O cronograma de implantação dos módulos é baseado nas atividades que são desempenhadas pelas equipes de implantação do CERCOMP e pela empresa contratada SIG Software (http://www.esig.com.br). Os módulos listados aqui são os que estão contemplados no contrato entre a UFG e a SIG Software para a implantação dos sistemas SIG na UFG.

As siglas utilizadas no cruzamento módulo x mês representam as atividades realizadas na implantação de um módulo. O significado de cada uma delas pode ser visto no final desta página.

NOTA: O cronograma de cada sistema (SIGAA, SIGRH, SIPAC, SIGEP, SIGPP) tem encerramento em abril de 2017 devido a este ser o mês de finalização do contrato de implantação com a contratada SIG Software.

SIPAC

2016

2017

Módulos

Jan

Fev

Mar

Abr

Mai

Jun

Jul

Ago

Set

Out

Nov

Dez

Jan

Fev

Mar

Abr

Transportes

Agu

Agu

Agu

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

Restaurante Universitário

Agu

Agu

Agu

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

Liquidação de Despesas

Agu

Agu

Agu

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

Infraestrutura (Manutenção e Obras)

Agu

Agu

Agu

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

Faturas

Agu

Agu

Agu

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

Boletim de Serviços

Agu

Agu

Agu

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

Auditoria e Controle Interno

Agu

Agu

Agu

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

Requisições

Agu

Agu

Agu

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

Bolsas

Agu

Agu

Agu

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

Patrimônio

Est

Est

Atu

Val

Atu

Val

Val

Lab

Mig

Mig

Mig

Mig

Mig

Mig

Mig

Dis

-

-

-

Projetos e Convênios

Est

Est-

Atu

Val

Atu

Val

Val

Lab

Lab

Lab

Lab

Tre

Dis

-

-

-

-

-

-

Contratos

Cus

Cus

Atu

Val

Atu

Val

Val

Lab

Lab

Tre

Dis

-

-

-

-

-

-

-

-

Registro de Preços

Est

Apr

Atu

Val

Atu

Val

Val

Lab

Lab

Lab

Tre

Dis

-

-

-

-

-

-

-

Compras e Licitações

Est

Apr

Atu

Val

Atu

Val

Val

Lab

Lab

Lab

Tre

Dis

-

-

-

-

-

-

-

Orçamento

-

-

Atu

Val

Atu

Val

Dis

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

Integração SIAFI

-

-

Atu

Val

Atu

Val

Dis

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

Protocolo (Documentos e Processos)

-

-

Atu

Val

Atu

Val

Dis

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

Almoxarifado e Requisição de Material

-

-

Atu

Val

Atu

Val

Dis

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

Catálogo de Materiais

-

-

Atu

Val

Atu

Val

Dis

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

Segue o significado de cada atividade:

Nome

Sigla

Descrição

Aguardando priorização

Agu

Aguardando priorização da gestão da UFG para a implantação do módulo.

Estudo do módulo

Est

Estudo do módulo pelo analista do CERCOMP.

Apresentação do módulo

Apr

Primeira apresentação realizada pelo CERCOMP e primeira avaliação do módulo pelos usuários gestores do módulo. São apresentados os papéis, os fluxos, e as principais atividades relacionadas ao módulo. Telas do módulo não são apresentadas.

Abertura de Ordem de Serviço de Implantação

Osi

O CERCOMP solicita para a empresa SIG Software a abertura de ordem de serviço para a implantação do módulo. A empresa envia para o CERCOMP o roteiro de validação do módulo e o disponibiliza conforme ele era na UFRN (na versão) quando a UFG assinou o contrato, ou seja, 17/04/2013.

Validação do roteiro

Val

O CERCOMP realiza a validação do módulo com base no roteiro de validação enviado pela UFRN. Se erros forem encontrados durante a validação, o CERCOMP reporta a empresa e esta corrige. Essa atividade é realizada até que não seja encontrado mais erros. Assim que a validação é finalizada a OS de implantação é encerrada. O módulo é considerado implantado, segundo o contrato com a empresa SIG Software.

Atualização do módulo

Atu

O CERCOMP solicita à empresa SIG Software a atualização do módulo para versão mais atual da UFRN. Se essa atividade for realizada, o CERCOMP revalida todo o módulo. Se erros forem encontrados durante a validação, o CERCOMP reporta a empresa e esta corrige. A validação é realizada até que não seja encontrado mais erros.

Laboratório do módulo

Lab

O CERCOMP realiza a segunda apresentação do módulo para os usuários gestores. Essa apresentação é feita nos laboratórios do CERCOMP e os usuários gestores utilizam o módulo. Essa atividade não é considerada treinamento.

Treinamento do módulo

Tre

O CERCOMP mais os usuarios gestores realizam o treinamento do módulo para os usuários comuns.

Disponibilização do módulo

Dis

O CERCOMP e a empresa SIG Software realizam em conjunto as preparações do ambiente para a disponibilização do módulo para toda a UFG.

Customização do módulo

Cus

  1. O CERCOMP e os usuários gestores do módulo realizam o levantamento e definição das customizações do módulo. Um documento de solicitação de mudanças é elaborado e encaminhado para a empresa SIG Software.
  2. A empresa realiza um processo de avaliação dos impactos da customização e dimensiona o trabalho da customização. É criado um projeto de customização com o orçamento das customizações
  3. A gestão aprova ou reprova o projeto de customização.
  4. A gestão aprovando o projeto, o CERCOMP abre uma ordem de serviço de customização.
  5. Após a abertura da ordem de serviço, a empresa inicia a implementação das customizações.
  6. Assim que a empresa termina as customizações, o CERCOMP realiza a validação das customização.
  7. Se erros forem encontrados durante a validação, o CERCOMP reporta a empresa e esta corrige. A validação é realizada até que não seja encontrado mais erros.
  8. Se não forem encontrados erros durante a validação, a ordem de serviço de customização é encerrada.

Migração de dados

Mig

  1. O CERCOMP e a empresa SIG Software realizam em conjunto um estudo da migração dos dados do sistema antigo para o módulo que está sendo implantado.
  2. Apos o estudo, a empresa elabora um projeto de migração de dados com o orçamento.
  3. A gestão aprovando o projeto, o CERCOMP abre uma ordem de serviço de migração.
  4. Após a abertura da ordem de serviço, a empresa, em conjunto com o CERCOMP, inicia a elaboração dos scripts de migração e de validação da migração.
  5. Varias migrações são realizadas para validar os scripts de migração. Se erros forem encontrados durante a validação, o CERCOMP reporta a empresa e esta corrige. Essa atividade é realizada até que não seja encontrado mais erros.
  6. Após a validação dos scripts de migração é iniciada a revalidação do módulo com o objetivo de validar a integração do módulo com os dados migrados.
  7. Se erros forem encontrados durante a validação, o CERCOMP reporta a empresa e esta corrige. A validação é realizada até que não seja encontrado mais erros.
  8. Se não forem encontrados erros durante a validação, a ordem de serviço de migração é encerrada.

Mais detalhes das atividades e dos processos de implantação podem ser encontrados nesse link: http://sistemas2.ufg.br/qualidade/processos/sig/#list/