TOPO - Cópia - Cópia.png

EDITAL - UM POEMA EM CADA ÁRVORE – MOBILIZAÇÃO NACIONAL 2015

APRESENTAÇÃO

 

O presente edital tem o objetivo de selecionar os ARTICULADORES LOCAIS E CIDADES que realizarão o Um poema em cada árvore no dia 21 de setembro de 2015 através de uma Mobilização Nacional, bem como estabelecer critérios para a uniformização de procedimentos para a replicação desta iniciativa de incentivo à leitura em diversas cidades brasileiras na referida data.

O Um poema em cada árvore é uma iniciativa de incentivo à leitura realizada mensalmente desde agosto de 2010 na cidade de Governador Valadares, Minas Gerais, que utiliza as árvores como forma de convidar as pessoas ao mundo da leitura, pendurando mensalmente poemas de poetas contemporâneos nos oitis valadarenses.

Idealizada pelo poeta Marcelo Rocha e realizada pelo Instituto Psia, a iniciativa possui uma característica pioneira e de fácil replicação que se propõe à construção de novos espaços de fruição poética, ampliação do acesso da população à poesia e divulgação do trabalho de poetas contemporâneos para novos públicos.

O Um poema em cada árvore foi uma das iniciativas premiadas no Prêmio Vivaleitura 2011 e 2014, concedida pela OEI - Organização dos Estados Ibero-Americanos.

Através de uma Mobilização Nacional realizada em 21 de setembro dos anos de 2012, 2013 e 2014 o Um poema em cada árvore foi  realizado em mais de 100 cidades  das 5 regiões do país, por meio de uma Mobilização Nacional constituída de uma rede de poetas, educadores, agentes culturais e sociais, instituições e estudantes voluntariamente mobilizados em levar a poesia aonde o povo está.

Pelo quarto ano consecutivo o Um poema em cada árvore será realizado em diversas cidades brasileiras, constituindo assim uma rede de cidadãos mobilizados em fomentar ainda mais as intenções do projeto no que refere à conquista de novos espaços de fruição poética, ampliação do acesso da população à poesia, divulgação do trabalho de poetas desconhecidos do grande público e elevação dos índices de leitura em nosso país.

 

DAS INSCRIÇÕES E RESULTADO

 

1.        Só serão validadas as inscrições realizadas por meio de preenchimento de formulário eletrônico disponível no endereço eletrônico: www.umpoemaemcadaarvore.com.br

2.        O prazo de inscrição é até o dia 20 de agosto.

3.        O resultado das cidades e articuladores que realização o Um poema em cada árvore (Mobilização Nacional) – Edição 2015 será divulgado no dia 24 de agosto no endereço eletrônico: www.umpoemaemcadaarvore.com.br

 

 

DAS CARACTERÍSTICAS DO UM POEMA EM CADA ÁRVORE (MOBILIZAÇÃO NACIONAL)

 

- Em cada cidade, o Um poema em cada árvore (Mobilização Nacional) será composto de até 25 (vinte e cinco) poemas de poetas locais escolhidos pelo Articulador Local.

- Os poemas dos poetas locais, escolhidos pelo Articulador Local, participarão apenas da iniciativa em sua respectiva cidade.

- Os poemas deverão ser impressos em papel reciclado e pendurados nas árvores conforme procedimento adotado pelo Instituto Psia na cidade Governador Valadares/MG.

- Em cada impressão constará o poema, o nome do poeta, a cidade do poeta participante, o blog ou site do poeta, a logomarca do Um poema em cada árvore, o nome do idealizador do projeto, a logomarca do Instituto Psia (Coordenador Nacional) e o nome e/ou logomarca do Articulador Local.

- O Um poema em cada árvore é uma ação de baixo custo, fácil replicação, em que todas as despesas inerentes à impressão, barbante, grampo, tesoura e grampeador totalizam a quantia de 10,00 (dez reais).

 

DAS OBRIGAÇÕES DOS ARTICULADORES LOCAIS

 

1 – O Um poema em cada árvore (Mobilização Nacional) deverá ocorrer obrigatoriamente no dia 21 de setembro de 2015.

2 – Caberá ao Articulador Local de cada cidade:

- Providenciar um local de acesso gratuito em que os poemas serão pendurados nas árvores.

- Organizar e divulgar localmente a iniciativa.

- Selecionar os poemas de poetas locais que participarão da iniciativa.

- Custear as despesas necessárias à realização da iniciativa em sua cidade, tais como impressão, barbante, tesoura, grampo e grampeador.

- Providenciar, caso necessário, quaisquer autorizações para utilização dos espaços públicos em que acontecerá o evento.

3 - Por ser uma ação de baixo custo é vedada a vinculação de patrocinadores ao projeto Um poema em cada árvore.

4 - Após a realização do evento, o Articulador Local se compromete a enviar para a Coordenação Nacional um relatório contendo:

- Clipping de material de divulgação e matérias na imprensa sobre a ação (internet, jornais, revistas).

- Fotos dos poemas pendurados nas árvores.

 

DAS OBRIGAÇÕES DA COORDENAÇÃO NACIONAL DO EVENTO

1 - A Coordenação Nacional se compromete a fornecer aos articuladores inscritos os seguintes itens:

- Arquivo em Word com imagem inserida no rodapé da página constando a logomarca do Um poema em cada árvore, o nome do idealizador do projeto, a logomarca do Instituto Psia (Coordenador Nacional) e o nome e/ou logomarca do Articulador Local, para que o Articulador Local possa inserir os poemas e imprimir.

- Release e fotos para divulgação.

- Passo a passo com os procedimentos para a montagem das lâminas a serem penduradas nas árvores.

2 - A Coordenação Nacional orientará os articuladores locais a respeito do cronograma e plano de trabalho.

 

DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

1 - O Articulador Local poderá ser tanto pessoa física (poetas, escritores, agente cultural, educador, agente social) quanto pessoa jurídica (ONG, associação, escola e cooperativa) e grupos informais (coletivos) de cunho cultural, social e ambiental.

2 - Caso 02 (dois) ou mais interessados se candidatem a realizar o Um poema em cada árvore (Mobilização Nacional) em uma mesma cidade, o Instituto Psia selecionará apenas 01 (um) Articulador Local em cidades com menos de 300 mil habitantes e indicará o candidato não selecionado ao Articulador Local para que possa contribuir de alguma forma com a realização do evento. Em cidades com mais de 300 mil habitantes poderão ser selecionados 02 (dois) ou mais articuladores, que realizarão a ação em regiões diferentes da mesma cidade.

3 - Ressaltamos que na escolha dos articuladores locais terão prioridade pessoas e entidades que realizaram o Um poema em cada árvore em sua cidade em anos anteriores.

4 - O ato de preenchimento do formulário de inscrição representa ciência e concordância com o edital, suas disposições, bem como o comprometimento com a veracidade das informações ali prestadas e, também, significará que o Articulador Local irá se comprometer a realizar a ação em sua cidade.

5- O Articulador Local, indicado no formulário de inscrição, é o responsável pela realização do Um poema em cada árvore (Mobilização Nacional) na cidade inscrita e se compromete a não usar o evento de forma indevida, assim como sua marca para fins não previstos neste regulamento.

MARCELO ROCHA
IDEALIZADOR E COORDENADOR NACIONAL DO UM POEMA EM CADA ÁRVORE
WWW.UMPOEMAEMCADAARVORE.COM.BR