Apometria, a técnica de trabalho espiritual, e o campo mórfico, o qual salvará o planeta do domínio do mal:  Saiba aqui: http://bit.ly/pad-apometria      https://docs.google.com/document/d/1lXUW47de9c5u1sMxNrIqYpw_9vcFniXfXrpZjuTRnyA/pub  

Pesquisa, compilação e edição: Professor PADilla, UFRGS

  O campo mórfico é o (surpreendente!) resultado da sincronicidade das energias racional e emocional quando série de indivíduos estão em ressonância de pensamento.

  A Teoria dos Campos Mórficos ou da ressonância mórfica, também chamada de teoria do centésimo macaco ou teoria dos 12 macacos, foi apresentada por Rupert Sheldrake nos anos oitenta.

   Contudo, é baseada no mesmo princípio, duas décadas antes, criado em Porto Alegre, através da Apometria.

   Apometria é um método de trabalho onde comandos verbais focalizam as energias racional e emocional entre dois ou mais indivíduos em uma série de passos e condições que vão sendo estabelecidas. A sincronia e os comandos vão exponencializar o campo e canalizar (foco) o empilhamento energético. O campo criado é muito poderoso, muitas vezes mais forte do que a soma de suas partes componentes. Isso é possível porque, quanticamente, a energia transcende-se à dimensão espaço-tempo. Aqui, vamos contar a história dessa técnica e explicar a sua fórmula, permitindo o seu entendimento. 

  O campo mórfico acabará com a HEM, a hipnose em massa, e com seu principal instrumento, a espiral do silêncio, e a acultura da superficialidade e do medo, libertando o planeta e a humanidade do domínio do mal ao atingirmos a massa crítica.

 A transdisciplinar abordagem de biologia, física e psicologia da Teoria dos Campos Mórficos ou da ressonância mórfica, a teoria do centésimo macaco ou dos 12 macacos, de Rupert Sheldrake é resumida aqui: https://youtu.be/020k1OqO2_M 

   Acesse a TGT a partir de http://bit.ly/PADilla                       ou http://bit.ly/pad-apometria 

  1.  Histórico e noção geral da Apometria:

  A prática foi introduzida, na década de 1960, no Hospital Espírita de Porto Alegre por alguém que chegou se apresentando como porto-riquenho, Luis Rodrigues, falando em Hipnometria, utilizada para obter o desdobramento anímico controlado.

 Provavelmente, a Apometria foi ensinada pelos Ultradimensionais para acelerar o desenvolvimento espiritual planetário. Foi apresentada naquele ambiente porque, ali, estava o médico cirurgião geral e ginecologista José Lacerda de Azevedo (1919-97) de sólida formação científica, o qual passou a sistematizar a Apometria com a equipe composta pelo médico Ivan Hervê, o qual fundou a Casa de João Pedro.

Universalistas Casa de Joao Pedro.jpg

  Olhar para dentro ❤️ entender a infância espiritual, evolua! Através da reforma íntima ou reforma interior dê um salto quântico em qualidade de vida. https://vimeo.com/231266793 

As posses.jpg

 O nome Apometria foi adotado porque, no início, além de se acreditar a energia impulsionar-se desde o axônio ou cilindro eixo, em grego, “apo” significa "além de", e “metron” expressa "medida"; portanto, uma técnica pela qual se consegue ir além da medida dimensional. De fato, como fica claro ao entender a fórmula, a canalização surpreende, resultando numa energia impressionantemente maior do que a soma das partes que geraram o todo.

  Apometria conjuga conhecimentos de diversas linhas de conhecimento, da biologia à psicologia com processos de tratamento energético. O estágio atual seguido por alguns grupos de trabalho e pesquisa busca consolidar um método apométrico terapêutico como forma de sistematizar os recursos medianímicos e alinhar um tratamento equânime para todos os assistidos.

  A apometria coloca em prática o que a TGpT, Teoria Geral dos Processos Transdisciplinares, denomina de “Princípio da Egrégora”, pelo qual o resultado da sinergia entre forças é superior à soma das partes integrantes porque, em conjunto, as energias multiplicam o efeito uma da outra.

  Quando se forma o PenSEne harmoniza-se o foco da energia.  A energia racional é gerada no Neocórtex. A energia emocional é gerada pelo Sistema Límbico que é formado pelo Cérebro Límbico ou emocional e o Feixe de Hiss, no coração. Só no cérebro, há 100 bilhões de neurônios e cada um deles possui diversas conexões, de forma que existe um movimento elétrico de alta complexidade. ://bit.ly/pad-apometria

 Quando diversas pessoas atuam em sinergia, há um HoloPenSEne, um campo poderoso.    Abaixo, o cérebro do coração, chamado Feixe de Hiss:

  Quando a o campo energético racional gerado pelo Neocórtex, o cérebro racional, e o campo energético gerado pelo Sistema Límbico, composto pelo cérebro emocional e o feixe de Hiss, estão em sincronia, o campo energético resultante dessa interação será superior à soma das partes.

   A apometria explica o efeito da Teoria dos Campos Mórficos ou da ressonância mórfica, a teoria do centésimo macaco ou dos 12 macacos, apresentada por Rupert Sheldrake duas décadas depois da apometria.

  Na TGT, Teoria Geral Transdisciplinar, a Teoria Geral dos Processos, o Professor Padilla, pesquisador transdisciplinar e membro do NIETE UFRGS - http://bit.ly/PADilla -  apresenta a fórmula para o princípio da egrégora.

    2. A fórmula da Apometria:

  Segundo a TGT, Teoria Geral Transdisciplinar, Teoria Geral dos Processos, o resultado de um CU, ou campo unificado, é proporcional ao Vo, volume de cada campo unificado, e inversamente proporcional ao As, o grau de assincronia dos campos:

                       CU = Vo1 + Vo2

                                      As

  Quanto maior a sincronia, tanto mais força resultante!

  Cristo, luminar de primeira grandeza, possuía a capacidade de sintonizar o Amor Universal e incondicional de forma plena.

  Em estado alterado de consciência, conseguia uma sincronicidade quase absoluta entre os campos energéticos gerados pelo racional (neocórtex) e pelo emocional (Sistema Límbico, o cérebro mamífero ou intermediário somado ao Feixe de Hiss).

  Com uma sincronicidade praticamente total, tende a zero o valor de “AS”, a assincronicidade dos campos energéticos gerados pelo racional e pelo emocional. Qualquer número significativo dividido por um “quase zero” resulta em uma quantia estupenda!

   A força do campo energético gerado por Jesus era, praticamente, infinita.

  Para referências, confira as equações de física do Dr. José Lacerda de Azevedo em "Espírito-matéria, os novos horizontes para a medicina" ainda pouco conhecido, assim como o Livro de Urântia, apesar de ser ainda mais antigo.

   O Livro de Urântia:

  Essa obra é a revelação derradeira. De onde veio Cristo? Como são as moradas de Deus? Como tudo se formou? Por que tudo aconteceu? Uma primorosa compilação de meio século durante o qual os Ultradimensionais, Anjos, ou os Espíritos de Luz contam como e porque foi decidido salvar a humanidade, “aquele povo atrasado, dominado pela minoria (2%) mutante desalmada, habitando o 4º planeta daquela minúscula estrela dentre as mais de cem bilhões de estrelas da Via Láctea”

 Somos um minúsculo grão de areia. O telescópio Hubble já detectou mais de 250 bilhões de galáxias e cada uma delas com uma média de mais de 200 bilhões de estrelas

  O Hubble pode ser considerado obsoleto: está pronto, em fase final de testes e sendo preparado para ser lançado ainda em 2018, o Telescópio Espacial James Webb (JWST), projeto liderado pela NASA, pelo menos 5 vezes mais potente! 

 Multiplique 250.000.000.000 galaxias por 200.000.000.000 estrelas e você terá uma pequena ideia do Universo conhecido que, com o novo telescópio 5 vezes mais potente, ficará muito maior! Acompanhe a finalização e lançamento do novo telescópio aqui https://jwst.nasa.gov/recentaccomplish.htm


Enquanto o nosso planeta Terra tem cerca de 4,6 bilhões de anos, com o telescópio obsoleto vemos estrelas com 13,86 bilhões de anos…

 Assim, as provas é do Universo ser 9.360.000.000 de anos mais antigo do que o nosso Planeta. Portanto, considerando a Lei de Moore, as tecnologias que devem dispor outras civilizações são inimagináveis. Somos muito menos do que o vice-treco do sub-troço. Cristo decidiu salvar-nos há três mil anos. Agora, aproximando-se a Data Limite, enviou legiões de índigo e cristal para ajudar a libertar o planeta do domínio mutante.

 Os índigos e cristal nascem com uma noção superior devido à intuição altamente desenvolvida - daí o esforço desumano dos psicoPaTas e de sua entourage psicoPaTeta em impedir o desenvolvimento sadio das nossas crianças com a absurda "ideologia de gênero" e acentuando a drogadição iniciada nos anos setenta.
Uma boa ideia para se preparar para as cada vez mais surpreendentes mudanças que acontecerão nos próximos anos, é ler o
Livro de Urântia.   Leia suas seis mil páginas aqui, https://drive.google.com/open?id=0B6QVNULEDAG8MXNsWWpsS3psX2M    ou leia o resumo em http://padilla-luiz.blogspot.com.br/2015/06/livro-de-urantia.html?m=1  Esse artigo foi publicado em junho de 2015, na USAL, a oitocentenária Universidad de Salamanca, onde se debateu a descoberta da América, cuja expedição foi autorizada pela Rainha Izabel na cidade de Jaén, onde nasceu Geronimo Padilla, o meu pai, 4 séculos depois.

 Valiosa, também, esta abordagem, contando a origem do Livro de Urantia https://drive.google.com/open?id=0B6QVNULEDAG8QW1MbnQ3UzN0aUE

  3. A Apometria fortalece a formação da Egrégora potencializando o resultado:

  Quando a prática da fé acontece frequentemente num local a conexão com espiritualidade cria uma Egrégora.

    A apometria acelera a formação da Egrégora e a amplifica.

    Chico Xavier deixou a seguinte mensagem sobre Egrégora:
  O padrão vibratório de uma casa tem relação direta com a energia e o estado  de espírito de seus moradores.
 O conjunto de pensamentos, sentimentos, estado de espírito, condições físicas, anseios e intenções dos moradores, fica impregnado no ambiente criando o que se chama de egrégora.
 O que poucos sabem é que as paredes, objetos e a atmosfera da casa tem "memória" e registram as energias de todos os acontecimentos e do estado de espírito de seus moradores.
 Por isso, quando pensar na saúde energetica de sua casa tome a iniciativa básica e vital de impregnar sua atmosfera apenas com bons pensamentos e muita fé.
Evite brigas e discussões desnecessárias.
 Observe o seu tom de voz: nada de gritos e formas agressivas de expressão.
Não bata portas e tente assumir gestos harmoniosos, cuidando de seus objetos e entes queridos com carinho.
 Não pense mal dos outros.

  Pragas nem pensar.
 Selecione muito bem as pessoas que vão frequentar sua casa.
 Se você nutre uma mágoa profunda ou mesmo um ódio forte por alguém, procure ajuda para limpar essas energias densas de seu coração.
 Alegria, amor, paz, prosperidade, saúde amizades, belezas já estão bom para começar, não é mesmo?

Feixe de Hiss, o cérebro do coração, o qual, com o cérebro mamífero ou intermediário, formam o Sistema Límbico responsável pelo processamento emocional..

   4. Conhecendo a Apometria:

  Para saber mais sobre apometria, oportuna uma atualização e amplição da matéria anteriormente  publicada em http://www.padilla.adv.br/mistico/apometria/ 

Amor e paz.jpg 

  A apometria iniciou no Hospital Espírita de Porto Alegre, quando o Dr. Lacerda liderou o despertar de uma nova maneira de focar a energia através de comandos verbais.

  Na virada do milênio, esboçamos uma relação de centros de prática da apometria e somavam centenas. http://www.padilla.adv.br/mistico/apometria/locais/ 

 A nova técnica ainda não é conhecida e aceita em muitos locais  “tradicionais” representando uma divisão dos centros espíritas em duas linhas de trabalho diverso.

  O argumento para o imobilismo é , alegam os resistentes, a técnica apométrica não estaria prevista na codificação espírita. Contudo, é uma falsa crença de quem não pesquisou. Um estudo sério, o qual será encontrado neste trabalho, comprova a apometria ser uma técnica prevista nos ensinamentos compilados por Alan Kardec.

 O autor do estudo é o Dr. Ivan Herve, co-criador da Apometria e fundador da associação espírita Casa de João Pedro- onde o professor Padilla iniciou o trabalho voluntário no ano 2000 https://www.instagram.com/p/BYos9oHlzjb/?igref=ogexp .

 Dr. Hervê desenvolveu pesquisas internacionalmente reconhecidas sobre a eficácia da apometria até em moléstias consideradas incuráveis pela medicina alopática como a esquizofrenia, registradas em diversos livros e trabalhos http://www.ivanherve.com.br/a-casa-de-joao-pedro.html 

   Entre os centros apométricos, a Casa de João Pedro situa-se a "caballero": não é ortodoxa, interage com toda a entidade espiritual que aceite agir dentro da ética e do amor incondicional, desde as da umbanda aos ultradimensionais; contudo, não é liberal: o médium deve focar-se na apometria abrindo mão de outras práticas, como o xamanismo. Por exemplo, ao começar a trabalhar na Casa, muitos, como o Professor Padilla, abandonaram a prática de terapia reiki de 2º nível, habilitado a atender à distância.

   5. História da Apometria:

 Trabalhando em uma casa no jardim do Hospital Espírita de Porto Alegre, na década de oitenta, o grupo  dirigido pelo Dr. Lacerda passou a intitular-se "Casa do Jardim".
 O Dr. Ivan Hervé trabalhava lá e, estimulado por Dona Iolanda, a esposa do Dr. Lacerda, assumiu a direção de um grupo interno reunido em momento diverso da semana. Na época, a Casa do Jardim ainda operava dentro do Hospital Espírita e, após a saírem do Hospital Espírita, os grupos componentes da Casa do Jardim passaram por diversas casas, como a "
Sociedade Ramiro D´Ávila".
 O grupo dirigido pelo Dr. Ivan foi um dos que mais cresceu e, face à liberdade de cada grupo,
em 9 de abril de 1989 iniciou um arquivo próprio com os prontuários de todos os atendimentos e, posteriormente, veio a dar conotação de pesquisa científica atendendo recomendação do Dr. Sidney Grenfield, chairman do Departamento de Antropologia da Universidade de Wisconsin, o qual visitou à Casa do Jardim e sugeriu o tratamento científico dos casos atendidos.

 O grupo original da Casa de João Pedro permaneceu lá até quando, ante a quantidade de participantes, necessitou de mais espaço e, no Ramiro D´Ávila, faltavam condições físicas. Como a situação persistiu, um grupo, em torno de trinta pessoas, provavelmente em agosto de 1992, reuniu-se na residência do Dr. Ivan Hervé, decidindo fundar uma nova sociedade e locar uma sede para as atividades.
Ainda em 1992, foi alugada uma casa na rua Monteiro Lobato, ali permanecendo até 1º de maio de 1994. A Sociedade recebeu o nome "
Fraternidade e Amor", oriundo da Instituição Espiritual que passou a orientar o grupo sob o comando de João Pedro. A atividade espiritual desenvolvida foi explicitada no livro “Espiritualismo” (1994), de Ivan Hervé.

 Em 1994, foi oferecida, em doação, uma propriedade para sediar o grupo.  Assembléia Geral, por maioria, recusou; contudo, os vencidos desligaram-se e fundaram a "Sociedade Casa da Luz", até hoje desenvolvendo profícua atividade: http://www.casadaluz.com/

  Em 1º de maio de 1994, por término do contrato, houve mudança de sede para a rua Coronel Feijó esquina Cristóvão Colombo (a casa ainda existia e, em agosto de 2017, começou a ser lentamente desmanchada). Ali funcionou uma distribuidora de bebidas e seu proprietário relata alguns milagres ocorridos por conta da egrégora que ali permaneceu: https://docs.google.com/document/d/e/2PACX-1vTtt2VGatyZ6COnqsd7Z2tdAejOCnEMJKTrh6JKuok_ifdBrKzJK8oemCWDyNriC7Fz1d9ncNcDZx7z/pub 

  Na rua Coronel Feijó, desenvolveu-se um primeiro curso (1995) registrado em fitas cassetes. A Casa de João Pedro funcionava ali quando o Professor Padilla comprou um apartamento, no mesmo quarteirão, onde a egrégora persiste forte como ilustra a tranquilidade das aves:

https://www.instagram.com/p/BAexN8ZLgda/?taken-by=padilla.luiz

 https://www.instagram.com/p/BAexXyLrgds/?taken-by=padilla.luiz 

https://www.instagram.com/p/BAe3ZvYrgZU/?taken-by=padilla.luiz           https://www.instagram.com/p/BAKHXkOrgd7/?taken-by=padilla.luiz 

 Uma pomba chegou a fazer ninho na altura dos olhos num arbusto de limão vergamota: https://www.facebook.com/padillaluiz/posts/10154356140133823 

 1º janeiro 2017, quando a Casa de João Pedro, atualmente com sede própria na Rua Portuguesa 286, completou 26 anos de sua fundação jurídica no imóvel locado na rua Coronel Feijó esquina avenida Cristóvão Colombo, no mesmo quarteirão, a pombinha fez um ninho à altura dos olhos.

 Em 1º de maio de 1996, a Casa de João Pedro passou para a rua Gonçalves Ledo 289, no Partenon onde, face o crescimento das atividades, ficou decidido registrar juridicamente com o Estatuto aprovado em 17 de setembro de 1997 e encaminhado ao Cartório de Registros Especiais quando houve a eleição de uma Diretoria e um Conselho Consultivo.

  Em 24 de março de 2000, foi aprovado o Regimento Interno. Continuando a crescer rapidamente e, a partir de 1997, cursos anuais de ensino básico da apometria e avançados para médiuns.

 Em 1999, recebeu a doação de um terreno na rua Portuguesa n° 286, foi iniciada a construção em dezembro de 2000 com recursos oriundos das doações dos médiuns.

 Desde o ano 2004 transferiu atividades para o novo endereço.

 Ao longo desse tempo, centenas de médiuns desligaram-se de cada um desses centros criando outros grupos e centros, especialmente motivados por mudanças de residência. Apesar de trabalharem em locais separados fisicamente, os grupos apométricos descendentes da centelha fundadora persistem conectados compondo uma Meta-Egrégora do Amor ❤️ , a não para de crescer.

  Muitos acreditam estarem, por trás do desenvolvimento dessa nova técnica altamente eficaz, a inspiração dos Ultradimensionais preocupados em acelerar o desenvolvimento da humanidade e a superação da manipulação dos 2% psicopatas que não possuem ligação com o mundo espiritual. https://www.facebook.com/groups/IPPB.Projeciologia/ 

 6. Os princípios fundamentais da Apometria:

 O Dr. José Lacerda de Azevedo apresenta a prática apométrica com fundamento, inicialmente, em 13 leis, no conceitos de Corpos, Chacras ou Centros Vitais, técnicas de cromoterapia mental, ideoplastias, desdobramentos, mediunidade e animismo, entre outros. Esses conceitos estão em dois livros: “Espírito e Matéria – Novos Horizontes para a Medicina”. Porto Alegre: Pallotti, 1988; e “Energia e Espírito”:

Casa de Joao Pedro as 3 rosas simbolo.jpg

.1º.  A constituição setenária (7) do ser:

Na óptica da apometria, o ser humano é composto por sete corpos. São eles:

Corpo físico

Corpo etérico ou duplo etérico

Corpo astral

Corpo mental inferior

Corpo mental superior

Corpo búdico

Corpo átmico

C. W. Leadbeater, Charles Webster Leadbeater. The Hidden Side of Things.

Rosas modernas da Casa de Joao Pedro.jpg

.2º. As Leis básicas da apometria:

 Primeira Lei: Lei do desdobramento espiritual (Lei básica da Apometria); Enunciado: "Toda vez que, em situação experimental ou normal, dermos uma ordem de comando a qualquer criatura humana, visando à separação do seu corpo espiritual – corpo astral – de seu corpo físico, e, ao mesmo tempo, projetarmos sobre ela pulsos energéticos através de uma contagem lenta, dar-se-á o desdobramento completo dessa criatura, conservando ela sua consciência".

 A aplicação desta técnica possibilita explorar e investigar com facilidade o plano astral. O comando é dado enquanto emitem-se impulsos energéticos através de contagens em voz alta. Nos manuais de apometria, principalmente nas obras do Dr. Lacerda, esclarece-se que a contagem de 1 até 7 geralmente é suficiente, porém se for preciso deve-se contar quantos números forem necessários.

 Uma das muitas críticas que a Apometria recebe daqueles que ainda não têm sequer um certo conhecimento é sobre a necessidade de realizar contagens e ou estalar os dedos quando se pronuncia os números. De fato, as contagens e comandos não podem ser confundidos com atos ritualísticos, o que muitos espíritas ortodoxos alegam sobre a metodologia da Apometria. Todavia, o próprio Dr. Lacerda explicou que as contagens não são usadas como rituais, mas uma forma prática de verbalizar a emissão de energia mental. O trabalho é mental, portanto as contagens são uma forma de apoio e de organização, pois qualquer palavra poderia ser dita, ou até mesmo não dita, já que a energia é emitida pela mente.

 O desdobramento é produzido pela emissão da energia da mente que, direcionada pelo comando, cria o fluxo energético formado pelas forças cósmicas e mental/física. Logo, é justamente um fenômeno anímico do médium/operador (emissão de energia própria) que permite o desdobramento. Este é um dos diferenciais das técnicas da Apometria: a passividade dos médiuns é substituída por atividade e participação direta nos planos astrais.

 Segunda Lei: Lei do acoplamento físico. Enunciado: "Toda vez que se der um comando para que se reintegre no corpo físico o espírito de uma pessoa desdobrada, (o comando se acompanhado de contagem progressiva) dar-se-á imediato e completo acoplamento no corpo físico".

 Terceira Lei: Lei da ação à distância, pelo espírito desdobrado (Lei das viagens astrais). Enunciado: "Toda vez que se ordenar ao espírito desdobrado do médium uma visita a lugar distante, fazendo com que esse comando se obedecerá à ordem, conservando sua consciência e tendo percepção acompanhada de pulsos energéticos, através de contagem pausada, o espírito desdobrado terá visão clara e completa do ambiente (espiritual ou não) para onde foi enviado". Dr. LACERDA em "Espírito e Matéria", pag. 110-112. Ed. Pallotti Porto Alegre, 1988.

 Quarta lei: Lei da Formação dos Campos-de-Força. Enunciado: "Toda vez que mentalizarmos a formação de uma barreira magnética, por meio de impulsos energéticos, através de contagem, formar-se-ão campos-de-força de natureza magnética, circunscrevendo a região espacial visada, na forma que o operador imaginou.” AZEVEDO, José Lacerda de. Espírito/Matéria: Novos horizontes para a medicina. Porto Alegre. Pallotti, 1988. Pp.131-132.

 Quinta Lei: Lei da revitalização dos médiuns (intermediários). Enunciado: "Toda vez que tocarmos o corpo do médium (cabeça, mãos), mentalizando a transferência de nossa força vital, acompanhando-a da contagem de pulsos, essa energia será transferida. O médium começará recebe-la, sentindo-se revitalizado."

 Sexta Lei: Lei da condução do espírito desdobrado, de paciente encarnado para os planos mais altos, em hospitais do astral. Enunciado: "Espíritos desdobrados de pacientes encarnados somente poderão subir a planos superiores do astral se estiverem livres de peias magnéticas."

 Sétima Lei: Lei da ação dos espíritos desencarnados socorristas sobre os pacientes desdobrados. Enunciado: "Espíritos socorristas agem com muito mais facilidade sobre os enfermos se estes estiverem desdobrados, pois que uns e outros, desta forma, se encontram na mesma dimensão espacial."

 Oitava Lei: Lei do ajustamento de sintonia vibratória dos espíritos desencarnados com o médium ou com outros espíritos desencarnados, ou de ajustamento da sintonia destes com o ambiente para onde, momentaneamente foram enviados. Enunciado: "Pode-se fazer a ligação vibratória de espíritos desencarnados com médium ou entre espíritos desencarnados, bem como sintonizar esses espíritos com o meio onde forem colocados, para que percebam e sintam nitidamente a situação vibratória desses ambientes."

 Nona Lei: Lei do deslocamento de um espírito no espaço e no tempo. Enunciado: "Se ordenarmos a um espírito incorporado a volta a determinada época do passado, acompanhando-a de emissão de pulsos energéticos através de contagem, o espírito retorna no tempo à época do passado que lhe foi determinado".

 Décima Lei: Lei da dissociação do espaço-tempo. Enunciado: "Se, por aceleração do fator Tempo, colocarmos no futuro um espírito incorporado, sob o comando de pulsos energéticos, ele sofre um salto quântico, caindo em região astral compatível com seu campo vibratório e peso específico Karmico (km) negativo – ficando  imediatamente sob a ação de toda a energia km de que é portador".

 Décima primeira Lei: lei da ação telúrica sobre os espíritos desencarnados que evitam a reencarnação. Enunciado: "Toda vez que um espírito desencarnado, possuidor de mente e inteligência bastante fortes, consegue resistir à Lei da Reencarnação, sustando a aplicação dela nele próprio, por longos períodos de tempo (para atender a interesses mesquinhos de poder e domínio de seres desencarnados e encarnados), começa a sofrer a atração da massa magnética planetária, sintonizando-se, em processo lento, mas progressivo, com o Planeta. Sofre apoucamento do padrão vibratório, porque o Planeta exerce sobre ele uma ação destrutiva, deformante, que deteriora a forma do espírito e de tudo o que o cerca, em degradação lenta e inexorável.”

 Décima Segunda Lei: Lei do choque do tempo. Enunciado: "Toda vez que levarmos ao Passado espírito desencarnado e incorporado em médium, fica ele sujeito a outra equação de Tempo. Nessa situação, cessa o desenrolar da seqüência do Tempo tal qual o conhecemos, ficando o fenômeno temporal atual (presente) sobreposto ao Passado".

  Décima Terceira Lei: Lei da influência dos espíritos desencarnados, em sofrimento, vivendo ainda no passado, sobre o presente dos doentes obsidiados. Enunciado: "Enquanto houver espíritos em sofrimento no Passado de um obsidiado, tratamentos de desobsessão não alcançarão pleno êxito, continuando o enfermo encarnado com períodos de melhora, seguidos por outros de profunda depressão ou de agitação psicomotora".

 Décima quarta Lei: Lei da Formação e Dissociação das Personalidades Múltiplas, sucessivas, vividas em outras existências. Parte “A” e Lei da Dissociação da Personalidade Física (atual) em Subpersonalidades. Parte “B”.

 Constam do livro: "Energia e Espírito: Teoria e prática da Apometria" de José Lacerda de Azevedo. Enunciado: "A energia produzida pela mente, em nível cósmico, é diretamente proporcional a energia cósmica (K) multiplicada pela energia (Z) de zoom-animal e inversamente proporcional à energia barôntica de baros-peso oriunda da estrutura humana e, consqüentemente, de baixa freqüência (energia desarmônica - D), ou seja (Wap) = (K) x (Z) / (D)".

Vamos encontrar em ROQUE, Dalton Campos. CD Multimídia Apometria e Espiritualidade. Curitiba: ISC, 2007. http://www.consciencial.org/apometria-ramatis.html 

Décima Quinta Lei: Lei da reintegração das Personalidades Múltiplas e Subpersonalidades; e Décima Sexta Lei: Lei das Propriedades dos Elementos do “Agregado Humano”, Personalidades Múltiplas e Subpersonalidades. 

.3º. As Forças mental e zeta:

 A mente utiliza 1/3 da energia corporal e essa "usina de força" pode moldar, mover e direcionar a "energia cósmica". A Apometria canaliza a energia. Ramatis sustenta "toda magia ser mental" porque a força e a intenção do pensamento tem o poder de determinar se uma magia é benigna (magia branca) ou se interfere no livre arbítrio alheio, principalmente para fins egoísticos, fúteis ou prejudiciais (magia deletéria).

 A energia mental é de natureza "radiante". O pensamento pode ser transmitido à distância e captado de forma integral ou parcial por qualquer ser que tenha uma certa sensibilidade.

 Assim, o pensamento tem direção e um ponto de aplicação que é o seu objeto.

 O pensamento emite energia ao Universo, atraindo energias de vibração similar-equivalente.

 Se cultivarmos pensamentos bons, fraternais, de amor e auxílio ao próximo, entre outros, atraímos para perto de nós energias positivas que nos auxiliam no desenvolvimento de nossa vida cotidiana. Se, ao contrário, cultivarmos pensamento egoísticos, rancorosos, remoendo raiva e ódio, atraímos energias nocivas, materializadas através de doenças, dores inexplicáveis pela medicina comum e sobre as quais, dentro do próprio meio científico, cada vez há mais estudos, as chamadas doenças psicossomáticas.           https://vimeo.com/231273190 

 A Força Zeta é a liberação de energia condensada de um corpo físico. O operador apométrico utiliza a energia do seu próprio corpo para criar campos de força, além de inúmeras outras aplicações da energia.

  As demais leis foram desenvolvidas em pesquisas complementares em locais como a Casa de João Pedro, em Porto Alegre, e no Centro Espírita Ramatis, em Lages (SC), dirigido por J. S. Godinho, o qual também trabalha na Casa de João Pedro. Com mensagens de irmã Teresa D´Ávila e Mahaidana, considerados os mentores da Apometria, o grupo de Lages avançou os trabalhos. Nível, Subnível;  MOF (Micro-organizadores Florais);  Personalidade Múltipla e Subpersonalidade são alguns dos enfoques abordados. Tudo é dinâmico. O processo de conhecimento é resultante das escolhas do pesquisador, como assegura um corolário importante da Mecânica Quântica. O resultado depende portanto do foco do observador.  Godinho tem nove livros publicados. O mais recente é “Conflitos Conscienciais – Personalidades Múltiplas e Subpersonalidades”. Veja http://www.holuseditora.com.br/downloads/

 

   Na Casa de João Pedro trabalham voluntariamente 800 médiuns empregando a Apometria, também utilizada em centenas de outras casas espíritas à veja alguns dos locais na antiga lista clicando aqui (tenha en mente que, hoje, a quantidade é dezenas de vezes maior)

A p o m e t r i a

A conexão entre a Ciência e o Espiritismo

 Em 4 de setembro de 2017: Professor Padilla, dirigente Rogério Sele do Grupo de Limpeza, e Paulo Guerra

https://www.instagram.com/p/BYos9oHlzjb/?igref=ogexp

Apometria é um dos processos de desdobramento espiritual, com a separação do corpo astral ou mental do corpo físico.

Há duas técnicas para o desdobramento espiritual, que também pode acontecer através de uma terceira forma, involuntaria.

Involuntariamente é a experiência ocorrida quando,  devido a uma doença grave,  ou acidente,  a pessoa sofre morte física.   O coração e todos sinais vitais, inclusive as ondas cerebrais, param.    Os médicos atestam a morte do paciente.    Contudo, por variadas razões,  não há o desligamento espírito-corpo e o paciente “milagrosamente” ressuscita, conseguindo descrever em detalhes tudo que aconteceu enquanto estava “morto” porque sua consciência - o corpo astral desdobrado -  pairava sobre o corpo.  Raymond A. Moody Jr., psiquiatra norte-americano, foi o primeiro a se preocupar “cientificamente” com essas experiências de “quase morte”, cujos relatos repetiam-se, mas eram tratados como folclore.     Após analisar centenas de casos –na segunda metade do séc.XX publicou “Vida além da vida” com relatos jamais contestados de pacientes descrevendo detalhadamente fatos ocorridos enquanto estavam, clinicamente, mortos...

A mais antiga técnica de desdobramento espiritual é a Projeção do Corpo Astral, ou “viagem astral”, que pode ser realizada em estado de vigília ou durante o sono, de que temos notícias há milênios. Conheça-a clicando aqui

Na Apometria, a energia gerada no corpo e, em especial, na mente é canalizada pela atuação da força de vontade direcionada e impregnada pelo amor.     Conhecida e estudada, a técnica pode ser empregada para tratar portadores de doenças genéticas, de difícil resposta à terapêutica médica, ou consideradas incuráveis.

 

A Apometria surgiu como técnica médica de tratamento a doentes desenganados. Começou sua sistematização no HEPA Hospital Espírita de Porto Alegre em trabalho coordenado pelo médico Dr.Lacerda [José Lacerda de Azevedo], contabilizando-se centenas de médicos e profissionais de saúde entre seus seguidores diretos e indiretos.

A mais antiga notícia de experimento de desdobramento por um operador encarnado ocorreu em 1965, no HEPA, Hospital Espírita de Porto Alegre, presidido pelo Sr. Conrado Rigel Ferrari, que convidou um grupo de espíritas eminentes para uma sessão do que o Dr. LUIZ RODRIGUES, farmaceutico-bioquímico, natural de Porto Rico, radicado no Rio de Janeiro, chamava de Hipnometria.  O Dr. Luiz Rodrigues, que  não era espírita, foi embora, e não tivemos mais notícias. Lançou as sementes na Capital Gaúcha onde aconteceu o desenvolvimento e fundamentação científica da técnica pelo Dr. Lacerda.

Nascido em 12.6.1919, José Lacerda De Azevedo formou-se em medicina pela UFRGS em 1951.   Cirurgião, ginecologista e, mais tarde, clínico geral renomado, possuía notável cultura, com conhecimentos aprofundados em Matemática, Física, Química, Botânica, História Geral, História da França, História do Cristianismo, História da I e II Guerras Mundiais.   Era graduado em Belas Artes pela UFRGS e, sem nunca ter exposto com finalidades comerciais, pintou quadros de notável valor artístico.   Ser humano de rara genialidade,  com formação e vivência espírita desde a juventude, foi o responsável por desenvolver e fundamentar cientificamente a Apometria.

Dr. LACERDA adotou o termo APOMETRIA do grego "apo" = além de, separar e "metron"= medida, porque “Hiponometria” era impróprio ao dar uma falsa idéia de hipnose, totalmente distinta das técnicas da APOMETRIA.

Após o falecimento do Dr. Lacerda, o Dr. Ivan Vianna Hervé - com 85 anos de idade e mais de 60 anos de prática espírita, aposentado da medicina como conceituado médico pneumologista e diretor hospitalar, dedicou-se a dirigir o Grupo João Pedro – onde trabalham mais de 300 médiuns.  Livro recentemente lançado relata a experiência desde 1989 com casos escolhidos dos prontuários de atendimentos – registrando a efetividade da técnica.

 

São co-autores da obra Eva Isabel Tejada, psicóloga Jungiana que além de clínica, conta décadas de trabalho no Hospital Psiquiátrico São Pedro, e Volnei Borges professor de física na UFRGS, responsável pela abordagem de traduzir na linguagem coloquial as modernas descobertas da física quântica sobre a energia e lua ligação com os fenômenos espirituais.

 

A seguir, uma visão do primeiro capítulo demonstrando a base teórica e doutrinária da Apometria na Doutrina Kardecista:

 

7. ALLAN KARDEC e a APOMETRIA

Ivan Vieira Herve

A Federação Espírita Brasileira “desautoriza” o uso da técnica apométrica nos trabalhos kardecistas alegando que esse procedimento de tratamento descoberto e desenvolvido nas últimas décadas, não estaria na doutrina Kardecista, até sugerindo que seria contrário a ela...

Cuidadosa releitura da obra de Kardec comprova o equívoco dessa afirmação.

Não há veracidade nessas objeções contra a prática da apometria porque a técnica está totalmente dentro dos fundamentos da doutrina Kardecista:

No “Livro dos Médiuns” nº 74, São Luís responde: “O fluido universal não é uma emanação da divindade e sim uma criação da Mesma.”  Este fluido é o princípio elementar de todas as coisas. Ele apenas anima a matéria, mas não é fonte da vida nem da inteligência. O perispírito é composto por ele. E mais adiante: ”o que chamais de perispírito, vos faculta a chave de todos os fenômenos espíritas de ordem material”.

Na “Gênese”, cap. XIV, temos a confirmação do acima exposto, além de explicar que a camada de fluidos espirituais que envolve a Terra constitui a morada dos espíritos e ali eles haurem seu perispírito.

Na mesma obra, cap. VI, nº 19, fala na criação dos espíritos, dizendo que só recebemos a consciência e o livre arbítrio após termos iniciado nossa evolução no átomo, conforme a resposta dada a pergunta 540, no “Livro dos Espíritos”: “...que tudo se encadeia na Natureza, desde o átomo primitivo até o arcanjo, que também começou por ser átomo”.

Portanto, do fluido universal se origina a vida material, do infinitamente pequeno até as maiores galáxias, sendo por ele animada.    Mas a ação inteligente do espírito, independente da matéria, é que traz o senso moral e a faculdade de pensar (Obras Póstumas - A ALMA).

Ainda na “Gênese”, no cap.14 nº 7, descreve: “O perispírito, ou o corpo fluídico dos Espíritos, é um dos produtos mais importantes do fluido cósmico; é uma condensação desse fluido, ao redor de um foco de inteligência ou alma. Viu-se que o corpo carnal tem igualmente seu princípio nesse mesmo fluido transformado e condensado em matéria tangível”; e mais adiante, no mesmo texto, “O corpo perispiritual e o corpo carnal têm, pois, a sua fonte no mesmo elemento primitivo; um e outro são da matéria, embora sob dois estados diferentes”.

No nº 6, do referido capítulo, no § 2º, está escrito: ”A matéria tangível, tendo por elemento o fluido cósmico etéreo, deve poder, em se desagregando, retornar ao estado de eterização, como o diamante, o mais duro dos corpos, pode se volatilizar em gás impalpável.”

No nº 11, ainda do mesmo capítulo, afirma que: ”O fluido etéreo é para as necessidades do espírito o que a atmosfera é para as necessidades dos encarnados”.

Na continuidade, no nº 12, lemos: ”Assim, tudo se liga, tudo se encadeia no Universo; tudo está submetido à grande e harmoniosa lei da unidade, desde a materialidade mais compacta até a espiritualidade mais pura”.

Comentário:  Os dados aqui expostos demonstram claramente que, em pleno Séc.XIX, Kardec antecipa, com extrema clareza, as teorias da evolução e quântica, além de tornar aceitável a hipótese do “big-bang”.

Aliás, o Espiritismo, veio trazer o Espírito da Verdade prometido por Jesus (João, cap. XIV; XVI; Mateus, cap. XVII), conforme explicitado no nº 55, Cap.1, da Gênese:   ”O Espiritismo não coloca, pois como princípio absoluto, senão o que está demonstrado como evidencia ou que ressalta logicamente da observação” E finaliza: “O Espiritismo, caminhando com o progresso, não será jamais ultrapassado, porque se novas descobertas lhe demonstrarem que está em erro sobre um ponto, modificar-se-á sobre esse ponto; se uma nova verdade se revela, ele a aceita”.

Do exposto, podemos concluir que:

1 - O fluido universal é uma criação de Deus, dele derivando a formação e animação da matéria. Origina também o ambiente onde vivem os espíritos, inclusive o perispírito, pois ainda são matéria, embora diferenciada.

2 - O espírito, obra divina, conforme vimos, desenvolve-se desde o átomo primitivo, crescendo com a evolução, chegando ao estágio humano, onde adquire o livre arbítrio, senso moral e alto grau de inteligência. O homem age sobre a matéria e o espírito molda o mundo espiritual (matéria diferenciada).E, um dia, chegará a arcanjo.

3 - O Universo é uma grande unidade energética, com inúmeros tipos de energia, capazes de se transformarem, quer condensando ou volatilizando, até a energia primordial, obedecendo a leis inteligentes, originadas na Suprema Inteligência (Deus).

 

Há intercâmbio entre os mundos espiritual e humano?

O espiritismo, e também outras religiões demonstram que os espíritos desencarnados interferem na vida dos encarnados, quer através dos médiuns, materializações e outras manifestações. Basta ler o cap. IX DO “Livro dos Espíritos”, para avaliar a extensão dessa ação.

Na “Gênese”, cap. I, nº 58, esclarece que espíritos de todas as ordens entram em contato conosco, cabendo-nos a seleção das informações, mas ressalta que todos fornecem contribuições úteis. Para evitar dúvidas, vamos transcrever: ”Mas não são apenas os espíritos superiores que se manifestam, são também os espíritos de todas as ordens, e isso era necessário para nos iniciar no verdadeiro caráter do mundo espiritual, no-lo mostrando sob todas as suas faces; com isso, as relações entre o mundo visível e o mundo invisível são mais íntimas, a conexão é mais evidente; vemos mais claramente, de onde viemos e para onde vamos; tal é o objetivo essencial das comunicações. Todos os espíritos, a qualquer grau que tenham chegado, nos ensinam, pois, alguma coisa, mas, como são mais ou menos esclarecidos, cabe a nós discernir o que há neles de bom e de mau, e de tirar o proveito que os seus ensinamentos comportam; ora, todos, quaisquer que sejam, podem nos ensinar ou revelar coisas que ignoramos, e que, sem eles, não saberíamos”.

Desde os xamãs, por outro lado, sabemos que os encarnados podem freqüentar o mundo espiritual. É de relembrar que, sempre conscientes, viajam pelo mundo astral, visitando ambientes e conversando com espíritos, são possuídos e se desdobram, usando diferentes técnicas, tais como tambor, meditação e drogas.     Desde há milênios,  bastando citar Hermes Trismegisto, as viagens astrais são descritas por inúmeros autores, religiosos ou não, muitas vezes provocadas conscientemente (nada mais é que auto-hipnose).  Praticantes da yoga também realizam viagens astrais, embora visem atingir seus próprios objetivos.

No cap. VIII do “Livro dos Espíritos” (Da emancipação da alma), estão explicitadas a importância do sono, sonhos, sonambulismo, êxtase e dupla vista e o papel que exercem na comunicação dos encarnados com o mundo astral.

No “Livro dos Espíritos” a perg.538 é a seguinte: ”Formam categoria especial no mundo espírita os Espíritos que presidem os fenômenos da Natureza? Serão seres à parte, ou Espíritos que foram encarnados como nós? R. Que foram ou que o serão”.

Para completo esclarecimento do assunto é aconselhável ler as questões nº 536, 537, 539 e 540.

 

Além das conclusões anteriores, podemos acrescentar:

1-          O intercâmbio entre os dois mundos é constante, amplo e bi-lateral.

2-          Espíritos de qualquer ordem devem ser recebidos, pois poderão trazer ensinamentos úteis.

3-          Todos os Espíritos poderão passar estágios não humanos, mas um dia encarnarão como seres humanos.

Tendo em vista  as conclusões até aqui exaradas, entendemos  que a apometria está nela incluída e de maneira explícita, como a seguir demonstramos.

Na “Gênese”, cap. XIV, nº 18, está escrito: “Sendo os homens os Espíritos encarnados eles têm, em parte, as atribuições da vida espiritual, porque vivem desta vida quanto da vida corpórea; primeiro durante o sono, e, freqüentemente, no estado de vigília. O Espírito, em se encarnando, conserva o seu perispírito com as qualidades que lhe são próprias, e que, como se sabe, não está circunscrito pelo corpo mas irradia todo ao  redor e o envolve como de uma atmosfera fluídica.

Pela sua união íntima com o corpo, o perispírito desempenha um papel preponderante no organismo; pela sua expansão, coloca o Espírito encarnado em relação mais direta com os   Espíritos livres, e também com os Espíritos encarnados.

O pensamento do Espírito encarnado age sobre os fluidos espirituais como o dos Espíritos desencarnados; ele se transmite de Espírito a Espírito pela mesma via, e, segundo seja bom ou mau, saneia ou vicia os fluidos circunstantes.”. Ler os demais parágrafos deste  item.

No n 22, do mesmo capítulo, diz:  ”O perispírito é o traço de união entre a vida corpórea e a vida espiritual; é por ele que o Espírito encarnado esta em continua relação com os Espíritos; é por ele, enfim, que se cumprem, no homem, fenômenos especiais que não tem a sua causa primeira na matéria tangível, e que, por esta razão, parecem sobrenaturais.

É nas propriedades e na irradiação do fluido perispiritual que se deve procurar a causa da dupla vista, ou visão espiritual, que se pode também chamar visão psíquica, da qual muitas pessoas são dotadas, freqüentemente com o seu desconhecimento, assim como a visão sonambúlica.” . Ler o restante deste item.

O nº 27, ainda do cap. XIV, esta assim redigido: ”A visão espiritual é necessariamente incompleta e imperfeita entre os Espíritos encarnados, e, por conseqüência, sujeita a aberrações. Tendo a sua sede na própria alma, o estado da alma deve influir sobre as percepções que ela dá. Segundo o grau de seu desenvolvimento, as circunstâncias e o estado moral do indivíduo, ela pode dar, seja no sono, seja no estado de vigília:1. a percepção de certos fatos materiais reais, como o conhecimento de acontecimentos que se passam ao longe, os detalhes descritivos de uma localidade, as causas de uma doença e os remédios convenientes;2.  a percepção de coisas igualmente reais do mundo espiritual, como a visão dos Espíritos”. Na continuação, são fornecidas interessantes informações a respeito das distorções que podem ocorrer e  formas pensamento.

 

Complementando nosso pensamento, devem ser lidos os nº 31, 32 e 33, do já referido capítulo, demonstrando como são procedidas as curas.

Sabido é que espíritos encarnados podem até materializar-se, embora se mantenham perfeitamente conscientes. No nº 119, no “ Livro dos Médiuns”, estão relatados os casos dos santos Afonso de Liguori e Antônio de Pádua, por demais conhecidos. Certamente inúmeros casos fazem parte de muitas publicações ou de histórias familiares.

Evidentemente em muitos casos, senão em todos, a vontade exerce papel decisivo, como esta relatado no nº 131, parágrafo terceiro, do mesmo livro: ”Tanto quanto do Espírito errante, a vontade é igualmente atributo do Espírito encarnado; daí o poder do magnetizador, poder que se sabe estar na razão direta da força de vontade. Podendo o Espírito encarnado atuar sobre a matéria elementar, pode do mesmo modo mudar-lhe as propriedades, dentro de certos limites. Assim se explica a faculdade de cura pelo contato e pela imposição das mãos, faculdade que algumas pessoas possuem em grau mais ou menos elevado”.

Ainda no referido volume, no nº 282 (Questões sobre evocações), § 14, interrogado se reunidos em comunhão de pensamentos e de intenções, dispõem os homens de mais poder para evocar os Espíritos? R. “Quando todos estão reunidos pela caridade e para o bem, grandes coisas alcançam. Nada...”. Sobre o mesmo tema, reler os §§ 37 e 38, onde está registrado que a encarnação não impede a evocação de pessoas vivas, as quais podem comparecer sem serem evocadas. Também o § 43, continuação dos anteriores, confirma ser possível a evocação de pessoas acordadas.

No “Livro dos Espíritos”, no cap. VIII, indagado se é necessário o sono completo para a emancipação do Espírito (perg. 407), eis a resposta: “Não; basta que os sentidos entrem em torpor para que o Espírito recobre a sua liberdade. Para...”. No mesmo capítulo, perguntado se os Espíritos podem comunicar-se, estando os corpos inteiramente despertos (perg. 420), a resposta foi: “O Espírito não se acha encerrado no corpo como numa caixa; irradia por todos os lados”. Segue-se que pode comunicar-se com outros Espíritos, mesmo em estado de vigília, se bem que mais dificilmente “. As perguntas de n. 447 a 454, referentes à dupla vista, devem ser lidas atentamente, o mesmo ocorrendo com a de nº 455, principalmente com relação à dupla vista, pois favorecem nosso ponto de vista.

Em “Obras Póstumas”, encontramos um capítulo referente à dupla vista. Ela é mencionada em outras publicações de Kardec, também é chamada de visão espiritual ou visão psíquica e é por nós mencionada nesta publicação. Aconselhamos a leitura completa e cuidadosa deste capítulo, pois nele comprova-se que tem origem idêntica ao sonambulismo, mas dele se diferencia porque existe no estado de vigília. Também fica comprovado que existem diferentes graus, podendo chegar até uma percepção clara e limpa como ocorre no sonambulismo. Vale a pena transcrever o seguinte trecho: “Os médiuns videntes podem, pois, ser comparados às pessoas que gozam de visão espiritual; mas seria, talvez, muito absoluto considerar estes últimos como médiuns; porque a mediunidade consistindo unicamente na intervenção dos Espíritos, o que se faz por si mesmo não pode ser considerado como um ato mediúnico. Aquele que possui a visão espiritual vê pelo seu próprio Espírito, e nada implica, no desenvolvimento de sua faculdade, a necessidade do concurso de um Espírito estranho”. (pg.99; §2º; 6ª Ed.;Instituto de Difusão Espírita;1993).

A apometria nada mais é do que o desdobramento do espírito encarnado, em condições especiais de concentração, permitindo contato com o mundo astral, em estado de vigília (dupla vista, visão espiritual ou visão psíquica), como descreveu Kardec em varias de suas obras.

Para aqueles que não aceitam o acima exposto, apesar da clareza da argumentação, é de lembrar que o espiritismo, segundo Kardec, é científico e, conseqüentemente, experimental, tornando obrigatório o estudo da apometria pelos kardecistas, antes de rejeitá-la.

Segundo Kardec, o desdobramento do espírito é anímico, mas permite que entre em contato e aja no mundo astral, o que deve fazer sob a direção dos dirigentes espirituais.pois eles é que comandam e orientam o trabalho a ser realizado

Apometria é apenas um método de trabalho, devendo ser aplicado em sessões espíritas, expandido sua área de ação. Nem é possível usá-la de outra maneira.

Apenas a título de esclarecimento informamos que a conduta cientifica e filosófica continua sendo inteiramente praticada, pois método de trabalho não pode alterá-las.Portanto, o Amor Cósmico preside e orienta o trabalho, pois fora da caridade não há salvação

Finalmente, baseados nos ensinamentos de Kardec, recebemos, em nossas sessões qualquer espírito que tenha permissão para comunicar-se. Também aceitamos o trabalho dos espíritos da natureza, face às explicações dadas por Kardec.

 

8. A linguagem apométrica

Em “Nota Oficial”, no início do milênio, Dr. Ivan Hervê explicou por que não devemos usar a linguagem septenária, empregada há milênios pelas doutrinas orientais, na prática apométrica.

Para fundamentar nossa mudança de linguagem, vamos baseá-la no livro “Evolução em dois Mundos”, onde encontramos: “PLASMA DIVINO- O fluido cósmico é o plasma divino, hausto do Criador ou força nervosa do Todo Sábio. Nesse elemento primordial,  vibram e vivem constelações e sóis,  mundos e seres, como peixes no oceano”    Eis a formação da matéria.

Mais adiante:   “A imensa fornalha atômica estava habilitada a receber  as sementes da vida e, sob o impulso dos Gênios Construtores, que operavam no orbe nascituro, vemos o  seio da Terra recoberto de mares mornos, invadido por gigantesca massa viscosa a espraiar-se no colo da paisagem primitiva. Dessa geléia cósmica, verte o princípio inteligente, em suas primeiras manifestações.” --- Eis o início da formação do Espírito.

Mais à frente: “Todos os órgãos do corpo espiritual e, conseqüentemente do corpo físico foram, portanto, construídos com lentidão, atendendo-se à necessidade do campo mental em seu condicionamento e exteriorização no meio terrestre. É assim que o tato nasceu no princípio inteligente, na sua passagem pelas células nucleares em  seus impulsos amebóides; que a visão principiou pela sensibilidade do plasma nos flagelados unicelulares expostos ao  clarão  solar;que o olfato começou nos animais aquáticos de expressão mais simples, por excitações do ambiente em que envolviam; que o gosto surgiu nas plantas muitas delas armadas de pêlos viscosos destilando sucos  digestivos,  e que as primeiras sensações de sexo apareceram com algas marinhas providas não  só de células masculinas e  femininas que nadam, atraídas umas para as outras, mas também de um esboço de epiderme sensível, que podemos definir como região secundária de simpatias genésicas.” – Eis o desenvolvimento conjunto da vida. - matéria e espírito. É de recordar que, no “Livro dos Espíritos”  está escrito que o Espírito nasce simples e ignorante. Recordemos que o espírito, para agir sobre a matéria, necessita do fluido vital, originado também do plasma divino.

Confirmando o acima expresso: “Nas épocas remotas, Os Semeadores Divinos guiaram a elaboração das formas, traçando diretrizes ao mundo  celular, em favor do princípio inteligente, então conduzido ante a sociedade espiritual como a criança irresponsável ante a sociedade humana; todavia a medida que se lhe alteia o conhecimento, passa a responsabilizar-se por si mesmo, pavimentando o caminho que o investirá na posse da Herança Celestial no regaço da Consciência Cósmica.”Assim chegamos ao Homem, físico e Espírito. Iniciado nos hominídeos e completo no Homo sapiens sapiens. Daqui iremos para a angelitude.

No homem atual o perispírito está completo e, conseqüentemente, o corpo físico também. Portanto, os centros de força, correspondentes aos chakras, mas com funções e atribuições muito diferentes, estão em plena ação. Em “Entre o Céu e a Terra” encontramos a seguinte descrição: “Como não desconhecem,o nosso corpo de matéria rarefeita está intimamente regido  por sete centros de força, que se conjugam nas ramificações dos plexos e que, vibrando em  sintonia uma com os outros, ao  influxo do poder diretriz da mente, estabelecem, para nosso uso, um veículo de células elétricas, que podemos definir como sendo um campo eletromagnético, no qual o pensamento vibra em circuito fechado. Nossa posição mental determina o peso específico do nosso envoltório espiritual e, conseqüentemente, o “habitat” que  lhe compete. Mero problema de padrão vibratório.” –Portanto assim funcionam os centros de força, de acordo com a 3º Revelação e, portanto, como centros eletromagnéticas podem ser reajustados rapidamente através de  impulsos e da concentração do grupo. Quanto à denominação, na nossa literatura, são chamados, genésico, gástrico, esplênico, cardíaco. laríngeo, cerebral e coronário.

Ainda na “Evolução em dois Mundos”: “A  recordação dessa ou daquela falta grave, mormente daquelas que jazem recalcadas no espírito, sem o desabafo e a corrigenda funcionem por válvulas de alivio ás chagas ocultas do arrependimento, cria na mente  um estado anômalo que podemos classificar de “zona de remorso”, em torno da qual a  onda viva e contínua do pensamento passa a enovelar-se em circuito  fechado sobre si mesmo, com  reflexo permanente na parte do veículo fisiopsicossomático ligada à lembrança das pessoas e circunstâncias associadas ao erro de nossa  autoria. Estabelecida a idéia fixa sobre esse “nódulo de forças mentais desequilibradas”, é indispensável que acontecimentos reparadores se nos contraponham ao modo enfermiço de ser, para que nos sintamos exonerados desse ou daquele fardo íntimo, ou exatamente redimidos perante a Lei. Essas em   quitações de energias profundas, no imo de nossa alma, expressando as chamadas dívidas cármicas” por se filiarem a causas infelizes que nós mesmos plasmamos na senda do destino, são perfeitamente transferíveis de uma existência para outra. Isso por que se nos comprometemos diante da  Lei  Divina em qualquer idade de nossa vida responsável, é  lógico venhamos a resgatar nossas obrigações em qualquer tempo, dentro das mesmas circunstâncias nas quais patrocinamos a ofensa em  prejuízo dos outros. ë assim  que o remorso provoca distonias diversas em nossas forças recônditas, desarticulando as sinergias do corpo espiritual, criando predisposições mórbidas para essa ou aquela enfermidade, entendendo-se, ainda, que essas desarmonias são,algumas vezes, singularmente agravadas por assédio vindicativo dos seres  a quem ferimos, quando imanizados a nós em processos de obsessão. Todavia, ainda mesmo quando sejamos perdoados pelas vítimas de nossa insânia, detemos conosco os resíduos mentais da nossa culpa, qual depósito de lodo no fundo de uma calma piscina, e que, um dia virão a tona de nossa existência, para a necessária expunção, à medida que se nos acentue o  devotamento à higiene moral. — Aqui  fica claro  que, um dia nossos pecados nos encontrarão, não  importa quando isso vai acontecer. Assim em “Antes de Adão” decorreram muitos milhares de anos. Portanto, quando um espírito se manifesta, no presente ou no passado, está investido da personalidade daquele instante,  daí ser possível a doutrinação dele e dos que o rodeiam, inclusive nos bolsões do passado.

No “Livro dos Médiuns”, no item 282, “Questões sobre as evocações”, entre as trinta e cinco perguntas e respostas, destacamos:

“22º:   Para se manifestarem, têm  sempre os Espíritos necessidade de ser evocados? Não; muito freqüentemente, eles se apresentam sem serem chamados, o que prova que eles vem de boa vontade”.

“29º:   Poderia o mesmo Espírito comunicar-se, simultaneamente, durante uma sessão, por  dois médiuns diferentes? Tão facilmente quanto,, entre vós, os que ditam várias cartas ao mesmo tempo”.

O item deve ser lido por inteiro, pois demonstra claramente que não corpos que se manifestam mas sim o próprio espírito.  Aliás, confirma o que lemos no parágrafo anterior.

Cremos que esses dados complementam e torna mais clara a posição oficial da Casa de João Pedro.

Ivan Hervé, em 29 de setembro de 2004

 

Detalhamento das Leis e da técnica da Apometria clique aqui

Compare com a Projeciologia, chacras, Projeção do Corpo Astral clicando aqui 

Compare à prática indígena noticiada pelo antropólogo Carlos Casteñeda clique aqui

Locais onde a Apometria é praticada clique aqui ¯

Simbolismo da CRUZ clique aqui

O livro  “Apometria - A conexão entre a Ciência e o Espiritismo”   pode ser encomendado pelo telefone (51)3315-7149 ou e-mail casadejoaopedro@outloock.com     Apometria é um processo de desdobramento, com a separação do corpo astral ou mental do corpo físico pela atuação da força (da vontade direcionada com amor) usando a energia gerada no corpo e, em especial, na mente.           Conhecida e estudada, a técnica pode ser empregada para tratar portadores de doenças genéticas, de difícil resposta à terapêutica médica ou consideradas incuráveis.

 

Participe dos Grupo de Voluntários de Caridade e Ação Social clique aqui ÿ

Conclusões da retrospectiva da Revista Isto É ao final de 2005: Novas descobertas científicas e avanços tecnológicos estimulam o fascínio pelo sobrenatural. O Terceiro Milênio amplia a percepção dos princípios opostos tendentes ao equilíbrio (“a Ciência encontra  Deus”)  conheça-os clicando aqui

O saber místico até então sem serventia aos “materialistas” e o conhecimento científico de nenhum valor para os “espirituais” se reencontram à aprofunde clicando aqui

Aliás? O que é crença? clique aqui

Professor ou aluno? Em quaisquer assunto,  do direito ao desporto, todos somos mestres e discípulos uns dos outros veja como e porque clicando aqui.

Desperte a consciência para nova concepção de cosmos e sua importância colaborando na constante evolução do Universo conhecendo as 7 Leis Espirituais do Sucesso clique aqui

Viva muito mais  e  melhor :

Preserve a saúde física com vitaminas e aminoácidos.      Saiba o que a indústria (da doença) oculta de você clique aqui

Proteja seu pensamento e sua energia.    Aprenda como funciona o poder e se liberte da manipulação clique aqui N

A Bíblia foi alterada após o Século V suprimindo as referências à crença reencarnacionista. Entenda os motivos políticos e interesses financeiros dessa mudança clicando aqui

Retornar ao índice da Sabedoria Mística clique aqui

Casa de João Pedro e a moderna visão dos chacras & corpos, clique aqui

Grupo Espiritualista Casa de João Pedro clique aqui

Chacras è visão projecionista (voadores) e lições de Wagner Borges clique aqui

Casa de João Pedro Horários de passe e orientações clique aqui

Para saber mais sobre passes e atendimentos clique aqui

Perguntas mais freqüentes sobre passe clique aqui

Saber mais sobre Apometria clique aqui

Sócrates e Platão precursores da doutrina Cristã + Espírita clique aqui 

Receba aviso das atualizações clicando aqui ó

Ou envie 1 e-mail para: assinar-misticismo.ciencia@grupos.com.br 

Conheça nossas páginas, e os variados enfoques da Sabedoria:

è Sabedoria aplicada à elaboração das decisões judiciais clique aqui &

è Sabedoria no princípio Universal da Evolução clique aqui ó

è Sabedoria na Ética à clique aqui F J

è Sabedoria na fusão do espiritual + material clique aqui ÿ

è Sabedoria em sermos Mestres e Discípulos uns dos outros clique aqui ó

è Sabedoria no reencontro do Místico e Ciência clique aqui ÿ

è Sabedoria no caminho da perfeição na simplicidade Shibumi  clique aqui ÿ   

è Sabedoria na evolução cultural clique aqui þ

è Sabedoria no uso da Linguagem, instrumento do Jurista clique aqui ó

è Sabedoria no princípio da Dualidade os opostos complementares clique aqui  

* * *

Bibliografia

AZEVEDO, José Lacerda de. Espírito/Matéria. Novo Horizontes para a medicina. Porto Alegre, 1988, Palotti.

___. Espírito e Matéria. Porto Alegre, 1993, Edicel.

___. Energia e Espírito. Porto Alegre, 1993, Palotti.

___. SPIRIT & matter; New Horizons for Medicine. Dehver, Arizona, USA, 1997, New Falcon Publications.

COSTA, V.R. Apometria - novos horizontes da medicina espiritual. Matão, SP, 1997, Ed. O Clarim.

Site da Casa do Jardim, http://www.casadojardim.com.br/apometria1.htm, em 11-3-2006, as 21 hs.

 O aniversário, em agosto de 2017, do Dr. Ivan Herve, criador da Casa de João Pedro, reuniu diversos dos médiuns dirigem os grupos de trabalho: https://vimeo.com/231270722 

                       

 apometria

APOMETRIA – A NOVA CIÊNCIA DA ALMA

Este livro aborda as técnicas apométricas com suas 13 leis, terapêutica espiritual, os sete corpos e seus desdobramentos, noções básicas sobre os chacras, as várias formas de obsessões, auto-obsessões e sua terapêutica.

Autor: J.S.Godinho

 portais

OS PORTAIS DA FELICIDADE – APOMETRIA NA PRÁTICA

Neste volume, em forma de perguntas e respostas, buscamos clarear dúvidas sobre o trabalho apométrico, relatar experiências do dia a-dia na mesa mediúnica onde aprendemos muito sobre a própria técnica, e também trazer subsídios aos interessados no assunto, sobre o tratamento dos distúrbios de etiologia espiritual.

Autor: J.S.Godinho

 iniciacao

INICIAÇÃO APOMÉTRICA – TERAPÊUTICA MEDIANÍMICA

Este trabalho é a somatória de diversos materiais colhidos do arsenal de informações históricas sobre Apometria e o conseqüente Desdobramento Múltiplo de Personalidades, da experiência do dia-a-dia de nossos trabalhos, somada a uma parte do muito que ouvimos de nossos inúmeros companheiros de lides espiritualistas por esse Brasil todo.

Entendemos que também seria importante colocar neste livro uma “fórmula” bem simplificada, de como se montar um grupo mediúnico ensinando-lhe os primeiros passos.

Dentro desse simples desejo buscamos auxiliar os “jovens” companheiros de caminhada que, por inexperiência e receio, vacilam diante de supostas dificuldades já vivenciadas pelos mais antigos. A esses, mais tarde, caberá também a responsabilidade de ensinar os novos interessados da mesma forma que um dia foram ensinados.

Mais do que nunca desejamos conclamar as pessoas a despertar para a nova ordem cósmica geral, onde o “amai-vos e instruí-vos” precisa ser compreendido, sentido e praticado. Onde o “conhecereis a verdade e a verdade vos libertará” será o dever maior a ser realizado sem demora.

O descumprimento dessa poderosa onda evolutiva, que sempre impulsionou a humanidade de todos os tempos, acelerou-se vertiginosamente nos tempos atuais como poderosa e irresistível turbina impulsionadora, levando os retardatários a sérias complicações e dificuldades. Precisamos despertar para essa verdade e agir com presteza, auxiliando nossos companheiros de caminhada.

Com isso estarão evitando um enorme desperdício de tempo e energia por não precisarem experimentar e nem procurar soluções para aquilo que já foi experimentado e solucionado. Dessa forma, poderão utilizar toda essa energia e tempo preciosos para socorrerem e auxiliar as criaturas necessitadas.

Autor: J.S.Godinho

 mediunidade

MEDIUNIDADE E APOMETRIA – TERAPÊUTICA ESPIRITUAL

Mediunidade e Apometria aborda a proposta “Arte-Cura”, valioso instrumento terapêutico para espíritos em fase pré-encarnatória, e também para espíritos estropiados que costumam vir até os núcleos de trabalho em busca de auxílio. É um trabalho aberto ao público, onde as pessoas participam das sessões mediúnicas já na primeira visita, podendo fazer perguntas livremente. É nesse estudo e prática que nossos médiuns são treinados para o trabalho. O arte-cura é na realidade um lindo trabalho, uma verdadeira festa de amor, onde crianças e adultos, encarnados e desencarnados, aprendem a se auxiliar mutuamente.

Nesse livro seguimos o modelo “perguntas e respostas” e abordamos especialmente os seguintes assuntos:

Duplo Etérico, Mediunidade, Carma, Programação Encarnatória, Cromoterapia Mental, Aparelhos Desorganizadores, Depressão, ilustrações mostrando a aparência degradada dos espíritos que nós socorremos e muito mais.

Nele podemos encontrar inúmeros subsídios de interesse daqueles que tratam dos distúrbios de etiologia espiritual.

Nossa meta é auxiliar a construção do homem saudável e espiritualizado da Nova Era: O homem co-redentor.

É mais um livro que vem clarear dúvidas sobre o trabalho medianímico, relatar experiências do dia-a-dia na mesa mediúnica e ensinar como desenvolver o trabalho.

Autor: J.S.Godinho

 apo_animismo

APOMETRIA E ANIMISMO

Esse livro é dedicado à busca da compreensão do animismo, do agregado espiritual, do desdobramento dos Corpos, das Personalidades Múltiplas e Subpersonalidades, além das pesquisas sobre o assunto, da evolução histórica, dasbases de fundamentação e sua aplicação terapêutica.

O presente trabalho emprega empiricamente os fundamentos apresentados, propondo-se a dirimir dúvidas e aventar soluções práticas. O conhecimento teórico-filosófico sobre os desdobramentos despido do seu devido emprego prático em benefício da humanidade sofredora é aprendizado inócuo. A prática desordenada da técnica sem conhecimento prático e sem raiz filosófica é perigosa ferramenta nas mãos de desavisados. A teoria não dispensa a prática e o empirismo não dispensa a filosofia. Sem a utilização de ambos não há a aptidão que só se consolida no aprendizado efetivo da Lei do Amor e da Caridade.

Autor: J.S.Godinho

 psiquismoterapia

PSIQUISMO EM TERAPIA

É um livro que chega em momento oportuno e pode auxiliar você a encontrar-se consigo mesmo e com a tão almejada felicidade. Através da expansão das percepções podemos acessar a memória extracerebral e também tratar as desarmonias que brotam do inconsciente e subconsciente, utilizando-nos dos recursos da TVP.

Além dos relatos e pesquisas explicando como funciona a chamada regressão, realizamos estudos sobre o assunto, fora do campo físico, com sensitivos em desdobramento e também “reportagens” sobre o tema com habitantes do mundo espiritual (espíritos).

Durante dez anos desenvolvemos pesquisa sobre essas maravilhosas técnicas e pudemos verificar resultados altamente animadores e positivos. Selecionamos esse material e organizamos essas páginas para que nossos leitores possam ter um ponto de vista diferenciado na busca da compreensão dos intrincados mecanismos do psiquismo humano e das patologias que daí se originam.

As informações passadas são preciosas e nos mostram outras possibilidades de compreensão e tratamento de sintomas, distúrbios e deficiências que infelicitam o ser humano.

Autor: J.S.Godinho

 desvendando

DESVENDANDO O PSIQUIMO

Desvendando o Psiquismo abre as portas do mundo inconsciente do ser, permitindo abordar seu lado oculto.

Possibilita descobrir e acessar registros referentes aos traumas ocorridos nesta ou em outras existências e, através do manuseio de certas energias, reprogramar e transformar vibrações desarmônicas, gravadas na intimidade do ser.

A técnica de tratamento das Personalidades Múltiplas já apresenta inúmeros e extraordinários resultados, demonstrando de forma incontestável o seu grande potencial. O conhecimento dessas técnicas e suas leis será de grande auxílio a qualquer outra modalidade terapêutica e ao próprio terapeuta, pela facilidade de diagnóstico e a compreensão da problemática do paciente.

Kardec deixou sinalizada a possibilidade do tratamento medianímico no Livro dos Médiuns, Capítulo I, 2ª parte, onde trata da ação dos espíritos sobre a matéria quando afirmou: “… lembramos somente que o conhecimento do perispírito é a chave de uma infinidade de problemas, até agora inexplicáveis”.

A técnica pode ser aplicada em todas as criaturas humanas em estado de vigília, não importando a saúde, idade, estado de sanidade mental ou grau de resistência oferecida.

Desde a Antigüidade era conhecida e aplicada terapeuticamente nos Templos Iniciáticos por sacerdotes terapeutas, com grande eficiência. Essa técnica permite também detectar a presença de agentes agressores, oferecendo condições para estudo e tratamento adequado, localizar e identificar as raízes geradoras de muitasdesarmonias graves, radicadas nas profundezas do inconsciente, que se refletem de forma perturbadora no campo físico.

Autor: J.S.Godinho

 conflitos

CONFLITOS CONSCIENCIAIS

Esta obra “Conflitos Conscienciais – Personalidades Múltiplas e Subpersonalidades” propõem um modelo terapêutico que se encaixa perfeitamente na terapêutica medianímica e na psicoterapêutica, melhorando sua eficiência. Vem sendo experimentada por outros grupos que também conseguiram os mesmos resultados que obtivemos. Sem dúvida, o modelo constitui-se em ferramenta valiosa e significativa.

O livro explora alguns campos do psiquismo e consegue integrar, fundir e utilizar estudos e experiências oriundas de diversas fontes, ampliá-las e aplicá-las de forma diferenciada, com excelentes resultados.

Os elementos conscienciais pesquisados (personalidades múltiplas e subpersonalidades), com suas funções, essência e propriedades, nos mostraram aspectos novos e promissores, importantíssimos para todos nós. Porém, para se conseguir o máximo de resultados, é necessário acionar a determinação, o querer com força e firmeza, para colocar em movimento o “quantum” de energia e amor fraterno necessário para se produzir os resultados desejados.

Autor: J.S.Godinho

viagem

VIAGEM EM TORNO DO EU

Nesta nova obra “Viagem em Torno do Eu” , o iluminado mestre Ramatis se apresenta como um “Guia de Viagem”.

Mas não é uma viagem qualquer: é a longa, belíssima e indefinível caminhada do ser em busca de si mesmo.

Ramatis nos recorda que somos destinados à Luz e que Ela nos atrai inevitavelmente porque é nossa destinação, algo marcado em nossa formação genética. Através de ricas analogias, ele faz um belo paralelo entre o mundo exterior e o mundo interior. Ressalta a coragem, traço comum entre o navegador Cristóvão Colombo e o psicanalista Carl G. Yung, para abordar mundos desconhecidos, um físico e o outro psíquico. Compara Atlântida, o grande “ continente submerso” e seus segredos, com o abafamento da memória do espírito imortal, ressaltando que rastros de civilizações perdidas no tempo ou arquivos conscienciais desvelam-se aos espíritos predispostos à luta venturosa.

Esclarece que, em face da índole sentimental peculiar ao povo brasileiro, um país e uma doutrina se ajustaram de forma singular, Brasil e Espiritismo, recebendo a grandiosa missão espiritual de fazer ressurgir no Terceiro Milênio, em toda a pureza e simplicidade sublime, a mensagem do Meigo Nazareno: Amai-vos, como Eu vos amei”.

Autor: América Pauliello Marques

 9. Apometria e a EQM, a experiência de quase-morte:

 Treze (13) milhões de norte-americanos, isso é cerca de cinco por cento da população dos EUA, passaram por uma experiência de quase-morte (EQM) até 1992, com cerca de 200 mil pessoas relatando esse fenômeno anualmente. "Voltar dos mortos", por assim dizer, é um tópico popular na mídia e tem intrigado cientistas há algum tempo. Mesmo estendendo-se além da ciência, o pensamento de "algo além" do que percebemos nesta dimensão é fascinante. Isso questiona o conceito de "vida após a morte", ou pelo menos faz-nos observar as leis fundamentais da física um pouco mais de perto.

 Não importa como você explique, essas EQMs são imbuídas de tons espirituais ou religiosos. Muitos sobreviventes dessas experiências falam sobre o que viram e como essas visões (por falta de uma palavra melhor) mudaram suas percepções de vida.

  O artigo intitulado "O impacto místico das experiências da quase-morte", registra os encontros de residentes dos Estados Unidos e da Índia, não ter encontrado relação direta entre a religiosidade e as visões do leito de morte; "embora tenham descoberto que o sistema de crenças de um indivíduo influenciou a interpretação da experiência", conclui o documento.

  Ler um tópico no Reddit pode fornecer uma visão única sobre o que acontece quando "morremos" (ou declarados clinicamente mortos). Esses relatórios variam de pacífico ao mais horrível. O usuário juninkun escreve que ele realmente visitou o inferno, e a experiência o levou acreditar na vida após a morte. Ele lembra: "há cerca de vinte anos atrás, eu propositalmente tive uma overdose devido a muitos medicamentos. Não tenho certeza se eu morri durante o meu sono ou o que, mas eu lembro de estar no inferno. O demônio era uma formiga-de-fogo gigante caminhando sobre a lava... o que é estranho, porque nunca tive medo de formigas, exceto, na época, há 5 anos que caí em um formigueiro de formigas-de-fogo e estava na emergência devido ao choque. Eu só compartilhei essa memória com três ou quatro pessoas na minha vida. Eu acho que isso assustaria a maioria das pessoas a pensarem que eu sei que vou para o inferno porque sei que há uma vida após a morte."

 Embora essa visão tenha sido assustadora, vários outros usuários do Reddit minimizam a conclusão de uma vida após a morte. O usuário mom0nga tentou acalmar as pessoas frenéticas ao dizer a juninkun, "Eu não sei quais, caso existam, as crenças religiosas que você é adepto, mas talvez esse sonho/experiência seja apenas um aviso para evitar o inferno, ou talvez fosse apenas um sonho. De qualquer forma, eu não considero que você vá para o inferno só por causa dessa visão".

 Outros relatórios são menos arrepiantes. Na maioria das vezes, os sobreviventes falam sobre ver nada além de se sentirem incrivelmente tranquilos. Alguns têm a opção de ficar ou voltar, como o usuário JimmiDog. "Eu percebi que tinha que escolher entre permanecer naquele lugar para sempre ou voltar para meus pais. Eu queria ficar neste belo lugar pacífico, mas eu escolhi voltar", escreveu ele.

 Uma semelhança entre todas essas histórias, no entanto, permanece que todos eles relatam acreditar em uma vida após a morte após a sua EQM. Essa mudança completa no pensamento (para alguns) provocou mudanças drásticas no estilo de vida e nos hábitos pessoais. Isso não é tão surpreendente, diz o autor do documento mencionado anteriormente. "Pessoas que passaram por EQMs se descrevem como mais religiosas do que antes... [e embora] as pessoas pós EQMs não tenham relatado nenhuma mudança em sua religiosidade como resultado de seu encontro próximo a morte... há um sentimento religioso interior aumentado... o que não parece requerer um formato religioso convencional para que ela se manifeste."

 De acordo com Raymond A Moody Jr., o psiquiatra que criou o termo na década de 1970, há 15 elementos geralmente presentes em uma EQM típica: ouvir que foi declarado morto, inefabilidade, ouvir ruídos incomuns, um sentimento de paz, ver um túnel escuro, encontrar seres espirituais, encontrar uma luz brilhante, estar fora do corpo, uma revisão panorâmica da vida, cidades de luzes, um domínio de saber tudo, ver espíritos perplexos, testemunhar uma "fronteira" entre as dimensões, um resgate sobrenatural e voltar para o corpo.

 Quase todas as EQMs ocorrem quando uma pessoa é pronunciada "clinicamente morta". "Este é o primeiro passo no processo conhecido como morte. A morte clínica dura cerca de quatro a seis minutos e começa quando a pessoa para de respirar e o coração deixa de bombear sangue. Os órgãos como os rins ainda estão vivos durante esse estágio.

 A morte biológica é o segundo estágio e começa quando o corpo começa a degenerar. O cérebro começa a desligar quando ele fica sem oxigênio.

 Leia mais:

    Esquizofrenia ou Possessão? Artigo Publicado Culpa os Demônios pela Esquizofrenia

 Quem é Baphomet?

Fontes:

- Natural News: After dying, some people really do go to Hell… and some have returned to tell the tale

- Daily Mail: What REALLY happens after you die? People resuscitated after being clinically dead recall encounters with late loved ones and bright lights (but one claims he went to HELL)

- Reddit: [Serious] People who have been clinically dead and came back, how was the other side like?serious replies only

- Live Science: What Happens When You Die?

- The Epoch Times: How Common Are Near-Death Experiences? NDEs by the Numbers

- New Dualism: The Mystical Impact of Near-Death Experiences (PDF)

 10. Reencarnação versus Ressurreição? ⛪️

  Criado, batizado, com primeira comunhão e crisma, frequentando e até  casando na religião Católica (jamais esquecerei os amigos e colegas que praticamente lotaram a Igreja Santa Terezinha!) fomos ensinado a acreditar na ressurreição dos mortos, dogma enfatizado em toda a missa ou preleção cristã.

 Contudo, quando se estuda a fundo, como dediquei-me ao longo de décadas, começamos a perceber os engodos dos controladores embutido na religião.
Alguns fatos constatados em décadas de pesquisas:

 Os ensinamentos de Jesus Cristo foram bastante alterados enquanto a Igreja ⛪ romana politizou-se e se "adaptou" para ser aceita pelos controladores da sociedade.
Por volta do século II, começaram a mudar a crença, até então reencarnacionista, para permitir o cristianismo ser aceito pelos controladores de uma sociedade onde a escravidão era "normal".
 Veja bem: se você pode ter sido de outra tribo em vida passada, não vais a achar "injusto" manter, como escravo, um ser humano apenas por ter nascido na tribo da qual você fez parte em vida passada?
Os romanos eram escravocratas. Mantinham escravos para os serviços domésticos e para outras finalidades.
 Os escravos começaram com povos ou tribos inimigos, obrigados a trabalharem para compensar os  custos das guerras.  Os devedor, virava escravo do credor. Havendo escravidão, proliferavam os mercadores os quais, ao passarem, pegavam quaisquer que pudessem subjugar e levavam para outro lugar onde ninguém os conhecia, onde eram vendidos como escravos. Quem notaria a diferença?

 Além disto, você já pensou no reencarnacionismo implicar em um conceito de karma?

 O Karma significa a responsabilidade eterna, manifestamente incompatível com a corrupção e as suas mazelas, percebe?
Se quiseres abreviar a leitura de muitas obras e o exame de diversos documento, assista à divertida
série NetFlix sobre os Borgia retratando a corrupção da Igreja e as "vendas" de indulto, a absolvição dos pecados, etc.

 Não achas constituir, a venda de indulgência, numa das piores formas de leniência? Afinal, favorece os ricos, os quais tudo podem! “Compram” até o acesso ao Reino dos Céus…
 A crença na ressurreição da carne é um dos pilares dessa degradação.

 Certamente, já naquela época, os mutantes provocaram essa deturpação dos ensinamentos de Jesus Cristo visando evitar os efeitos dos, então, mais de mil anos de luta de Jesus pela libertação humana.

  Cristo, filho de Deus, um ser de luz, demorou mil anos transmutando sua elevadíssima vibração e descendo diversas e sucessivas dimensões para poder reencarnar.

   A quantidade de energia necessária para a alteração de uma estrutura molecular é enorme. Note o poder liberado pela fissão nuclear, onde uma pequena porção da ogiva, ao se alterar atomicamente, causa total devastação em extensa área de km.

 Imagine a quantidade de energia necessária para a realização dos milagres de Jesus? Transmutar hectolitros de água em vinho ou o ar em  centenas de pães, exige muita potência.

  Entre os maiores feitos, a ressurreição de um morto e a própria materialização do espírito de Luz.

 A quantidade de energia envolvida nesses fenômenos é suficiente para destruir um planeta inteiro. Como Ele conseguia?

    Na TGpT, Teoria Geral  do processo Transdisciplinar, o Professor Padilla, pesquisador transdisciplinar e membro do NIETE UFRGS - http://bit.ly/PADilla - apresenta a fórmula para o princípio da egrégora.

 Tesla terá desenvolvido sua revolucionária concepção a partir do sistema de chakras, como sugere a figura? https://youtu.be/UafYqtXWHDU 

    11. A fórmula da Apometria:

  Segundo a TGT, Teoria Geral Transdisciplinar, Teoria Geral dos Processos, o resultado da Eg, Egrégora ou energia do campo unificado, é proporcional ao vC, o volume de cada campo, e inversamente proporcional ao As, o grau de assincronia dos campos envolvidos:

                       Eg = vC1 + vC2

                                  As

  Quanto mais há sincronia nas partes,

 tanto maior o campo unificado!

    Quando os campos trabalham focados no mesmo objetivo, o As = 1 e o resultado Eg = à soma das energias dos campos envolvidos.

   Quando os campos trabalham desfocados e com objetivos distintos, o As é maior do que 1 e o resultado Eg =  será um valor inferior à soma das energias dos campos envolvidos.

 Por isso, quando a pessoa possui conflito interior, encontra dificuldade em atingir  os seus objetivos conscientes porque o racional gera um campo no neocórtex em assincronia com o campo emocional criado nos Sistema Límbico (o cérebro mamífero ou cérebro intermediário), que processa as emoções junto com o Sistema de Hiss, o tecido neural formando um cérebro no coração.

  Quando mais há conflito entre o racional e o emocional, maior o desgaste energético, ao ponto da pessoa anular totalmente  sua capacidade de conseguir resultados..

 Por outro lado, quando os campos trabalham em sincronia, funcionam como um se fossem um só. É o dantai , em Nihongo, a linguagem ideográfica japonesa.

 Com sincronia, o objetivo é facilmente alcançado porque o As = é menor do que 1 - será zero vírgula alguma coisa… - e o resultado Eg = será uma multiplicação da soma das energias dos campos envolvidos.

   Quanto maior a sincronia, menor será o As e com resultados inversamente proporcionais na Eg, s qual tenderá ao infinito.

  Cristo, o luminar de primeira grandeza, possui a capacidade de sintonizar o

Amor Universal (amor incondicional) de forma plena.

  Einstein, em sua derradeira lição, alertou o amor ser a força mais poderosa do Universo! Saiba mais aqui: http://bit.ly/amor-universo 

 Em estado alterado de consciência, Jesus conseguia uma sincronicidade quase total entre os campos energéticos gerados pelo racional (neocórtex) e pelo emocional (Sistema Límbico, o cérebro mamífero ou intermediário somado ao Sistema de Hiss, o cérebro do coração ).

  Com uma sincronicidade elevadíssima, “As” na fórmula, assincronicidade dos campos energéticos gerados pelo racional e pelo emocional, tendia a zero.

 Desde forma, a força do campo energético de Jesus era praticamente infinita. Qualquer número inteiro dividido por quase zero resulta uma quantia estupenda!

   Para referências, confira as equações de física do Dr. José Lacerda de Azevedo em "Espírito-matéria, os novos horizontes para a medicina", um volume fantástico, contudo, ainda pouco conhecido.

  Isso não surpreende porque o Livro de Urântia segue escondido, apesar de ser da época da última grande guerra ostensiva, conhecida como WWII (2ª world war, guerra mundial). Saiba mais (sobre como obras tão importantes são escondidas?) aqui http://bit.ly/espiral-silencio 

 O Livro de Urântia revela como e por que Cristo decidiu salvar a Humanidade; a Dimensão de Deus; como tudo se formou e porque aconteceu, entre muitas informações.

 Esse volume primoroso compila décadas de psicografia Ultradimensional, dos Anjos, os Espíritos de Luz, contando como e por que decidiram salvar a humanidade, esse nosso povo atrasado, dominado por uma minoria (2%) mutante desalmada, habitando o 4º planeta daquela minúscula e irrelevante estrela dentre as mais de cem bilhões da pequena Via Láctea, uma galáxia muito menor do que as constelações já detectadas pelo (obsoleto!) Telescópio atual: está sendo lançado e operacionalizado, em maio de 2018, um novo telescópio 5 vezes mais potente.

 Do Universo fotografado, em média, as galáxias possuem mais de 200 bilhões de estrelas. Já foram mapeadas 250 bilhões de constelações.

 Multiplique 250.000.000.000 galaxias por 200.000.000.000 estrelas e terás uma noção do Universo conhecido o qual, frisamos, será muito ampliado, em muito breve, com o novo telescópio 5 vezes mais potente pelo qual veremos ainda muito mais!
Enquanto o nosso planeta Terra conta com cerca de 4,6 bilhões de anos, no telescópio obsoleto observamos regiões com 13,86 bilhões de anos…

 Assim, comprovado haver áreas  do Universo 9.260.000.000 de anos mais antigas do que o nosso Planeta, portanto,  as suas tecnologias são inimagináveis.

  Somos muito menos do que o vice-treco do sub-troço.

 Contudo, em sua infinita bondade, Cristo decidiu salvar-nos, há mais de três mil anos. Recentemente, aproximando-se a Data Limite, legiões de índigo e cristal foram enviadas para ajudar a libertar o planeta do domínio mutante.

 Os índigos e cristal nascem com uma noção superior devido à intuição e racional altamente desenvolvidos - daí o esforço desumano dos psicoPaTas e de sua entourage psicoPaTeta em impedir o desenvolvimento sadio das nossas crianças com absurdos como a "ideologia de gênero", a banalização das drogas ilícitas (para atrair os desajustados-rebeldes)  iniciada nos anos setenta, e da drogalização travestida de medicamentos, no engodo-medicinal da indústria da morte! Saiba mais aqui: http://bit.ly/saude-cuidados 

 Uma boa ideia para se preparar para as  - cada vez mais - surpreendentes mudanças acontecendo nos próximos anos, é ler o Livro de Urântia.   As suas (2.000) duas mil páginas podem ser acessadas aqui: https://drive.google.com/open?id=0B6QVNULEDAG8MXNsWWpsS3psX2M 

 Para agilizar e entender, confira o resumo de apenas 8 laudas em http://padilla-luiz.blogspot.com.br/2015/06/livro-de-urantia.html?m=1 (artigo publicado em junho de 2015, quando estávamos na USAL, a oito centenária Universidad de Salamanca, onde se debateu a descoberta da América, cuja expedição foi autorizada pela Rainha Izabel na cidade de Jaén, mesmo lugar onde nasceu Geronimo Padilla, o meu pai, 4 séculos depois).

 Valiosa, também, esta abordagem, contando a origem do Livro de Urantia https://drive.google.com/open?id=0B6QVNULEDAG8QW1MbnQ3UzN0aUE

.:.
Voltando aos segundo e terceiro séculos, em um Concílio, os líderes da Igreja Cristã alteraram toda a crença, criando a tese da ressurreição como forma de ser aceita a religião pelos políticos os quais passaram a agir em conjunto com igreja, politizando-a disfarçadamente, e a tornando num mecanismo de controle social…

 Veja bem! Note o resultado da alteração ideológica, da reencarnação, a doutrina original cristã produzido com a ressurreição da carne e a promessa de uma vida eterna. Na abordagem proposta em conjunto pela igreja-estado, sofrer e, até mesmo, virar escravo, uma vida de sofrimento, torna-se “aceitável” por quem acredita em ressurreição seguida de uma nova vida, eterna e muito melhor, compensando o sofrimento.

  Assim, é fácil entender como, a partir dali, grandes contingentes populacionais permitiram-se transformar em escravos e, hoje, vivem em escravidão dissimulada. Saiba mais aqui http://bit.ly/escravizacao 

  A seguir, ao fim do século IV, a Igreja assumiria o total controle do Estado Romano desencadeando, inclusive, a mudança cultural e, ao longo de algumas gerações, a total derrocada do Império Romano.
A Igreja Cristã fez o Estado Romano romper com a tradição milenar dos Jogos Olímpicos, praticados desde 792 a.C, portanto, há mais de mil anos. Isso rompeu a espinha dorsal da saúde do cidadão romano através da cultura das Olimpíadas, o caminho do Olimpo através da meritocracia. A partir daquele momento, acentuou-se o desequilíbrio social. Para saber mais, confira os nossos estudos, sobretudo, "
Os 4 planos de atuação humana e o Direito Desportivo" e demais trabalhos publicados. Uma noção rápida pode ser alcançada na apresentação em http://bit.ly/ufrgs-direito 

 

 Notastes o quanto desinformar e infamar são estratégias dos controladores globalistas para promover o mal através da ignorância?
👇 Em 8 de dezembro de 2017, a BBC publicou reportagem sobre a REDE DE DESINFORMANTES a qual qualificou como um “verdadeiro de exército de perfis falsos”!
😕 Há uma grande quantidade de pessoas cujo "trabalho" é criar boatos, semear falsas crenças e pânico, jogando nós - os bem intencionados e patriotas - uns contra os outros, dividindo-nos e pulverizando a nossa capacidade de mobilização em um cipoal de paradoxos componentes da HEM, a hipnose em massa.
Esses desinformantes foram e continuam a ser treinados e sustentados pelos "controladores globalistas".
👺 São milhares de pessoas pagas para nos enganar!*🤡
Enquanto eu, você e todos nós temos que trabalhar e enfrentar dificuldades para encontrar tempo e energia e construir 1 MMM - essa "gentalha" tem todo o tempo para "atuar":     eles são pagos para fingir ser patriotas e nos enrolar.
 Pior, são orientados!
Enquanto somos obrigados a investir tempo, energia, etc, para ter e filtrar informações, os desinformantes recebem clippings e orientações de como agir, tudo prontinho.
Os falso patriotas e falso humanistas são "alimentados" com instruções sobre o que fazer e dizer para atrair seguidores e desviar a atenção das verdadeiras lideranças.
 É um guerra virtual de desinformação, a 5GW, cujo objetivo é impedir a conscientização, bloquear a verdade e destruir lideranças para continuar essa escravidão dissimulada!
☯️ A BBC presta um serviço à humanidade com a interessante reportagem, confira-a rápido, antes que a retirem do ar
http://www.bbc.com/portuguese/brasil-42172146?ocid=socialflow_twitter   desmascarando a rede de desinformantes!
Exatamente como alertamos, muitas vezes e, em 7 de janeiro de 2016, registramos em
http://bit.ly/Infiltrad 
Abs
Professor Padilla 🥋🇧🇷🤗
http://bit.ly/pad-face 

  Notastes como o clima mudou?
 No RS, foram dezenas de dias seguidos de calor intenso e com temporais todo o fim de tarde. Isso ocorreu quase todo o verão: poucos dias não houve temporal.
Terça-feira, 20/03/2018, entrando o outono, por volta das 14:30 horas soprava uma brisa forte, praticamente um vento, e eu senti cheiro de maresia!
Pela distância de Porto Alegre do mar, uns 80 km em linha reta, achei ser "espiritual" pois a minha intuição envolve saber extra sensorialmente, exceto pelo olfato, porque, as vezes, sinto os cheiros característicos dos campos os quais abrimos para trabalhar.
Então, perguntei para algumas pessoas que confirmaram...

  https://www.instagram.com/p/BOvVla9AJcX/     O Élbio, proprietário da empresa instalada no imóvel depois da mudança da Casa de João Pedro para o bairro Partenon, conta histórias incríveis! Numa delas, assaltantes renderam todos atrás de um dinheiro vivo o qual sabiam estar lá porque o diretor caiu no golpe da compra de um carro semi novo por preço muito baixo pago em espécie onde o suposto vendedor anuncia e , por telefone, combina de levar o carro e quem chega são os bandidos armados para pegar a grana…
 Os bandidos reviraram tudo e deram até coronhada no João, irmão do Elbio; passaram várias vezes pela sala que havia sido do Dr. Ivan Herve e, simplesmente, não viram uma quantia vultosa em dinheiro em cima da mesa!
Iniciamos mais um ano rumo a 1 MMM, um Mundo Muito Melhor, livre da escravidão dissimulada dos 2% mutantes
http://bit.ly/1mundomelhor

Como construir 1 MMM?

 Entenda "Quem somos nós?"  e se liberte do holograma escravizante

http://bit.ly/qsnos 

 https://docs.google.com/document/d/e/2PACX-1vRiOw-E56tcj9J0n_L7jGC0hrkQvBiELPXv5puUpJb488JAstcyannSeGIQ0JpU76zBDFr13z7vjpxS/pub 

Pesquisa transdisciplinar, compilação e edição: Professor PADilla, UFRGS

  Dispomos de tecnologia suficiente para proporcionar saúde, conforto, qualidade de vida, educação, mobilidade e segurança para toda a população, sabia?

    Por que o bem estar geral não acontece?

    Devido a acultura da superficialidade e do medo criada para escravizar a humanidade.      Você pode entendê-la a partir de uma coletânea de vídeos aqui: https://vimeo.com/album/3144893/ ou examinar essa abordagem aqui: http://bit.ly/aculturadasuperficialidade

   O que você pode fazer?   Ajude a acelerar a conscientização.       Ampliar a quantidade de pessoas despertas em paz cria o campo mórfico:

 Como vencer o medo e ter serenidade?

 A inteligência é a habilidade humana para enfrentar e resolver os problemas. Um humano desprovido de inteligência é indefeso sendo facilmente vencido, anulado ou manipulado.

 O medo é “a pequena morte” porque, quando o medo nos domina, a nossa capacidade cognitiva despenca!

 Popularmente chamado de cérebro, na verdade, há três conjuntos de processadores.  

 A parte mais primitiva é chamada de “cérebro réptil” por existir desde os dinossauros. É responsável pelo processamento do chamado instinto de autopreservação: lutar ou fugir.

  O “cérebro mamífero”, chamado assim por ter surgido nos animais da nossa classe, é responsável pelas emoções. Nos primatas e cetáceos desenvolve-se o neocórtex, responsável pela raciocínio.

 Quando sentimos medo, automaticamente é canalizada a energia para a parte mais primitiva e, obviamente, falta energia no neocórtex, reduzindo a capacidade de raciocinar drasticamente.

  Essa incapacidade de pensar é agravada, na maioria da população que desfruta de saúde precária devido à ignorância alimentar implantada com a acultura da superficialidade de do medo como se demonstra confira http://bit.ly/saude-cuidados 

  Para colocar a população em um estado de torpor pré-pânico, os controladores  globalistas promovem a acultura do medo http://bit.ly/aculturadasuperficialidade 

 O filme Piper demonstra o quanto a vida melhora quando dominamos o medo. Assista-o aqui: https://vimeo.com/215828022  È lindo e dura apenas 5 minutos, os quais, de tão bem feito, exigiu 3 anos para ser picturizado e conquistou Oscar de melhor filme de animação.

  Como se resolve o medo? Se a população tiver condições de se defender, se sentirá segura. Já se decidiu, em plebiscito, pela revogação do estatuto do desarmamento. Resta colocar em prática.

  Independente disto, a capacidade de lidar e vencer o medo é desenvolvida através da percepção proporcionada pela PNL, meditação e, sobretudo, pela prática de Artes Marciais, desde as orientais até as de tiro, arco e flecha, etc. São as melhores opções para aprendermos a lidar com o medo e o vencer.

  As artes marciais desenvolvem personalidade ativa e perceptiva, focada na evolução, nos cuidados com a própria saúde e imuniza o praticante contra o estado de torpor pré-pânico da acultura do medo e da superficialidade http://bit.ly/aculturadasuperficialidade através da qual os 2% mutantes http://bit.ly/desumanos promovem a escravidão dissimulada em impostos extorsivos, consumismo desenfreado, desinformação, falsas crenças e inversão de valores: http://bit.ly/escravizacao

  Por isso, desde os anos setenta, os globalistas acobertaram o caráter pedagógico das Artes Marciais com a espiral do silêncio promovendo a infâmia e assassinato a reputação dos instrutores. Saiba mais aqui http://bit.ly/sindiplam 

 Para quem, como nós, desde os anos 80, trabalhamos o desenvolvimento das regras para dinamizar - com beleza plástica e emoção - como um dos mais justos e equilibrados esportes e, disparado, o mais seguro de luta, é o sinal para prosseguirmos formando bons instrutores. Chegou a hora de libertar a humanidade do holograma idiotizante! http://bit.ly/karate-olimpico 

  Como vamos criar o campo mórfico ?

  O campo mórfico é o (surpreendente!) resultado da sincronicidade das energias racional e emocional quando série de indivíduos estão em ressonância de pensamento.

  A Teoria dos Campos Mórficos ou da ressonância mórfica, também chamada de teoria do centésimo macaco ou teoria dos 12 macacos, foi apresentada por Rupert Sheldrake nos anos oitenta.

   Contudo, é baseada no mesmo princípio, duas décadas antes, criado em Porto Alegre, através da Apometria.

   Apometria é um método de trabalho. Através de comandos verbais, criam-se as condições para sincronizar as energias racional (neocórtex) e emocional (cérebro límbico e Sistema de Hiss) entre dois ou mais indivíduos. Os comandos canalizam (foco) levando ao empilhamento energético e criando um campo poderoso, muitas vezes mais forte do que a soma de suas partes componentes. Isso é possível porque, quanticamente, transcende-se à dimensão espaço-tempo. Conheça as fórmulas e saiba mais aqui:   http://bit.ly/pad-apometria

   O campo mórfico acabará com a HEM, a hipnose em massa, e com seu principal instrumento, a espiral do silêncio, e a acultura da superficialidade e do medo, libertando o planeta e a humanidade do domínio do mal ao atingirmos a massa crítica.

 A transdisciplinar abordagem de biologia, física e psicologia da Teoria dos Campos Mórficos ou da ressonância mórfica, a teoria do centésimo macaco ou dos 12 macacos, de Rupert Sheldrake é resumida aqui: https://youtu.be/020k1OqO2_M 

    Conheça a TGpT a partir de http://bit.ly/PADilla               ou http://bit.ly/pad-apometria

    A maior parte da realidade é desconhecida do público devido à espiral do silêncio, a estratégia de desinformação https://docs.google.com/document/d/1eqLnT3IwaJtM2ywqNVRJggUUMHr76QB_pimSsPSkaqU/pub 

  Além de esconder a verdade, promovem a idiotização e impedem o desenvolvimento de lideranças autênticas baseadas na meritocracia. Promovem bullying, assédio moral e assassinato de reputação contra quem ameaça os interesses dos controladores globalistas.

    O politicamente correto alavanca os falsos-líderes, espalha e fortalece o falso-humanismo baseado em distorções da realidade despercebidas devido à acultura da superficialidade e do medo.

   A estratégia biológica completa o tripé de engodos. Ao invés de correntes-grilhões, estamos aprisionados por falsas crenças e inversão de valor. uma escravização dissimulada.

    A  HEM, a hipnose em massa, compõe um holograma ou matrix aprisionador. A percepção fantasiosa da população alimenta crenças desconectadas da realidade e coloca no poder político falsos líderes como no exemplo: http://padilla-luiz.blogspot.com.br/2006/05/idolatria-midia-manipula-cria-falsos.html 

Vamos nos libertar das armadilhas falso-humanistas?

A nossa percepção do mundo é muito diferente da realidade.

 Fomos manipulados através de uma teia de paradoxos e um cipoal de 🙃 desinformação.

 Fomos compelidos a viver em um estado de torpor pré-pânico. O medo desvia a energia dos cérebros racional e emocional, canalizando-a para o primitivo cérebro réptil.

  Além de causar uma série de problemas de saúde, o medo impede de pensar com clareza:  https://vimeo.com/152180430    Saiba mais aqui: http://bit.ly/saude-cuidados 

  A boa notícia: podemos despertar das falsas crenças e dominar o medo rompendo o holograma.

Ao libertarmo-nos criamos

1MMM,     um Mundo Muito Melhor!

Para começar a acordar e a vencer, assista ao filme

Quem Somos Nós?

Um dos trechos mais importantes é este: https://youtu.be/lafj4SqVrqM?t=8m32s 

 Entenda "Quem somos nós?"  e se liberte do holograma escravizante.

A salvação do mundo começa com a de cada um de nós:

Assista ao filme completo aqui: https://youtu.be/lafj4SqVrqM

http://www.padilla.adv.br/evoluir/quemsomosnos/

   Para entender onde estamos - em meio a uma dissimulada 5GW, Guerra de  5º Geração oriente-se por esse resumo: http://bit.ly/5guerra 

Descubra tudo o que os controladores não querem que tu saibas participando da construção da Rede de Conscientização: 

http://bit.ly/conscientizar

https://drive.google.com/folderview?id=0B2CNDxRTI8HAcVl3cFc0M09hZ3M&usp=sharing

Como fazem essa tal hipnose em massa, a HEM? http://bit.ly/hipnose-massa  

  Livros para a Conscientização http://bit.ly/livros-pad

https://drive.google.com/drive/folders/0B6QVNULEDAG8OXZnci1UaG9TLWc?usp=sharing 

Estamos todos entrelaçados!  Abraços

Professor   http://bit.ly/PADilla UFRGS

http://bit.ly/pad-face = https://www.facebook.com/ProfessorPadilla/videos/2038395976428299/

http://bit.ly/lattes-pad

Apometria técnica de trabalho espiritual * professor PADilla UFRGS em edição em http://bit.ly/pad-apometria p.