EDITAL 04/2017 - CONVOCAÇÃO DE IMIGRANTES, REFUGIADOS(AS) E SOLICITANTES DE REFÚGIO PARA PARTICIPAÇÃO NA 3ª FEIRA GASTRONÔMICA DOS IMIGRANTES

1.APRESENTAÇÃO

A Feira Gastronômica dos Imigrantes é uma cocriação entre brasileiros(as), imigrantes e refugiados(as), do Coletivo Imigra Brasil e realizada pela Associação Cultural Cachola de Bernunça (CNPJ: 17.898.664/0001-12). Acreditamos na integração social e na troca cultural entre migrantes e brasileiros(as). Acreditamos que o alimento possibilita a melhor maneira de conhecer um pouco mais sobre o outro. A culinária diz muito sobre aqueles que migram para o Brasil. 

Para participar da 3ª edição da Feira Gastronômica dos Imigrantes é necessário fazer o curso para manipulação de alimentos presencial (válido por dois anos), bem como exames médicos e ter em mãos o atestado médico para manipulação de alimentos, além do alvará sanitário individual por barraca (válido apenas para o dia da Feira). Estes documentos são exigidos pela vigilância sanitária municipal de Florianópolis, e devem estar em mãos para apresentação no dia do evento, conforme a Lei municipal nº 5.980/02, Artº 1. Após as duas edições anteriores da Feira Gastronômica dos Imigrantes, verificamos que a venda dos alimentos organizados em um caixa único é melhor para corresponder aos critérios sanitários exigidos pela vigilância sanitária, assim como para uma melhor organização da Feira. Para tanto, a Comissão de Organização da Feira fica responsável por fazer as vendas e repassar a quantia relativa a 90% do valor vendido para cada imigrante feirante (as fichas serão enumeradas, guardadas por cada um dos feirantes e contadas em conjunto com a Comissão de Organização ao final da Feira para o repasse do valor). Cada imigrante feirante irá repassar 10% do valor vendido em sua barraca para eventuais despesas com a organização da Feira, mas principalmente para compor o Fundo de Ajuda para Imigrantes e Refugiados. Para esta 3ª edição da Feira, aqueles que não tiverem recursos e não possuírem renda própria para retirar os documentos necessários para sua participação ou não tiverem recurso para a compra dos ingredientes, poderão requerer a ajuda do Fundo para tal fim, devendo devolver a quantia total, sem acréscimo de juros, ao final da 3ª edição da Feira. Fica como responsabilidade da Comissão de Organização da Feira ajudar os imigrantes para retirar os documentos necessários. Caso não tenham material para expor na Feira, como tenda, panelas, fogões elétricos e utensílios de cozinha em geral, a Comissão de Organização conta com uma rede de pessoas disposta a ajudar emprestando o material necessário. Ao término da Feira o participante deve devolver todo material que pegou emprestado limpo e sem danos. Caso contrário, é necessário pagar pelos danos ocasionados. Esta Feira visa também possibilitar ao imigrante cursos que o capacitem para novas atividades, além do curso de manipulação de alimentos, queremos oferecer um curso de empreendedorismo para aqueles que se interessarem, que será ministrado antes da Feira e com data a marcar.

Neste sentido, vamos à 3ª Feira Gastronômica dos Imigrantes.

2. TEMA

Participação na 3ª Feira Gastronômica dos Imigrantes, que será realizada na Praça Bento Silvério, bairro Lagoa da Conceição, no dia 09 de abril de 2017.

3. OBJETIVOS

4. PERÍODO DE INSCRIÇÃO

Do dia 10 de março a 17 de março 2017.

As inscrições devem ser realizadas até às 23:59 do dia 17 de março de 2017.

Como se inscrever: 

• A inscrição poderá ser feita por meio do e-mail cacholadebernunca@gmail.com, no qual deverá colocar no assunto “Edital Feira Gastronômica dos Imigrantes” e anexar ao e-mail a ficha de inscrição (modelo anexo) e a carta de comprometimento (modelo anexo) preenchidas e assinadas. 

• Sua inscrição também poderá ser feita pelo link Formulário Google: https://goo.gl/forms/kLsgTcBEyCi5vxUS2 

Neste caso, após selecionado(a), você deverá levar na primeira reunião a carta de comprometimento preenchida e assinada.

5. CRITÉRIOS DE PARTICIPAÇÃO

1) Poderão participar apenas imigrantes, refugiados(as) e solicitantes de refúgio maiores de 18 anos e de qualquer país de origem. Incentivamos a inscrição daqueles recém-chegados, mesmo que não falem bem a língua portuguesa.

2) Incentivamos a inscrição de mulheres e daqueles que ainda não possuem uma fonte de geração de renda no Brasil e que desejam trabalhar com alimentação.

3) Cada participante terá direito a apenas uma barraca para vender seus pratos.

4) Apresentar no máximo duas propostas de prato, que sejam:

  1. Saboroso
  2. Diferente
  3. Que tenham um significado especial para você

5) A inscrição deve ser realizada no prazo indicado.

 

6. DAS OBRIGAÇÕES DO PARTICIPANTE

1) Retirar todos os documentos necessários para a participação na 3ª edição da Feira Gastronômica dos Imigrantes: fazer o curso de manipulação de alimentos para retirar o certificado; fazer todos os exames necessários e retirar o atestado médico para manipulação de alimentos;  a retirar o alvará individual por barraca para o dia do evento.

2) Ter todos os documentos em mãos no dia da 3ª Feira Gastronômica dos Imigrantes.

3) Arcar com os custos necessários para o curso de manipulação de alimentos, para os exames médicos e a retirar o atestado médico, assim como para o alvará individual por barraca (em torno de R$ 115,00).

4) Devolver todo material emprestado limpo e sem danos (barraca, material elétrico, utensílios de cozinha) e comprometer-se a arcar com os custos necessários em caso de dano de algum material emprestado.

5) Comprometer-se a devolver toda quantia que pegar emprestado do Fundo de Ajuda para Imigrantes e Refugiados, sem acréscimo de juros, após o término da 3ª edição da Feira.

6) Ceder 10% do ganho bruto da 3ª edição da Feira para custos com material e para o Fundo de Ajuda para Imigrantes e Refugiados.

7) Participar do caixa único administrado pelo Comitê de Organização da 3ª edição da Feira. A qualquer venda separada em dinheiro ou cartão será cobrado um adicional de 20%.

8) Em caso de chuva, os participantes serão avisados com um dia de antecedência da impossibilidade de realização da Feira. A organização não se responsabilizará com os gastos individuais dos participantes.

7. DOS DIREITOS DO PARTICIPANTE

1) Participar na 3ª edição da Feira Gastronômica dos Imigrantes.

2) Receber emprestado uma tenda para expor seus alimentos no dia da 3ª edição da Feira.

3) Receber emprestado o equipamento elétrico necessário para fazer/aquecer seus alimentos no dia da 3ª edição da Feira.

4) Receber emprestado os utensílios de cozinha (panelas, recipientes, …) que necessitar para armazenar, transportar até o dia da 3ª edição da Feira.

5) Receber 90% da quantia referente ao valor das fichas vendidas.

6) Receber o auxílio necessário para a retirada dos documentos (certificado de conclusão de curso de manipulação de alimentos, atestado médico para manipulação de alimentos e alvará sanitário individual por barraca válido).

7) Receber empréstimo do Fundo de Ajuda para Imigrantes e Refugiados, constituído pela 2ª edição da Feira Gastronômica dos Imigrantes, em caso de necessidade - para imigrantes sem renda própria.

8) Participação no curso de empreendedorismo para imigrantes e refugiados que acontecerá antes da 3ª Feira.

 

8. SELEÇÃO

As candidaturas serão analisadas pela Comissão de Organização da 3ª edição da Feira Gastronômica dos Imigrantes Julgadora entre os dias 17/03 e 18/03, com resultado previsto para o dia 19/03/2017. A Comissão Julgadora seguirá os critérios de seleção mencionados acima. Se acontecer um empate, caberá à Comissão Julgadora, por maioria absoluta, estabelecer o desempate.

9. COMISSÃO DE SELEÇÃO

A Comissão Julgadora será composta por 4 pessoas, membros do Coletivo Imigra Brasil e membros da Comissão de Organização da 3ª edição da Feira Gastronômica dos Imigrantes, que não são participantes expositores desta edição da Feira.