dos homossexuais, a ideologia de gênero é toda proposta que fala que a natureza não tem a autoridade para criar espécies macho e fêmea, é a cultura, então se a cultura hoje tem a ideia de macho, amanhã ela pode destruir a ideia de macho, então se a cultura decidir que daqui a 100 anos a espécie humana não tem nem macho nem fêmea, a espécie humana virou zebra, então todos os seres humanos serão zebras, então é isso que é a ideologia de gênero, portanto ela é um conceito cultural e um esteriótipo que atribui aos sexos um papel específico construído dentro da sociedade.
Um papel, vejam vocês a seguinte questão, é preciso notar que o indivíduo é identificado com o seu próprio sexo, o homem é macho, a mulher é fêmea e aonde que existe o neutro? O neutro seria o que? Um andrógeno? Um caso como a Roberta close por exemplo? Que há esses casos, existem mesmo nesses casos, quando a pessoa nasce com os 2 sexos, geralmente um dos lados predomina, os 2 sexos não são equivalentes, não é, portanto não há um neutro aqui, a androgenia não é uma neutralidade, então não há um terceiro sexo aqui na natureza, porque não há um terceiro sexo na natureza como um todo, existe uma jabuticabeira macho e uma jabuticabeira fêmea a jabuticabeira macho não produz, o mamão, tem o mamão macho e o mamão fêmea, mas com sabores completamente distintos, o mamão macho não é bom pra comer é bom pra fazer doces por exemplo e vai por aí afora, então a questão fundamental da ideologia de gênero, é que está linguagem ambígua, para que ela exista, ela precisa de destruir o conceito de família, a ideologia de gênero portanto parte do objetivo de destruir o processo de identificação​ do macho com o sexo, da fêmea com o sexo e passa a identificar a pessoa como uma expressão cultural, então qualquer um pode ser qualquer coisa, ora isso é algo tão bizarro, qual é o objetivo disso? É muito simples de ser entendido, o projeto da nova ordem Mundial, da chamada criação da evolução biônica, o projeto da nova ordem Mundial​ é para destruir a espécie humana, o macho e a fêmea, porque isso é um projeto de reengenharia, eles querem criar um novo biotipo de ser humano, um novo biotipo, tá, para criar esse novo biotipo, você tem que gradativamente ir desidentificando naturalmente as espécies do seu sexo, vamos dar um breve exemplo, toda espécie tem seu habitat próprio, vamos considerar que o leão enlouqueça e resolva virar macaco, o leão é macaco? Não, o leão não é macaco, então o Leão enlouquece e resolve viver no meio dos macacos, ele não é macaco, por mais que ele tenha enlouquecido e resolva que é macaco, ele não come como macaco, não anda como macaco e ele não será aceito pelos macacos, se você levar toda uma espécie para enlouquecer e comportar-se se como uma outra espécie, qual é o objetivo desse projeto? Exterminar aquela espécie, isso é o que está por trás da ideologia de gênero, o extermínio dá raça humana, eles vão levar todos os homens, todas as mulheres a mais absoluta loucura, tirar o homem da espécie humana, porque o homem é um animal racional, ele é um homem, ele não é um cachorro, não é um gato, não é um periquito, ele não é uma árvore, não é nada e o objetivo final disso, quando você tira a espécie do seu habitat, ela morre, é isso que eles estão fazendo, o que está em curso, não é a defesa dá liberdade sexual​, é a destruição da espécie humana.


Maiores Informações Acesse o Link !!

http://cidadaniaedefesa.com/acdb-ideologia-de-genero/ 

  O caso Santander queermuseu em agosto de 2017:

"Avalie" o Santander no TRIP:   TITULO: "Pedofilia, pornografia e ultraje a culto abertos à visitação infantil!?!?!?" DESCRIÇÃO DA AVALIAÇÃO:  O Santander Cultural sediou uma exposição, denominada Queermuseu, com cerca de 270 obras promovendo o ultraje a culto, a pedofilia, a pornografia e os mais variados ataques à moral e aos bons costumes possíveis de imaginar e às quais foram expostas crianças desde a mais tenra idade.
A situação passou dos limites toleráveis para configurar a prática de crime de pedofilia e ultraje a culto.
Saiba mais:
https://docs.google.com/document/d/1_iliNmcy4sruKci-ZL8zeDJE3aTKAW5JqGDspnbyS1U/edit?usp=sharing                                          Avaliado em:                   https://www.tripadvisor.com.br/UserReviewEdit-g303546-d2365633-m-Santander_Cultural-Porto_Alegre_State_of_Rio_Grande_do_Sul.html

 Exposição criminosa, pedofilia e ultraje a culto, prevista para durar até 8/10/17*. As escolas, desavisadas, levando crianças. Esses controladores globalistas passaram dos limites!** https://docs.google.com/document/d/1_iliNmcy4sruKci-ZL8zeDJE3aTKAW5JqGDspnbyS1U/edit?usp=sharing

Marque uma estrela e denuncie a prática de crimes de pedofilia e ultraje a culto: https://www.facebook.com/pg/SantanderCultural/reviews/?ref=page_internal 
*
http://www.locusonline.com.br/2017/09/06/santander-cultural-promove-pedofilia-pornografia-e-arte-profana-em-porto-alegre/ 
** estamos em meio a uma Guerra de 5ª Geração, notastes? Na 5GW, a luta é dissimulada! A estratégia do inimigo é vencer anulando a nossa capacidade de lutar. A luta é desigual pois o inimigo domina a mídia promovendo a desinformação. Para aumentar a confusão, envolve-nos em um cipoal de paradoxos. Conheça o inimigo e saiba mais aqui:
https://docs.google.com/document/d/18GHL7vxPPTEIchjlb3ijDnZzZYp3aGaraVPkeAAHudQ/pub 
https://www.scribd.com/document/356025233/5GW-a-Visao-Estrategica 

Caindo no conto do gênero...
Entrevista com Pe. Dr. José Eduardo de Oliveira e Silva, Professor de Teologia Moral

Brasília, 04 de Abril de 2014 (ZENIT.org) Thácio Siqueira | 10481 visitas

O Brasil tem protagonizado nas últimas semanas a tentativa de implantação da ideologia do gênero por meio da Votação do Plano Nacional de Educação.


Nessa última quarta-feira houve a terceira tentativa de votação na câmara dos deputados, embora mais uma vez adiada, à causa, dessa vez, de bate-boca e provocação de deputados contra os manifestantes pró-vida e pró-família presentes na sala.

“Muitos têm desviado o foco do debate para temas que não pertencem ao âmbito da ideologia de gênero”, disse à ZENIT o Pe. José Eduardo de Oliveira e Silva, sacerdote da Diocese de Osasco - SP, pároco da Igreja São Domingos (Osasco), doutor em teologia pela Pontifícia Universidade Romana da Santa Cruz e professor de Teologia Moral.

Acompanhe a entrevista abaixo:

***

ZENIT: Temos visto nas últimas semanas um crescente debate sobre a questão de “gênero” no contexto do Plano Nacional de Educação. Como o sr. avalia estas discussões?

Pe. José Eduardo: Tenho acompanhado de perto os diferentes discursos e percebo que, embora a questão esteja cada dia mais clara, muitos têm desviado o foco do debate para temas que não pertencem ao âmbito da ideologia de gênero, talvez até como um recurso para não enfrentarem um tema tão absurdo. Trata-se de um deslocamento para sabotar o discurso.

ZENIT: Em que consiste, então, a “ideologia de gênero”?

Pe. José Eduardo: Sintetizando em poucas palavras, a ideologia de gênero consiste no esvaziamento jurídico do conceito de homem e de mulher. A teoria é bastante complicada, e uma excelente explicação desta se encontra no documento “Agenda de gênero”. Contudo, a ideia é clara: eles afirmam que o sexo biológico é apenas um dado corporal de cuja ditadura nos devemos libertar pela composição arbitrária de um gênero.

ZENIT: Quais as consequências disso?

Pe. José Eduardo: As consequências são as piores possíveis! Conferindo status jurídico à chamada “identidade de gênero” não há mais sentido falar em “homem” e “mulher”; falar-se-ia apenas de “gênero”, ou seja, a identidade que cada um criaria para si.

Portanto, não haveria sentido em falar de casamento entre um “homem” e uma “mulher”, já que são variáveis totalmente indefinidas.

Mas, do mesmo modo, não haveria mais sentido falar em “homossexual”, pois a homossexualidade consiste, por exemplo, num “homem” relacionar-se sexualmente com outro “homem”. Todavia, para a ideologia de gênero o “homem 1” não é “homem”, nem tampouco o “homem 2” o seria.

ZENIT: Então aqueles que defendem a “ideologia de gênero” em nome dos direitos homossexuais estão equivocados?

Pe. José Eduardo: Exatamente! Eles não percebem que, uma vez aderindo à ideologia de gênero, não haverá sequer motivo em combater à discriminação. Nas leis contra a discriminação, eles querem discriminar alguns que consideram mais discriminados. Contudo, pela ideologia de gênero, não há mais sentido em diferenciar condições e papeis, tudo se vulnerabiliza! Literalmente, eles caíram no conto do gênero.

Para defender a identidade homossexual, estão usando uma ideologia que destrói qualquer identidade sexual e, por isso, também a família, ou qualquer tipo de família, como eles mesmos gostam de dizer.

Em poucas palavras, a ideologia de gênero está para além da heterossexualidade, da homossexualidade, da bissexualidade, da transexualidade, da intersexualidade, da pansexualidade ou de qualquer outra forma de sexualidade que existir. É a pura afirmação de que a pessoa humana é sexualmente indefinida e indefinível.

ZENIT: Então a situação é muito pior do que imaginamos...

Pe. José Eduardo: Sim. As pessoas estão pensando em “gênero” ainda nos termos de uma “identidade sexual”. Há outra lógica em jogo, e é por isso que ninguém se entende.

Para eles, a ideia de “identidade sexual” é apenas um dado físico, corporal. Não implica em nenhuma identidade. Conformar-se com ela seria “sexismo”, segundo a própria nomenclatura deles. A verdadeira identidade é o “gênero”, construído arbitrariamente.

Todavia, este “gênero” não se torna uma categoria coletiva. É totalmente individual e, portanto, indefinível em termos coletivos. Por exemplo, alguém poderia se declarar gay. Para os ideólogos de gênero isso já é uma imposição social, pois a definição de gay seria sempre relativa a uma condição masculina ou feminina mormente estabelecida. Portanto, uma definição relativa a outra, para eles, ditatorial.

Não existiria, tampouco, a transexualidade. Esta se define como a migração de um sexo para outro. Mas, dirão os ideólogos de gênero, quem disse que a pessoa saiu de um sexo, se aquela expressão corporal não exprime a sua identidade construída? Portanto, para eles, não há sequer transexualidade.

Gênero, ao contrário, é autorreferencial, totalmente arbitrário.

Alguém dirá que não há lógica isso. Realmente, a lógica aqui é “ser ilógico”. É o absurdo que ofusca nossa capacidade de entender.

ZENIT: O que dizer, então, de quem defende a ideologia de gênero no âmbito dos direitos feministas?

Pe. José Eduardo: Os ideólogos de gênero, às escondidas, devem rir às pencas das feministas. Como defender as mulheres, se elas não são mulheres?...

ZENIT: Qual seria o objetivo, portanto, da “agenda de gênero”?

Pe. José Eduardo: Como se demonstra no estudo que mencionei, o grande objetivo por trás de todo este absurdo – que, de tão absurdo, é absurdamente difícil de ser explicado – é a pulverização da família com a finalidade do estabelecimento de um caos no qual a pessoa se torne um indivíduo solto, facilmente manipulável. A ideologia de gênero é uma teoria que supõe uma visão totalitarista do mundo.

ZENIT: Como a população está reagindo diante disso?

Pe. José Eduardo: Graças a Deus, milhares de pessoas têm se manifestado, requerendo dos legisladores a extinção completa desta terminologia no Plano Nacional de Educação. Pessoalmente, tenho explicado a muitas pessoas a gravidade da situação nestes termos: 1) querem nos impor uma ideologia absurda pela via legislativa; 2) querem fazê-lo às custas do desconhecimento da população, o que é inadmissível num Estado democrático de direito; 3) e querem utilizar a escola como um laboratório, expondo nossas crianças à desconstrução de sua própria personalidade. E ainda querem que fiquemos calados com isso! Não!, o povo não se calará!

ZENIT: Falando em “Estado democrático de direito” e vendo a manifestação de tantos cristãos, evangélicos e católicos, inclusive de bispos, alguns alegam a laicidade do Estado como desculpa para desprezar os seus argumentos. O que dizer sobre isso?

Pe. José Eduardo: Esta objeção é tão repetitiva que se torna cansativo respondê-la. Numa discussão democrática, não importa se o interlocutor é religioso ou não. O Estado é laico, não laicista, anti-religioso. Seria muito divertido, se não fosse puro preconceito – e às vezes, verdadeiro discurso de ódio anti-religioso –, a insistência com a qual alguns mencionam a Bíblia, os dogmas, os preceitos... como se nós estivéssemos o tempo todo alegando argumentos teológicos. Como se pode ver acima, nossos argumentos aqui são simplesmente filosóficos, racionais. Aliás, são tão racionais a ponto de mostrar o quanto a proposta deles é totalmente irracional, posto que contradizem as sua próprias bandeiras ideológicas.

No final das contas, a única coisa que lhes resta é a rotulação – na audiência de ontem, chamaram aos gritos um deputado de “machista”, em outra ocasião de “patricarcalista” –, mas a rotulação é a arma dos covardes, daqueles que não têm honestidade e liberdade intelectuais. Como digo sempre, nestas discussões, precisamos nos comportar como filósofos, e não como maus advogados, que estão dispostos a negar até as evidências.


   ACDB cansada! Plano Nacional de Educação? O que poderia parecer somente um simples acréscimo terminológico, na verdade esconde uma perniciosa ideologia, chamada de “Ideologia de Gênero”. A Ideologia da Ausência de Sexo, é uma crença segundo a qual os dois sexos, masculino e feminino são considerados construções culturais e sociais, e que por isso os chamados “papéis de gênero” ( que incluem a maternidade, na mulher ), que decorrem das diferenças de sexos alegadamente “construídas” e que por isso, não existem, são também “construções sociais e culturais”. Doutrinar as crianças com cartilhas comunistas e homoxessuais, eliminando a ordem natural da vida entre homem e mulher, eliminando a ordem natural da família.
 O conceito “Ideologia de Gênero” foi criado por sociólogos reunidos em uma conferência da ONU na cidade de Pequim, capital da República Popular da CHINA ( comunista ) em 1995. Apesar de ser uma invenção dos últimos 21 anos, essa ideologia solidificou-se na cultura global de tal maneira que afeta a compreensão da família, repercute na esfera política e legislativa, no ensino, na comunicação social e na própria linguagem corrente. A Ideologia de Gênero entra nos produtores de cultura do seu município por intermédio da aprovação da Câmara de Vereadores, da Prefeitura e da Secretaria de Educação municipal e ou estadual, caso estes órgãos “competentes” venham a aceitar tal questão ... Mas o Brasil também esta sobre o ilusionismo da Pátria Educadora que é um sistema educacional comunista.
No Brasil a Ideologia de Gênero tem pleno apoio e planejamento da cúpula do Governo Federal, MEC Ministério da Educação, OAB – Ordem dos Advogados do Brasil do Conselho Federal e UNESCO. Alguns produtores da educação pública e privada, como também algumas universidades e o próprio ENEN já estão se adequando a esta trágica doutrina.
  Brasil Que Agoniza Nas Mãos do Crime Organizado Político Partidário, que passaram a influenciar negativamente, dominando a mídia, as escolas, as universidades, as editoras e todos os setores produtores de cultura no Brasil, doutrinando a população brasileira, com táticas gramscistas, adulterando o sentido comum e condicionando-nos a cultura marxista, a pelo menos a 31 anos. Brasil, entra o ano de 2016 estatisticamente com 100 mil homicídios e com 700 mil ações genocidas por ano, em média.
  INTERVENÇÃO CÍVICA CONSTITUCIONAL JÁ !!
>> Com a presença dos patriotas nos portões das FFAA !!
>> Exército, Marinha e Força Aérea Brasileira !!

  Tudo aquilo o que os Controladores não querem que saibamos: 

 Já pensou estarmos em meio a uma Guerra de 5ª Geração? Na 5GW, a luta é dissimulada! A estratégia do inimigo é vencer anulando a nossa capacidade de lutar. A luta é desigual pois o inimigo domina a mídia promovendo a desinformação. Para aumentar a confusão, envolve-nos em um cipoal de paradoxos. Conheça o inimigo e saiba mais aqui:

https://docs.google.com/document/d/18GHL7vxPPTEIchjlb3ijDnZzZYp3aGaraVPkeAAHudQ/pub

https://www.scribd.com/document/356025233/5GW-a-Visao-Estrategica

 

  O Universo oferece a você um presente: o acesso a essa pasta - https://drive.google.com/open?id=0B6QVNULEDAG8OXZnci1UaG9TLWc - -- - contendo muitos livros e outras preciosidades necessárias para entender o que move o Mundo!

  Desperte do holograma percebendo o processo de manipulação.

 Como os 2% mutantes usam o discurso falso-humanista para controlar toda a sociedade… Como anulam a maioria decente simplesmente nos jogando uns contra os outros e criando a HEM, a hipnose em massa.

   Os serviços de informação denominam isso de 5GW, a guerra psicológica, de 5ª geração!

Faça bom proveito e a divulgue!

   Professor Padilla

 Pesquisador transdisciplinar idealizador da Rede de Conscientização http://bit.ly/PADila 

  Estamos sendo ludibriados em meio a uma gangorra e em direção ao fim da civilização ocidental a ser substituída pela escravização ostensiva...

🇧🇷🔰✝✝🔰🇧🇷.      PATRIOTA

🇧🇷🔰✝✝🔰🇧🇷.      Humanista

Entendeu o que está acontecendo?

 Vamos convencer os humanos cujo cérebro ainda esteja funcionando?

 Nos grupos e contatos, desencadear a rede de conscientização!

  Confira o NOSSO surpreendente FUTURO na mensagem dos Agroglifos, as gigantescas marcaçōes em plantações, impossíveis de terem sido confeccionados com a tecnologia humana, traduzidas na conferência do maior especialista no assunto, Gary King: https://www.facebook.com/padillaluiz/videos/10154712490713823/ 

Como nos libertarmos disso?

A nossa percepção do mundo é muito diferente da realidade.

Somos manipulados através de uma teia de paradoxos e um cipoal de 🙃 desinformação.

A boa notícia: podemos despertar das falsas crenças,

romper o holograma,      libertarmo-nos construindo

1MMM,     um Mundo Muito Melhor!

Para começar a acordar e a vencer, assista ao filme

Quem Somos Nós?

Um dos trechos mais importantes é este: https://youtu.be/lafj4SqVrqM?t=8m32s 

Assista ao filme completo aqui: https://youtu.be/lafj4SqVrqM

http://www.padilla.adv.br/evoluir/quemsomosnos/

   Para entender onde estamos - em meio a uma dissimulada 5GW, Guerra de  5º Geração oriente-se por esse resumo: http://bit.ly/5guerra 

Descubra tudo o que os controladores não querem que tu saibas na

Rede de Conscientização: 

http://bit.ly/conscientizar

https://drive.google.com/folderview?id=0B2CNDxRTI8HAcVl3cFc0M09hZ3M&usp=sharing

Como eles fazem a hipnose em massa, a HEM? http://bit.ly/hipnose-massa  

  Livros para a Conscientização http://bit.ly/livros-pad

https://drive.google.com/drive/folders/0B6QVNULEDAG8OXZnci1UaG9TLWc?usp=sharing 

Estamos todos entrelaçados!  Abraços

Professor   http://bit.ly/PADilla UFRGS

http://bit.ly/pad-face = https://www.facebook.com/ProfessorPadilla/videos/2038395976428299/

http://bit.ly/lattes-pad