Disciplina: Filosofia

Série/Ano: 3 ª

Vol./Bim: II

CADERNO DO ALUNO

Situação de Aprendizagem (Número/título)

Sequência Didática.

Recursos audiovisuais e/ou de TI’s sugeridos no caderno

Subsídios sugeridos pelo PCNP

Interfaces interdisciplinares / Temas transversais

SA – 1

Filosofia e Religião

Objetivo: verificar as representações elaboradas pelos alunos a respeito das características do discurso filosófico e as características do discurso religioso. O diálogo sobre as diferenças entre os dois discursos servirá como introdução para o aprofundamento da natureza da filosofia, já iniciado na 1a e na 2a séries do Ensino Médio e retomado no 1o bimestre desta 3a série.

Textos: um trecho da introdução da Crítica da Razão Pura de Immanuel Kant (1724-1804) e uma transcrição do mito denominado Eros e Psiquê, narrado pela primeira vez por um escritor romano chamado lucius Apuleius (125-164 d.C.).

Proponha que os alunos façam uma leitura silenciosa de cada um dos textos. Depois, pode-se iniciar a identificação das diferenças entre eles. Algumas perguntas podem ajudar nessa direção:

1. Qual é o objetivo de cada texto ou qual é o assunto tratado em cada um?

2. De que forma a mensagem principal e as demais mensagens são apresentadas em cada um dos textos?

3. Quais elementos comparecem em apenas um dos textos?

Como pesquisa a ser realizada em casa, o Caderno do Aluno apresenta orientações para que os alunos tragam para a sala de aula um exemplo de narrativa mitológica e de texto filosófico.

www.dominiopublico.gov.br

http://amantedasofia-com-br.webnode.com/

Sociologia, Geografia e História.

SA – 2

O Homem como Ser Político

Destacar a contribuição de Platão e Aristóteles para pensarmos a política em uma perspectiva original, distante das conotações assumidas em nossa sociedade e na sociedade brasileira em especial. Recuperar o significado primordial da ideia de política pode ajudar a compreender a importância dessa palavra e de sua prática na história da humanidade.

Um dos diálogos de Platão (428 a.C.-347 a.C.) apresenta uma das teses mais antigas sobre a arte da política. Além de antiga, ela se tornou um marco na história da Filosofia. O diálogo chama-se Protágoras, e a tese sobre a virtude política encontra-se no trecho que ficou conhecido como o Mito de Protágoras. (Disponível no Caderno do Aluno).

Atividades de Compreensão do texto.

Leitura e análise de texto: ARISTóTElES. A Política. Livro primeiro: Da sociedade civil e da escravidão, da propriedade e do poder doméstico. Tradução elaborada especialmente para este Caderno a partir da publicação em espanhol.

www.dominiopublico.gov.br

 

 Sociologia, Geografia e História.

SA – 3

Platão e a Justa Desigualdade

Objetivo: introduzir a discussão sobre o tema da desigualdade social, enfatizando a necessidade de se compreendê-la de uma perspectiva crítica que conduza à superação das explicações míticas, fantasiosas e ingênuas, frequentemente apresentadas para este problema.

Sondagem: Por que existem pobres e ricos?

Texto: PlATãO. A República. São Paulo, Editora Martins Fontes, 2006.

Para reforçar o entendimento e a retenção das principais ideias do texto, os alunos são solicitados a responder e discutir algumas questões a ele pertinentes, a saber:

1. Como se caracterizava a democracia ateniense?

2. Quais eram as três classes fundamentais de

Atenas e que função cabia a cada uma?

3. Reconte em poucas palavras o mito dos nascidos da terra.

4. Em que sentido esse mito é uma mentira necessária? Que papel ela cumpre na sociedade ateniense, segundo Platão?

Com base no estudo realizado, os alunos poderão elaborar uma dissertação (20 a 30 linhas) sobre o seguinte tema: a desigualdade de classes na perspectiva de Platão. Espera-se que demonstrem ter compreendido a forma como Platão justifica essa desigualdade e incluam em seu texto, de forma articulada, citações dos excertos contidos nas leituras do Caderno do Aluno, indicando corretamente as referências bibliográficas.

http://www.ipea.gov.br http://www4.prossiga.br/bvmulher http://www.direitos.org.br

http://oglobo.globo.com

www.maismulheresnopoderbrasil.

com.br

<http://www.tse.gov.br

<http://www.universia.com.br

Sociologia, Geografia e História.

SA – 4

A Desigualdade Segundo Rousseau

Objetivo: apresentar a visão de Rousseau sobre a desigualdade e o caminho por ele proposto para a sua superação por meio do contrato social.

Sondagem: Em que consiste a diferença entre algo estabelecido por convenção e algo determinado pela natureza? Dê exemplos. O objetivo é verificar a ideia que os alunos trazem desses conceitos, problematizá-la junto com eles e esclarecer o seu significado a fim de salientar, desde o início, um dos principais aspectos pelos quais Platão e Rousseau se diferenciam quanto à interpretação da desigualdade social.

Texto: ROUSSEAU, J.-J. Discurso sobre a origem da desigualdade entre os homens. Disponível em: <http://www.dominiopublico.gov.br

Atividades para compreensão do texto

Avaliação: dissertação sobre o tema: A concepção de Rousseau acerca da desigualdade. Exponha claramente, com suas palavras, as ideias do autor e, ao final, posicione-se em relação a elas.

<www.jangadabrasil.com.br

<www.presidencia.gov.br

O enigma de Kaspar Hauser, de Werner Herzog, Alemanha, 1974, 110min.

Sociologia, Geografia e História

CEDIDO PELO AUTOR PARA USO EXCLUSIVAMENTE DIDÁTICO SOB-RESPONSABILIDADE DOS GESTORES ESCOLARES NAS ESCOLAS ESTADUAIS JURISDICIONADAS À DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO SÃO VICENTE - PROIBIDA A REPRODUÇÃO FORA DA JURISDIÇÃO OU PARA FINS COMERCIAIS E/OU ACADÊMICOS.

EM DESENVOLVIMENTO POR DEUSDETH ESTANISLAU DE OLIVEIRA